1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Paixão (anos 60) - Imagine Jaehyun >
  3. O que é a vida sem algumas poças de água?

História Uma Paixão (anos 60) - Imagine Jaehyun - Capítulo 7


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei pq Nicolle ficou enchendo meu saco UwU

Capítulo 7 - O que é a vida sem algumas poças de água?


- Mamãe? - Nicolle estava surpresa demais para falar - Como a senhora?...

- Cale a boca, garota! - Exclamou a mulher - Eu te disse para não sair daquele quarto em hipótese alguma e você me desobedeceu! Vamos para casa agora!

- Não! - Jaehyun interrompeu - Ela só vai para casa depois que eu ensina-la a como ser uma boa esposa.

- Como as...- Nicolle foi interrompida pelo garoto - Ei, não me interrompa!

- Fique quieta - Ordenou mais uma vez - Senhora, eu estava aqui ensinando a sua filha a como se portar diante de autoridades como você. Por sorte eu a encontrei e a repreendi por tamanho insulto as pessoas...hum...Mais velhas.

A mãe de Nicolle havia ficado bem surpresa com a fala do garoto. Tanto é que até baixara o tom de voz. Eles ficaram conversando por mais algum tempo sobre educação. A garota estava com os olhos marejados, porque nunca pensara que seu amigo fosse tão superficial como os outros ao seu redor, um idiota de plástico, talvez?

- Deixa que eu levo ela para casa - Prometeu Jaehyun com a voz firme - Ainda tenho mais algumas coisas para discutir com ela.

- Jaehyun...-Nicolle tentou chamar com a voz falha

- Chorar é desperdício de água - Respondeu ele rapidamente - Chore em Nova York, passará despercebida. 

- Tudo bem então - A mulher assentiu rígida - Mas não a traga muito tarde, porque eu e ela ainda teremos uma conversinha de mãe e filha. 

(...)

- Valeu a pena, não foi? - Perguntou Luke se sentando no banquinho da sorveteria - Eu disse que chegaríamos!

Bárbara e Rafaela se entreolharam, pensando se linchariam o garoto agora ou depois que ele pagasse o sorvete. O mesmo as havia feito percorrer por quase toda a Flórida, por causa de uma sobremesa. Para piorar a situação, um bonde havia passado em uma velocidade absurda e como havia uma poça no meio da estrada, acabou espirrando água no trio. 

- Luke Ross, você é definitivamente a pessoa mais sem noção que eu já conheci - Comentou Bárbara se sentando ao lado do garoto - Mas por outro lado, obrigada por me ter feito conhecer a minha cidade.

- Nunca tinha vindo pra essas bandas? - Perguntou ele, lendo o cardápio Sério?

- Sim. Minha mãe não gosta que eu fique muito fora de casa, então eu só vou pra escola e volto e eventualmente venho pra dar passeios como esses. Até que valeu a pena.

- Fale por você - Rafaela estremeu a água de sua bandana vermelha - Porque olhe só como ficamos! Minha mãe vai me matar!

- O que é a vida sem algumas poças de água? - Bárbara riu e leu o cardápio junto com Luke - Depois damos um jeito para secar as nossas roupas antes de ir pra casa.

(...)

Assim que a mulher saiu do lugar, Jaehyun logo desfez a sua pose autoritária e olhou nos olhos de Nicolle, como se estivesse pedindo desculpas. A garota estava tão surpresa que apenas balançou a cabeça em negativa e se levantou rapidamente, tentando conter as lágrimas. O rapaz se levantou também, porém não disse nada, apenas acompanhou-a até a saída da lanchonete. 

- Venha comigo - Jaehyun pediu, pegando na mão de Nicolle - Quero te levar a um lugar.

- Não confio em você - Respondeu ela, seca - Acaba de agir como um deles e depois volta ao "normal"? Não sou alguém com quem pode se brincar, Jaehyun. Você apenas conhece o básico de mim, não mais que isso. Como você pode...

- Escute Nicolle, eu só agi daquele jeito por causa de sua mãe e não pretendo parar de fazê-lo quando estamos na presença de algum adulto ou desconhecido. Nunca seria daquele jeito com você e nem com ninguém, é tudo teatro!

Ela suspirou derrotada e assentiu positivamente. O garoto pegou a sua bicicleta d chão e montou nela. Nicolle se sentou logo atrás dele. Jaehyun logo começou a pedalar, em direção a estrada principal, a que saia do centro da cidade.

(...)

O trio ria e se divertia, enquanto o sorvete derretia nas taças. Aquele era possivelmente o dia mais feliz da vida dos três. Ross contava piadas e suas famosas histórias de vida, como o dia em que ele lutara contra o valentão da escola ou o dia em que brincara de pega-pega no cemitério. Coisas assim.

- Sabem o que eu acho? Que somos um bom trio - Rafaela deu mais uma colherada em sua sobremesa - É muito divertido estar na companhia de vocês.

- Não somos bom, somos os melhores! - Bárbara exclamou, levantando seus braços no ar - Acho que poderia ficar aqui o dia todo.

- Esperem, aqueles dois são o Jaehyun e a Nicolle? - Perguntou Luke apontando para uma bike que agora havia diminuido a velocidade - São?

- Sim! - Rafaela se levantou para ver melhor - Pra onde eles vão?

- Veremos! - Bárbara se levantou no ato, indo até a porta da sorveteria - Vamos, antes que a gente perca eles de vista! 


Notas Finais


PRONTO NICOLLE TA AE


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...