História Uma noite inesquecível. - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Luan Santana
Tags Drama, Luan Santana, Romance
Visualizações 10
Palavras 633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


"Yaeh" Tá gostando?
Que tal comentar aqui suas ideias? Adoraria receber suas sugestões.😘

Capítulo 3 - Puta que pariu! A Jade.


Depois de algos minutos de choro, me recomponho e descido dá uma volta pela cidade. Afinal sou solteira e preciso me divertir e não ficar chorando pelos "bolos" do meu melhor amigo comprometido.

foda-se os dois.

Tomo um banho um pouco demorado, escovo meus dentes, "reboco" o rosto de maquiagem pra ver se diminui a cara de choro.

Coloquei  o vestido novo que comprei.Ele é lindo, vermelho, curtinho e com uma abertura "V" atrás, ponho meu salto 15 preto favorito.

Oooh estou sexy pra caramba!

Minutos depois Luís,o taxista que sempre chamo para enfrente a boate nova que abriu semana passada.

Ao entrar na boate me deparo com uma grande quantidade de gente. 

Caraca! isso aqui tá incrível.

Depois de bebendo alguns copos de "passaporte". Vejo quando um cara alto, moreno e gato sentar-se  ao meu lado.

-Estava de longe te observando e me parece que você está sozinha.Posso ter fazer companhia? -pergunta com uma voz sexy.

-sim, mais me diga por que um "pecado" como você iria querer sentado ao meu lado? -pergunto confiante por conta do álcool.

Ele dá uma gargalhada e então me responde. -Esse "pecado " aqui"-faz um gesto na direcção dê se mesmo. - está apenas querendo a companhia dessa linda mulher.

Olha temos um conquistador aqui.

-E qual seria o nome desse "pecado "?

-Renan, e o da linda mulher ?

-Melissa, mas gosto que me chamem de Mel.

Nao gosto da pronúncia do meu nome "Melissa" prefiro quando me chamam de Mel . Não me julguem.

Depois de um bom tempo conversando com Renan, descubro que ele é um cara legal.Tem 28 anos é modelo, com a beleza que ele tem já era de se esperar. Tem uma filha de 4 anos  e é divorciado. Passei meu "whats" pra ele e nesse momento estou dentro do táxi que o mesmo chamou pra mim. Embora ele tenha se oferecido pra me levar em casa prefiro dormir sozinha essa noite.

Após pagar o táxi ando até minha "casa", moro em um condomínio.É muito calma aqui, graças a Deus.

Deminuo o ritmo dos meus passos quando de longe vejo a sombra de um homem deitado na minha porta.

Merda!

Quando estou proxima, já não tem mais dúvidas eu conheço essa pessoa.

-Que diabos você tá fazendo sentado aqui Luan Rafael?- perguntou enguanto me aproximava mais.

Vejo-o levantar com dificuldade, droga esse imbecil andou bebendo.

-Ela me deixou.

Abro a porta e o ajudo a entrar, e puts ele é pesado pra caramba. Com dificuldade coloco ele no sofá. Tenho certeza que amanhã vou tá com uma dor no corpo terrível.

-Vem Luh, vou te dá um banho.

Depois de levá-lo para o quarto tento tirar sua roupa. Ele resmunga algo enquanto se meche dificultando meu trabalho.

Consegui tirar seus sapatos,meias,calça e quando estou tentando tirar sua camisa ele beija.

No começo eu fiquei sem reação mas logo retribuir, aprofundamos o beijo. Quando dei fé já estamos na minha cama com ele encima de mim.

-Luan para você está bêbado e vai se arrepender amanhã. Tento sair de baixo.

-não me faça parar, por favor.

Puta que pariu!

Se ele continuar a insistir eu não vou aguentar. Será que vale a pena arriscar a nossa amizade? E se nunca mais tivermos essa chance.

Ahhh gemo ao sentir seus dedos na minha úmidade. Caramba eu já estava molhada.

-Você tem camisinha? eu eu não uso anticoncepcional.-mordo os lábios com medo da resposta.

-Não, mas existe um "trem" chamado "pílula do dia seguinte" Melissa.

Engraçado como agora ele parece bem sóbrio.

Não acredito que a gente transou, agora observado o rosto do meu amigo enquanto ele dorme tudo parece surreal. Dois orgasmos e uma conexão que eu não tive com mais ninguém.

Me levanto devagar em direção a minha bolsa onde está meu celular para por um lembrete de comprar a pílula do dia seguinte. Tudo que eu menos quero e um filho entre o luan e a jade.

Puta que pariu! A Jade.


Notas Finais


Não aguentei 🙈🙈


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...