1. Spirit Fanfics >
  2. Uma paixão de primavera >
  3. Trégua amiga Part.2

História Uma paixão de primavera - Capítulo 19


Escrita por:


Notas do Autor


Opa

Boa leitura, abraços!

Dor no pescoço do caralho

Capítulo 19 - Trégua amiga Part.2


Uraraka On

 

“Yukki-chan” dissemos eu e a Melissa abrindo a porta e vendo a garota loira, que era bem semelhante a mãe, apenas com o cabelo mais longo. A loira estava com fones em seus ouvidos enquanto escrevia algo em seu caderno.

“Ah” ela acabou deixando escapar uma reação de surpresa quando viu as duas, mas logo voltou ao seu estado normal. “O que querem?” questionou a loira com uma cara indiferente.

“Bem, sabe Yukki-chan” fui a primeira a falar enquanto me aproximava da mais nova.

“É que você e a Toga-chan são companheiras de quartos” Melissa veio me acompanhando.

“E nós pensamos, sabe”

“Se você não poderia nos ajudar com uma coisa”

“Qual o maior sonho, desejo, ambição ou coisa do tipo da Toga?” perguntei com um sorriso na cara e a Melissa ao meu lado fez o mesmo.

“Por que eu falaria algo do tipo?” droga, tenho que lembrar que essa menina é um Bakugou que usa saia.

“É que tipo, nós somos amigas da Toga também” Melissa começou dessa vez

“Sim, sim, e como amigas que somos, queríamos fazer uma surpresa a Toga” continuei

“É, mas nós não podemos a perguntar diretamente” Melissa completou fazendo um biquinho pondo um dedo em sua bochecha.

“Sim, se não ela iria suspeitar, então viemos perguntar a sua parceira de quarto, será que você poderia nos ajudar?” termino fazendo a mesma expressão que a Melissa. Yukki, que antes nos olhava intrigada, agora nos encarava com uma expressão de desgosto.

“Essa desculpa nó não é mais ridícula que as suas caras agora” ela respondeu, eu acabei bufando de decepção, Melissa por outro lado…

“Escuta aqui seu projeto de Bakugou, nós temos pressa sabia? Será que não dá para desembuchar logo de uma vez e facilitar o processo?” falou irritada a loira mais velha. A mais nova agora nos olhava com raiva, parecia que a explosão da Melissa tinha a irritado.

“Cinco segundos” ela disse.

“O que?” eu perguntei sem entender.

“Esse é o tempo que vocês têm para sair daqui” ela respondeu. Melissa se irritou novamente e já ia para cima da mais nova.

“Quero ver você me tirar daqui” ela disse indo para cima da outra loira.

“Vai ver então” agora a loira se levantou e ia para cima de Melissa também, quando eu entrei no meio das duas apaziguando a situação.

“Parou as duas aí” eu disse e me virei para Melissa. “Escuta Melissa, como você me disse mais cedo, não vai ser na violência que vamos resolver as coisas, isso só vai piorar a situação” me viro para a Yukki agora, e me agacho, como forma de ainda mais respeito pela garota a minha frente. “Por favor Yukki, eu queria muito que você me ajudasse, pois por minha causa, meu amigo Midoriya virou um subordinado da Toga, por is-” eu falava, mas fui interrompida pela loira a minha frente.

“O que a Toga fez com o Midoriya?” ela perguntou séria.

“Ah… bem…” dizia me levantando. “Ela está com o Midoriya como um subordinado, basicamente ela manda nele” digo sem entender a sua reação, ela parecia estar incrédula e… irritada? Ela começou a andar devagar em direção a porta. “Aonde vai?”

“Espancar a Toga” O quê? Vou em sua direção e seguro o seu braço.

“Escuta Yukki,não estamos muito com tempo para brincadeira, então será que você pode colaborar?” perguntei seria. Yukki respirou fundo e em seguida se voltou para nós.

“Tudo bem, o que vocês querem para que essa maluca solte o Midoriya?”

“Nós queríamos oferecer algo em troca, mas não sabemos o que seria a valor dela deixar o Midoriya livre, por isso viemos te ver, imaginamos que como companheira de quarto, você saberia de algo sobre a Toga” digo e vejo a sua cara virar uma de decepção.

“É aí que vocês se enganam, não sei de nada que possamos usar para negociar com a Toga” ela diz cabisbaixo.

“É, acho que vamos ter que ir no jeito antigo” diz Melissa, eu e Yukki a olhamos confusa.

“Como assim?” pergunto.

“Vamos negociar diretamente com ela às cegas” Melissa diz, eu bufo sabendo da complicação que isso seria.

“O que seria negociar as cegas?” quem perguntou dessa vez foi Yukki.

“Seria basicamente negociar sem saber quase que informação alguma, uma espécie de tiro no escuro” Melissa completa e Yukki confirma o entendimento com a cabeça. “Então vamos, temos que nos encontrar com aquela maluca” ela diz e sai pela porta, eu e Yukki a seguimos.

 

Uraraka Off

 

Midoriya On

 

“O-oque-e você disse?” perguntei a azulada na minha frente, ela me encarava com uma expressão que… como posso explicar, mantém parte da expressão de alegria, mas agora fazia uma mescla com a de tentação…

“O que foi Midoriya? Minha pergunta foi invasiva demais?” ela perguntou fazendo um biquinho. “É que sabe…” ela foi falando enquanto punha a sua mão sobre a minha, que estava sobre a mesa. “Eu queria conhecer mais sobre você”

“Disso eu não ligo tanto, mas começar com essa pergunta é um pouco demais, não acha?”  digo tirando a minha mão debaixo da dela, ela olha aquilo surpresa de primeiro momento, mas logo depois volta o sorriso.

“Entendo” ela pega o bule e põe chá para si. “Acho que podemos deixar essa conversa para depois então Midoriya” ela dá um gole em sua xícara. “Vamos logo ao que você veio fazer” ela diz e pega uns papéis. “Preciso que você assine algumas coisas e me diga algumas outras para que possa lhe pôr no time, assim preenchendo a vaga de clube sua também” ela completa e dá outro gole no chá.

Eu respirei aliviado e fiz tudo o que ela tinha mandado, foram alguns bons minutos, mas logo pude completar tudo e finalmente sair dali, mas assim que cheguei a porta ela me chamou novamente.

“Mas então Midoriya, será que podemos nos encontrar novamente algum dia desses?” ela me perguntou sorrindo.

“Ahn? Como assim? Tipo um encontro?” eu perguntei nervoso.

“Bem, não era essa minha intenção, mas já que você deu a ideia, pode ser um encontro” ela completou sorrindo. Eu respiro fundo e apenas aceito o pedido dela, finalmente saindo daquela sala.

Ia caminhando pelos corredores do colégio rumo a sala de jornalismo, tinha chegado já no terceiro andar, quando passo por uma porta de vidro aberta que dava a uma espécie de varanda e, para a minha surpresa, vejo a Toga lá, ia atrás dela, mas noto que tem mais pessoas com ela, era a Ochako? E a Melissa também? O que essas duas estão fazendo juntas, pera, a Yukki tá nesse meio também? Meu Deus.

Fico encostado na parede próxima a porta, me escondendo, mas conseguindo ouvir a conversa.

“Então você quer derrotar a Nejire?” escuto a voz da Ochako.

 


Notas Finais


Até o próximo capítulo cambada


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...