1. Spirit Fanfics >
  2. Uma paixão talvez Proibida >
  3. Ele me ignora

História Uma paixão talvez Proibida - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei







BOA LEITURA 😍

Capítulo 8 - Ele me ignora




P.O.V Roseanne Park




Os olhares já estavam me incomodando...

Coloquei meus fones e ouvido tocando qualquer música aleatória para dispersar um pouco o incômodo de ser observada.

Logo jungkook se separa de mim para encontrar com o grupo de seis garotos que estavam um pouco afastados sentados emcima das mesas do refeitório.

Eh vou direto para minha ala de aula deixar minha bolsa.

A sala estava vazia, é estranho quando não tem ninguém aqui, é tão silencioso, chega a ser perturbador esse silêncio.

Logo o silêncio é quebrado por soms de passos rápidos pelos corredores, como e alguém estutivesse correndo...

Vejo uma jenne ofegante com os cabelos levemente jogados para trás.

Ela e aproxima de mim feito uma louca.

ㅡ Me conta ... ㅡ disse ela se sentando ao meu lado colocando a bolsa emcima da mesa.

ㅡ Contar oque? ㅡ perguntei.

ㅡ Não se faça de boba Rose, você chegou acompanhada pelo Maknae.ㅡ disse jenne meio ofegante ainda.

ㅡ Ah ... Você viu ㅡ disse meio sem geito.

ㅡ Todo mundo viu ㅡ respondeu ela rapidamente.

ㅡ Bom ... não é oque você ta pensando.

ㅡ Claro que é Rose você deve ter passado uma noite muito top com o Maknae não é safadinha? ㅡ disse ela me cutucando com o cotovelo.

Senti meu rosto esquentar...

ㅡ Claro que não Jenne, ta louca? Oque eu quero dizer é que ele é meu irmão.

ㅡ Oque ?

Sua expressão é de surpresa, ela me olha com os olhos arregalados e sua boca agora tem um perfeito formato de ó.

ㅡ Ontém eu dormi na casa do meu pai, por usso cheguei com o jeon ㅡ expliquei.

ㅡ Nossa ... você é irmã do Jeon Jungkook, tem noção do que isso significa?

ㅡ Não.

ㅡ Ai Rose deixa de er sem graça, olha ... quando o resto da escola descobrir que você é irmão do jeon talvez você fique popular como ele ㅡ disse ela animada.

ㅡ Não não não, pra falar a verdade não quero que as pessoas saibam que sou irmã dele.

ㅡ Porquê?

ㅡ É estranho, veja bem ... todos conhecem o jeon e todos até agora sabem que ele é filho único, e ai do nada aparece uma irmã? ... as pessoas vão achar que u sou uma órfã.

ㅡ Credo Rose, você só ve as coisas pelo lado ruin, seja mais positiva por favor, assim você acaba com meu bom humor.

ㅡ Oque sugere que eu faça então ? ㅡ Perguntei.

ㅡ Só ... seja você, caso essa notícia se espalhe por ai ...

ㅡ Caso essa notícia se espalhe por ai oque jenne?

ㅡ Ai a gente da um geito, sei lá ... não se preocupe com muita coisa ok?

ㅡ Ok

O sinal tocou e a sala rapidamente foi tomada de conta pelos alunos.

Jeon foi o ultimo dos seis a entrar na sala, ele passou por mim sem ao menos me olhar se sentou atrás da minha cadeira e o professor começou a dar aula.

Lisa não chegou na primeira aula acho que ela já não vem hoje.

No segundo tempo o professor de biologia entrou na sala.

Adoro biologia, talvez seja por isso que o tempo passa tão rápido nas ulas desse professor.

O sinal tcou e jenne eu caminhamos lentamente pelos corredores conversando coisas aleatórias até chegar no refeitório.

Pegamos ossa bandeja com comida nos sentamos na ultima mesa e continuamos conversando aletoriamente até que lisa chegou e se sentou do outro lado da mesa ficando de frente pra jenne eu.

ㅡ Cheguei meninas ... agora me expliquem essa história de que Roseanne Park esta namorando com Jeon JungKook.

Me engasguei com o suco ...

ㅡ Como ta sabendo disso ? ㅡ perguntei em pânico.

ㅡ Quando eu cheguei na escola a Jihyo veito até mim e disse " Lisa, já que você é amiga da Rose, poderia me dizer se é verdade que ela esta namorando com o Jungkook?" ㅡ disse ela tentando imitar a voz da jihyo.

ㅡ Droga ... e oque você disse pra ela? ㅡ Perguntei nervosa.

ㅡ Eu disse " Não te interessa " disse penas isso e deixei ela pra trás falando sozinha ... agora me explique.

Expliquei toda a história para a lisa assim como expliquei para jenne, e a reação dela foi a mais engraçada, ela quase surtou.

ㅡ Você ta lascada, porque a Jihyo é a menina mais fofoqueira da escola, a essa altura do campeonato o rumor do seu suposto namoro com o Maknae ta na boca da escola inteira.ㅡ disse jenne enquanto eu e lisa apenas permanecia calada escutando.

Suspirei em derrota.

ㅡ Mudando de assunto ... porquê chegou tão atrasada ? ㅡ perguntou jenne para lisa.

ㅡ O alarme não despertou, au eu deixei pra vir só depois do segundo tempo. ㅡ Respondeu lisa.

O sinal tocou e entramos na sala novamente

O resto da aula não tive nenhum tipo de contato com o JungKook, ele nem me olhou em momento algun acho que ele ta me evitando, ignorando minha existência.

A aula terminou e o jungkook foi o primeiro a sair da sala sem falar com ninguém.

Só hoje percebi que o Jungkook era próximo de uma garota da turma ao lado, isso me deixou meio incomodada, não sei o motivo mais não gostei de ve-los tão próximos.

Quando sai o carro do jungkook já não estava mais na escola...
Ele foi embora sem ao menos me dizer um "Estou indo, te vejo amanhã" ohh que rude ele é.

Ele quer bancar o oppa só em casa, aqui ele simplesmente quer que eu não exista.

Por um momento pensei que ele seria uma pessoa legal, mais vejo que me enganei segamente, jeon é só mais um garoto esnobe.

Afinal de contas ... porquê um garoto rico,bonito e popular vai querer com uma garota como eu ? Ele deve ter vergonha de ter uma irmã assim.

Me despedi das meninas e fui pra casa.

O trageto e calmo, sem muitos movimentos, na prasinha ainda tinha crianças e alguns casais, todos os dias quando saio da escola fico sentada no banquinho da praça por um tempo olhando as crianças e só depois ia pra casa, mais hoje eu apenas passei direto, queria chegar logo em casa, a fome é maior.

Estava tudo escuro e silencioso parece que não tem ninguém em casa.

Liguei as luzes e fui direto pro meu quarto trocar de roupa.

Chego na cozinha pra fazer algo pra comer mais um papel grudado na geladeira me chama atenção.

Carta on...

Me desculpe querida, tive que voltar pra nossa cidade, sua prima esta muito doente, quando eu soube, dei um jeito de voltar o mais rápido o possível...
Se não quiser ficar sozinha peça que seu irmão vá lhe buscar, já falei com seu pai e se você precisar de alguma coisa é só falar com ele.

Um beijo de sua amada tia ... se cuide

Carta of.

Sozinha em casa ....

Que ótimo.

Essa notícia até tirou minha disposição pra cozinhar, vou pedir uma pizza.

Enquanto esperava pela entrega deitei no sofá da sala e liguei a tv pra assistir alguma coisa.

Ou pelo menos tentar, porque não tava passando nada que me interessava, mais sou interrompida pelo toque do meu celular.

Appa.

Ligação on

ㅡ Boa noite querida, como esta?
ㅡ Estou bem.
ㅡ Sua tia me ligou mais sedo, me contou que teve que voltar.
ㅡ Sim, eu vi a carta dela aqui também.
ㅡ Não acho que seja uma boa opção você ficar ai sozinha querida, já falei com o Jeon, ele vai levar você pra casa com ele depois da escola, tudo bem pra você?
ㅡ Sim Appa, não e preocupe.
ㅡ Ok, vou desligar então, estou meio oculpado esses dias, pensei que voltaria logo pra casa mais acho que vou ter que ficar aqui mais três ou quadro dias pra resolver tudo.
ㅡ Tudo bem, não se preocupe eu e o jeon vamos nos comportar.

Ligação of

Assim que a ligação acabou suspirei em desânimo

Não queria ir pra casa do meu pai, não sei como reagir deante disso tudo, ainda mais agora que eu sei que o jeon quer me evitar, que saco.

Desliguei a tv e fui pro banheiro tomar um banho bem rápido, vesti um conjunto de moletom branco e rosa, quando desci as escadas já escuto o son da campainha.

Paguei o entregado peguei a pizza e fui comer, como não stava passando nada bom na tv coloquei o fone de ouvido e escutei a música At my weakest, isso tava muito bom.

Terminei de comer e fui deitar na minha cama, e como não estava com sono assisti qualquer filme no YouTube.

(***)

Acordei atrasada.

Levantei da cama em um pulo e corri pro banheiro, me arrumei rapidamente e em um piscar de olhos já estava na escola, porém, atrasada, vou ter que esperar o segundo tempo.

Droga ... porque dormi tanto ?

(***)

É hora do intervalo.

Jeon me ignora dês de que entrei na sala de aula, não olha pra mim, isso me irrita

Jenne e lisa não param de tagarelar falando sobre eu ser irmã do Jeon JungKook que merda ...

(***)

ㅡ Ja vou meninas ㅡ digo pras meninas.

Começei andar mais fui enterrompida pelo grito da jenne.

ㅡ Ei ㅡ berrou ela.

ㅡ Oque ? ㅡ perguntei.

ㅡ Dês de quando você tem um carro?

Como assim carro? Será que a jenne ta ficando louca?.

ㅡ Que carro sua doida? ㅡ perguntei.

ㅡ Se você não tem carro porque ta indo em direção ao estacionamento? ㅡ indagou lisa.

ㅡ Ah, isso... é que Jeon deve ta me esperando, vou pra casa do meu appa.ㅡ disse dando as costas pras duas, mais ainda sim era possivel ver a animação das duas de canto de olho.

Jeon estava escorado no seu carro me esperando.

ㅡ Pensei que não fosse chegar nunca. ㅡ disse jeon.

Ele entrou no carro e eu entrei me sentando no banco do passageiro ao lado do motorista em silêncio.

O caminha da escola até em casa foi assim.

Silêncio...

Já que ele queria ignorar minha existência na escola eu vou ugnorar a existência dele também.

Chegamos em casa e entramos cada um em seu quarto.

Ainda não dá pra acreditar que isso tudo é meu, esse quarto é meu.

Deitei na cama e dormi por algum tempo.

(***)

Desci as escadas.

Tinha que ir em casa buscar roupas, não tenho nenhuma aqui.

Quando chego na sala vejo Jeon e aquela garota da escola jogando vídeo game, eles parecem bem juntos.

Tentei fazer menos barulho o possível pra não ser notada por eles mais minhas expectativas foram frustradas.

ㅡ Onde esta indo Rose ? ㅡ Disse jeon.

ㅡ Porque a preocupação ? ㅡ perguntei com sarcasmo.

ㅡ Porque ta me tratando assim? ㅡ perguntou ele.

ㅡ Você me trata pior, agora fica ai com sua namoradinha eu tenho mais oque fazer, não se preocupe eu volto antes de anoitecer ㅡ disse tentando parecer o maus groça possível.

A garota que estava ao lado e jeon e antes tinha uma expressão alegre agora parecia confusa.

Sai de casa os deixando sem entender nada.

(***)

Quando cheguei em casa a namoradinha do Jeon já não estava mais lá.

Subi pro meu quarto, agora terua que arrumar todas essas roupas no close.

Acabei trazendo quase todas as mjnhas roupas, não sabia oque trazer então jó joguei minhas roupas dentro de uma mala e aqui estou eu.

Escuto um toc toc na porta.

ㅡ Posso entrar ?

ㅡ Entre ㅡ disse eu.

Ele entrou no closet onde eu me encontrava no momento.

ㅡ Porque ta com raiva? ㅡ perguntou ele.

ㅡ E porque a preocupação?

ㅡ Rose você não é assim.

ㅡ E você também me mostrou ser hma pessoa mais na verdade é outra.

ㅡ Como assim?

Eu estava tentando ser mais grosseira possível com ele, se ele acha que vai me tratar de qualquer jeito a vai ficar por isso mesmo ta muito enganado.

ㅡ Olha Jeon, se você tem vergonha de mim, se não quer que seus amiguinhos populares saíbam que sou sua irmã e você for ignorar minha existência na escola apenas ignora minha existência aqui em casa também, não finja ser quem você não é isso é ridículo, você é ridículo.

Percebi que estava gritando e decidi parar.

A expressão dele era de confusão, e eu não tinha nada mais pra dizer.

ㅡ Olha Rose, não é isso, eu não tenho vergonha de você, porque eu teria? ㅡ perguntou ele.

Eu apenas olhei pra ele e não disse nada.

ㅡ Só que esse negócio de irmã é novo pra mim, não sei como agir, me desculpa?

ㅡ Não, sai daqui.

Minha vista embassou, meu olhos estavam marejados, eu iria chorar.

Acho que ele notou porque se aproximou de mim e com suas mãos levantou meu queixo fazendo com que eu olhase pra ele.

ㅡ Ei fofinha ... não chora, prometo que apartir de hoje vou te dá mais atentão tudo bem?

Eu apenas fiz que sim com a cabeça.











Notas Finais


Me desculpem por colocar tanta quebra de tempo.



Gostaram?



Vocês tem alguma idéia pra me dar?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...