1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Paixão Inesperada - Imagine Jennie >
  3. Reencontro

História Uma Paixão Inesperada - Imagine Jennie - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura ^^

Capítulo 8 - Reencontro


Fanfic / Fanfiction Uma Paixão Inesperada - Imagine Jennie - Capítulo 8 - Reencontro

 

- Sério? - sorrio - Isso é ótimo Jimin! Parabéns pra vocês - Falo batendo palmas enquanto os dois riam de mim.

 

Eu estava muito feliz, lembro da última vez que Jimin gostou de alguém. Nós ainda éramos crianças, Jimin estava apaixonado por uma menina que se chamava Jeongyeon, aquela típica paixão de infância. Eu e Taehyung fizemos de tudo pra convence-lo a dizer pra ela, mas o mesmo recusava dizendo que ela provavelmente iria rir da cara dele.

 

                                  Flashback ON

- Vai Jimin, você não vai falar pra ela? - Taehyung diz enquanto nós à observávamos falando com sua melhor amiga Nayeon.

- É Jimin! Você precisa falar pra ela. - Eu falo e ele resmunga.

- Aish! Eu não consigo, ela vai rir de mim! - Jimin diz fazendo uma cara triste.

- Então eu mesmo vou dizer - Taehyung fala indo até onde ela estava

- Não Tae! - Jimin diz se escondendo atrás de mim. - Por favor S/N, não deixa ela falar comigo, eu estou com medo! - Ele me diz.

- Relaxa vai dar tudo certo

 

Taehyung fica na frente de Jeongyeon e fala que Jimin precisa falar com ela a sós. A mesma assente e vem até mim que me afasto um pouco.

- Hey Jimin, não precisa ficar com vergonha - Ela sorri. - Eu sei que você gosta de mim, mas ainda somos muito novos para namorarmos ok? - Ela da um beijo na bochecha de Jimin e sai, o mesmo estava paralisado com a mão em sua bochecha

 

                               Flashback OFF

 

- S/N? Ta aí? - Jimin diz passando a mão na frente dos meus olhos.

- Hum? Ah, desculpa, estava pensando. 

- No que você estava pensando? - Jungkook diz.

- É-é... COMIDA! Nossa estou com uma fome sabe? - Falo um pouco alto.

- Alguém disse comida? - Chaeyoung desce as escadas sorrindo. - Ah, Oi S/N - Ela vem até mim e me abraça.

- Oi Chae - Ela sorri.

- Ah, S/N quase me esqueço, a Tzuyu perguntou se você quer sair com a gente, vai só eu, a Lisa e ela.

- Ok eu aceito - Sorrio - Mas quando?

- Amanhã, as 16h, pode ser? - Assinto e ela se vira.

- S/N você não acha que já está meio tarde? - Jimin diz com uma cara engraçada.

- Ah, é verdade, bem... estou indo - Eu seguro o riso - Tchau Jimin, tchau Jungkook

- Tchau - Os dois dizem em uníssono.

- ATÉ AMANHÃ S/N! - Ouço Chae gritar.

 

 

Eu saio de lá indo até um mercado que tinha ali, pego algumas frutas e vou pra fila, tinha apenas algumas pessoas mas a atendente era meio lenta então iria demorar um pouco, mas tudo bem pois não estava com pressa. Um homem que não me parece estranho vem com uma cesta atrás de mim.

 

- Yoongi você não vai falar que não me ama não Yoongi? - Ele dizia no telefone. - Yoongi fala que você me ama agora! Yoongi o amor demonstra tá? O amor demonstra! Fala agora que você me ama! - Eu estava quase rindo da situação. - YOONGI! - O mesmo tira o telefone da orelha e guarda em seu bolso. - Tá olhando o que? - Ele diz olhando pra mim.

- Desculpa - Agora eu tinha certeza de que o conhecia, mas da onde? - Desculpa se estou sendo inconveniente mas qual o seu nome?

- Kim Taehyung - Ele diz.

- Taehyung? Eu juro que não te reconheci. 

- Oxe, quem é você? Se eu estiver te devendo dinheiro, paciência minha filha, não tá fácil pra mim não. 

- S/N, Song S/N - Ele abre a boca em formato de "O".

- Menina como tu tá diferente - Eu pego minhas coisas e coloco no caixa pois já estava na minha vez.

 

A moça passa minhas coisas e eu pago, pego as sacolas e espero Taehyung, o mesmo não demora e vem até mim ainda com uma cara de que não estava acreditando, mas logo ela se transforma em um lindo sorriso quadrado.

- Eu ainda não estou acreditando que te encontrei - Ele diz enquanto saímos do mercado.

- Nem eu, pensei que nunca mas íamos nos ver - Taehyung sempre foi uma pessoa infantil e ao mesmo tempo madura, isso era um ponto muito marcante do mesmo. - E quem é Yoongi?

- Ah, é o meu namorado - Ele diz sorrindo. - Ele ainda teve coragem de desligar na minha cara, acredita? - Eu dou risada - É sério, isso é inadmissível. - Ele também ri. - E você, já está namorando? 

- Ainda não - Ele parece ficar triste. - Mais isso não me incomoda, por enquanto não gosto de ninguém.

- Um dia você vai encontrar a pessoa certa, ela deve estar embaixo do seu nariz mas você não a enxerga. 

- Mudando de assunto, você ainda fala com o Jimin? - Eu falo.

- É óbvio, ontem eu liguei pra ele, mas ele não quis me atender, então mandei 500 mensagens até ele resolver me responder - Ele olha pra mim que estava com uma cara de espanto. - Que foi? Ninguém mandou ele não me atender.

 

Eu e Taehyung ficamos conversando até o momento que ele disse que a casa dele era do lado oposto que estávamos indo, ele me deu seu número e nos despedimos. Quando cheguei em casa minha mãe ainda não tinha chegado então resolvi fazer o jantar. Depois de quase colocar fogo na cozinha minha mãe chega e me ajuda, eu perguntei pra ela se podia sair com Chaeyoung e ela deixou, minha mãe sempre foi tranquila em relação a isso, diferente do meu pai que sempre foi mais protetor. 

 

 

Quando eu acabo de lavar louça, subo pro meu quarto e tomo um banho bem rápido, me enxugo e coloco um pijama, estava um pouco cansada então não demoro muito a adormecer.

 

Quando acordo são 8:27h da manhã, faço minhas higienes e desço as escadas, minha mãe já havia ido trabalhar, eu pego apenas um café e o bebo enquanto mexo no celular. Tzuyu disse que viria na minha casa pra irmos juntas, eu apenas respondi um "ok".

 

 

Eu nunca fui de sair muito, sempre preferir ficar em casa vendo doramas, lendo livros ou até mesmo dormindo, eu só aceitei por causa das meninas.  Pego minha mochila e faço algumas tarefas que faltavam fazer, quando acabo são 9h. Como ainda é cedo resolvo sair pra dar uma caminhada, mas antes eu subo pro meu quarto e troco de roupa. Desço as escadas, pego meu celular e tranco a porta, resolvo ir até um parque que era um pouco longe e voltar. 

 

 

 

 

 

 

Eu já estava cansada quando cheguei no parque então resolvi sentar em um banco e ficar ouvindo música, o tempo passou e um senhor sentou ao meu lado.

- O que uma moça bonita como você faz sozinha aqui? - Ele diz sorrindo, nessa hora eu gelei.

- Não te interessa. - Tento sair mas ele pega no meu pulso me impossibilitando.

- Vamos, me conte mais sobre você, se quiser podemos ir para minha casa - Meu braço estava doendo.

- Me solta! - Eu falo mas ele não obedece

- Que merda você está fazendo com a minha namorada? - Jennie diz - Solta ela ou a coisa fica feia pra você.

Por que diabos Jennie estava me ajudando? Eu realmente não esperava isso dela.

- Huh? Namorada? Como você é nojenta! - Ele me solta e sai andando.

 

 

 

-

 

 

 

 

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, beijos ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...