História Uma noite irreversível - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance Mordeno
Visualizações 10
Palavras 506
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - As lembranças mais loucas


Ao ouvir esta palavras, eu senti minhas bochechas queimarem mais que lenha na fogueira.

Então senti ele colocar a mãos dele em minha cintura. E então eu senti pela presença quente e dura do seu p****, que o que ele realmente queria não era me atormentar, se não fazer com que a sua vontade se fosse.

Ao ver o a nossa proximidade fez ele sentir, eu fiquei ainda mais envergonhada, então fiquei quieta. Até que ele quebrou o silêncio chato que estava entre nós.

Tayler: -Quem diria né? Se sentir excitado por conta da minha própria aluna. Que irônico é o destino.

Lilian: -Né.

Então eu falei bastante baixo: "-Quem diria que eu também me sentiria assim pelo meu professor..." 

Então ele olhou para mim, parecendo ter escutado o que eu havia dito e sorriu.

Tayler: -Sério? O que eu lhe faço sentir?

Já perdendo a vergonha, acabei respondendo: "-O mesmo que você sentiu quando seu p**** ficou duro que nem uma pedra." (Disse isso com a rapidez em que pensei e com um sorriso meio malicioso em meus lábios.)

Ele surpreso então disse: "-Ah, então você sabe que eu estava com vontade de f**** você naquele momento não é? Bom saber que esse sentimento de atração é mútuo."

Então ele me beijou de forma lasciva, impaciente e bastante sedutora. 

Mas uma coisa me surpreendeu, só com esse beijo ele me passou toda a sua excitação. Como pode ele fazer-me sentir de tal forma com um toque tão normal? Será que esse cara é realmente normal? Saí das minhas perguntas e voltei a mim mesma assim que sentir sua mão subir das minhas coxas até uma área restrita. Então antes que ele tocasse ali, eu peguei a sua mão e fiz com que ele olhasse para mim de forma impaciente. Então eu disse: "-Poderíamos pelo menos esperar passar todas as aulas?"

Tayler: -Não sei, que tal fazer aqui mesmo? Uhum?

Lilian: -Não, você ainda tem aulas hoje né?

Tayler: -Eu não me importo em cancelar as últimas aulas. (Disse ele enquanto marcava o meu pescoço com mordidas e chupões.)

Lilian: -Então que tal... se saímos daqui... e vamos para outro lugar...

Então ele me pega no colo e pega o seu celular mandando um carro ir pegá-lo na universidade XXX. E então nós entramos no carro, o que me lembrou um pouco da noite anterior... que acabou me deixando bastante corada. Ao perceber a minha reação, ele se inclina na minha direção, então pega uma mecha do meu cabelo e cheira, o que fez com que eu ficasse ainda mais envergonhada.

Lilian: -Eii! Assim você me deixa mais envergonhada... (Diz ela escondendo o rosto entre suas mãos)

Tayler: -Ummm... será que você está com vergonha porque eu cheirei o seu cabelo ou... pelo que fizemos neste mesmo carro?

Então ele segura em minha cintura e se inclina me dando outro beijo daqueles... me deixando cada vez mais enfeitiçada por ele.

Então eu sussurrei em seu ouvido: "-Eu queria fugir de você mas... não acho que conseguirei, pois você me enfeitiça.


Notas Finais


Até o próximo capítulo!😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...