História Uma Nova Chance - Camren G!P - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camila Cabello, Camren, Fifth Harmony, Lauren Jauregui
Visualizações 557
Palavras 1.389
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não sei se ficou muito bom esse capítulo, acho que eu poderia ter feito melhor. Então já peço desculpas logo para aqueles que não gostarem.

Bjsss. O da ft é o Alessandro porém na fic ele é o Lucca.

Capítulo 27 - Capítulo 26


Fanfic / Fanfiction Uma Nova Chance - Camren G!P - Capítulo 27 - Capítulo 26

Narrador Pov

"Quero você para minha esposa. Isso é algum crime?"

"Por quinze dias durante um ano?

"Será mais do que isso. E Julian precisa de você em tempo integral."

"Não estou me referindo às necessidades do menino, mas às suas. Qual a frequência com que vai me querer como sua mulher?"

"Sempre que eu estiver aqui."

"De outro modo, não!" Camila retrucou.

"Camila, meus negócios são internacionais e Julian precisa de um lar estável. Ele não pode andar pelo mundo, de hotel em hotel, como fizeram comigo quando eu era criança. Isso é um inferno, bem sei."

"Encontre uma alternativa."

"Eu tenho. E conto com você."

"O que será difícil." Camila afirmou, num fio de voz. "Eu voltarei para Sydney o mais rápido possível e não retornarei."

"Preciso de você."

Camila entrelaçou as mãos e apertou os dedos com força. Estava encostada à porta e ofegava.

"Eu também preciso de você, Lauren. Acontece que estou com um problema. Camila, a idiota, se apaixonou. Achei que isso não aconteceria de novo, mas aconteceu. Ontem à noite, imaginei ter encontrado a mulher e o lugar com quem e onde eu passaria o resto de minha vida."

Lauren fez uma tentativa de se aproximar e Camila fez um gesto negativo para impedi-la.

Pela primeira vez, Camila a fez perder o equilíbrio.

"Uma mulher apaixonada não pode aceitar ser uma esposa por duas semanas por ano. É impossível ficar aqui sofrendo, esperando, dia após dia, mês após mês. É o caminho da loucura. Por mais que eu goste de Julian, sou sincera em dizer que não posso." Camila tentou impedir os soluços que vinham. "Não posso!"

"Camz.. " Lauren se adiantou e abraçou o corpo tenso dela. "Meu amor, isso é uma estupidez. Temos de resolver o problema. Os dez anos não têm sentido. Eu...Amo você. É um sentimento difícil para nós duas. Mas não será possível levar vocês comigo quando estiver trabalhando. Não quero para meu filho uma infância como a que tive. Não importa o quanto eu a deseje."

"Você não percebe, não é?"

"O quê?"

"Está comprando uma esposa."

"Claro que não!"

"Uma esposa tem de ser sua outra metade e não a mãe de seu filho." Camila suspirou. "Fui uma louca. Você está me propondo o esquema mais arrogante, impróprio e sexista que pode existir. Se eu fosse uma advogada de outro caráter, poderia processá-la por chantagem emocional. E ganharia. Você está tentando comprar uma esposa com sua maravilhosa fazenda e com o amor de Julian. Não com você."

"Camila, eu te amo." Lauren a apertava. "Jamais tive este sentimento por outra mulher." falou sinceramente.

Ela sorria com aquele jeito que fazia Camila esquecer o mundo. Mas ela não se deixaria enganar por ela. 

Lauren não sabia o verdadeiro sentido de Amar.

"Desculpe-me, Lauren. Você não sabe o que é amor. Está em sua casa, com seu filho. Desejo toda a sorte do mundo para Julian. Vai precisar." Camila a empurrou e ela se afastou, insegura.

"Afirma que deseja uma infância diferente para seu filho, da que teve. Seus pais a carregavam pelo mundo, acompanhados de babás e não se importavam com o filho. Estavam muito absorvidos com os compromissos sociais e de trabalho e passavam a incumbência de ser pai e mãe para qualquer um. Isso não é muito diferente do que está pretendendo, Lauren."

"É outra coisa. Não tem nada a ver."

"A única diferença é o preço da responsabilidade por cuidar de seu filho. E esse preço... é muito alto para mim." dito isso saiu dos braços de Lauren e foi até o quarto que estava hospedada, pegar suas coisas.

Lauren que ainda estava no quarto ouviu um barulho de carro. Foi em direção a janela e viu uma picape vermelha.

 Lucca.

Assim que Camila pegou os seus pertences caminhou até a porta de entrada, parando por um momento quando viu uma picape vermelha parar em frente a casa.

Foi até o seu carro, que ficou no mesmo local desde que chegara, onde guardou as suas coisas e limpou as lágrimas que estavam em seus olhos.

"Está tudo bem, moça?" ouviu uma voz masculina ao seu lado perguntar.

Olhou para a pessoa e ficou um pouco impressionada, ele era lindo. Talvez até uma versão masculina parecida com Lauren.

"Ahn? Sim, está tudo ótimo." respondeu se virando para ele. Estavam a dois passos de distância.

"Tem certeza? Espera... " falou chegando mais perto de Camila e tirando algo do seu rosto. "Aqui.. Pronto já tirei." mostrou um pelo que havia caído dos seus cílios.

Lauren que nesse momento saia com Julian me seu colo, viu toda a cena sentindo um grande desconforto a invadir. Foi até eles.

"Oh, obrigada e sim, tenho certeza." Camila respondeu sentindo suas bochechas corar um pouco e deu um sorriso sem graça.

"Assim esta melhor." o rapaz disse estendendo a mão. "Moças bonitas não deviam chorar, embora você também fique linda chorando. Ah e me chamo Lucca, prazer." disse dando um sorriso conquistador.

Lauren que já estava perto ouviu tudo e trancou a mandíbula.

"Lucca!" disse entre dentes. "Pensei que iria chegar mais tarde."

"Sim, mais como o rio baixou e já dava pra passar, resolvi vir mais cedo." Respondeu ainda olhando para Camila.

Ele também tinhas olhos verdes, pensou Camila.

"Okay, então já pode ir ver o bezerro." falou grossa fazendo tanto Camila como Lucca, finalmente, desviar o olhar para ela.

"Ann.. okay, chefa." Lucca disse estranhando o comportamento dela. Ela nunca havia falado assim consigo. "Eu até agora não sei o seu nome, gracinha." voltou a olhar Camila.

Lauren rosnou baixinho. E por incrível que pareça, fez Julian abrir um sorriso. 

"Oh, que mal educada eu sou. Meu nome é Camila, prazer." o comprimentou. "Será que posso olhar você examinando o filhote, antes deu parti?" questionou, realmente estava curiosa para saber como o filhote estava.

"Claro. Vamos lá." foi até a picape e pegou sua maleta e chegou perto de Camila. "Damas na frente." sorriu.

Camila não resistiu e sorriu de volta, ele era muito gentil.

Por que ele está sorrindo pra ela ou melhor por que Camila está sorrindo de volta? Lauren se perguntou.

Os dois foram em direção ao celeiro deixando Lauren para trás.

Se ela tivesse lazer nos olhos, Lucca com certeza agora estaria morto.

Tá ai uma coisa que nunca sentiu, ciúmes.

Tentou se controlar e foi atrás dos dois.

Depois do veterinário examinar o bezerro e confirmar que estava tudo bem e de Lauren sempre afastar Camila de perto do Lucca, toda vez que o mesmo chegava perto, Camila voltou até o seu carro e entrou no mesmo, ligando.

E para o seu dia ficar melhor, o carro não pegou.

"Algum problema, gracinha?" Lucca questionou vendo a latina sair do carro bufando.

Ele nunca havia visto alguém tão linda quanto ela. Era de tirar o fôlego.

"O meu carro não está funcionando." respondeu.

"Não se preocupa eu te levo." Lucca respondeu antes que Lauren pudesse abrir a boca.

"O que? Não, pode deixar eu mesma levo ela." disse Lauren, Julian ainda em seus braços. "Vou pegar apenas a chave do carro." ia se virar porém Camila a parou.

"Não precisa, Julian está quase dormindo, é melhor você ficar. Lucca me da uma carona."

Lauren tentou argumentar, porém Camila a interrompeu antes.

"Eu ja disse, não tem problema. Vá cuidar dos seus negócios, Jauregui. " e depois de pegar as suas coisas foi em direção a picape.

"Camila... Não vai. " Lauren disse assim que a latina ficou a sua frente para se despedir de Julian.

"Desculpa Lauren, mais já fizemos nossas escolhas. Foi bom te conhecer e a você também garotao." disse beijando Julian na cabeça. O garotinho já domina no ombro da mãe. "Depois eu mando alguém vim pegar o meu carro. Adeus, Lauren!" se inclinou e a beijou no rosto.

"Camila... Eu te amo.." sussurrou para ela, que apenas balançou a cabeça negativamente e foi até a picape. 

"Pode deixar, chefinha, eu a deixo em segurança em casa." Lucca falou, mas Lauren não estava ouvindo. 

Ela não conseguia entender.

Ela amava Camila, então porque ela não aceitava o pedido de casamento?

Foi despertada dos pensamentos quando ouviu o barulho da picape ser ligada.

Olhando uma última vez para Camila, viu a mesma derramar uma lágrima.

Ela ainda não conseguia entender, se amavam e isso era o suficiente, não era?!

Sua pergunta ficou sem resposta, pois o carro já havia indo embora.


Notas Finais


Eaiii?? Melhor forma de acordar

Hihihihihi

Byee fofiss ✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...