1. Spirit Fanfics >
  2. Uma paixão eterna ( Kakashi e leitora ) >
  3. Lembranças esquecidas

História Uma paixão eterna ( Kakashi e leitora ) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oii gente, espero muito que gostem dessa fic.
Eu já estava querendo postar ela faz um tempo, queria que esse capítulo estivesse melhor, mas ok!

Capítulo 1 - Lembranças esquecidas


Fanfic / Fanfiction Uma paixão eterna ( Kakashi e leitora ) - Capítulo 1 - Lembranças esquecidas

Minha história de como vim parar aqui é meio complicada, mas vou tentar contar dês do início!

Sou S/n Tanaka, dês de pequena nunca conheci meus pais verdadeiros, posso ter me esquecido deles quando sofri graves lesões ou simplesmente eles me abandonaram, vou explicar as únicas coisas que lembro quando aconteceu o ataque: 

《•Flashback on•》


Eu era apenas uma criança de 6 anos, não conhecia o mundo direito, mas ouve um ataque onde eu morava, tive que fugir, estava sozinha em casa como sempre, não tinha esperanças que alguém estivesse se preocupando comigo ou que alguém estivesse se importando se eu estava viva ou morta, mesmo sendo apenas uma criança de 6 anos, já tinha uma mente de adulto, aprendi muitas coisas na vida, uma delas é que o mundo está repleto de pessoas ruins e que não devemos confiar em ninguém, somente em nós mesmos!

Naquela noite, não sabia o que fazer, um ataque inesperado estava acontecendo na minha vila, que não lembro onde era, mas tudo estava pegando fogo, ouvia barulhos de bombas, corpos no chão ensanguentados, pessoas gritando e correndo, havia ninjas lutando para tentar salvar todos, mas foi em vão, se eu continuasse naquele lugar acabaria sendo morta, então comecei a correr muito rápido, alguns ninjas estavam atrás de mim, mas continuei correndo sem parar, não conseguia pensar em nada, apenas conseguia correr, quando avistei a floresta me apressei, talvez eu consiga despista-los, vou fazer de tudo pra mim sobreviver, mesmo que não haja motivos para eu estar viva.

Estava cansada, eles ainda estavam atrás de mim, não sabia se conseguiria continuar, me descuidei e uma kunai acabou raspando meu braço, comecei a sentir uma ardência, doía muito, era um corte profundo, quando estava prestes a desistir uma vila desconhecia apareceu, eu só agradeci, no momento fiquei feliz, mas a minha felicidade durou pouco, eles me encurralaram e me acertaram várias vezes com kunais, me chutaram, me espancaram, a última coisa que vi foi ninjas daquela aldeia correndo até mim e os que me machucaram indo embora, depois disso apaguei.

《•Flashback off•》


.°•.•°•.°.•Agora vou contar o que está acontecendo nesse momento •.•.°.•.•°.•°.•

Estava desacordada, mas parecia que eu estava acordada, eu conseguia ouvir as coisas, havia pessoas falando, lentamente abro meus olhos com uma certa dificuldade por conta da claridade, quando me acostumei com a luz, pude ver dois homens, um tinha um cabelo platinado e olhos castanhos com coisas vermelhos de baixo dos olhos e o outro cabelo loiro e olhos azuis e uma mulher de cabelos avermelhados.

- Quando será que ela irá acordar? Já se passaram duas semanas que ela está nesse estado- diz o cara platinado, eles ainda não haviam notado que eu tinha acordado 

Então já se passaram duas semanas que eu estava nesse estado, não me lembro de nada, nem meu nome ou algo do tipo, a única coisa que sabia era minha idade.

Quem sou eu?

- Vamos esperar que ela acorde log- ele para de falar quando me olha - então você acordou 

- q-quem são vocês?- digo com um pouco de medo

- Não precisa ter medo querida, está tudo bem com você? Qual é o seu nome?- diz a mulher de cabelos avermelhados 

- E-eu não sei, não me lembro, quem sou eu? - uma lágrima escorre pelo meu rosto- onde estou?

- Você está na Vila da Folha, não se preocupe, logo você lembrará, não se esforce muito, parece que você perdeu muito sangue por isso perdeu suas memórias, mas vai ficar tudo bem, sou Uzumaki Kushina- diz a mulher muito gentil 

- prazer, quem são eles? - pergunto 

- Aquele da direita é o Jiraya um dos três senins lendários e o da esquerda e o Minato o Hokage e meu marido - diz a Kushina 

- Olá, eu até falaria meu nome mas não lembro de nada mesmo, desculpa- digo de cabeça baixa 

- Está tudo bem, nos já voltamos- diz Minato, saindo do quarto com Jiraya

- Não se preocupe, enquanto você não se lembra que tal você escolher um nome? Eu posso te ajudar- diz Kushina e eu assinto animada- ok, então vamos ver, que tal Kashima? 

- Não, que tal Shimazu? Muito estranho?- falo

- Um pouco que tal s/n? Esse se parece muito com você- diz a mais velha

- Simm, gostei, então agora o meu nome é s/n 

- Enquanto você não tem alta eu vou sempre te visitar, como você não tem nenhum responsável, você ficará lá em casa, de alguma forma você me parece muito familiar- diz Kushina 

- Ok, eu não me lembro de você, até porque eu perdi minha menoria né- digo dando uma risada no final e ela me acompanha 

- É mesmo 

Depois de um bom tempo conversando com a Kushina, percebi que a mesma é uma boa pessoa, mas não sei se posso mesmo confiar nela, tenho que ter certeza.

Uma mulher abre a porta, era uma enfermeira 

- Olá vejo que já está acordada, bom fizemos alguns exames em quanto você estava ainda adormecida e você tem alta para sair do hospital, está tudo bem, seus ferimentos já estam sicatrizando, só tome cuidado, seus pertences estão em cima da mesinha, até mais- diz a enfermeira abrindo a porta e saindo 

- parece que você vai poder ir embora, quando você ainda não estava acordada eu tinha trazido algumas roupas já que as suas tinham rasgado- ela se levanta e pega a roupa- pode se vestir, vou só pegar os formulários para podermos ir pra minha casa - diz Kushina 

- Ok, vou me trocar, vou ficar te esperando aqui - digo 

Ela sai do quarto e eu me troco, coloco um shorts preto e uma camiseta vermelha, era bem confortável.

Será que dessa vez vou ter uma família? Sei que talvez não seja de verdade, mas vai ser pelo menos o mais próximo que pode acontecer!

Logo Kushina aparece toda anima 

- Vamos s/n, você vai poder conhecer um pouco de Konoha, está com fome?

- muita, uma coisa eu sei, minha fome é igual fênix, eu fico com fome, como alguma coisa, passa um tempo depois ela renasce e fica 10x maior - digo rindo 

- Ela ri- ok, então vamos comer um ramém, conheço o melhor daqui, você não vai se arrepender!- diz a de cabelos avermelhados 

- ok então vamos lá- digo animada 

Estávamos passando pelas ruas iluminadas de Konoha, como estava de noite ja dava pra ver as estrelas, vejo um garoto talvez um pouco mais velho que eu, com cabelo platinado e uma máscara, ele estava longe então não deu pra ver muito bem, mas eu o observava, até que ele se virou e senti que o mesmo estava olhando diretamente nos meus olhos, logo desvio o olhar.

- Chegamos, pronta pra comer? - diz Kushina 

- Sempre - digo com um sorriso no rosto 

Fizemos nossos pedidos e comemos e caraca, era muito bom!!

Fomos para a casa dela que seria minha também por um tempo, quando entrei, era organizada e linda.

- Fique a vontade, eu já arrumei seu quarto, presumo que você esteja com sono- diz Kushina 

- um pouco

- o banheiro é ali, vou deixar um pijama em cima da cama- ela me entrega uma toalha -quando acabar de se trocar me avisa para eu ir no seu quarto te dar boa noite- eu assinto e vou pro banheiro 

Nunca recebi um "boa noite" ou um "eu te amo", nunca tive laços, nunca tive uma família, isso eu tenho certeza, pela primeira vez alguém se importou comigo.

Uma lágrima de felicidade escorre pelo meu rosto um pouco rosado, eu sorria, logo tomei meu banho e fui deitar e avisei Kushina, estava feliz que ganharia um: Bom noite, durma bem! 

- Oie, tenha uma boa noite de sono, amanhã vamos fazer bastante coisas juntas, eu, você e o Minato, até amanhã pequena- ela se despediu com um beijo na minha testa, eu a abracei, um dos melhores abraços que já dei.

- Boa noite- disse em um sussurro 

A noite foi passando, eu dormia tão feliz, mas comecei a ter flashbacks, lembranças que não queria ter lembrado!


Notas Finais


Espero que tenham gostado, byee amados, vou dormir
: )


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...