História Uma mudança na historia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Bakugo Katsuki, Personagens Originais, Uraraka Ochako
Tags Bakugo, Bakuraka, Kacchako, Katsuocha, Uraraka
Visualizações 169
Palavras 2.672
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção Adolescente, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


-Bem, essa é a minha primeira fanfic, espero que gostem!
-Comentem o que acharam
-aceito criticas

Capítulo 1 - Capitulo unico


Fanfic / Fanfiction Uma mudança na historia - Capítulo 1 - Capitulo unico

Bakugo andava calmamente pelos corredores a caminho de sua sala imerso em seus pensamentos, desde que lutara contra uraraka algo dentro de si havia mudado, se sentiu preocupado em ve-la no chão da arena sem forças, o fez sentir como se nunca mais a queria ver incapaz daquele jeito. Quando deu por si não parava mais de pensar nela, e na sua vontade de se aproximar-se, mas sempre que cojitava isso mudava de ideia, afinal ela tinha o deku e lida como amigos, e que provavelmente ochako gostava do deku e ele dela.

"oe bakugo"parou e olhou para o dono da voz, kirishima "apresse-se!

"Calado seu merda" gritou com seu tipico humor. 

Entrou na sala com kirishima com a cara fechada, que se fechou ainda mais com a sena que viu, uma uraraka corada enquanto falava com deku.

"Por que eu estou me importando com isso, esse dois se merecem" pensava em quanto se sentava "com certeza estão planejando aqueles encontro romanticos e bregas".

Quanto mais pensava, mais ficava com uma aura de raiva em volta de si fazendo todos passarem metros de distancia,  o professor aizawa entra na sala e começa sua explicaçao.

"Passarei um trabalho em dupla" nessa hora todos menos, bakugo, gritaram euforicos interrompendo o professor aizawa"mas serei eu a escolher as duplas, e não adianta tentar trocar pois ficara automaticamente com zero" .

Todos começaram a reclamar, sendo interompidos pelo professor.

"Quietos quando eu falar o nome da  dupla, ela pode ir para o vestiario " os alunos ficaram quietos escutando os nomes das duplas em seguida saindo "midoriya e tsuyu, e por ultimo bakugo e uraraka" bakugo simplismente ficou surpreso mas fez sua cara de tedio normal e se dirigiu ao vestiario sem notar a garota correndo atraz dele.

 

Ponto de vista bakugo on

Não acredito, eu tentando me manter longe e esse maldito professor me coloca com ela, eu vou acabar fazendo merda e ai que eu não terei mais chances de sair com ela, nao que eu tenha criado esperanças, mas não deixo de pensar na hipotese de ter um relacionamento com a uraraka.

"Bakugo, me espere preciso falar com voce!" parei bruscamente ao sentir sua mão em meu casaco, virei para ela com o olhar levemente irritado.

"Oque voce quer cara de lua?" ela me olhou com a sombrancelha franzida, sinceramente essa garota da medo quando quer.

"Primeiro" deu uma pausa antes de continuar "voce devia ter me esperado para falarmos sobre o trabalho" parou novamente para respirar, ela falava muito rapido " segundo, tenha mais respeito para falar comigo, kacchan!"

Nao acredito que essa vadiazinha teve a coragem de me chingar usando meu apelido, eu posso gostar dela mais tenho meu orgulho, nao deixarei passa sem retrucar.

"Credo voce é tao irritante quanto o deku, nao é a toa que ficam de risinhos por ai, como se fossem namorados" de uma risada sinica ao terminar de falar, ela ficou irritada, mais do que estava.

"Pelo menos ele é um cara gentil que se importa com os outros nao é um bruto como voce" que odio ja nao bastava a sua birra agora fica me comparando com aquele nerde.

"Olha eu ja estou atrazado nao tenho tempo para suas comparaçoes idiotas cara de lua" me virei para frente "faremos o trabalho na biblioteca da escola hoje as quatro nao se atraze" sai andando ignorando seus resmungos contra, por que fui me apaixonar por essa maluca ?!, nao podia ser alguem mais simples de lidar como a momo?!

Ponto de vista bakugo off

Um tempo atraz

Ponto de vista uraraka on

Cheguei na escola e fui direto para a sala deku-kun e lida-kum me comprimentaram assim que me viram, fui ao encontro deles

" bom dia garotos!" falei com meu sorriso normal, mas algo diferente do costume ocorreu deku-kum corou nao entendi por que.

"Bom dia urarakasan!" lida-kun respondeu normalmente.

"B-Bom dia uraraka-san, seu cabelo esta bonito hoje" senti meu rosto esquentar, nao pelo elogio, mas sim, pelo bakugou que havia acabado de entrar na sala me encarou e logo sentou-se em seu lugar.

Sim, eu tenho uma queda pelo bakugou, ou melhor, como diz tsuyu-chan um abismo por ele. Nao sei dizer quando me dei conta do que sentia por ele, mas após lutarmos ele me deu um incentivo a continuar em minha carreira como super heroina somente com um olhar. Noz nem nos falamas direito, pode se dizer que em quanto lutavamos foi a a primeira e unica vez que de fato conversamos.

Sentei em meu lugar atraz de lida-kun, e comecei a pensar novamente no bakugou, seu sorriso que vi apenas uma vez, que foi escondida, em quanto ele via um video engraçado no celular sozinho, nao me arrependo de ter ficado escondida vendo ele, afinal valeu a pena.

Professor Aizawa vai passar um trabalho em dupla ele vai falar as duas ultimas duplas, que no caso, eu e mais alguem.

"Midoriya e tsuyu" fiquei feliz por ela afinal ela gosta do deku-kun, agora sobrou eu e mais alguem "bakugo e uraraka" ha?!

Como assim eu e o bakugo? Isso nao vai dar certo, vou ir falar com ele sobre onde faremos o trabalho, corri atraz dele mas ele nao percebeu, deve estar muito pensativo hoje. Peguei em seu casaco, o fazendo virar o rosto para mim leve mente irritado.

Nossa conversa nao foi das melhores, se aquele idiota pensa que irei abaixar a cabeça para ele esta enganado.   

"Olha eu ja estou atrazado nao tenho tempo para suas comparaçoes idiotas cara de lua" me vire para frente "faremos o trabalho na biblioteca da escola hoje as quatro nao se atraze"fique estatica, como ele é grosso. Iria retrucar, mas ele saiu andando me ignorando com a cara emburrada, decidi fazer o que ele mandou, noz dois nao estamos com paciencia vamos acabar brigando denovo. Achei estranho o bakugou ficar estourar quando falei do deku-kun, ta eu sei que eles nao se dao bem e que são rivais pelo posto de heroi numero um, mais eu so fiz uma comparaçao normal, que todos fazem, acho melhor eu deixar isso quieto.  

Fizemos o treinamento diario, nao sei por que mais senti que alguem ficou me olhando a aula inteira. Fomos a sala pegar nossos almoços, hoje nao sentarei com os meninos, tsuyu-chan e momo-chan me chamaram para sentarmos juntas.

"Entao uraraka, de quem voce gosta?" perguntou momo curiosa, me mostrando um olhar nada inocente.

"De ninguem" não pude evitar de corar .

"Vai fala, midoriya ou lida?" agora sim estou ferrada, a momo gritou muito auto varios alunos estão nos encarando, que vergonha "poderia ser até mesmo o bakugo"comecei a ficar mais vermelha do que ja estava, motivo, um bakugou completamente irritado com o kirishima que o perseguia enquanto gritava, eu sabia, ignorei esse fato minha preocupaçao é se ele ouviu seu nome na conversa, bom, parece que nao.

"Nenhum deles momo" retruquei quando me recuperei.

"Voce nao vai falar mesmo" ela fez um bico olhando para o lado, mas logo virou de volta com um olhar assustador "se voce nao vai falar entao, a tsuyu conta de quem voce gosta" droga, tsuyu se virou parando de comer seu almoço.

"Ela gosta...." a mostrei-lhe o meu melhor olhar de gato de botas, como se eu pedisse para ela nao falar "do midoriya-kun" que?!

"Serio?! Eu sabia que voce gostava dele!" ta, teria sido melhor ela fala que era o bakugou mesmo, agora ela vai botar na cabeça que deve nos juntar "vou dar um jeito de juntar voces dois" afirmou, agora é minha vez de provoca-la.

"Voce, quando vai se declarar para o shoto? Eu e a tsuyu começamos a rir feito loucas, pelo simples fato de que o todoroki estava atraz dela, e ela para tentar disfarçar virou para o lado que ele estava, resultado uma momo e um todoroki totalmente vermelhos, tadinhos.

Nao tivemos tempo para falar mais nada, o sinal bateu fomos para a sala, assistimos o resto da aula, logo que acabou fui para a biblioteca encontrar o bakugo, se eu me atrazar o mais provavel é que ele me mate.

"Esta atrazada" dei um pulo pra traz, com a quela voz mau humorada de sempre "acho que eu tinha dito para nao se atrazar" que cara irritante.

"Vamos fazer logo esse trabalho e ir embora" disse seca e ele so acenou em concordancia.

Ponto de vista uraraka off

Um tempo antes no intervalo

Ponto de vista bakugo on

Que saco, desde a minha conversa com a uraraka antes do treinamento nao consigo tirar meus olhos dela, estou ate parecendo aquele maldito nerde que tambem a fica encarando, eu juro que se ele a ficar secando com aquele olhar novamente vou explodilo.

"Ei bakugo, porque esta com essa cara?" perguntou o maldito do kirishima, por incrivel que pareça viramos amigos, mas ele é muito irritante.

"É a mesma de sempre seu merda" nao estou com paciencia para falar com ele.

"HAHAHA, acha que eu nao percebi que voce ficou a aula inteira de olho na uraraka?" como assim ele percebeu, tentei disfarsar ao maximo "pela a sua cara achou que ninguem ia reparar" ele le mentes poracaso?! "E não, eu não leio mentes" ele ta começando a me assustar.

"Ta com problema na cabeça eu nao tava olhando pra ela, porra" merda o kirishima é esperto ele nao vai cair nessa.

"A era sim, eu sei bem como voce é um pervetido, pricipalmente quando se trata de olhar para os peit-" o calei com um soco "nossa ainda fica com ciumes quando falam do corpo dela" eu estava pronto para a cabar com ele, se ele ja percebeu que eu gosto da uraraka, porque fica falando assim dela.

"Eu nao gosto dela merda" nao sei porque o idiota arregalou os olhos "ei kirishima, porque ta com essa cara?" perguntei "ei me responda logo!" ja estou perdendo a paciencia.

"Cara...voce acabou de admitir que gosta dela" ha?! "Eu falei que voce estava olhando o corpo da uraraka, nao que voce gostava dela" merda, agora que ele vai me enche pelo resto do ano " EU SABIA" o maldito começou a me seguir pelo refeitorio gritando isso, chamando toda atençao para nos.

"Kirishima cala a boca" isso ja deu, eu acho que vou matar ele, ninguem vai se importar mesmo.

"Serio?! Eu sabia que voce gostava dele!" ouvi a momo gritar, e a procure com os olhos, ela estava falando com a uraraka, senti meu sangue ferver, fui saindo do refeitorio sem comer nada e me sentei no jardim.

Droga eu nao paro mais de pensar naquela maldita, e se ela gostar do deku ai que eu não tenho chances com ela, eu devia ameaçar ele afinal ele morre de medo de mim, mas se eu fizer isso a uraraka ficara triste.

"Aaaaaaa!" dei um grito de raiva que assustou todos que passavam por mim "merda, o que eu faço?"sussurrei para mim mesmo.

"Pare de ser morto e se declare para ela" ouvi uma voz conhecida, conhecida demais para meu gosto "que?! Nao me olhe com essa cara!".

"Como se voce tivesse a maior experiencia todoroki!" nao acredito que esse meio a meio que me dar conselho "que eu saiba voce nao tem coragem de se declarar para a momo" se ele quer me provocar, eu é que nao perco essa chance.

"A diferença é que eu sei que ela gosta de mim" ta, essa ele venceu,desvio o olhar para ele, ele esta com um sorriso de lado, me olhando como se fosse superior "sabe bakugou, não somos amigos nem nada, mas eu te devo uma por não ter lutado sério daquela vez" bem isso é verdade.

"Quem disse que eu preciso de sua ajuda" ele pode estar me devendo, mais nao pretendo aceitar a juda dele.

"Mesmo que não queira eu vou falar..." interrompe-lo mais ele voltou a falar "a uraraka nao gosta do midoriya" .

"Como assim nao gosta?!" acabei de confirmar a ele que eu gosto dela, porra, eu tenho que guardar meus pensamentos.

"Simplesmente nao gosta, eu escutei a coversa delas e olhar da uraraka pedia para a tsuyu mentir" fiquei feliz em ouvir isso, mas nunca que falaria em voz alta, entao só desviei o olhar "entao, pare de perder tempo" dito isso voltou a andar a caminho da sala.

Posso não admitir em voz alta,mas bem que ele tem razao, se eu ficar aqui perdendo tempo o deku vai acabar ficando com ela e eu não me perdoaria  se deixasse isso acontecer.

Fui para a sala e assisti a aula assim que acabou fui para a biblioteca, e finalmente ela chegou, reclamei do pequeno atrazo e começamos a fazer o trabalho.

"Maldito aizawa esse trabalho ta impossivel de fazer" resmunguei enquanto faziamos o trabalho.

"Pare de reclamar bakugo, se voce se concentra-se terminarìamos mais rapido"

Ela esta irritada, mais confesso é ate engraçado.

"Ta bom" é melhor eu nao abusar da paciencia dela hoje.

"Nao acredito" me olhou assustada, inclinei levemente a sombrancelha, em sinal que eu nao entendi "voce nao foi grosso comigo!" continuou me olhando assustada, acho que é melhor eu falar algo.

"Assim parece que eu sou sempre grosso" ela começou a me olhar com o rosto corado, nao entendi direito.

Ponto de vista bakugo off

Ponto de vista uraraka on

"Assim parece que eu sou sempre grosso" que fofo! Ele inflou as bochechas e fez um biquinho, ele provavelmente não percebeu, não sei como aguentar essa vontade de apertar as bochechas dele "por que voce ta me olhando assim?" esquece, nem que ele me chingue.

Comecei a apertar as bochechas dele com uma certa força, no começo ele me olhou assustado, mas logo começou a ficar bravo.

"Ei cara de lua me solte" droga, ele puchou minha mão, tirando de seu rosto ficando com as marcas vermelhas de meus dedos "o que deu em voce sua maldita" ele ta bravo.

"Voce é muito fofo com essas bochechas infladas" não acredito, eu vi o bakugo corado por uma coisa que eu falei.

"Eu não sou fofo" cada vez mais fofo.

"É sim" continuei "não adianta negar katsuki" o chamei pelo primeiro nome pela primeira vez, eu fiquei um pouco corada.

"Tavez eu seja" dei uma risadinha fofa "mais voce é mais ochaco" agora sim que eu viquei mais vermelha que nunca "e é bem bonitinha" ele começou a se aproximar e pegou uma mecha do meu cabelo a enrolando em seu dedo "o que voce esta fazendo comigo uraraka ochaco?!"

Foi entao que ele me beijou, no começo não correspondi, mas logo me deixei levar intrelaçando meus braços em seu pescoço, bakugo colocou uma mão em minha cintura e a outa em meu cabelo, ficamos assim por um tempo ate que nos faltase ar.

Nos separamos, ambos corados e ofegantes por causa da falta de ar, eu nao sabia o que fazer ou falar, entao fale a primeira coisa que me veio a cabeça.

" por que me beijou bakugou ?" ele respirou fundo como se fosse tomar coragem.

"Poque eu gosto de voce uraraka" fiquei sem fala só conseguia escutar "desde a nossa luta nao consigo parar de pensar em voce, ate parece ridiculo eu me declarando para a mesma garota que aquele maldito nerde gosta" eu continuava sem saber o que falar "tudo bem se voce me mandar para o inferno, o que importa é que eu te beijei primeiro que o deku" sorri para ele antes de beija-lo de novo.

Ponto de vista uraraka off

Narrador on

Quando se separaram novamente uraraka se criou coragem e disse:

"Eu tambem gosto de voce" foi clara a surpresa de bakugou "não sei direito quando começou só sei que meu sentimento é real, eu nuca lhe mandaria para o inferno, quero ficar sempre ao seu lado" ambos sorriam ao terminar a frase.

"Voce quer namorar comigo?" Bakugou finalmente tinha tomado coragem para fazer o pedido.

"Sim!" respondeuse jogando nos braços dele.

Esse seria o inicio de muitos brigas e ciumes, mas acima de tudo o amor entre eles só cresceria.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...