História Uma vida - Romione - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Hermione Granger, Ronald Weasley
Tags Harry Potter, Hermione, Romione, Rony
Visualizações 160
Palavras 906
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Uma vida


Fanfic / Fanfiction Uma vida - Romione - Capítulo 1 - Uma vida

Rony e Hermione estavam sentados no Três Vassouras observando as pessoas que passavam por Hogsmeade. Lembravam-se das vezes que estiveram ali enquanto eram alunos de Hogwarts. Lembravam-se dos momentos que viveram em seus anos de escola e de todas as vezes que, junto com Harry, aprontaram.

- Não podemos esquecer que você me odiava - Hermione disse brincando, sabendo o quanto isso irritava o marido.

- Eu. Não. Te. Odiava. - Rony disse pausadamente, com os olhos semicerrados. - Só fiquei irritado por você ter me corrigido. E, vamos combinar, você era chata - ele riu. - Quem diria que um ano depois estaríamos fazendo uma Poção Polissuco escondidos no banheiro? - ele riu ainda mais e ela o acompanhou.

- Realmente eu era muito rígida e insegura – Hermione disse tranquila. - Mas depois eu aprontei tudo que eu podia – riu. - Fazer uma poção no banheiro não foi nada... voltar no tempo, montar uma armada para lutar, invadir o ministério... nossa vida não foi nem um pouco calma.

- Mas eu não mudaria nada, só traria algumas pessoas de volta - Rony suspirou. As perdas da guerra ainda eram difíceis, principalmente para Ron, que havia perdido o irmão.

- Eu também… - Hermione concordou com tristeza.

Ambos ficaram um minuto em silêncio, lembrando todos que perderam. Então Hermione levantou-se.

- Não podemos demorar aqui. Não gosto de dar trabalho à sua mãe - Hermione disse, mesmo sabendo o quanto a mulher amava tomar conta da neta.

- Você sabe que não incomoda - ele sorriu e ela retribuiu, dando um selinho nele.

- Ainda não acredito que você não viu o nascimento da nossa filha - Hermione resmungou.

- Nem eu... - ele revirou os olhos, lembrando-se da noite que Hermione sempre fazia questão de lembrar.

Ela tinha entrado em trabalho de parto e Rony, óbvio, entrara junto com ela para assistir ao nascimento da filha. Porém, ao ver o excesso de sangue na esposa, Rony acabara desmaiando, o que era uma grande ironia depois de todos os horrores que vira na guerra. Quando acordara, Rony estava nervoso e queria voltar para dar apoio a Hermione, mas os medibruxos lhe informaram que a pequena Rosa Weasley já havia nascido e estava bem. E que se quisesse ele poderia vê-las. Inconformado por ter perdido aquele momento, Rony seguira a enfermeira para conhecer a filha que ele já amava antes mesmo de conhecer.

-Ah, vamos mudar de assunto, ainda não acredito nisso - Rony resmungou enquanto a esposa ria.

-Tudo bem, tudo bem - Hermione disse entre risos. - Só fiquei nostálgica... sinto falta da escola.

-De qual parte? Ser rebelde conosco ou ficar estudando feito uma louca? - Rony alfinetou.

A verdade é que os dois sempre se amaram e sempre implicaram um com o outro. E isso nunca mudaria. Era isso que fazia a relação tão especial para eles.

- Depende... não sinto a mínima saudade das aulas de Poções, pelo menos não com o Snape. E claro que em Defesa Contra as Artes das Trevas só dá pra sentir falta mesmo do Lupin - Hermione suspirou.

- E História da Magia?! Acho que sinto falta, era um ótimo remédio para insônia - Rony brincou, fazendo a mulher rir.

- E adivinhação? - Hermione gargalhou. - Aquela aula era um desastre.

- Que isso? A melhor cena da minha vida foi você abandonando uma sala de aula - Rony riu. - Nunca imaginei que veria a maior sabe-tudo que conheci desistindo de uma matéria.

- Aquela mulher me tirou do sério e eu estava muito sobrecarregada... não aguentei - Hermione riu. Então suspirou. - Foram muitas perdas, erros, muitas lutas, literalmente, mas foram anos felizes... apesar de tudo, valeu a pena - ela completou.

- Eu queria ter enxergado meus sentimentos antes - Rony sorriu para ela e segurou sua mão com carinho.

- Você não tem culpa de ter, naquela época, a sensibilidade de uma pedra.

- Não era de uma colher de chá?

Eles riram.

- Você melhorou bastante, não posso negar - ela sorriu com carinho para ele.

Qualquer um poderia notar o amor que ambos sentiam. O carinho que nutriam um pelo outro era visível em seus olhos.

- Você teve bastante influência nisso, ninguém pode negar - Rony sorriu - e a Rosa também, com toda certeza.

- Você não sabe o quanto isso me faz feliz - Mione disse.

- O quê?

- Que nós três sejamos tão importantes para você.

- Três? Mione, do que você está falando? - Rony perguntou confuso.

- É, nós três... Eu, a Rosa..... e ele - Hermione pegou a mão de Rony e colocou sobre sua barriga.

Os olhos de Rony marejaram.

- Eu... eu vou ser pai de novo? - perguntou sorrindo, ainda em choque com a notícia.

- Uhum - ela acenou com a cabeça, com os olhos marejados também.

- Eu te amo - Rony puxou Hermione pela cintura e beijou seus lábios intensamente - Eu te amo muito - repetiu antes de puxá-la novamente e beijá-la de novo, dessa vez mais calma e apaixonadamente.

- Eu também te amo muito. Você me faz mais feliz a cada dia.

- E você me faz cada dia o homem mais feliz do mundo - Rony completou.

Nada poderia tirar o sorriso do rosto de Rony Weasley naquele momento. Nem do rosto de Hermione Granger-Weasley.

Eles lutaram juntos, choraram juntos, sofreram juntos... viveram juntos. E o sentimento deles durou mais que a época da escola, mais do que qualquer um poderia imaginar. Porque o amor deles era real e tudo que eles queriam era uma vida ao lado um do outro.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.. Comentem :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...