História Uma parte dos professores que voce nao sabia - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 1.104
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção Adolescente
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - A descoberta


       Eram dois professores que sumiam toda aula para um lugar que ninguém sabia, ate então todos achavam que iam pra o banheiro ou algo assim, um dia a aula era para o 8 ano D, como sempre eles sumiram mas Eduarda e Julia perceberam que que eles não passaram pelo portao, e so podiam estar dentro da quadra, então ficaram super curiosas, mas sabiam que não podiam ir atrás, não naquela hora, não de dia. Julia e Eduarda sabiam que não podiam ir sozinhas, então resolveram chamar algumas pessoas para ir com elas, chamaram, Vinicius, Diogo, Joao Gabriel. Combinaram que quando desse 22h era pra estar todos na frente da escola, para uma possível invasão e descoberta do que os professores faziam.

22h quase todos já estavam na frente da escola, mas como sempre Julia estava atrasada, os meninos estavam querendo entrar antes da chegada de Julia, mas Eduarda queria esperar, pois seria perigoso ela entrar depois, mas como sempre os meninos não escutaram e entraram do mesmo jeito, Eduarda nada besta entrou também para não ficar sozinha.

Todos já estavam do lado de dentro ate Julia

-Diogo- ei vey, que que você ta fazendo aqui, estávamos te esperando la fora, nem pra avisar!

-Julia- eu decidi chegar mais cedo e descobrir o que realmente viemos fazer, e descobri!!

-Eduarda- descobriu? como assim descobriu,

-Julia- é descobri! a sala que as bolas ficam, não foi feita pras bolas, pelo menos não que a escola saiba.

-Vinicius- como assim? ta doida?

-Julia- eu não, o Lucas e o Alexandre talvez!

-Joao G.- explica que ninguém ta entendendo nada!

-Julia- a sala onde fica as bolas tem uma passagem, uma portinha no chão que vai pra baixo da escola! ainda não sei oque tem la, não deu pra descer tinha umas fozes, acho que eles estão la!

-Diogo- como assim vey, que doideira!

-Vini- pse!

-J.G- a gente tem que ir la e ver oque esta acontecendo! isso não é normal!

  resolveram ir, porque seja la oque estivesse acontecendo não era normal, Julia mostrou para o resto do povo onde era, então afastaram a estante que havia em cima e já iam descer.

-Eduarda- pera gente, se tem uma estante em cima é porque alguém colocou!

-Vini- mas é claro que alguém colocou, cada coisa!

-Eduarda- não idiota, to falando que alguém colocou do lado de fora, seria impossível ter colocado do lado de dentro!

-Diogo- tem razão! sera que a pessoa que colocou a estante ainda ta aqui?

-Julia- há! por isso vi uma moça saindo, ela que deve ter colocado, ela já foi.

-J.G- sera que ela vai voltar?

-Vini- então vamos logo, antes que ela volte!

  Entao depois de todos os questionamentos possíveis resolveram descer, todos desceram e perceberam que não era so uma sala la embaixo, eram tuneis e tinham varias salas, então ficaria meio difícil encontrar o Lucas. mas as vozes ecoavam e eles estavam reconhecendo, mas era impossível saber da onde a voz surgia. depois de andarem muito e não encontrar ninguém resolveram parar e descansar um pouco, foi quando escutaram um barulho.

-Vini- oque foi isso?

-Diogo- acho que a estante afastando! como que a gente vai sair?

-Eduarda- não sei como vamos sair, mas seja quem for já sabe que estamos aqui! então temos que tomar cuidado e ficar atentos.

Entao eles continuaram andando, e finalmente encontraram uma sala com gente, mas não sabiam se podiam confiar, eles viam o Alexandre mas não conseguiam ver o Lucas, o Alexandre estava em uma sala cheia de gente 

-Julia- é o Gerson?

-Diogo- acho que é, acho que ali também é o Romulo!

-J.G.- oque esta acontecendo?

-Eduarda- não sei dizer, mas muito professor junto, não deve ser algo bom!

  ignoraram os professores e continuaram andando, foi então que encontraram uma sala, estava trancada, então com certeza tinha algo interessante la. escutaram uma voz.

-Diogo- gente se esconde tem alguém vindo!

-Julia- é a mulher!

-Vini- que mulher?

-Julia- a que eu vi mais cedo!

-J.G.- cala a boca!

 Depois da mulher misteriosa passar resolveram tentar abrir a porta, mas não conseguiram, eles ainda não se tocaram que o tempo tava passando e os pais podiam estar preocupados, so queriam achar alguma coisa. não iriam desistir enquanto não encontrassem algo, não sabiam nem como sair. estavam andando quando encontraram mais uma sala, e tinha bebida, muitas garrafas vazias, parecia que tinha uma galara bebendo a dias la. logo pensaram que era os professores.

-Eduarda- sera que tudo isso é dos professores?

-Diogo- não tenho certeza, mas acho que não.

  diante do que estavam vendo e não entendendo nada escutaram uma voz, e finalmente era o Lucas, não sentiram medo e foram falar com ele.

-J.G.- Lucas oque ta acontecendo? a gente viu o Gerson e o Romulo mais pra tras! e agora esse tanto de bebida! e de vocês isso?

-Lucas- oque estão fazendo aqui? isso não é nosso! escuta, preciso que vocês se escondam ok? entrem em alguma sala e não saiam por nada.

-Julia- oque esta acontecendo?

-Lucas- depois eu explico, vao logo!

  todos se esconderam em uma sala, mas não estava muito agradável, o cheiro estava horrível, e tinha pouco espaço.

-Eduarda- que cheiro é esse?

-Vini- é do Diogo kkkk!

-Diogo- cala boca vey, é cheiro de sangue.

  então ai que perceberam que havia um cadáver junto deles na sala, e se desesperaram, mas não saíram da sala, pois tinha alguém perigoso do lado de fora. por um segundo duvidaram dos professores, mas não podia ser!

-Eduarda- quem fez isso? o Lucas?

-J.G.- acho que não, ele ta protegendo a gente 

-Diogo- a gente tem que sair daqui, porque aqui a gente fica encurralado 

-Julia- e la fora desprotegido 

  então resolveram sair da sala correndo e ir pra sala onde aviam visto os professores, mas não havia mais o tanto de professores que tinha da ultima vez que passaram ali, so tinha o Gerson e o Lucas na sala.

-Julia- cade o resto dos professores?

-Lucas- saíram faz 30min e não voltaram ate agora.

-Eduarda- porque vocês veem aqui em baixo sabendo que é perigoso?

-Lucas- porque a gente precisa saber quem matou a mulher do armário!

-Eduarda- já ouviram falar em policia?

-Lucas- já chamamos mas sempre quando ela chega, já não tem mais nem um buraco na sala de bolas pra descer pra ca! é como se fosse tudo uma alucinação 

-Julia- gente a gente tem que sair daqui, já tem umas 4h que estamos aqui, minha mae vai me matar!

-Lucas- 4h? não, o tempo passa diferente aqui, como se fosse outro mundo!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...