1. Spirit Fanfics >
  2. Uma Vida - Mikelly >
  3. Anjo da morte

História Uma Vida - Mikelly - Capítulo 14


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura 😚❤️

Capítulo 14 - Anjo da morte


Mike e Kelly se mudaram para um apartamento novo, comprado com o dinheiro dos dois, faltava poucos dias para o baile de máscaras. Kelly com sua nova vida, estava muito ansiosa para curtir ao lado de seu marido, eles estavam felizes com as mudanças que vinham acontecendo em suas vidas que um dia já foram diferentes.

— Eu amei essas fotos — Kelly comentou, colocando o último porta retrato em sua mesinha ao lado do sofá da sala.

— Nossas fotos de casamento e lua de mel ficaram ótimas mesmo — Mike respondeu, enquanto batia uma massa de bolo com uma colher e as próprias mãos.

— Posso saber o que você está fazendo? — Kelly perguntou sorrindo, ela sentou no tapete de veludo e cruzando as pernas na posição de lótus.

— Um bolo de chocolate, Lizzy me ensinou — Mike respondeu.

— Eu tenho muitas saudades da Lizzy, ela me fazia tão bem — Kelly comentou.

— E hoje vamos matar essas saudades que estamos dela, vamos até a casa dela com um bolo, eu tenho uma surpresa pra ela — Mike respondeu sorrindo e Kelly assentiu.

Liam - House

— Senhor kowalski, chegou a sua fantasia — Judith comentou.

— Abra... — Liam ordenou, dando um gole na bebida.

Judith abriu uma grande caixa cor de laranja, tirando um laço vermelho e pegando uma fantasia completamente preta.

— Bem — Judith iria comentar sobre, mas Liam interrompeu ela brevemente.

— Trevosa, eu sei — Liam respondeu sorrindo.

— Senhor kowalski, eu ainda acho — Judith iria expor a sua opinião, mas brevemente foi interrompida de novo.

— O que eu já disse sobre você querer ficar expondo as suas opiniões sem eu pedir? Você não está sendo paga para isso, Judith — Liam rosnou com as sobrancelhas arqueadas.

— Me desculpa, senhor kowalski — Judith respondeu e Liam assentiu — O que significa toda essa fantasia?

— Chuta — Liam devolveu, com um sorriso fraterno.

— Eu não tenho ideia — Judith respondeu dando de ombros.

— Anjo da morte — Liam respondeu dando um gole interrupto em sua bebida, que desceu queimado toda sua garganta.

— Isso é — Judith mal pode terminar, Liam novamente interrompeu ela.

— Fabuloso — Liam estalou a língua no céu da boca e sorriu.

— Eu iria dizer macabro — Judith respondeu.

— Eu quero que você ligue para um garota profissional — Liam disse.

— Garota profissional de que, senhor kowalski? — Judith perguntou.

— Uma prostituta, Judith — Liam exclamou — Como você pode ser tão burra?

— Me desculpa, senhor kowalski, mas eu sou uma mulher conservada — Judith respondeu e Liam revirou os olhos.

— Chama agora essa garota, depois sirva o jantar — Liam disse e Judith assentiu saindo da sala do escritório — Kelly Madson que me aguarde, pois seu anjo da morte está chegando cada vez mais perto, querida.

[...]

— O que estamos esperando, meu amor? — Kelly perguntou.

— Relaxa, meu amor — Mike respondeu, batendo as pontas dos dedos no volante.

— Eu odeio supresas e você sabe muito bem disso — Kelly disse e Mike sorriu.

— Nesse caso a surpresa não é para você — Mike respondeu sorrindo.

Um garoto negro de cabelos castanhos escuros e olhos castanhos, saiu de dento de uma loja de perfumes com algumas sacolas para dar de presente a Lizzy. Ele caminhou para dentro do carro, entrou e se acomodou bem no banco de trás. 

— Quem é esse? — Kelly perguntou olhando para trás.

— Abraham — Mike respondeu simplesmente e Abraham sorriu alegre — Ele é o filho que a Lizzy crirou.

— Eu não fazia ideia que a Lizzy tinha filhos — Kelly respondeu.

— Longa história — Mike respondeu, pisando no acelerador e indo diretamente para casa de Lizzy.

— Eu nem acredito que depois de muito tempo eu vou reencontrar ela, eu te agradeço muito, Mike Drew — Abraham comentou sorrindo, mas seus olhos estavam marejados.

— Eu que fico feliz de você querer reencontrar uma mulher tão importante — Mike respondeu sorrindo e Abraham assentiu.

Algumas horas de viagem, Mike finalmente conseguiu chegar até a casa de Lizzy, ela estava morando em uma casa num bosque. Um lugar bem sossegado longe da cidade, ela estava na varanda regando suas plantões de flores, o cheirinho do café saindo pela chaminé de sua casinha de madeira marrom, era maravilhoso.

Mike e Kelly desceram do carro e caminharam até ela, Lizzy deu um largo sorriso, indo abraçar eles.

— Como é bom ver vocês juntos assim, era tudo que eu mais sonhava. Apesar dos apesares — Lizzy comentou.

— Graças aos seus conselhos maravilhosos, estamos sendo o casal mais feliz do mundo — Mike respondeu sorrindo — Temos uma surpresa pra você.

— Além da visita maravilhosa de vocês e desse bolo de chocolate que está muito cheiroso? — Lizzy perguntou sorrindo.

— Sim, muito mais que isso tudo. Querida amiga — Mike respondeu sorrindo — Se você poder ir até o carro.

— Estou supresa — Lizzy respondeu sorrindo — E um pouco com medo disso. 

— Vai logo, Lizzy. Você vai amar a surpresa — Kelly se pronunciou.

Lizzy caminhou até o carro de Mike e suspirou fundo antes de abrir a porta com toda sua convicção. Quando ela abriu, Abraham saiu pulando nos braços dela, dando um grande abraço de urso.

— Oh meu Deus, eu não acredito que você está aqui na minha frente — Lizzy disse, mas ao mesmo tempo não tinha palavras para aquilo, ela acariciava os cabelos dele.

— Senti tanto a sua falta — Abraham comentou olhando nos olhos dela, enquanto ela acariciava seu rosto angelical — Eu sempre contava as horas para ver você e isso nunca acontecia, nunca mesmo, mas eu nunca perdi as esperanças de te ver. 

— É tão bom te ter aqui, meu menino. Como você cresceu e se tornou um belo rapaz — Lizzy beijou as mãos dele.

— E você tá muito mais linda do que dá última vez que te vi, seus cabelos ainda são os mesmos. Aquele cabelo que eu amava — Abraham respondeu e Lizzy sorriu.

— Um pouco branco agora — Lizzy respondeu.

— Não importa, eu acho você maravilhosa — Abraham disse beijando as mãos dela e ela sorriu alegre — Graças ao Mike, eu pode te ver novamente. 

— Ele é um anjo iluminado mesmo — Lizzy respondeu sorrindo.

— Será que nós podemos entrar para comer um  pedaço de bolo que eu mesmo fiz? — Mike se pronunciou sorrindo.

Lizzy segurou nas mãos de Abraham e todos entraram para dentro da cabana dela, apesar de pequena, muito confortável.

— Podem ficar a vontade, crianças. A minha casa é pequena, mas é confortável demais — Lizzy disse caminhando para cozinha e Kelly foi atrás dela. 

— Eu só tenho a te agradecer por tudo, por tudo mesmo, você foi um anjo pra mim desde sempre e eu não valorizei isso antes — Kelly se pronunciou e Lizzy sorriu sem mostrar os dentes — Mesmo que tenha ido embora, você faz parte da minha vida. Eu nem sei o que seria de mim sem você.

— É ótimo que você tenha crescido, tenha evoluído como pessoa — Lizzy respondeu — Tudo que eu mais amo está sentado naquela sala com o Mike — Elas olharam para Abraham — Eu sempre tive a esperança de que ele encontrar ele algum dia.

— E eu fico feliz que você tenha encontrado ele, eu não sabia da sua história e não te culpo porquê eu era uma egoísta — Kelly respondeu — Eu quero que você seja a mulher mais feliz desse mundo.

— Eu também quero isso para você, do fundo meu coração — Lizzy respondeu sorrindo, ela e Kelly se abraçaram.

Liam - House 

— Você estava morrendo de fome... não? — Liam questionou sorrindo e molhando seus lábios em seu copo de wiskey. 

A garota devorava a comida de seu prato de forma agressiva, ela apenas levantou a cabeça para olhá-lo, mas novamente continuou devorando do seu prato.

— E você não me chamou aqui apenas para jantar, não é mesmo? — Ela perguntou dando um gole na bebida.

— Por que você acha que te chamei aqui? — Liam perguntou dando um gole na bebida, mas não obteve respostas que esperava dela — Querida, isso não foi uma pergunta retórica, uma pergunta retórica é.

Antes dele terminar, ela brevemente interrompeu ele.

— Eu sei muito bem o que é uma pergunta retórica, seu idiota — Ela respondeu com as sobrancelhas arqueadas — Sou garota de programa, mas não sou burra. 

— Gosto disso, muito bem — Liam respondeu erguendo o copo. 

— O que você quer comigo? — Ela perguntou.

— Quero que estrague um casamento, mas acabe mesmo — Liam respondeu.

— Vai a merda, você tá pensando que eu sou o que? Quando quiser falar sobre assuntos que seja sexo e fazer sexo, me chame novamente — Ela disse levantando da mesa e indo para a porta de saída.

— Cinquenta mil dólares — Liam exclamou, fazendo ela arquear as sobrancelhas, mas interessada.

— O que disse? — Ela perguntou, voltando para ficar de frente com ele.

— Me ouviu bem, garotinha — Liam respondeu dando de ombros e sorriu — Cinquenta mil dólares, é pegar ou largar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...