1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Noite na Pizzaria >
  3. O Começo de Tudo

História Uma Noite na Pizzaria - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oie meus biscoitos e bolachas :3
Essa eh minha primeira história, então me desculpem se estiver ruim TwT
Essa história era pra ser um trabalho de escola, mas eu tive uma mudança de planos e vou clocar essa aqui :D
Bom, boa história, te vejo lá em baixo ;)

Capítulo 1 - O Começo de Tudo


Fanfic / Fanfiction Uma Noite na Pizzaria - Capítulo 1 - O Começo de Tudo

 - Mamãe! Mamãe! Vamos na pizzaria???

 - Agora? Não acha que está muita cedo? Ainda são 8 horas, nós só jantamos às 9

 - Por favor mamãe!! O que acha papai??

 - Por mim tudo bem, vamos amor, faz bem sair

 - Ok, ok, vamos lá!

 - Ebaaaaa

20 minutos depois

 - Chegamos mamãe!! Vem! Vem!

 - Baby! Não corra! Vai acabar se machucando.

 - Deixa amor, ela tá feliz, vamos entrar.

 - Ok

 - Mamãe! Olha, a maninha está ali!!

 - Que ótimo que achamos a sua irmã!

 - Maninhaaaa!!!

 - Oi Baby, como está?

 - Estou bem, e você, faz tempo que não te vejo.

 - Eu vou bem, onde estão o Papai e a Mamãe?

 - A mamãe e o papai estão ali

 - Oi mãe!

 - Oi filha! Como vai a sua vida na nova casa?

 - Vai bem, e vcs, como estão?

 - Estamos todos muito bem

*10 minutos de conversa depois*

 - Mamãe, pede uma de calabresa pra mim?

 - Claro filha, olha só, vai começar o show!

 - Ohhhh, eu vou lá ver!!

*A irmã da Baby, Sthefany faz uma cara preocupada*

 - Eu amo essa, a Circus!! E eu também amo essa música!

 

* Baby canta com a robô: Theres a place, in the dark…*

 - Eu quero brincar com ela!

*Puple Guy olha repentinamente para Baby, que se aproxima da robô*

 - BABY!

*Baby olha para seu pai*

 - Lembra do que conversamos, não chegue perto dos robôs!

 - Ok...

*2 hora depois a família vai embora, 3 horas depois  a pizzaria fecha, porém, Baby volta à pizzaria, ela queria ver e falar com a robô*

 

“Eu só quero brincar com ela, além do mais, eu já tenho 9 anos, sei me defender sozinha!”

*Baby entra na pizzaria, que não estava trancada*

 - Que escuro... Fiquei com medo agora..

*ela caminha pela vazia pizzaria*

 - Queria saber onde a Circus está... Acho que ela está naquele lado...

*Baby vê um vulto atrás dela*

 - O que foi isso?! A-acho que foi só o vento..

 - Eu acho que não..

 - QUEM ESTÁ AÍ?!?

 - Sou eu... Circus

 - Circus? C-como você está viva? Bom, não importa, amo muito você, me dá um autógrafo?

*Circus fecha seu olhos repentinamente e parece lutar contra algo dentro dela*

 - Circus?...

 - M-me desculpa!!...

*Baby pareceu estar no modo automático, ativado naquele momento para matar aquela criança*

*Circus morde a cabeça de Baby*

 - AAAAAAAAAAAAAA

*Olhos da Circus mudam de azul para verde, iguais os da Baby*

 - DROGA! Olha o que seu pai fez com você maninha! Foi ele quem criou esse bichos e foi ele quem ativou essa porcaria de botão e te matou maninha!!...

*Sthefany, segurança da pizzaria começa a chorar*

*Circus Baby começa a andar de volta a sua sala*

*6 horas da manhã*

*Purple Guy chega na pizzaria e entra na sala de segurança*

 - Ótimo, o que aconteceu ontem a noite?

 - Nada de mais, apenas a Circus matando a Baby...

*Purple Guy repara que Sthefany está chorando e não parece mentira para desativar os robôs*

*Purple Guy faz uma cara de assustado e corre em direção a Circus Baby, chamada assim pela própria Baby, Purple Guy olha os olhos de sua criação, que estão verdes que nem os de sua filha*

 

 


Notas Finais


Eu disse que via vcs aqui em baixo >:3
Então, esse foi o primeiro capítulo, espero que tenham gostado, até mais biscoitos e bolachas!!
Obs: A música não eh de minha autoria, "Circus of the dead" foi feita pelo tryhardninja


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...