História Uma Nova Chance - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alvo Potter, Draco Malfoy, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Hugo Weasley, Lílian L. Potter, Lucius Malfoy, Narcissa Black Malfoy, Personagens Originais, Ronald Weasley, Rose Weasley, Scorpius Malfoy, Severo Snape, Tiago S. Potter, Viktor Krum
Tags Amor, Chance, Chefe, Draco, Drama, Dramione, Dray, Filhos, Granger, Harry Potter, Hermione, Hugo, Malfoy, Mione, Mudança, Revelaçoes, Romance, Rose, Scorpius, Separação
Visualizações 46
Palavras 841
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Haiiii....

Uma passadinha bem rápida aqui no meu horário de almoço pra postar mais um cap!

Então espero que gostem! <3

Obrigado a todos que estão acompanhando e gostando da fanfic!

Capítulo 6 - Chapter 06


Fanfic / Fanfiction Uma Nova Chance - Capítulo 6 - Chapter 06

A vida não estava fácil.

Hermione tinha certeza absoluta daquilo. Quando pensava que as coisas iam melhorar, parecia que aconteceria o contrário. Mas ela permanecia em pé. Não podia vacilar.

Estava em sua casa, já era tarde da noite. Rose e Hugo já tinha ido dormir, ela estava deitada em sua cama apenas lendo um livro qualquer com o notebook aberto para anotar qualquer informação referente a gestão financeira dentro das grandes empresas. 

Desde que voltou a ativa sempre procurava saber as últimas do mercado e da profissão, tinha algumas dificuldades, mas não era algo impossível.

Depois de algumas horas lendo resolveu que era hora de dormir, porém antes que pudesse desligar seu celular tocou.

Era Gina.

Isso significava na cabeça de Hermione, que ela tinha problemas. Pegou o celular e atendeu.


-Oi Gina! Acordada a essa hora? - Ela pergunta com o celular na orelha.


-Oi Mione, desculpe se te acordei! Mas sim estou acordada, você sabe não sou de dormir cedo.


-Imagino viu! E como está todo mundo por aí? Harry, James, Albus e Lily? 


-Eles estão bem, já no quinto sono, só eu mesma que continuo acorda! 


-E posso saber o motivo?


-Mione querida, você já deve imaginar porque eu liguei.


-Com certeza eu já sei… ele foi fazer fofocas?


-Ah você sabe como é Rony! É inseguro e quer te conquistar de volta… então ele me ligou perguntando se eu sabia quem era a pessoa que anda te dando carona. Ele insistiu, mas eu não sabia informação nenhuma e mesmo se tivesse não ia contar! 


-Eu não sei o que eu faço viu, desde que ele inventou que vai me conquistar novamente eu não tenho sossego. Ontem ele queria porque queria saber quem era... Mas não tem o porquê de eu contar a ele qualquer coisa.


-Olha uma hora ele muda de pensamento e para de agir assim. Até lá tu vai ter que aguentar a barra, porque não contou a ele já que ele queria tanto saber quem era?


-Gina, Gina... é mais complicado do que você imagina! Eu até ia contar, mas se por acaso ele soubesse quem era, Ronald não me deixaria em paz e Drac - Antes de terminar ela colocou a mão na boca se recriminando, não devia ter falado quem era.


-Draco? Draco Malfoy? Aquele mesmo do colegial? Loiro e tudo mais?  


-É, é, é. Esse mesmo loiro e tudo mais! Ronald ia fazer um escândalo.


-Nisto você tem razão! Fez bem em não falar, você sabe… Ronald sempre odiou o Malfoy desde sempre. - Aquilo Hermione sabia de trás pra frente, e talvez o motivo de tanto ódio pelo loiro era sua culpa. 


[...] 


Ela tinha deixando as crianças no colégio. E depois foi para empresa. Mas sua cabeça ainda permaneciam neles. Já tinha tomado seu café e passava das 10 horas quando Pansy surpreendente chega na empresa.

Não teria problema nenhum.

Isso é claro se sua primeira parada não fosse na sala de Hermione. Então agora tinha problema, Hermione não sabia o que esperar da melhor amiga de Fraco, desde que começou a trabalhar na empresa raramente trocará palavras com Pansy então sinceramente ela se sentia um pouco sem saber como agir.


-Hermione querida! - Aquele cumprimento foi o começo de suas desconfianças.


-Parkinson! - Ela diz cumprimentando a outra ainda desconfiada.


-É tão bom te ver aqui… - Ela diz caminhando até a mesa sentando na cadeira. - É o que ele diz! - Hermione fica com cara de interrogação. Ele quem?


-Que bom… ér… posso te ajudar em algo? - Ela pergunta para Pansy.


-Ah com certeza pode me ajudar, aliás pode começar a me ajudar a tirar aquela cara de cachorro perdido de Draco quando ele te vê.


-Do que está falando? - Hermione diz engolindo seco.


-Eu falando? Não sei do que tá dizendo! - Ela diz olhando e analisando a sala. - Só posso te dizer algo e por favor não vá dizer a ele se não sou uma mulher morta e eu ainda nem me casei, mas como sou uma ótima amiga que quer ver o amigo feliz, vou fazer este esforço.


-Deixe de enrolar Parkinson e diga de uma vez.



-Curiosa você em… Muito bom em saber disso. - Hermione fez menção de se levantar apontando para a porta. - Tudo bem, sem ficar nervosa! Eu vou dizer.


-Tanto faz... - Hermione diz como se não se importasse com a informação, mas por dentro seu coração estava a mil por hora. 


-Minha querida… Ele está tão na sua, então larga de ser aquela Hermione lerdinha e se joga no loiro que ele é sucesso! 


-PANSY PARKINSON. - Escutamos, era Draco.


-Eita que o bicho tá bravo. - Ele diz rindo e se levantou rápido. - Mas não esquece do que eu disse. Ele sempre teve preferência pela estudiosa, quietinha recatada do lar, e você meu amor se encaixa neste perfil, sempre encaixou. - Ela diz piscando um olho na direção de Hermione que apenas fica de boca aberta olhando Pansy sai.


O que foi aquilo?


Notas Finais


Então? J.J


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...