1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Última Vez >
  3. O começo de tudo

História Uma Última Vez - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - O começo de tudo


Fanfic / Fanfiction Uma Última Vez - Capítulo 1 - O começo de tudo


Lá estava eu, de novo me negando a esquecer a pessoa que mais me machucava e tinha controle sobre mim, e eu me julgava forte nesse departamento, céus eu estava detonada, não sabia mais o que era real ou não, Guto acabara com o resto de sanidade que eu tinha, dizendo que iamos continuar amigos e um dia depois, me bloqueou sem mais nem menos.
Eu estava sentada na escada do meu curso, todo domingo às 17h da tarde, nos reuniamos e tinhamos aula sobre como ser um bom líder, espiritual ou no âmbito profissional, mas eu não estava nem um pouco concentrada pra aquela aula em especifico, falar sobre amor ou paixão me contorcia o estômago, pois apenas Guto vinha em minha mente. 
Fiquei pensando por quê de ele ter me bloqueado, segundo o próprio eu era bonita, cabelos médios numa tonalidade preta azulada, olhos orientais, um sorriso encantador (palavras dele, as quais admito ter dúvidas), era uma boa amiga, estava lá sempre que ele precisasse, mas nunca parecia ser o suficiente... o que havia de errado eu não sabia ao certo.
Algo ou melhor alguém me tirou de meus pensamentos, era o professor, me cumprimentando, eu tinha a estranha mania de chegar adiantada, até mais que os professores, junto dele estava sua esposa e mais uns alunos que cursavam comigo, um em especial reparou que eu era de abraçar e soltou um comentário:
- Acho que alguém gostou do abraço. - E riu.
Eu ri envergonhada, e ele se apresentou, seu nome era Willian, e ele disse ser carismático assim mesmo, de primeira achei ele muito legal, então começamos a conversar, ele era diferente, tinha uma visão louca do mundo, onde inúmeras possibilidades existiam, aquilo me intrigou a principio, mas depois fui me acostumando.
Uns meses depois, eu havia brigado novamente com minha companheira de curso e estava digamos assim com o emocional conturbado, havia chegado no local do curso e a professora se tornara a esposa do antigo professor que ensinava imensamente bem por sinal, eu tinha um semblante triste e pensativa, de repente Will chegou, me cumprimentou com um beijo na bochecha e se sentou ao meu lado, pude notar uma fragância bem familiar aparecer próximo de nós, então comentei:
- É seu perfume, esse cheiro? - O olhei torcendo pra que o mesmo negasse.
- Sim, eu passei muito? - Questionou interessado.
- Não, na verdade me lembrou o cara que eu to tentando evitar, nossa que estranho, faz tempo que não o vejo, mas o perfume dele eu não esqueço. Quer dizer, agora não vou mesmo esquecer. - Ri um tanto desconfortável ao imaginar a situação.
- Nossa, mas se você ta tentando esquecer, lembrar do perfume não é tipo um fracasso na sua tentativa? - Me questionou
Ele tinha razão, eu não estava me esforçando muito, afinal se eu não podia nem sentir um perfume qualquer que já pensava em Guto, de que adiantaria eu me afastar durante cinco meses?
Entramos para ter o curso e não falamos mais no assunto, claro que entre uma deixa e outra eu recebia cutucadas por meio de palavras que ele falava e me olhava, me deixando completamente sem jeito frente minha professora. Ao finalizarmos a aula eu mais que rápida sai para o lado de fora, pra colocar meu pensamento em ordem, e Will como sempre se juntou a mim e começamos a falar sobre amor e paixão e suas diferenças.
- Não sabia que esses sentimentos podiam ser diferentes, pra mim tudo era a mesma coisa, mas se intensificavam e então chamavamos de amor. - Comentei.
- Mas eles tem, porque pensa comigo, você pode amar qualquer pessoa, mas estar apaixonado é apenas por uma, entende? - Will disse.
- Na verdade, mais ou menos. - Ri sem graça.
- Ok, olha pra mim. - Pediu. - Luna, eu te amo. - Disse.
Eu nessa hora fiquei um tanto assustada, mas nada ousei falar.
- Luna, eu estou apaixonado por você. - Me olhou.
Nessa frase, eu senti que algo havia ocorrido comigo ali, eu fiquei constrangida só de ouvir a frase, e meu coração disparou tão forte que pensei que morreria ali mesmo.
- Viu a diferença Lu? - Perguntou me olhando.
E foi ai que tudo começou, ou melhor se intensificou de forma impressionante.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...