História Uma Nova Chance - Camren G!P - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Visualizações 533
Palavras 1.137
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fala sério, eu sou uma ótima autora né? 4 capítulos em um só dia.

Capítulo 20 - Capítulo 19


Narrador Pov

Matthew à acordou. 

O cão pulou na cama de Camila e começou a lhe lamber o rosto. As páginas do livro das aves, em cima do criado-mudo, se reviraram com o abanar alegre de sua cauda.

Ela despertou com a massa de pêlos pretos e brancos que se agitava, começou a rir e se levantou a tempo de salvar o abajur.

"Seu cãozinho danado! Sua dona está certa ao dizer que você é bobo. Ai... Está com as patas  molhadas, Matt! Desça, desça. A Sra. Claire vai ter um ataque se você sujar o acolchoado." 

Espere aí. 

O que é isso?

Desenrolou um pedaço de papel que estava grudado com fita adesiva na coleira do cachorro e leu:

Vamos fazer uma trégua, Camz? Acredite ou não, o sol está despontando. Julian, Matthew e eu decidimos fazer um piquenique na praia para tomar o café da manhã. Grande produção de panquecas. 

Local de encontro: alpendre de trás, daqui a dez minutos.

P. S.: Já sei que está brava comigo. Mas não pode culpar uma mulher por tentar. Se não sair da cama, vou mandar as galinhas também.

Era impossível não rir.

Matt não saía de perto do leito e lambia qualquer parte do corpo de Camila que conseguia alcançar. (n/a: Matthew o cachorro ta gente? Ave Maria e bate três vezes na madeira e cheira um pouco de couro, amém.) 

 Parara de chover, e o sol se infiltrava pela veneziana.

Até que enfim.

Camila abriu a janela. O jardim, as pastagens e o mar cintilavam com o brilho daquele dia perfeito.

Quanto tempo seria necessário para as águas do rio baixarem e ele voltar a se tornar navegável? 

Difícil saber.

Podia ver a profusão de espuma que se formava no encontro com as águas do mar.

Camila devia recusar o convite para o desjejum. Mas a Sra. Claire não iria gostar de ter galinhas  em seu quarto.

Tomou um banho rápido e vestiu uma das calças de Lauren. 

Eles esperavam no terraço. O utilitário estava estacionado, e a caçamba, lotada com geladeira de isopor, caixa térmica, cobertores, cadeiras, mesa, carrinho de bebê e cachorro.

Ela parou à porta dos fundos.

"Vamos de férias por uma semana?" ela perguntou, alegre.

"Aposto no conforto em meus piqueniques." Lauren a olhou, admirou a figura esbelta de  cabelos molhados e sorriu. "Você está muito linda Camz." 

 Camila mordeu o lábio e fitou Julian. Acordado, o menino olhava tudo com muito interesse,  acomodado e satisfeito nos braços da mãe. 

 "Conseguiu dormir? Também vendemos uma grande quantidade de ações." Lauren olhou  para o filho. "Ele não gostava delas." 

"Sei... Até parece que as venderia por isso." 

"Está surpresa? Devia saber que adoro fazer as vontades de minha família." 

Não havia dúvidas de que pronunciara aquelas palavras com segundas intenções. 

Camila subiu na cabine da picape.

"Levarei Julian no colo." Ela estendeu os braços na direção de Lauren.

Ela era linda demais e esbanjava sensualidade.

Lauren hesitou antes de lhe entregar o garoto.

"Camila, se você não se importar..." ela balbuciou, insegura. 

"Sim, Lauren?"

"Julian está um pouco... malcheiroso. Juro, aconteceu há uns dez minutos. Eu não iria deixar meu nenê sujo a noite inteira, não é? Olhe eu pensei... Camz, dou-lhe duas passagens para o Havaí, se o trocar para mim." 

Lauren a fitava, implorando. Camila não aguentou e caiu na gargalhada.


€###

Foi um café da manhã maravilhoso. 

A praia distava uns trezentos metros da casa, do outro lado do promontório, onde o rio se juntava ao mar.

A não ser pela areia molhada, não se viam resquícios da tempestade.

O local se estendia por quilômetros e estava quase deserto. 

O mar azul-turquesa cintilava nas ondas que se elevavam graciosamente e baixavam, deixando uma faixa de espuma muito branca.

"Os bancos de areia são tão afastados que se pode nadar sem perigo." Lauren comentou,  entusiasmada. "As residências ao redor sempre estão repletas de gente." 

Camila observou o rosto de Lauren, na cabine da picape. 

Ela ainda tentava convencê-la.

Camila não queria pensar no assunto naquele momento. A manhã era muito linda para ser desperdiçada.

Saiu do veículo com Julian nos braços. 

Andava e os passos afundavam na areia limpa. Não se viam outras marcas a uma grande distância.

Parecia estar numa ilha mágica, fora do mundo, por obra e graça de uma varinha de condão. 

Longe de Sydney e do escritório de advocacia. A primeira mulher a pisar naquele mundo...

O Havaí não podia ser melhor que tudo aquilo.

Julian balbuciava sem cessar em seus braços, e Lauren a chamou.

"Trouxe uma coberta para nosso filho se deitar." 

Nosso?! Camila estremeceu.

"Seu filho!" ela emendou, rápido. Lauren deu de ombros, não se importando. 

"Como quiser." respondeu, alegre. Estendeu o cobertor na areia e colocou o carrinho de um  lado. Tirou um guarda-sol enorme da caçamba do utilitário e o abriu.

No outro lado, arrumou as espreguiçadeiras e a mesa dobrável. Estendeu uma bela toalha por cima.

Camila observava a organização dela, espantada.

"Sente-se." Ela indicou-lhe a cadeira.

Lauren trouxera suco de laranja e frutas frescas cortadas e embaladas em duas vasilhas. Manga, abacaxi e maracujá.

 "Quando preparou tudo, Lauren?" 

"Enquanto Julian se entregava a um sono profundo. Também dormi, mas às seis horas já não aguentava mais a cama. Fiz o possível para não fazer barulho." 

"Não ouvi nada. Acho que até ronquei..." 

Ambas sorriram, amistosas.

"É mesmo? Que família de roncadores eu fui arrumar!" 

Camila ficou séria e não respondeu. 

Lauren não deu importância e encheu os copos com o suco.

De uma caixa térmica, ela tirou panquecas deliciosas. Para acompanhar, creme batido e xarope de maçã. Depois, então, café solúvel e uma garrafa térmica com água quente.

 Camila comeu em silêncio, atordoada.

A brisa quente acariciava seus cabelos, e ela experimentava uma sensação de paz, observando as ondas que se desfaziam, muito mansas, nas margens.

 Ela estava com os pés descalços, e, enquanto comiam, a areia secava.

 Tudo perfeito, se não fosse...

 Lauren a fitava com intensidade, rogando sem palavras para ela ficar. Ela sabia como balançar o coração de Camila.

 A tentação era muito grande, mas ela não se deixaria vencer. 

 Teria de ir embora logo.

 Camila colocou o copo e a caneca de café, vazios, na geladeira portátil e se levantou. O mar era convidativo e deslumbrante.

 "Acho que deveríamos voltar, Lauren." falou, sem encará-la. Não conseguia olhá-la sem ficar perturbada.

 "Por que acha isso?" questionou franzindo o cenho

 "Julian precisa dormir." Camila deu de ombros, com o olhar fixo no mar.

 "O garoto acabou de adormecer. Seria um pecado acordá-lo." 

 "Mas eu gostaria... de ler um pouco." 

 "Certo. E por que não trouxe aquele magnífico romance épico, recheado de cenas eróticas, sobre as aves?" 

 "Eu esqueci, não está vendo? Se eu tivesse trazido, não estaria lhe chamando para irmos embora." disse um pouco grossa. 

 "Poderá lê-lo mais tarde." respondeu  estranhando a resposta grossa de Camila, fazendo a mesma revira os olhos. "Camz, eu me antecipei na minha conversa, por impaciência. Deveria ter  conversado com você hoje. Os planos vão bem. Que tal um mergulho?" Lauren sorria.

Mau sinal.


Notas Finais


Eaiii?? Tinha esse quase pronto pra manhã... Mas resolvi postar logo.

Chega de capítulos.

Byee fofiss ✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...