História Uma princesa em preto e branco - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance
Visualizações 1
Palavras 564
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Fantasia, Ficção Adolescente, Mistério
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 1 - Dois lados da moeda


Fanfic / Fanfiction Uma princesa em preto e branco - Capítulo 1 - Dois lados da moeda

Um ou dois shots de tequila talvez fossem suficiente pra esquecer aquela noite ruim a verdade e que ela era so mais uma das tantas que ja tive.

Parei e comecei a rir me dei conta que o efeito estava  começando a surgir em mim.

Eu sei que nao tenho sorte em muitas coisas mais quando eu olhei aquele homem deitado em minha cama eu percebi o tiro que eu tinha dado em meu proprio pé. 

Eu estava certa de que ele era só mais um que iria se deitar ali e depois iria vir outro mas eu sei que a culpa nao e dele ela e toda minha eu sei que nao tenho sorte pra muita coisa e uma delas é o amor. Mais a maneira como ele me olhou como ele me tocou por um momento eu tive aquela boa e antiga sensaçao de borboletas no estômago mais logo cai na real eu fiquei balançada confesso ele chego de mansinho e quando eu dei por mim estava deitada aos amassos com ele. Aquela pessoa que me beijava e me abraça nao tinha ideia do que a esperava.

Levantei e fui ate a varanda toma um ar estava precisando daquilo.

-Ei onde você vai? Olhei para tras e ele já estava em pé  junto a mim me carregando novamente para a cama.

-Voce parece perdida. Nao falei nada só consegui deixar aquele estranho mais confuso ainda e para ele parar de fazer perguntas o beijei.

Mas ele parou me olhou nos olhos e novamente tive a sensação de borboletas no estômago.

-Para com isso. Falei irritada odiava o fato desse estranho me olhar e já sentir vontade de me jogar em seus braços.

-Com o que?

Nesse momento ele pegou em minha cintura e me puxou pra mais perto olhou me novamente daquele  jeito estranho e disse:

-Eu nao sei mais voce é diferente das outras.

-Já disse isso pra todas que você conseguiu levar pra cama?

-Você foi a primeira. Olhei assustada e sai de seu colo.

-Acho que agora voce já pode ir em embora. Joguei suas roupas  em seu colo irritMaria pegou as roupas se vestiu.

-Você nao acredita em destino?

-Não.

-Que pena. Saiu e bateu a porta ao sair deixou cair um bilhete de seu bolso

-Ei espera

Simplesmente ele olhou para traz

-Isso e pra voce.

Abri o bilhete e com os olhos cheio de lagrimas o abracei

Só tinha certeza de uma coisa precisa o encontrar novamente.

Ele! 

Sentado mais uma vez naquela mesa tomando o mesmo drink de todas as noite eu olhava para o relógio e a hora nao parecia passar.

Nao parava de perguntar como ela nao conseguiu lembrar de mim, senti vontade de ir correndo ate sua porta e contar toda a verdade se eu tomasse mais 4 talvez a coragem conseguia chega ate mim mais  eu nao podia e eu  sabia disso no fundo eu sabia.

Pedi a conta paguei e fui embora a mesma rotina de sempre aquele garçom já sabia da minha história,  afinal foram tantos anos sentado no mesmo lugar pedindo a mesma bebida e esperando a mesma história acontece e ela novamente apareceu em meu pensamentos ela nao mudará nada desde aquele tempo foi o mesmo olhar ingenuo que ela sempre teve seu jeito delicado como eu fui capaz.

Deitei me pra durmi já nao adiantava mais remoer aquela historia do passado. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...