História Uma vampira sereia - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias H2O, Meninas Sereias, Mako Mermaids, The Originals, The Vampire Diaries
Personagens Charlotte Watsford, Cleo Sertori, Elijah Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Klaus Mikaelson, Lyla, Nixie, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson, Sirena, Stefan Salvatore
Tags Amigos, Amizade, Amor, Aventuras, Calda, Caldas, Cardume, Coragem, Família, Familia Mikaelson, Familia Original, Ficção, H2o - Meninas Sereias, H2o Meninas Sereia, H2o Meninas Sereias, Hibridos, Magia, Magica, Mako, Mako Mermaids, Mikaelson, Misterios, Originais, Paixão, Presa, Rebekah Mikaelson, Romance, Segredos, Sereia, Tritão, Vampira, Vampiro
Visualizações 76
Palavras 1.714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Aventura, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Magia, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estou tentando postar um capítulo novo todo final semana, então, aí está mais um!
•Desculpem qualquer erro!

Capítulo 11 - Mudanças


Fanfic / Fanfiction Uma vampira sereia - Capítulo 11 - Mudanças

Sinto sua mão em meu rosto, por mais que eu queria, eu não consigo parar de beijar sua boca... é estranho dizer, mais me sinto muito bem ali!Ficamos aparentemente horas ali, se beijando, porém não é bem assim... Zac logo interrompe o beijo com uma simples pergunta que faz meu coração acelerar

Zac - Vamos sair daqui?

Eu não sei o que responder na hora, para onde iríamos? Por que temos que sair dali? Eu concordo com a cabeça, ele pega em minha mão e saímos caminhando na areia, andando até não sei bem para onde... Nos olhamos algumas vezes, ele passa um de seus braços pela minha cintura e eu faço o mesmo, caminhamos coladinhos até que vejo para onde Zac me trouxe...

Rebekah - Tem certeza que é uma boa ideia?

Zac - Por que não seria?

Ele sorri um pouco malicioso e me puxa levemente até a porta de sua casa...

Rebekah - Seus pais não vão se incomodar?

Zac ri enquanto entramos na sua "casa"

Zac - Não se preocupe, aqui é minha casa, não deles!

Ele volta a se aproximar de mim, coloca sua mão em meu rosto e sela nossos lábios, o beijo volta a ficar intenso, sinto suas mãos em meu corpo, ou melhor, em baixo de minha roupa. O jogo na cama e sem pensar em mais nada retiro minha própria blusa, indo até o mesmo, onde me deito por cima do mesmo. Em pouco tempo estamos nus. A muito tempo não sentia o que estava sentindo... aquilo era especial para mim, não era como os outros que já haviam passado em minha vida, Zac era especial... Zac é especial...

~  QUEBRA DE TEMPO - AMANHECE ~

Acordo, sinto Zac abraçado em mim, na mesma hora lembro o que vivemos. Foi maravilhoso!

Rebekah - Zac  -Chamo o mesmo

Zac - Oii  -Ele diz ainda acordando e meio distraído

Rebekah - Preciso ir embora! Hayley deve estar preocupada, se é que ela já acordou...

Zac - Não vá! Fique aqui comigo!

Ele sorri, seus olhos brilham, e eu me sinto estranha sobre isso. Me levanto da cama ainda nua, pego minhas roupas e as coloco

Zac - Tem certeza que vai?

Rebekah - Eu prometo que volto!

Vou até ele e dou um selinho no mesmo, eu não resisto, nos beijamos novamente e ele me puxa para a cama novamente!

Rebekah - Zac... -Digo entre beijos

Zac não me responde e continua só me beijando, não quero sair dali, nunca mais... Porém é necessário! Afasto Zac de mim e me levanto novamente

Rebekah - Tchau meu amor!

Ele ri baixinho e eu saiu, caminho lentamente até o hotel, descido que eu preciso arrumar uma casa para ficar, o quarto do hotel é muito pequeno e agora que Hayley se meteu nisso, vai ficar ainda menor! Vou atrás de uma casa para nós. Encontro uma casa mediana, ela tem três quartos, todos os quartos tem banheiro, a cozinha é espaçosa e a sala também é grande, as escadas são bonitas... Sabe, não é na verdade uma casa qualquer, era uma casa maravilhosa, eu realmente amei! Ligo para Hayley, peço para ela me encontrar em frente a casa, ela chega rapidamente!

Hayley - Onde você passou a noite?

Rebekah - Com Zac!

Aguardamos o dono da casa chegar

Hayley - Vocês passaram a noite juntos? Fazendo o que exatamente?

Rebekah - Você realmente quer detalhes? -Digo debochada e fugindo do assunto

Hayley - Não responda minha pergunta com outra pergunta!

Risos, somos interrompidas pelo dono da casa!

Rebekah -Meu nome é Rebekah!

Hayley -Prazer, Hayley!

Peter -Prazer, meu nome é Peter e eu sou o dono da casa!

Entramos na casa, acertamos todos os detalhes, eu até poderia impnotizar ele para que nos dê a casa ou então que não nos cobre aluguel, porém esse dinheiro é o sustento de sua família, e se tem uma coisa que deve ser preservada, e a família!

Passamos o dia inteiro quase nos mudando! Ao final do dia eu e Hayley vamos até o Ocean Cafe e pedimos um suco

Hayley -E aí, agora você e Zac estão juntos? Você está neste tal cardume?

Rebekah -Nem vem! Eu estou recebendo uma ajuda da Rita, porém o cardume não sabe!

Hayley -E enquanto ao Zac? -Ela sorri me zuando

Rebekah -Não começa Hayley! Zac tem uma família na terra e no mar! Jamais daria certo entre nós! Afinal, sua família do mar me odeia!

Hayley -Que eu me lembre ele tem só uma irmã... Mimi não é?

Rebekah -Sim, mais o cardume é como primos ou tios

Hayley ri e logo que começamos a mudar de assunto, Evie se aproxima de nossa mesa, senta na cadeira e diz brava

Evie -Olha, eu menti! Zac me disse que te adora... Mais fique sabendo que é melhor você ficar realmente longe dele! Eu e Zac temos história, você não, as garotas nem te aprovaram... -Neste mesmo instante interrompo a mesma

Rebekah -Espera, Zac tem que pedir autorização para aquelas tontas?

Evie -Não fala assim! Elas são a família de Zac! Afinal, desde o dia em que a mãe dele passou a ser do conselho, ela nem liga mais para ele ou para Mimi, mais é claro que você não sabe disso! Você acabou de conhecê-lo!

Rebekah - Então, querida -Eu sorriu e digo cínica -Se eu me afastar dele eu não vou conhecer, por isso, não vou me afastar! E pode ficar me ameaçando aí o quanto quiser! Isso só vai afastar Zac de você!

Ela me olha ainda mais brava, se levanta brutalmente e sai pisando alto.

Hayley -Nossa, Zac deve ser bom de cama, para todas quererem ele... -Ela ri

Rebekah -Hayley! -Eu fico sem graça

Hayley -É brincadeira, só para quebrar o clima chato que ficou!

Rebekah -Vamos falar sobre você agora!

Hayley -O que quer saber?

Rebekah -Klaus sabe onde você está? E Hope? Elijah?

Hayley -Calma! Hope está na escola, Klaus está cuidando de New Orleans e Elijah está cuidando de Klaus!

Rebekah -E você veio cuidar de mim?

Hayley -Sim! Hope está tão humana, tão comum, acho que chegou a hora de deixá-la um pouco! Por mais que eu a ame, eu preciso viver outra coisa, não posso ser eu estando perto e não junto de Elijah

Rebekah -Então seu problema não era Hope, e sim Elijah...

Hayley -Exatamente! -Ela sorri

Bebemos nosso suco! Enquanto isso conversamos sobre coisas como nossa casa, em como vamos viver, e em como ninguém deve estar lembrando do acidente com Hayley em Mako. É impressionante, o silêncio não pode tomar conta nem por um segundo que alguém já o quebra

Zac -Posso saber o que aconteceu noite passada -Ele diz se aproximando e sentando na mesma cadeira onde Evie havia sentado

Rebekah -Que? Noite passada? É...

Será que ele está falando do que rolou entre nós? Mas... eu estou confusa

Zac -Sim, noite de lua cheia! Mimi me contou que Hayley... Este é o seu nome neh? -Ele diz em dúvida -Bom, você não tinha calda, até a lua aparecer... depois...

Hayley -Depois consegui nadar como uma peixinho! -Ela diz ironica

Zac -Se as sereias já te perseguiam antes, agora só vai ficar pior!

Rebekah -Tranquilo! Logo elas esquecem isto! E eu fiquei sabendo que se elas deixassem algo do tipo acontecer de novo, seriam banidas do cardume

Zac -Como você sabe disso?

Rebekah -Uma amiga me contou -Sorriu um pouco fofa... sem saber bem porque estou sorrindo assim, apenas percebendo que Zac devolve o mesmo sorriso

Hayley -Bom, então não temos nada para se preocupar neh?

Rebekah -Não!

Zac -Se Rebekah diz que não...!

Rebekah - Por que eu tenho que saber disso? -Fico confusa

Zac -Não sou eu que tomo a pirula do dia seguinte!

Rebekah -Que? Como assim?

Zac me olha desconfiado, aquele sorriso foi embora.

Zac -Como assim você não pensou nisso?

Rebekah -Eu sou vampira! Isso é impossível para mim!

Zac -Você não é mais só vampira! -Ele diz sério

Hayley -É verdade! Vampiros não podem procriar, porém sereias...

Nos olhamos desconfiados

Rebekah -Vamos! Temos que tirar esta história a limpo imediatamente!

Chegamos na nossa nova casa

Zac -Casa nova é? Gostei -Ele observa tudo

Hayley -Linda neh! Os Mikaelson sempre tiverem bom gosto para suas casas

Ele riem, eu subo até o meu quarto...

Rebekah -O que eu faço agora?

Penso alto e bem perdida

Zac -Eu vou buscar um teste de farmácia e já volto! -Ele diz segurando a maçaneta da porta entre aberta!

     ~   30 MINUTOS DEPOIS  ~

Já está escuro, o dia passou voando... Zac está demorando muito, porém deve estar difícil achar uma farmácia aberta a esta hora. É incrível como que foi em pensar nisto a porta abre e Zac entra com uma sacola pequena de papelão na mão

Zac -Achei! -Ele diz aliviado e bem cansado

Hayley -Quer água? -Ela diz rindo dele e de seu cansaço

Zac -Por favor! -Ele vem até a sala de estar onde eu estou com Hayley, entrega para mim a sacola e segue Hayley até a cozinha

Eu subo para o meu quarto, entro no banheiro e sento no vaso sanitário...

Fiz o teste, agora preciso esperar uns 15 minutos para o resultado, coloco o teste em cima da cama, fico olhando da janela o mar, pensando em porque estou tão preocupada com isso sendo que sempre foi meu sonho... Volto a realidade com alguém batendo levemente na porta

Zac -Posso entrar? -Ele diz já entrado -Então...

Rebekah -Eu ainda não vi... -Me afasto um pouco da janela

Zac -Se der negativo o que vai fazer? -Ele olha para cama já vendo o resultado do teste

Rebekah -Negativo? É isto que deu?

Zac -SE DER negativo, o que vai fazer? -Ele repete a pergunta

Rebekah -Provavelmente respirar aliviada e procurar saber mesmo se posso ter uma família e se eu puder com certeza vou precisar de algumas aulas para me previnir -Digo debochada e tentando não pensar muito...

Zac -E se der positivo? -Ele muda sua expressão

Rebekah - Eu... eu -Respiro fundo -Eu vou erguer a cabeça e te agradecer muito pela família que vou poder ter!

Zac olha ao nosso redor, se aproxima da janela e olha para o mar, eu o sigo, ficamos lado a lado e o silêncio toma conta... Alguns minutos depois Zac diz o que estou esperando

Zac -Porque não começa me dizendo "obrigado"? -Ele me olha querendo sorrir, porém esperando minha reação! 


Notas Finais


Lembrando que fica difícil para quem nunca assistiu H2o meninas sereias/ Mako Mermaids, imaginar como é o Ocean Cafe, Ilha Mako, etc... Estou tentando dar todos os detalhes, espero que mesmo para quem nunca assistiu esteja um pouco visível o ambiente!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...