História Uma pequena lista - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Chen
Tags Angst
Visualizações 27
Palavras 444
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Droubble, Fantasia, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


a falta de letras maiúsculas é intencional.

Capítulo 1 - ;único.


decidi escrever está pequena lista depois que (mais) uma pessoa foi embora. segue-se então minha pequena listinha de como superar um coração partido.

primeiro: você pode fechar os olhos e fingir que nada aconteceu, sonhar com um mundo feliz em que você não precise dele. mas você deve saber, você nunca vai conseguir realmente deixar isso de lado e ele vai reaparecer em seus sonhos mais bonitos. e então talvez você deva colar seus olhos de modo a deixa-los abertos, porque pelo menos quando está acordado você consegue se iludir.

segundo: saia e viva como nunca viveu antes. beije bocas de desconhecidos que com certeza não terão o nome dele. mas você vai pensar nele. então se vista e use o nome dele – aquele mesmo nome que ainda lhe dói dizer – como um grito de guerra, o brade para todos ouvirem e verem como ele ainda está encrustado em você.

terceiro: beba como nunca bebeu antes. ingira garrafas e mais garrafas de álcool na esperança de tirar o sabor dele dos seus lábios. mas você sabe que está procurando nas bocas das garrafas a boca dele.

quarto: sorria. mostre para ele e para o mundo todo que você está bem e que isso em nada te afetou, que você é forte. mas você sabe que te afetou. então chore, coloque toda a dor para fora, porque não tem nada de errado em limpar seus olhos de toda essa dor que te consumiu.

e por fim, assuma. assuma que não existe como superar um coração partido, porque corações partidos não foram feitos para serem superados, foram feitos para serem sentidos e sofridos.

então, você pode criar um palácio no meio do seu quarto com todas as embalagens vazias de besteiras que você comprou e comeu na esperança de que toda essas coisas que fazem mal no seu organismo te fizessem mais mal do que a falta dele.

se torne rei deste palácio, o governe e brade aos quatro cantos do mundo toda a sua dor, a deixe escorrer pelas portas e jorrar pelas janelas. e então, antes mesmo que você perceba, ela vai ter escoado toda para fora, e por fim sobrará você ali no meio daquela bagunça de comidas e lágrimas e choros e lamentos.

porque um coração partido vai te afetar, porém você não pode deixar ele te matar. sinta a sua dor. e ela uma hora irá doer menos.

e entenda então, que não se supera um coração partido. você aceita e lida com ele. e aprende, se tornando uma pessoa mais forte.

e então, você pode mentir dizendo que o superou, ou dizer a verdade e mostrar que aprendeu com ele.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...