1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Noite De Luar Frio - Exo Hunhan ABO >
  3. O Sequestro de um alfa da lua

História Uma Noite De Luar Frio - Exo Hunhan ABO - Capítulo 73


Escrita por:


Notas do Autor


Oi meus amores
Espero que tenham uma boa leitura e que esteja do agrado de vocês 😍😘

Capítulo 73 - O Sequestro de um alfa da lua


Fanfic / Fanfiction Uma Noite De Luar Frio - Exo Hunhan ABO - Capítulo 73 - O Sequestro de um alfa da lua

Sehun

Assim que cheguei onde estavam, Hiromi pulou em meu colo e eu o enchi de beijos, Lay me chamou pra adentrar na caverna:

- Hiromi, cuide de seus amiguinhos, eu vou checar o que é isso OK? Fiquem todos aqui.

- Mal chegou e já quer mandar, nós estávamos lá dentro até agora.

- Hina, respeite seu tio!

- Tô respeitando papai e aliás é mais fácil eu cuidar dos meninos.

- Hina você realmente é igualzinha o Baek, vamos Lay.

Assim que entramos, senti algo estranho, cocei a nuca e vi um pequeno feixe de luz entrando, havia um buraco no teto e uma parede que parecia ser removível:

- Também tá sentindo sua semente formigar?

- Sim.. - Respondi. - As crianças também sentiram?

- Sentiram mas elas não falaram, Hina e Hiromi coçaram seu umbigo várias vezes. Acha que isso tem algo haver com as bruxas que o Suho falou?

- Acho que sim, o Shiro e o Keniah não conseguem entrar aqui.

- Como assim não conseguem? - Perguntei colocando o boné pra trás.

- Acho que só alfas da lua podem entrar aqui.. eles não conseguiram passar da entrada da caverna. 

- Vamos voltar pro acampamento, as crianças precisam comer alguma coisa, talvez possamos ensinar a eles como se transformarem. Podemos passar aqui depois e ver se descobrimos alguma coisa a mais. 

- Sim tem razão. 

...

- Concentrou toda sua força Hiromi? vamos, já fez isso antes. - Falei andando pela trilha.

- Mas papai, eu fiz isso quando ainda era bebê e foi sem querer.

- Ainda é meu bebêzinho. - Apertei suas bochechas fofas que me lembravam o Luhan.

- Papai eu também quero. - Ouvimos Keniah pedir e Chen o pegou no colo apertando sua bochechas. - Por que não vira um lobo bem lindo pra mim tirar uma foto e brincar?

- Siiiim

- Estou com saudade da mamãe.

- Calma Shiro, já já você vai vê-la. Estamos chegando Sehun?

- Sim, Lay. - Respondi.

° Hey Hiromi°

° Fala Hina °

° Tá sentindo esse cheiro? °

° Estou ouvindo hein crianças ° - Pensei rindo, eu sempre empatava a conversa "secreta" dos dois.

° papaaaaai °

° Titio Sehun sapeca °

Eles então ficaram quietos e percebi Hina olhando para trás, será que preciso me preocupar com isso ou seria apenas o cheiro de uma planta estranha?

Luhan

- A fogueira está pronta! Só falta nossos homens e os filhotes.

- Hey eu tô aqui viu.

- Chany, você é metade dos homens que tenho. Lulu vem aqui, vamos tirar uma selfie no lago. - Baek me chamou e eu fui rindo vendo a cara do orelhudo de bravo.

- Cadê o Min?

- Foi fazer pipi. Vem. - Ele tirou o celular do bolso e tieou uma selfie nossa. - "Se junta já causa imagina juntas rsrs #acampamento" pronto já postei.

- Tem sinal aqui?

- Tem sim.

- Cadê o Sehun hein? - Perguntei já nervoso, vai entardecer já já e as crianças precisam comer.

- Calma Lu, eles devem estar chegando e também... - De repente um lobo pulou em Baekhyun que caiu no chão gritando e eu assustei. - AAAAAAAAH SAI CACHORRO, SOCORROOOOOOO.

- Calma Baek. - Chanyeol pegou o pequeno lobo no colo e era Hina!

- Hahaha mamãe ta devendo hein, que belo susto sapeca eu preguei, desculpe mamãe.

- Tudo bem sua pestinha. - Baek se levantou com minha ajuda e tirou as folhas do cabelo. - Sua danada. Aprendeu a se transformar?

- Siiim, titio Sehun ensinou. - Quando ela disse isso olhei pra trás e vi Sehun vindo em minha direção, Sorri.

- Mamãe mamãe eu também aprendi a me transformar. - Shiro correu e caiu de cara no chão.

- Calma calma, mentira meu amor vem aqui, fez dodói? - Baek o pegou no colo e ele fez biquinho, isso me deu uma baita saudade de quando eles eram bebês.

- Baekhyun, não o trate como neném, ele já cresceu.

- Cala boca Sehun.

- Grosso. Hey Hiromi vem aqui.

- Oi Papai Lu.

- Oi meu amor. - Beijei sua testa. - Como foi o passeio?

- SUPER LEGAL! ACHAMOS UMA CAVERNA LINDA!

- sim, ela era a nossa caverna! A caverna da lua.

- Oi gente, cadê o Min? - Perguntou Chen.

- Ele.. Ah já está voltando olha ali. - Falei.

- Se eu tivesse algum poder será que eu conseguiria entrar?

- não amiguinho, lembra que eu também não consegui? Só quem é da lua pode. - Vi Shiro indo abraçar Keniah e não estava entendendo nada.

- alguém me explica que história é essa?

- Já vamos explicar meu amor. - Yixing o beijou. - Mas vamos comer primeiro.

- Ok. Vamos crianças.

...

Depois de comermos ficamos aproveitando o pôr do sol lindo que havia por ali, eu estava abraçado com Sehun muito feliz sentindo a conexão de nossos lobos e por falar nisso, nossos lobinhos estavam transformados pulando no lago e aprendendo a nadar com Baekhyun, Min e o Chanyeol, não sei porquê mas me bateu uma saudade de Kris, Tao, Soo e Kai.. Sehun e Lay nos contou sobre a caverna e ficamls em um suspense muito curioso. 

- Ai vocês mergulham o focinho e respiram pra fora não pra dentro entendeu?

- É expiração que fala mamãe. - Hina dizia uivando.

- Hina não pode! Só se uiva quando ver a escuridão da noite. - Lay a repreendeu e ela ficou quieta.

- Cala boca Hina, eu estou ensinando do meu jeitinho ta? Não me faça parecer leigo.

- Se o Soo tivesse aqui com certeza ele diria "Baek manja de natação por ser uma piranha". - Falei baixinho e Sehun riu.

- Eu escutei ta? - Baek gritou cruzando o braço e rimos mais ainda.

- Amor..

- O que foi Hunnie?

- Não acha o Hiromi e a Hina muito próximos?

- Acho mas o que tem?

- Não acha que eles podem... Você sabe..

- N-namorar?

- É.

- Mas não pode.. Ou, ah eu esqueço, eles não são primos né.

- Não, ela é filha do Lay e não do Chanyeol.

- De qualquer forma eu acharia estranho amor... Mas se o Hiromi fosse feliz assim eu não sei o que pensaria, talvez eu aceitasse, só não ia gostar de ver ele abandonando os outros dois e a Hina é dura na queda também, tem o gênio do Baek.

- Isso é verdade, espero que o Hiromi continue calmo do jeito que está.. Se ele puxar a mim, um doido perturbado não ficarei feliz, ele aparenta ser calmo e só se enfureceu por conta da sua semente e de saber do passado.

- Hunnie.. - Me virei e o beijei, logo o abraçando calmamente, sentia seu lobo retraído. - Não seja tão duro consigo mesmo, você é uma otima pessoa OK? Eu sei que é. Passou por muitas coisas, o Hiromi te vê como exemplo porque você é forte.

Ele abaixou a cabeça e começou a chorar:

- Eu te amo.. O Hiromi é meu bebê e eu.. Arriscaria minha vida por vocês sem pensar duas vezes, não vou mentir, estou com medo do que está vindo, nossos filhotes e essas bruxas..

- Nós vamos proteger eles com toda nossa força, o que você sentiu hoje naquela tal caverna da lua.. E se foi algum sinal? Você é especial Hunnie. Eu confio em você. - O abracei forte, por mais que eu achasse que soubesse da dor ele, não sei nem metade do sofrimento dele.

Olhando aquela diversão, nossa família no acampamento, os sorrisos de todos, eu até havia me esquecido dessa confusão.. Eles ficarão bem? São crianças e vão ter que ajudar o universo, a vida que existe na Terra, nós..

- Pessoal, já escureceu, o sol se pôs, se sequem e vamos fazer marshmallows. - Dizia Min animado e os filhotes correram até ele gritando e se transformando em humanos novamente.

- obaaaa.

- Tio Min ensina a gente ver os bicho nas estrelas, eu esqueci tudo.

- Claro Hina, mas são constelações e não bichos OK? - Ele bagunçou os cabelos da pequena.

...

Mais tarde

...

- Aquele ali é o escorpião, dá pra ver?

- Só vejo bolinhas brilhantes!

- Você é neném ainda Shiro.

- Não, já tenho oito anos!

- Não briguem meninos, está tudo se não conseguirem ver, lembra aquela lição da escola onde tinham que ligar os pontos? É a mesma coisa.

- Sim papai, eu consegui ver o Oreo.

- É Orion meu amor.

- Oreo é bolacha Keniah, seu noiado.

- Meninos está tarde, melhor irmos dormir, amanhã vocês vêem mais disso. - Baek dizia saindo de dentro da sua barraca.

- Desde quando se vê estrela de dia?

- O sol Sehun.

- Deeeer, sem graça. - Dissemos todos e Baek fez bico.

- Está tarde mesmo e frio, vão pra barraca de vocês aliás ela é a maior de todas. - Falei apagando a fogueira.

- Claro, nós vamos dormir os quatro juntinhos. - Shiro dizia amoroso, ele era uma gracinha.

- Boa noite crianças. Durmam bem viu. - Yixing disse terminando sua flexões.

- Que horas são papai?

- Onze e meia meu anjinho. - Lay deu um beijo em seus filhos, logo estávamos todos fazendo o mesmo, pra nós eles jamais iriam crescer.

...

- Sehun?

- Oi amor.

- O que é isso duro na minha coxa.

- Minha rola.

- Perdeu a sensibilidade foi? - Disse rindo e corado ao mesmo tempo, fazia um tempo que não nos tocávamos.

- Desculpe, eu só estava brincando porém é verdade.

  Me virei ficando de frente para seu peitoral e percebi que ele estava mais forte, toquei em seu pescoço e desci meus dedos, ele fez carinho em meus cabelos e ergui minha cabeça:

- Bem que dizem né, vinho quanto mais velho fica mais gostoso é.

- Sempre serei gostoso até porque sou um alfa diferente e másculo.

- Eu adoro. - O beijei e ele prosseguiu, logo paramos e eu me aconcheguei em seus braços. - Fazia tempo que não tiravamos um tempo pra família e para nós, nem tudo é dinheiro.

- Tem razão amor, precisamos de mais momentos assim, mais acampamento. - Ele acariciava meu cabelo e eu me sentia muito mimado, adormeci assim.

Autora

Keniah era o único que ainda estava acordado naquela hora da madrugada, ficou com sede e resolveu ir até a beira do riu para beber água mas assim que saiu da barraca, ficou paralisado, viu uma garota, baixa e de pele clara, a luz da lua fazia sua expressão ser bem notada, malícia pura pairava sob seu olhar:

- O-o que você quer aqui? - Ele disse sentindo seu sangue começar a esquentar, por todo o corpo.

- Eu quero uma coisa que só vocês tem, ou melhor duas, a paz e um alfa da lua!  Hahahaha, gostando do meu feitiço?

E então o garoto viu uma certa substância negra saindo de dentro do coração da garota e seguindo até todas as barracas, ele sabia que aquilo não era algo normal e muito menos bom.

- Não vou deixar que machuque.. Meus amigos.

- Oh pobrezinho.. Ele é o único de todos os lobos que não tem poder. É um inútil.

- Quem é você pra me dizer quem sou? Eu posso não ter nenhum poder mas meus papais, tios e amiguinhos me amam, com ou sem poder. - Sem querer o garoto, por vontade própria quebrou o feitiço de Yeri, a bruxa que resolverá se aproximar do acampamento na calada da noite pra envenenar e enfraquecer os lobos e possivelmente tentar pegar um dos alfas da lua. Não fora tão agradável as coisas para Suho quando Irene descobriu que o mesmo quebrou o selo que escondia a casa.

- P-para.. O que está fazendo? - Cuspiu sangue pela boca e sentiu seu peito queimar. Tentou liberar mais magia negra mas não conseguia, de repente, toda a negatividade que soltara estava voltando para si, as quatro barracas que estavam cobertas por um tipo de névoa negra agora estavam limpas. - Não.. Como..

- O que está acontecendo? Por que eu.. - O garoto caiu no chão e começou a se sentir muito quente. De repente Yeri se viu liberta, em um ato de impulso para ir embora correu rapidamente para a barraca dos pequenos e pegou Hinazuki a força que não teve nem tempo de reagir, esta fora presa em um tipo de bola de energia, aliás tudo que as bruxas queriam era um alfa da lua para neutralizar seu poder.

Keniah queimava por dentro e gritava, sentia seu sangue borbulhando, ao ver sua amiguinha sendo levada liberou mais poder de dentro de si e gritou tão alto que a noite virou dia, o verão se tornou outono, o frio da noite virou calor, tudo se desconectou, tudo saiu de seu devido lugar por um segundo, o mundo entrou em colapso, O Planeta terra ficou mais próximo da terra do que a Lua e um apagão geral aconteceu, Irene apareceu em meio ao tremor, uma rajada forte de vento dominou o local e ela tentou parar mas sua tentativa foi falha, conseguiram levar Hina dentro da bola de energia para dentro da casa:

- Invocação forçada: Almas da casa. - Falando isso chamou rapidamente todos, Wendy, Joy, Seulgi e Suho. - Peguem na minha mão rápido. Seulgi conjure e puxe tudo que há nessa casa de mais importante entendeu? Rápido.

- Eu.. Os pesadelos eles.. - Yeri delirava, sua aura negra havia voltado contra ela e ela estava fora de si.

- Joy neutralize a Yeri e isso está acontecendo por sua culpa embuste. - Em meio ao caos, Irene conseguiu tempo para socar o nariz de Suho. - Seulgi?

- Pronto, os móveis ficaram, mas nossos livros e preparações vão conosco.

- Wendy, neutralizar nossa energia e magia, nós temos que sair dessa casa urgentemente.

- OK.

  Depois de terem feito isso, teletransportaram todos, inclusive sua preparações para o grande dia. Hina tentava a todo custo sair da bola de energia mas de nada adiantava, ela então começou a chorar e se encolheu:

- Finalmente, a essência dessa alfa vai ser nossa e vamos acabar com todos eles, por mais que tivemos pretextos essa oportunidade era única. - Irene sorria.

...

- Keniah. - Min chorava tocando a pele de seu filho caído no chão, seu rosto estava vermelho, e embora quando tivessem chegado ao local o mundo estava normal de novo eles puderam sentir o impacto de um segundo de onde estavam.

- Papai.. A Hina.. Ela.. Eu não consegui salvar ela. - O pequeno chorava enquanto os adultos estavam preocupados.

- Minha lobinha... Cadê a Hinazuki? O que aconteceu? - Yixing rosnava como ninguém nunca havia visto.

- Aquela moça ruim.. Pegou ela.

- Que moça? Espera.. - Sehun farejou um pouco. - Dá pra gente seguir o cheiro da Hina. Mas precisamos saber quem foi que.. As bruxas..

- Ela.. FOI ELA. - Keniah socou o chão e transmitiu para a a mente de todos a imagem da garota que vira.

- Foi ela que estava com o Tio Suho no dia que eu corri para a floresta! - Disse Hiromi rosnando.

- Yeri.. Vagabunda. Ela sequestrou minha filha.

- Nossa filha Baek. - Chanyeol começou a ficar com raiva.

- Calma meu amor, por favor.. Você está tão quente. Por favor se acalma. - Min colocou a cabeça de seu filho em seu colo enquanto Chen fora buscar a água do lago para ver se a temperatura do corpo dele abaixava.

- Papai.. Não consegui salvar a Hina..

- Calma, vamos achá-la mas você não percebeu?..

- O que?

- Tens un poder meu anjo. Você tem um poder, eu vi quando uma moça correu.. Aconteceu algo muito estranho com o céu e o clima, sua raiva por não conseguir impedi-la gerou isso.. Eu sei..

- E você acabou de colocar a imagem da moça que viu em nossas mentes. - JongDae passava a água pelo rosto do filho que foi ficando mais calmo e se sentou.

- Eu.. Tenho um poder!

- Sim e vamos reunir nossas forças pra salvar minha irmã.. Hina..

- Nossa Shiro, nunca ouvimos você falar assim. Vamos resgatar a Hina. - Hiromi dizia rosnando.

Os ômegas se sentiam aliviados pelas crianças encorajarem uns aos outros e os alfas preocupados com a reação de Yixing.

- E se a casa que eu vi não era onde elas estavam? Vamos ver se não levaram a Hina pra lá! - Disse Baek.

- Sim vamos meninos, eu também vi a casa. - Luhan estava apreensivo e tremendo de medo, Sehun pegou em sua mão então para acalmá-lo.

..

Depois de vasculharem cada canto da casa, não acharam nada além de utensílios e móveis.

- Vadias... Devem ter feito alguma magia e levaram a Hina pra longe. - Baek caiu no chão e começou a chorar, Min e Luhan foram abraçá-lo.

Lay pegou seu celular e foi para outro canto da casa, os lobos estavam nervosos, não sabiam o que fazer, Assim que ele voltou Sehun se pronunciou.

- Olha Yixing nós estamos perdidos mas vamos usar tudo que temos pra achar a Hinazuki.

- Eu acabei de ligar pra máfia.. Minha gangue Sheep Gang Glorious vai comandar uma busca em todos os cantos suspeitos possíveis, alguns são alfas da lua.. Obrigado por ajudarem...

- Não agradeça.. Somos família entendeu? Família, amamos a Hina. - Chanyeol o abraçou forte e Yixibg chorou, aquela era a primeira vez que todos os viram chorar.

- Hina... Nós vamos te achar. - Shiro disse em voz alta.


Notas Finais


Espero que tenham gostado ♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...