História Uma nova chance para o Amor - Capítulo 83


Escrita por:

Visualizações 138
Palavras 901
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Lemon, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Muito obrigada pelos comentários do capítulo anterior, espero que gostem do capítulo de hoje,
Estamos quase chegando aos 150 favoritos,muito obrigada.
Uma boa leitura.

Capítulo 83 - A carta de Yin



__ Agora podemos começar o processo de divórcio,senhor ! - A escrivã vendo que ambos os casais se sentaram com os seus advogados, comunicando para o juiz de divórcio, indo para o seu lugar para fazer a certidão de divórcio do casal.
___ Muito bem, Claire, agora vamos dar incio ao processo de divórcio do senhor Noir e da senhorita Le Tigre, ambos os divorciados estão aqui ? - O juiz ajeitando os seus óculos, agradecendo a escrivã, enquanto ela passava por de atrás dele, querendo saber se ambos os divorciados estavam presentes.
___ Sim, estamos ! - Chat Noir e Miss Félicia respondendo afirmadamente para o juiz, acenando positivamente com as suas cabeças.
__ Está bem, agora ,podemos.... ! - O juiz aceitando a resposta, olhando brevemente para ambos , sendo interrompido com a chegada de um dos policiais com uma carta em mãos.
___ Com licença,senhor é que chegou esta carta da China, é do senhor Cheng ! - O policial com a carta nas mão dele, entregando a carta do chinês para o juiz que estendeu a mão para receber o envelope do chinês.
___ ( O que aquele desgraçado pensa no que está fazendo ? , Era para ele estar aqui, não ficar mandando cartas que nem uma garotinha de colegial, para mim, isso é covardia ! ) - Chat Noir vendo o policial entregando a carta para o juiz, pensando cheio de raiva sobre a carta.
___ ( Eu senti que o meu ex- marido ia aprontar alguma comigo, ele ainda está com raiva ,da surra que o meu namorado deu para ele, tempos atrás ! ) - Marinette vendo o mesmo que o gato, sabendo que isso mesmo ia acontecer , olhando para o gato.
___ Bem, vamos ver que desculpas que o senhor Cheng deu para nós ! - O juiz olhando para a carta,pegando uma pequena faca para cortar a carta, comentando sobre a ausência do chinês.
___ Vemos o que ele tem á dizer para nós ! - O juiz abrindo o envelope com a carta, colocando a faca de volta no lugar, começando a ler em voz alta.
~ Carta de Yin ( Online )
Eu estou muito ocupado com os meus negócios pessoais, eu nem quero vir para fazer este divórcio mediócre, eu não vou fazer o meu divórcio com a idiota da minha ex- mulher, nem quero ver o rosto da minha ex- amante,  nem quero ver o rosto do gato que me deu uma surra.

   Eu nunca mais volto a colocar  os meus pés , nesta cidade podre, cidade do Amor ?!! ,  ah, nem venha com essa frase , porque eu não acredito no Amor, somente me casei com essa designer sem talento algum,  por ordem da minha avó, nem eu gostava dela, também a nossa avó caduca demais para entender o mundo atual, nem saber disto.

    Agora , eu estou indo, até nunca, seus trouxas !  
    Assinando, Yin Cheng.

   ~ Carta de Yin (  Offline )
    
   -  x  x -  

   ___   Nossa, que homem mais rancoso da vida, mas a presença aqui é obrigatória com ou sem carta, então se ele colocar os pés aqui, vai ser mandando para a cadeia na hora, por ter desobecedido a nossa lei !   -   O juiz terminando de ler a carta, dobrando ela , comentando que ele ia para a cadeia, vendo a reação de Chat Noir dando um soco na mesa e xingando o Yin.

___   Aquele desengraçado, ele é um covarde, mal posso esperar.... !   -   Chat dando um soco na mesa,  criticando a postura do Yin, enquanto a Marinette chorava desolada.

___   Eu sabia que ele estava magoado, o meu ex- marido é um completo que um arrogante,porque a minha avó escolheu ele ? , Por que ele , meu Senhor !   -   Marinette chorando muito , sabendo que Yin não ia comparecer  na reunião do divórcio, continuando a chorar.

___   Não chore,minha princesa , pode fazer mal para o nosso bebê !  -   Chat Noir esquecendo da raiva dele,  começando a abraçar a Marinette, deixando ela chorar em seu peito musculoso.

___  Eu não queria isso, Chat, por que a minha avó tinha que escolher, ele nunca gostou de mim !  -   Marinette  chorando  no peito do namorado , soluçando muito.

  ___   Dá parar com o seu showzinho , eu tenho algo para receber !!!   -   Bonaparte vendo a cena do casal se abraçando ,  começando a ficar impaciente com  a demora do casal.

___   Senhor Bonaparte, pare de reclamar, deixe  a senhorita Dupain Cheng em paz, iremos retornar com isso !   -  O juiz chamando a atenção do Marcos, pedindo para que ele espere até que a Marinette pare de chorar 

___  Mas o senhor Noir quase quebrou a mesa, porque você não chama a atenção dele ?  -   Bonaparte ficando bravo com o chamado, falando que o gato tinha quase tinha quebrado a mesa com o seu golpe.

___   Isso pode ser consertado , a hora qualquer hora,  isso se trata de sentimentos humanos, não de objetos !   -    O juiz explicando para o Bonarparte ,  olhando com desdém para ele.

___   Está bem, mas como essa sua na.... !   -    Bonaparte dando de ombros com desgosto,  começando a criticar a Marinette ,enquanto a via sendo confortada pelo modelo,sendo interrompido por um olhar mortal vindo do modelo que o fez calar a boca.
 


Notas Finais


Me desculpe por algum erro
Até mais


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...