1. Spirit Fanfics >
  2. Uma trouxa em Hogwarts >
  3. Convite

História Uma trouxa em Hogwarts - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Depois de um tempão parada trago uma antiga fics minha, reescrita e pronta para o poste.

Espero que gostem, aceito opiniões e criticas tudo para fazer o melhor para vcs!
A historia vai acontecer no quinto ano do Harry com algumas mudanças.

Capítulo 1 - Convite


Fanfic / Fanfiction Uma trouxa em Hogwarts - Capítulo 1 - Convite

Olá, sou Vitoria, meu amigos me chamam de Tori, 17 anos, sou filha mais velha dos Durleys e quase finalizando meus anos de escola.... Bem era isso que pensava até que minha vida virar de cabeça para baixo quando recebi aquela carta.

A carta que muita gente queria receber, porém eu não sei porque tenho, não estendia o que estava acontecendo. Tudo começou quando meu primo dava inicio ao seu quinto ano em Hogwarts

.

Pov. Tori

Umas das noites quentes de agosto, estávamos meu primo e eu conversando no seu quarto- as escondidas logico já que meus pais não querem barulho em plena madrugada- quando escutamos um barulho de piar vindo da janela. Tentei ser corajosa só que a esta hora ouvir barulho não é muito legal.

— O que foi isso?- Ele perguntou assustado

—Não sei vai lá ver!- Respondei me afastando o mais longe possível

—Porque eu?- Ficou me olhando torto

—Ok, você vai na varinha e eu ....- Olhei ao redor e avistei um taco de beisebol- E eu vou com isso!

—Mais eu...

—Vai logo!!

Eu sabia muito bem que ele não podia fazer magia fora da escola, mas também não queria morrer assim do nada. Quando ele abre a janela uma coruja de cor marrom claro entra e pousa na cabeceira da cama

—Uma coruja?- Falei me desarmando e a olhando atentamente

—Será que fiz alguma coisa e não sei!!- Harry riu, pegou a carta que estava amarada na perna no bicho e desenrolou - Olha é para você!!

—Para mim?- Fiquei confusa, olhei devagar para a carta para saber do que se tratava e era de Hogwarts- Porque sua escola me mandaria uma carta?

—Sei la, abre logo!!

Comecei a ler em voz alta

.

‘’ Cara Srta. Dusleys,

Gostaria de olhe informar que a senhorita tem a permissão de vim para a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts este ano para poder acompanhar o Sr. Potter, não se preocupe com a sua escola já resolvemos tudo, como sabemos que é uma trouxa estamos lhe entregando uma varinha de ensino que e usado para casos importantes, você poderá fazer magia sem que os outros saibam da sua origem.

Estamos te esperando no dia 1 de setembro juntos com os outros alunos. Um auror vai aparecer para poder conversar com seus pais, não se preocupe!

Faça boa viagem

Diretor e professor Alvo Dumbledore’’

.

Li e reli a carta com a letra muito bem desenhada e caprichada para ter certeza de tudo que estava acontecendo, peguei a varinha que veio dentro do envelope tinha uns 25 cm, marrom bem decorada, parecia que tinha uma linha em volta dela. Vou poder ir junto com o Harry este ano ? Não acredito!! Vou poder ir mesmo, mas por quê? Pelo que saiba trouxas não podem entrar lá, mas se o próprio diretor autorizou quem sou eu para dizer ao contrario.

—Harry vou poder ir junto contigo este ano!!- Comecei a gritar feito uma louca no quarto, ele me joga um travesseiro no meu rosto e calei na hora, esqueci que estávamos nós escondendo de meus pais

—Vou poder te mostrar tudo que te conto!!- Ele sorriu e me abraçou tão forte que acabamos caindo feito dois tomates podres

 

*********

 

Acordei no dia seguinte bem cedo, estava ansiosa e nervosa ao mesmo tempo. Será que meus pais vão deixar? Nem que eu fuja como o primo fez no segundo ano, mas eu vou!

Peguei uma grande mala que tenho e comecei a arrumar minhas coisas, não sabia o que levar já que não tenho o uniforme, fiquei perguntando ao Harry, ele ja deve estar chateado comigo, só que  vou fazer o que? Ele tem experiência nestas coisas. Ja estava de tardezinha quando ouvi minha mãe gritando no andar de baixo

—Vitoria tem alguém na porta!

—To indo!

Joguei as roupas que estavam na minha mão na mala e desci correndo para o andar de baixo, Duda estava vendo Tv, bem que ele poderia ter atendido, estava mais perto do que eu.

Abri a porta e dei de cara com homem de cabelos bagunçados meio loiros, uma tapa olho diferente que tinha um olho giratório de um tom azul muito claro, roupas sujas e bengala

—Sou Alastor Moddy, o Auror. acho que o professor Dumbledore falou que viria!- Disse me empurrando e entrando em casa sem mais nem menos

—Sim, ele me escreveu sobre isso!- Disse um pouco nervosa- E você é...- Perguntei para a mulher junto com ele

—Sou Tonks!- Respondeu a mulher de cabelo rosa e veste extravagantes com um grande sorriso

—Pode entrar- Falei liberando a porta para ela que foi diferente do seu colega que esperou ser convidada- Ah... Uma coisa eu ainda não falei com meus pais!

—Tudo bem! Falo com eles- Apontei pra a porta dos fundos que era a cozinha, Alastor foi até lá

—Harry, esta pronto?- Tonks gritou na ponta da escada

—Já estou indo!- gritou em resposta

—Espera ai, para onde? Pensei que iriamos daqui a quarto dias

—Vamos para um lugar antes de ir para a escola! Tudo bem?- Falou ela

—Ok, espera um pouquinho!- Quando estava na escada parei e olhei para Tonks- Será que da tempo de tomar um banho? Fiquei o dia todo no quarto

—Da sim, pode ir!

Subi correndo para meu quarto ja entrando no banheiro que tinha dentro, tomei uma chuveirada bem gelada do jeito que gosto que em poucos minutos terminei. Vesti uma roupa mais composta calça jeans escura, a camiseta vermelha que estava e um all star preto, peguei minha mala joguei mais algumas coisas dentro, minha varinha, maquiagem e depois comecei a arrastar até a porta da frente. Nem acredito que estou saindo de casa! Tipo não é uma coisa que desejo, gosto de minha família, mas é bom ter novos ares.

—Deixa que eu levo isso!- Torks fez um movimento com a varinha fazendo a mala sumir

—Sumiu!- Estava assustada e animada ao mesmo tempo- Desculpa é que não vejo magia com frequência

-Tudo bem, agora tudo será bem diferente!

Meus pais apareceram para se despedir- o que achei bem estranho- abracei os três e minha mãe me pediu a para me cuidar, ok outro ponto estranho. Fui para o jardim onde Harry já estava esperando junto com os outros dois visitantes e tambem com outras pessoas reunidos um do lado do outro deveriam ser aurores também

—Oi gente que eu não conheço!- Acenei e sorri para todos. Foi uma tremenda besteira porque foi que fez isso?

—Vitoria...

­-Pode me chamar de Tori ...

-Tanto faz! Você vai como Harry e Harry nós siga!- Falou Moddy ainda de mal humor

Seu grosso!

—Para onde vamos?- Harry perguntou

—Vamos para sede!- Respondeu Tonks olhando para os lados

—Silencio Ninfadora!- Moody a repreendeu

—Não me chame de Ninfadora!- Seu cabelo de um rosa mudou para um completo vermelho intenso

To adorando este mulher! Tenho que tomar cuidado com que falo perto desta gente, não quero que me transforme em nada , nem um doninha... Foi que aconteceu com um aluno no ano passado!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...