1. Spirit Fanfics >
  2. Uma salvação encantada - Imagine Jimin. >
  3. O resgate

História Uma salvação encantada - Imagine Jimin. - Capítulo 3



Capítulo 3 - O resgate


Fanfic / Fanfiction Uma salvação encantada - Imagine Jimin. - Capítulo 3 - O resgate




— Onde está ele? — ando de um lado para outro desesperada. Eu estava preocupada demais com o que poderia acontecer.

Nesse momento estamos todos na casa da chapeuzinho vermelho, nos preparando para resgatar o príncipe Park, quando digo todos, quero dizer só a chapeuzinho, Namjoon, algumas fadas e eu.

Bom, falta o Guinho.

Ele está demorando muito, já deveria estar aqui há um tempão mas enrolado do jeito que é, vai acabar chegando só amanhã! Espero que ele chegue logo.

— Olha, eu acho que ele está pegando alguém. — uma fada diz. Escuto a outra fada rir e então a olhamos incrédulos, menos a chapeuzinho que nem olhou para ela.

— Gente, eu vou lá para fora. — a garota colocou a capa vermelha em cima da cadeira e saiu da casinha.

— 'Tá vendo o que você fez, Creuzete? — Namjoon se alterou.

Creuzete franziu o cenho confusa, ela ainda não sabia sobre os sentimentos que a Chapeuzinho nutria pelo Guinho.

— Como assim?

— Ela gosta do Yoongi, Creuzete! — vociferou.

— Meu Deus... Eu não sabia! Eu falei isso brincando. — se explicou.

— Só não fale mais nada. Pode deixá-la magoada.

— Tudo bem... — colocou as mãos para cima se rendendo.

Um clima tenso se fez presente e para tentar acabar com ele, eu comecei a falar sobre o plano.

— Então gente... — todos me olham. — Enquanto o Guinho não chega, vamos esclarecer novamente o plano?

— De novo? — Namjoon disse cruzando os braços.

— Sim, vai que eu esqueça e acabe estragando tudo... — ele concordou e então começou a falar.

— Quando o Yoongi chegar, nós vamos direto para a casa da Neide e vamos ficar escondidos atrás das árvores. — Assenti. — E então, no momento em que ela sair, eu entrarei disfarçadamente na casa e procurarei o príncipe Park. Quando eu o achar, chamarei as fadas para me ajudar a soltá-lo.

— Certo. — de repente, a porta é aberta revelando uma figura desesperada.

— Cheguei! — vejo um Guinho atordoado praticamente gritar.

— Estamos vendo. — falamos na mesma hora.

Minha fada madrinha disse que tínhamos que ir o mais rápido possível, pois a rainha má estava planejando matar o príncipe.

Saímos da pequena casa e só agora percebemos...

Cadê a Chapeuzinho?

— Chapeuzinho! — grito.

— Ela sumiu, foi? — Guinho pergunta.

— Parece que sim.

— Chapeuzinho! — guinho a chama.

— Essa desgraça ainda me persegue... Vai catar coquinho, lobo mau! — reconheço a voz.

Vejo a garota sair de trás da casa com uma cara de brava, ri ao ver o lobo caído no chão.

— Vamos? — mudou de repente de expressão. Colocou um sorriso no rosto ao ver o Guinho atrás de mim.

— Vamos.

Saímos mata afora procurando a casa da Neide, o caminho era longo e totalmente desconhecido por mim. Tinha várias trilhas e entradas diferentes.

(...)

— Olha ela ali... — Namjoon diz enquanto eu me encolhia a fim de me esconder atrás da árvore.

Neide finalmente saiu da casa, parecia estar com pressa pois andava rapidamente.

Namjoon esperou alguns minutos para poder entrar pois não queria correr o risco de ser visto, ele entrou na casa sozinho, e a única coisa que eu pude ver foi a cena do ratinho indo em direção àquela casa.

Eu não podia entrar pois estragaria todo o plano, mas a vontade e a curiosidade para conhecer logo o príncipe destinado à mim era grande.

— Gente, quem vai ajudar o Namjoon a soltá-lo? — sussurro.

— A Creuzete, a Jubscréia e eu. — Chapeuzinho responde.

Volto a olhar para a pequena casa, não consigo ver nada do que está acontecendo lá dentro e isso me deixa ainda mais ansiosa e curiosa. Estou nervosa.

Ele estava demorando tanto que eu já estava prestes a sair correndo e entrar naquela casinha, mas o momento mais esperado e mais decisivo chegou.

— Creuzete! Jubscréia! Vamos. — Chapeuzinho toma a frente e corre até a porta da moradia.

Olho para o lado e observo Guinho encarar a garota da capa vermelha de um jeito diferente.

— Guinho?

— Oi? — finalmente olha para mim.

— Você gosta dela?

— Não. — riu. — Bom, ela é muito bonita mas... — seu tom de voz era incerto. — Ah, eu não sei.

— Ela gosta de você.

— Que?

— Ela gosta de você. — repito.

Ele olhou para o chão desacreditado, será mesmo que ele não percebeu?

— Desculpa Guinho, mas você é lerdo, viu!

— E-Eu nem desconfiei. — disse.

— Eu percebi. — ri. — Mas tenta não magoar ela, por favor. — ele assentiu.

Esperamos um sinal de Namjoon.

Vi o ratinho balançar as patas freneticamente, e depois vi Creuzete dando suporte à um garoto baixinho de cabelos loiros.

Ele se apoiava nela para andar, parecia estar seriamente debilitado.

Ele era bonito.

Muito bonito.

Tipo, muito muito muito bonito.

Olhei para Yoongi, que sorria satisfeito com o que via. Seus olhos logo correram para o meu rosto, e então ele sussurrou "esse é o Park", deixei um sorriso bobo escapar e voltei a olhar para o garoto. Seu rosto se ergueu, me dando a bela visão do seu rosto e seus olhos vieram de encontro aos meus, seus lábios grossos formaram um sorriso tímido e lindo, ele era realmente atraente. Meu Deus, como ele era lindo.

Ele é realmente o príncipe encantado que quase todas as garotas querem ter. Estava tímida e Guinho não ajudava muito, só sabia rir de mim pois eu estava corada. 

— Tem como parar de rir? — digo entredentes.

— 'Tá, parei. — sorriu. 

O príncipe Park estava cada vez mais perto de nós, e eu estava cada vez mais nervosa. O mesmo  não parava de olhar para mim, tampouco eu para com ele. 

— Para de babar. — Guinho provocou.

— Cala a boca. 

— Olha o respeito, criança. 

E poucos segundos depois, vi o Park diante dos meus olhos, ele sorria fazendo com que seus olhos fechassem notavelmente. 

— Olá, senhorita _______. — segurou minha mão a beijando. Ui, além de lindo é educado e galanteador. 

Esse homem é perfeito. 

— Olá, príncipe Park. — sorrio gentilmente.

— Oh, por favor, me chame apenas de Park. 

— Como quiser, Park. — sorriu.

O clima não ficou tenso, mas o silêncio simplesmente se fez presente entre nós. 

— Onde está Namjoon? — Guinho perguntou.

— Aqui. — procuramos pelo chão. — Estou aqui em cima! — gritou.

Olhamos para cima, para os galhos da enorme árvore que nos escondia. E lá estava ele. 

— É melhor irmos, ela já está vindo. — desce da árvore.

— E como sabe? — pergunto. Por um momento eu esqueci que estou no mundo encantado, um mundo totalmente paralelo ao de onde vim. 

— Nós podemos sentir. — respondeu subindo para o meu ombro direito. 

— Lança a braba, Yoongi. — disse.

— Onde está minha varinha? Tenho quase certeza que a coloquei no bolso da jaqueta. — franziu o cenho procurando sua ferramenta de magia.

— Está procurando por isso? — uma mulher aparece atrás dele segurando a varinha. 

— Neide? — todos gritam assustados.

Então ela é a Neide? Não tinha visto seu rosto nitidamente.

— Eu mesma, como estão? — riu com deboche.

— Assustado com a sua feiúra, obrigado por perguntar. — Park responde.

— Olha, eu não quero conversar com vocês. Só quero avisar que o príncipe Park e a princesa _______ não poderão fugir de mim! — avisou entregando a varinha para o Guinho e de repente sumiu.

Sem querer ficar mais um mísero segundo naquele lugar, o Guinho rapidamente nos teletransportou para casa, para a minha casa. 

Ok, isso foi bem possessivo.

Eu quis dizer que ele nos teletransportou para a casa onde estou morando com Namjoon.


(...)


— Espera, deixa eu ver se entendi... — digo. — Vocês estão me dizendo que esta casa é único lugar seguro para o Park ficar, e por isso, ele vai morar aqui até que a Neide seja presa pelo rei? 

— Sim! — gritam. 

— Ela disse que não tem como fugirmos.  

— Aqui no mundo encantado... — Namjoon rebate. — E se vocês... Forem para o mundo real? 

O Guinho, a Creuzete, a Jubscréia, o Park e a Chapeuzinho se espantam. 

— É sério, gente. — Namjoon insiste. — Pensem comigo, se o Park e a ________ forem para o mundo real, a Neide vai ficar os procurando aqui igual uma boba, sem saber onde eles estão. 

Realmente. 

— Sim, é uma boa idéia. Mas não sejamos precipitados, resolvemos se eles vão ou não depois. — O Guinho sensato dá as caras. 




Notas Finais


💜💜
Até a próxima atualização!


Meu perfil: @Viihda_deFanfic.

Perfil da Ana: @Minyoongiutted.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...