1. Spirit Fanfics >
  2. Uma surpresa inesperada - (Namjin) >
  3. One

História Uma surpresa inesperada - (Namjin) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Como prometi, aqui está o primeiro capítulo! Espero que gostem e tenham uma boa leitura!

Capítulo 2 - One


Fanfic / Fanfiction Uma surpresa inesperada - (Namjin) - Capítulo 2 - One

Cidade de Busan.

Quinta-feira ,16 de setembro.

SeokJin

O cheiro da comida que está sendo feita por mim invadia minhas narinas fazendo com que sinto mais fome. Levo minha mão até a minha barriga sorrindo por saber que tem uma vida sendo gerada dentro de mim. Desde aquele dia que o Ji esteve aqui, chorei bastante pela tal descoberta. Ainda não contei para o Nam e implorei para o Jimin não contar para ele. Pretendo fazer uma surpresa para o mesmo. 

Sempre que o meu marido está perto de mim, fico ansioso querendo falar logo para ele que estou grávido, mas preciso guardar esse segredo até chegar o dia da surpresa que não irá demorar muito para chegar. 

Perdido nos meus pensamentos imaginando como seria o meu filhote quando ele nascesse, tomei um susto quando sinto os braços fortes do meu alfa rodearem a minha cintura. Sorrio mais ainda sentindo o mesmo colocar o seu rosto na curvatura do meu pescoço fazendo-me ter leves arrepios por sentir sua respiração quente na minha pele.

- Sentir saudades do meu ômega.

-  Sei que sentiu, estamos marcados bobo - digo virando meu rosto para o seu lhe dando um leve selinho, mas logo volto minha atenção para a comida. 

 - Como foi a sua manhã? 

- Foi boa e a sua?

- Cansativa, mas sorte que a partir de amanhã irei ficar de folga e só retornarei na terça - respondeu. Dou uma mexida no molho e desligo o fogo sentindo Nam soltar a minha cintura. 

- Então quer dizer que finalmente terei o meu alfa só para mim? - digo me virando para o mesmo passando os meus braços em volta do seu pescoço sentindo suas mãos irem para a minha cintura segurando firme.

- Só para você, meu ômega.

Iniciamos um beijo que logo foi ficando um pouco mais feroz. Sua língua adentrava a minha cavidade bucal explorando cada canto da minha boca. Aconteciam algumas mordidas e chupões entre o beijo pela minha parte, e alguns gemidos também. 

Namjoon estava prestes a tirar a minha camisa, mas fui mais rápido e parei rapidamente o beijo para não avançarmos mais. Mesmo estando gestante, podíamos ter nossas relações sexuais até completar tal mês, foi o que o meu médico obstrata disse, mas por enquanto não quero fazer nada.

- Vamos parar por agora antes que a gente transe aqui, e você sabe que não gosto de fazer nada indecente na minha preciosa cozinha! - digo o afastando do meu corpo e indo em direção ao armário onde guardo os talheres e os pratos.

- Mas estava ficando tão bom… - olho para o mesmo uma cara séria - tá bem, tá bem. Quer ajuda para colocar as coisas na mesa?

- Claro!

*

Assim que terminamos de almoçar, Nam me ajudou a arrumar a mesa e a lavar os pratos. Quase matei o alfa por ter deixado o meu copo de vidro cair no chão, por sorte não quebrou, mas se quebrasse o meu filho iria nascer órfã de pai. 

Enfim, guardamos a louça deixando tudo em seu lugar e fomos direto para o nosso quarto descansar depois de termos comido. 

Nam ficou sentado na cama com as costas encostadas na cabeceira da nossa cama e eu fiquei entre suas pernas aproveitando o seu carinho em meus cabelos. Estava um silêncio maravilhoso, mas então senti a ansiedade tomar conta de mim, a vontade de falar sobre o nosso filho. Quero muito que ele saiba sobre a minha gravidez. 

- Amor? Está tudo bem? Parece nervoso. 

- Não é nada. Não precisa se preocupar. 

- Tem certeza? - apenas concordo com a cabeça e sinto o mesmo deixa um selar nos meus cabelos.

- Amor…já pensou em ter filhos? 

- As vezes penso sim, por quê? 

- Mas você tem algum desejo de ter um filhote, um filhote nosso? - sinto um silêncio meio constrangedor tomar conta da gente. Um pouco inseguro, apenas fico olhando para as minhas mãos evitando olhá-lo.

 - Por que isso agora, Jin?

- Hum, nada ué. Só estou perguntando… - respondo-o - você não deseja ter filhos comigo, Namjoon?

- Não é isso, meu bem - solto uma pequena risada me fazendo olhá-lo emburrado.

- Qual é a graça, Kim Namjoon? - pergunto me virando de frente para o mesmo com os braços cruzados.

- O que eu quis dizer Jinie, é que ainda acho um pouco cedo para termos filhos agora.

- Ha, entendi… - abaixo minha cabeça um pouco chateado, mas sinto seus dedos tocarem de leve o meu queixo fazendo-me levantar o meu rosto para olhá-lo.

- Mas se você engravidasse, saiba que irei amar o nosso filhote mesmo assim e que nunca irei abandoná-los, entendeu? Eu te amo, Jin. E ficaremos juntos não importa o que aconteça.

Sinto o canto dos meus olhos ficar um pouco molhado por causa das minhas lágrimas e não deixo de segurar um sorriso. Fico feliz pelo o que o mesmo disse e ainda mais tranquilo por saber que ele nunca vai nos abandonar.

Agora que tenho a plena certeza que o Nam irá aceitar o nosso filhote, amanhã mesmo irei ligar para Jimin e o Tae para me ajudarem nos preparativos da surpresa que vou fazer para o meu marido para lhe dizer sobre a minha gravidez. 

Só não vejo a hora desse grande dia chegar.



Notas Finais


Espero que tenham gostado e até o próximo capítulo!💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...