1. Spirit Fanfics >
  2. Uma nova paixão a renascer (Bakudeku - Katsudeku ) >
  3. Um caminho sem volta

História Uma nova paixão a renascer (Bakudeku - Katsudeku ) - Capítulo 13


Escrita por:


Notas do Autor


Oi!
Voltei!
Estou decidindo atualizar as fics um dia após o outro!
Eu acho que estou conseguindo!
Espero que consiga!
Bem, amanhã vou tentar atualizar alguma outra!
Não sei qual!
Amanhã eu irei ver qual atualizar primeiro!
Depois vejo outra, e assim vai!
Não quero acumular as fics!
E já que eu estou bem melhor eu irei logo atualizar as fics!
Acho que amanhã irei lançar a fic que eu queria lançar já faz algum tempo!
Acho!
Não sei se vou, talvez eu poste e talvez eu não poste!
Eu acho que vocês irão gostar dela!
É bem interessante!
Desculpem se tiver alguns erros!
Não revisei a fic e nem vou revisar!
Preguiça!
Mesmo que esse cap não seja tão grande ainda cansa!
Sei, podem admitir!
Sou o pecado da preguiça pura!
Prazer, king! kjakak
Tá bom, parei, tô cheia de palhaçada hoje!
Vamos para o capitulo!
Não gosto de notas longas!

( "nossa e essa nota nem está grande" )
Shhhhh
Boa leitura!
Beijosss

Capítulo 13 - Um caminho sem volta


Continua beijando o arbusto loucamente, nem sabe como veio parar nessa situação, mas aqui está. Subiu a mão pelas costas do pequeno arbusto, descendo, apertando a cintura alheia, vendo o quão fina e definida é.

Não sabe nem como conseguiram subir em seu quarto, pós ficarem se beijando a porra do caminho inteiro!

Apertou um pouco mais forte a cintura alheia, o puxando mais para si, deixando os corpos juntinhos.

Escutou um gemido baixo por parte do mesmo, lhe deixando com mais fogo, quer fazer algo mais do que isso!

Nunca imaginaria que ele iria querer fazer isso consigo, mas a reação dele foi totalmente o oposto!

Ele lhe respondeu com um selinho, lhe deixando bastante surpreso, e agora está aqui, preso nessa boca gostosa dele!

O pior é que já perdeu sua sanidade á muito tempo!

Separou as bocas meio hesitante, levando um fio de saliva junto, vendo o rosto do mesmo completamente rubrô, isso é tão fofo de se ver!

O deu um selinho, logo descendo sua boca calmamente, dando varias beijos no pescoço dele.

Os pelos do mesmo erriçaram completamente ao dar um chupão no pescoço palido dele, essa marca não vai sumir nem tão cedo!

Desceu sua mão até a nadega esquerda dele, dando um aperto gostoso ali, ouvindo um gemido baixinho.

Isso é musica para os seus ouvidos!

- seus gemidos são tão manhosos! - disse dando uma mordida forte no pescoço dele, quer o encher inteiro de marcas de seus dentes!

Subiu a lingua por tão local, logo dando outra mordida forte, vendo os pelos dele completamente erriçados.

Levou sua mão até a calça do mesmo, a abaixando, o deixando só de cueca, precisa o deixar completamente nú!

Juntamente a calça, abaixou a cueca alheia, vendo que o rosto dele está vermelho para um caralho, puta que pariu!

Levou dois dedos seu em direção a boca dele, o forçando a abri-la, para assim adentrar seus dedos dentro da boca do mesmo.

- chupa! - o viu assentir, logo rodeando a lingua envolta dos seus dedos, lhe dando uma visão maravilhosa!

Puta que pariu!

Empurrou os dedos mais fundos dentro da boca dele, o vendo fechar os olhos, para assim começar a chupar seus dedos loucamente.

Mordeu o labio inferior ao ouvir um gemido por parte dele, ele deve estar sensivel para caralho. Retirou os dedos da boca dele, os vendo bastante insalivados.

Desceu seus dedos até a entrada dele, os friccionando ali, ele ainda é virgem! Precisa ser cuidadoso!

Foi penetrando os dedos com bastante cuidado, o escutando gemer baixinho, não sabe se é de prazer ou dor, não faz a minima ideia!

Após os penetrar por completo, decidiu ficar parado por um tempo, sabe que precisa se mover para ele se acustumar, mas ira esperar um pouco!

Deu um beijo na testa dele, afastando assim fios verdes da testa do mesmo com sua outra mão, já que a outra está ocupada!

Aproximou seu rosto mais do dele, o dando um selinho demorado, o vendo ficar mais vermelho do que já estava!

Deu um sorriso de canto, logo começando a mexer seus dedos lentamente, o vendo apertar sua camisa forte, que fofo!

Foi fazendo os movimentos de vai e vem lentamente, escutando gemidos baixinhos e gostosos.

Deu uma mordida um tanto quanto forte no pescoço alheia, o vendo gemer um pouco mais alto.

Ele é tão sensivel!

Acelerou um pouco mais os movimentos, indo fundo com seus dedos. Levou a sua outra mão até a nadega dele, dando um tapa forte, o escutando gemer.

- k-katsuki...p-para... - parou os movimentos, retirando seu dedos de dentro dele lentamente.

- tava gostoso? - o viu assentir bastante corado, lhe fazendo soltar um riso fraco, ele fica tão fofo todo corado!

Aproximou seu rosto do dele, sugando o labio inferir do mesmo com certa brutalidade, logo engolindo a boca dele com bastante vontade.

Encaixou as bocas perfeitamente, passando a explorar a boca gostosa dele com sua lingua, ama demais o beijar!

Deu um sorriso entre o beijo ao sentir a mão dele por seu peitoral, passando a descer bem devagar.

Ele está lhe provocando?!

O pegou com cuidado, o deixando encima de seu colo, sem separar as bocas por nenhum segundo.

A mão dele passeou por seu peitoral, analisando toda sua barriga, logo descendo até seu membro, ainda meio hesitante ele apertou um pouco.

Separou as bocas, logo o fitando, o vendo morder o labio inferior, mas que filho da puta gostoso!

- coloque sua boca para trabalhar, hm? - só bastou essa frase sua para ele apertar um pouco mais forte seu membro, lhe deixando mais excitado do que já estava.

Ainda com os olhos fixos nos seus, o viu abaixar seu ziper, para assim olhar para baixo, passeando a mão pelo comprimento.

O mesmo abaixou a cabeça, abaixando sua cueca, para assim descobrir seu membro, o deixando completamente exposto!

- é t-tão g-grande... - o viu morder o labio inferior, lhe deixando com mais vontade de meter com bastante força dentro da boca dele!

Saliva foi espalhado por ele, começando uma masturbação gostosa e lenta em si, a mão dele é macio pra porra!

Mordeu o labio inferior, aproveitando a masturbação gostosa que o mesmo está fazendo em si.

A mão dele foi fazendo movimentos de vai e vem em seu membro, lhe deixando louco com apenas simples movimentos.

Soltou um suspiro alto ao sentir a lingua dele subir pelo comprimento de seu membro, sentindo a maciez que ela possui!

- porra! - praguejou ao ter seu membro abocanhado de uma só vez, lhe fazendo entrar em certo surto.

Sua glande foi envolvida pela lingua dele, a sentindo fazer movimentos circulares, ele sabe que isso é gostoso pra caralho né?!

Levou a mão até os fios verdes, os acariciando devagar, sentindo o imenso prqzer percorrer pelo seu corpo, puta que pariu!

Forçou um pouco mais a cabeça dele para baixo, mas logo a soltando, não quer o matar engasgado ou algo do tipo!

- chega! - a boca do mesmo foi retirada de seu membro, vendo uma cena bastante conhecida por si, o vendo com o  rosto completamente rubrô!

- você consegue?! - o perguntou bastante preocupado, ele é virgem então ira o deixar comandar!

- a-acho que sim... - assentiu para ele, o vendo levantar um pouco, assim freccionando seu membro na entrada dele.

Escutou um suspiro por parte dele, o vendo fechar os olhos para assim agarrar seu membro e passar a descer por ele bem devagar.

Seu membro foi o penetrando devagar, sentindo o quão apertado ele é, puta que pariu! Sente que ele irá torar seu pau!

Viu lagrimas escorrendo pelos olhos dele, ao ve-lo sentar completamente em seu colo.

- fica parado um pouco, okay? - o viu assentir, logo o abraçou forte, dando beijos no ombro alheio.

- será que meu pai algum dia vai me perdoar?... - ergueu as sobrancelhas com pura confusão, o soltando do abraço, levantando o queixo dele para fixar os olhos em si.

- como assim, pequeno? - viu oa olhos do mesmo encherem de lagrimas, dando uma dor aguda em seu peito, não gosta de o ver chorando!

- e-eu que coloquei ele d-dentro daquela prisão... - deu um selinho no mesmo, logo um beijo demorado na ponta do nariz dele.

Ele está preocupado com aquele monstro?!

- você fez o certo, ele que tem que te perdoar pequeno! Você não fez nada errado, tá bom? - o viu assentir, logo lhe abraçando forte, o sorriso dele é muito lindo para lagrimas atrapalharem isso!

- obrigado katsuki... - deu um beijo na testa dele, o apertando mais contra o abraço, o deixando bem juntinho de si.

- de nada... agora se mexe ai, eu não aguento mais caralho! - disse, ouvindo o mesmo soltar uma gargalhada.

- eu também não estou aguentando mais... - o mesmo disse, logo começando a se mover, ele ainda ta apertado para um caralho! 

Isso é muito gostoso!

O viu subir e descer devagar em seu membro, escutando gemidos manhosos por parte dele!

- katsuki... - o almadiçou mentalmente ao ouvir seu nome em forma de gemido, ainda mais gemendo bem perto de seu ovido, que filho da puta gostoso!

- caralho, tu é tão gostoso... - disse apertando forte os quadris dele, o forçando a ir um pouco mais rapido.

Deu uma mordida forte no pescoço dele, o vendo se arrepiar, fazendo um sorriso de canto se formar em seus labios!

Sentiu o prazer percorrer por seu corpo ao sentir o mesmo acelerar os movimentos, puta que pariu!

- você está me tocando tão fundoo... - escutou o mesmo dizer, começando a descer forte encima de seu membro!

Levantou sua cabeça, saindo um pouco do pescoço do mesmo, para ir até o seu rosto, fofo!

Viu a boca do mesmo entreaberta e os olhinhos dele fechados, enquanto sobe e desce no seu pau, que cena maravilhosa!

Observou as sardas no rosto dele, vendo cada detalhe perfeito que ele possui, ele é fofo por inteiro!

Literalmente está transando com um anjo!

- ahn... Katsuki... - mordeu os labios inferior, acelerando os movimentos por si proprio, soltando um suspiro alto com o tamanho prazer que está sentindo.

Ele gemeu assim, agora ele aguente!

Agarrou os cabelos dele com força, o fazendo abrir os olhos de imediato, logo começou a acelerar os movimentos ainda mais. Puxou os cabelos dele para trás, o fazendo deixar a coluna em um formato de arco, era isso que queria!

Sem muita pressa, rodeou sua lingua pelos mamilos rosados do mesmo, o fazendo gemer ainda mais alto.

Deu uma chupada forte, mordendo de leve, indo para o outro mamilo e fazendo o mesmo!

- geme assim de novo, sua cadela! - só bastou falar isso para o desgraçado gemer ainda mais, puta que pariu!

Trocou as posições, o deixando deitado na cama, assim ficando por cima dele, vendo o rosto corado dele.

Agarrou as pernas dele, as deixando ao lado de sua cintura. Começou a se mexer rapido e forte dentro dele, escutando os gemidos gostosos de se ouvir!

Ficou viciado nos gemidos dele!

Depositou um tapa forte em uma das nadegas dele, o escutando gemer ainda mais alto.

Se sua mãe estivesse em casa estaria fudido!

- eu vou... Ahn... Hmmmm - viu o mesmo se desfazer, vendo o corpo dele tremer por inteiro.

Começou a se mover com certa dificuldade pos a entrada dele está lhe apertando para um caralho!

- caralho... - disse logo se desfazendo com o aperto forte que o desgraçado lhe deu!

Retirou seu membro de dentro dele, deitando junto ao mesmo na cama. o puxou para si, logo tomando os labios dele.

Acha que já está em um caminho sem volta, não irá conseguir se afastar dele!



Quer fazer ele gemer seu nome mais vezes!
















Notas Finais


3#0349 163 [email protected]? &9#[email protected]$8!
Gostaram da frase final em versão de números e símbolos? Kajakakak

Tá bom, parei!

Espero que tenham gostado, até o próximo capitulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...