1. Spirit Fanfics >
  2. Uma nova história >
  3. Capítulo 8 -melhora

História Uma nova história - Capítulo 9


Escrita por:


Capítulo 9 - Capítulo 8 -melhora


P.O.V.Brasil

Depois de um tempo a dor para e consigo dormir um pouco, quando acordo a primeira coisa que percebo é que tem outra pessoa além do meu pai no quarto, eles não percebem que estou acordado e continuam conversando

-assim que ele acordar ele já pode ir, nós tratamos as feridas dele, e também tem um remédio que ele deve tomar de quatro em quatro horas -diz a pessoa que provavelmente é o médico

-ok, mas pra esse remédio serve? -pergunta meu pai

-ele serve para diminuir a dor, e para evitar que as feridas aumentem ou que novas se abram -diz ele

-certo -meu pai se vira para mim e vê que eu já estou acordado- já podemos ir embora

Eu aceno com a cabeça e espero até o médico tirar a agulha de soro do meu braço, depois disso eu e meu pai vamos para casa, chegando lá eu tomo o remédio e coloco alarmes

"20:00

00:00

04:00

08:00

12:00

16:00"

Para eu não me esquecer de tomar os remédios

-De manhã-

Desligo o despertador e me levanto, olho a hora e vou me arrumar, depois disso pego minha bolsa e vou direto para a escola, chegando lá encontro japão em sua cadeira de rodas

-eai japa -cumprimento ele assim que me aproximo

-oi brasil -ele para de falar quando me vê de moletom-  mano, você tá doente? Tá fazendo 34° cara!

-tá fazendo tudo isso?! Eu nem percebi -digo desviando o olhar

-aham sei -diz me olhando desconfiado- mas bem, vamos entrar?

-claro -digo empurrando sua cadeira para dentro

-obrigada brasil

-não tem de que japa -digo com um sorriso, assim que entramos o sinal bate e levo ele até sua sala- até depois

-até -me despeço dele e vou para minha sala, quando chego me sento no meu lugar que é do lado do coréia do sul- bom dia sul

-b-bom dia brasil -ele me cumprimenta, depois da notícia sobre o japão nós achávamos que ele estava bem, mas assim como nós os médicos estavam enganados, ele perdeu totalmente a memória, mas está lembrando aos poucos, ele se lembra de mim, do japão, do marrocos e se lembra do dia do acidente, mas nada além disso

Ficamos conversando a aula inteira, ele é muito tímido pelo que eu percebi, o sinal bate a vamos para a sala do japão, essa aula nós temos essa aula com ele, entramos e vemos japão sentado no fundo, eu me sento do lado dele e sul na minha frente

-no fim do dia-

Me despeço de japão e vou para casa

[Continua]



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...