História Uma Rosa Nem Tão Delicada - imagine bts - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts
Visualizações 139
Palavras 765
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Harem, Luta, Mistério, Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 19 - Capitulo 19.1


- Nós seremos obrigados a ir para educação fisica? que diabos. - reclamei, sentindo segundos depois o celular em meu bolso vibrar, olhei para os lados, certificando-me de que não havia ninguém além de mim e dos outros dois garotos alí.

- Aconteceu algo? - Hoseok questionou-me.

- É o que irei descobrir agora. - desbloqueei o aparelho, clicando na recente mensagem recebida.

" Assim que forem liberados venham direto para casa, Yoongi achou algo suspeito, nós já mandamos a amostra para o centro de pesquisa.

~Jin"

- É uma mensagem de Jin, parece que encontraram algo. - o sinal tocou. - Vamos deixar isso de lado por hora, agora precisamos ir para o vestiario. - eles assentiram


Por sorte, como a escola era bastante grande, haviam sinalizações por todos os lados, indicando para onde ficavam as coisas.

- E os nossos uniformes? - o loiro perguntou.

- Estão nos armarios. - Hobi respondeu antes de mim.

- Se apressem só temos quinze minutos.

Apos virarmos em alguns corredores, finalmente chegamos ao vestiario.

Para onde eu olhava haviam garotos sem camisas e até mesmo de roupas intimas. Por sorte eu não ficava corada facilmente, principalmente porque a maioria dos garotos olharam em nossa direção quando entramos. 

- Jimin hyung?

- Hum? - respondi um tanto perdida.

- Olhe para mim! - acabei rindo de sua atitude.

- O que foi Tae? não é como se eu nunca tivesse visto alguém sem camisa antes, você mesmo vive sem.

- É um bom argumento. - o castanho disse.

- Não o ajude Hobi hyung!

Paramos em frente aos nossos armarios. aproveitei que os dois estavam distraidos abrindo seus armarios e tirei rapidamente minha calça, substituindo-a pelo shorts de edacação fisica. Pus as mãos na barra de minha camisa e a tirei na mesma rapidez que a calça, entretanto, não encontrava a camisa que deveria usar no lugar do uniforme normal.

- Procurando isso aqui? -  escutei a voz de Tae, junto com seu riso abafado, virei-me e senti seu olhar queimar sobre mim, assim como o de Hoseok. - Jimin hyung você realmente parece uma garota. - notei que meus cabelos haviam soltado quando tirei a camisa.

- Como pegou isso? Dê logo minha blusa Kim Taehyung!

- Jimin-ah seu cabelo está grande. - o tocou. - É bem macio. - desceu o olhar por meu troco, que estava enfaixado quase que por completo. - Ainda doi? - tocou em um dos machucados feitos por Min e senti um arrepio por todo meu corpo.

- N-não.. - minha voz saiu falha e baixa.

- Tem certeza? - seu olhar era penetrante e, por algum motivo não conseguia desviar.

- Só estão sensiveis. - Tae se aproximou-se, ficando entre nós dois.

- Seu rosto está um pouco vermelho. - tocou-o. - E quente. - riu. - Está com vergonha hyung?

- É claro que não idiota! - puxei a camisa de sua mão e a vesti.

- Poxa hyung, poque a vestiu? seu corpo é tão bonito. - passou a lingua entre os labios e eu tentei não prestar muita atenção em eu gesto. olhei para Hobi, e ele mantinha um olhar indecifravel.

...

~Narradora on...

Os três garotos finalmente chegaram a casa, assim que abriram a porta puderam sentir o quão pesado o  clima estava ali. 

- Sentem-se. - falou Seokjin, ele estava estranhamente inquieto. Assim que todos estavam acomodados em seus respectivos lugares ele soltou a bomba. - Os resultados da amostra chegaram, é bem pior do que eu esperava. O liquido azul que Yoongi achou mais cedo, é uma substancia que pode manipular completamente a mente de alguém ao entrar em contato direto com sua corrente sanguínea.

Assim que ouviu tais palavras, (S/n) fechou os punhos tão fortemente que pôde sentir suas unhas penetrarem a pele.

 E se seu irmão estivesse em apuros? E se estivesse sendo manipulado por Jungkook? 

Seu olhar ficou completamente vazio assim que uma possibilidade completamente contrária passou por sua cabeça.

 E se ele estivesse envolvido nisso tudo por vontade própria?

- Nós ainda temos poucas informações a respeito do plano de Jeon, ele é muito bom em cobri seus rastro. - o medico suspirou. - Isso é tudo. - seu olhar foi em direção da pequena garota na sala, ele queria perguntar se estava tudo bem, entretanto, não podia. Ela tinha apenas 16 anos mas já estava passando por tudo aquilo, ele a admirava muito.

 (S/n) levantou-se primeiro, tendo o olhar de seu melhor amigo sobre ela. Até os outros repararam o quanto ela ficou estranha abruptamente. 

Era como um robô.


Notas Finais


ouláaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa amores
espero que estejam gostando.
desculpem-me pelos erros de português.
Deixem seus comentários, kissuuuuuuuuuuuuuuuuus


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...