1. Spirit Fanfics >
  2. Uma tragédia nos aproximou... (Naruto e Hinata) >
  3. Capítulo 8

História Uma tragédia nos aproximou... (Naruto e Hinata) - Capítulo 8


Escrita por:


Notas do Autor


Espero que gostem 💕

Capítulo 8 - Capítulo 8


Fanfic / Fanfiction Uma tragédia nos aproximou... (Naruto e Hinata) - Capítulo 8 - Capítulo 8

Naruto


Eu acabei de me declarar para a Hinata e adivinha o que aconteceu? Ela desmaiou!!! Eu fiz alguma coisa errada ou ela tem algum problema de saúde?


- Hinata, hey, acorda!!! Faz isso comigo não - dou alguns tapinhas no rosto dela na intenção de fazer ela acordar e, graças a Deus, funcionou 

- o-oque aconteceu? - ela diz coçando o olho, como pode ser tão fofa meu pai?

- você desmaiou - eu digo e ela arregala o olho 

- ai mds, desculpa, acabei de me lembrar- ela diz colocando a mão na boca, só agora que eu notei que ela ainda está deitada com a cabeça no meu colo, parece que ela também acabou de perceber isso, pois levanta rápido, tida vermelha de vergonha

- então, você se lembra do que eu perguntei antes de você desmaiar? - digo coçando a nuca totalmente envergonhado, com todo mundo eu sou extremamente solto, sempre fazendo piada e essas coisas, mas com ela é diferente, estou sempre envergonhado, eu realmente não sei o que essa garota fez comigo, deve ser feitiço 

- le-lembro - ela diz abaixando o rosto, pera, ela tá chorando? - o-olha pra ser sincera, sim eu quero, e muito, Naruto, eu te amo desde o dia em que eu te vi, sonhei minha vida inteira com você, mas eu tenho medo, medo de você estar apenas me usando pra esquecer a Sakura, por que como você mesmo disse, antigamente você só ficava atrás dela, eu não quero me entregar completamente se for pra ser apenas algo momentâneo - ela diz chorando muito, isso partiu meu coração 

- Hinata - digo pousando minhas duas mãos no seu rosto - passado fica no passado, a única pessoa que está em minha mente é você, mais ninguém, eu quero passar o resto da minha vida ao seu lado, quando eu te conheci melhor eu senti que é você que falta em mim, eu juro por tudo que isso não é algo momentâneo, eu te prometo que não vou embora, e você sabe que eu nunca volto atrás com a minha palavra 

- Na-Naruto - ela diz e eu vou me aproximando lentamente, coloco uma mão em sua nuca e a outra em sua cintura

- você aceita? - digo baixo próximo ao seu ouvido e percebo que todos os pelos do seu corpo se arrepiaram, aaa como eu amo isso

- a-aceito - ela diz sussurrando 


Afasto de seu ouvido e colo nossos lábios em um selinho, peço passagem com a língua e ela cede, começamos um beijo doce e lento, melhor do que o nosso primeiro, a puxo pela cintura colando mais nossos corpos, aprofundando mais o nosso beijo, que antes era calma agora está mais rápido. Nos afastamos para respirar, deixando nossas testas coladas, ainda de olhos fechados


- E-eu preciso voltar pra casa - ela diz se afastando, aaaa que merda, quero passar mais tempo com ela 

- aaa será que seu pai reclama se eu te roubar pra mim? - digo e ela da risada

- algum dia será apenas nos dois - ela diz e eu não aguento, volto a beija-la

- tá bom, vamos - digo bufando

Estávamos (infelizmente) voltando para a casa de Hinata, de mãos dadas, eu estou oficialmente totalmente apaixonado. Olho para o lado e percebo que ela está meio encolhida 


- tá com frio? - ela só concorda com a cabeça, tiro minha blusa e coloco nela e ela me lança um sorriso, meu Deus que sorriso - não faz isso não 

- isso o que? - ela pergunta meio confusa 

- esse sorrisinho, meu coração não aguenta tanta perfeição- digo e ela da uma gargalhada gostosa de ouvir


Chegamos na frente de sua casa mas ficamos mais uns 10 minutos lá conversando, não consigo sair de perto dela 


- melhor eu entrar se não pai vai ficar bravo, tchau amor - ela me chamou de amor, puta que pariu, ela me chamou de amor, esse é o melhor dia da minha vida, a puxo para um beijo de despedida e vou pra casa


Chego em casa e vou direto pro banho, depois do banho deito na cama e na mesma hora eu durmo, tô exausto. Acordo um tempo com o celular tocando, quem é a desgraça que tá atrapalhando o meu sono? Atendo sem nem ver quem é 


- o que quer caralho?

- a educação mandou lembranças - a pessoa diz e reconheço a voz na mesma hora, pq que o arrombado do Sasuke tá me ligando?

- porra Sasuke, tava dormindo, o que tu quer desgraça? - digo já puto, odeio que me acordem 

- sou vidente pra saber não caralho, é que eu preciso da sua ajuda 

- para de enrolar e fala logo - digo sem paciência alguma 

- Eu meio que quero chamar a Sakura para um encontro - ele diz e pela sua voz ele está constrangido 

- sério? Aí que orgulho, meu menino está crescendo

- cala boca idiota - ele diz bravo e eu rio - vai me ajudar ou não?

- claro, vem aqui em casa que eu preciso te contar um bagulho 

- tenho até medo de saber mas beleza, em meia hora estou aí - ele diz desligando antes que eu pudesse dizer qualquer coisa, depois eu que sou o mal educado. O que vocês acham que eu vou fazer durante essa meia hora? Dormir claro, coloco o celular pra despertar e durmo novamente, quer dizer, morro por algum tempo novamente 


Notas Finais


Eu sei que não está muito grande, tô sem criatividade hoje, prometo tentar me empenhar mais no próximo
Enfim, até o próximo capítulo 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...