História Uma vida complicada - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Cameron Dallas
Visualizações 11
Palavras 1.339
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura :)

Capítulo 3 - Ops...


Eu acho que ele ia me beijar, pois seus olhos estavam na minha boca e ele ficava cada vez mais perto

Eu: Cameron?- perguntei quase num sussuro, mas acho que isso fez ele cair em sí porque ele se afastou rapidamente

Cameron: vamos embora? ja esta tarde e em casa a gente pode ver alguns filmes e comer chocolate - ele se levantou rapido e falou tudo isso mais rapido ainda, acho que ele não queria falar sobre aquilo

Eu: vamos - disse ainda pensando em tudo aquilo

Nós estavamos andando ate o estacionameno, tudo aquilo me deixou intrigada então eu fui andando um pouco mais rapido, não é que eu nunca tive vontade de beijar ele, ele é extremamete gato,  mas é aquela historia de sempre nunca tive sorte no amor e eu tenho medo, sei que nem todos os homens são iguais e  que eu não posso para de viver a minha vida por causa disso, é dificil e eu tenho medo de tudo acontecer de novo ... Sou cortada dos meus pensamentos quando sinto uma mão me puxar e algo selar os meus labios.

Cameron: Desculpa - ele diz me soltando - eu não devia ter te beijado, você me deu uma chance e eu estraguei tudo, eu não devia ter feito isso, aora você vai me odiar e ... - eu esta rindo do desespero dele, puxo a sua nuca e selo nossos labios novamente, ele parece surpreso mas aos poucos ele abre um sorriso e correspode ao beijo. Suas mãos descem ate a minha cintura e juntam mais os nossas corpos, nosso beijo é calmo  mas com desejo, depois de um tempo paramos por falta de ar

Eu: ainda ta de pé a proposta do filme? - disse com a testa colada na dele, ele abre um sorriso e solta um suspiro

Cameron: depois dessa obvio que esta - ele me deu um selinho e me puxou para o carro

Nos fomos o caminho inteiro cantando e dançando

Eu: Lar doce lar - disse me jogando no sofa

Cameron: bem doce mesmo - disse se jogando em cima de mim

Eu: sua baleia, você vai me matar

Cameron: aé? - ele me puxou pela cintura e fez nós dois cairmos no chão, só que dessa vez eu estava em cima dele

Eu: aqui até que é confortavel - disse rindo e me aconchegando no seu peito

Cameron: obvio que é - ele diz quase num sussuro e começa a fazer cafuné em mim, logo eu durmo

Acordo com o meu corpo sendo colocado sob uma superfisse macia, abro os olhos devagar e percebo que estou no meu quart, olho para o eu lado e percebo que Cameron esta parado me olhando

Cameron: me desculpa não quis te acordar - ele passa a mão no meu rosto

Eu: tudo bem - digo me sentando - quer ver um filme?

Cameron: pode ser - ele deita ao meu lado e me puxa para seu peito, estvamos vendo "onde esta segunda" até que a luz acabou

Eu: Ahh - eu gritei pelo susto o que fez o Cameron me apertar 

Cameron: e agora o que a gente vai fazer?

Nós procuramos algumas velas, acendemos na sala e ficamos cobertos no silencio mais cheto que pode existir

Eu: me conta um pouco sobre você - ele me olhou confuso - sabe nós vamos ter que morar juntos e eu só sei que seu nome é Cameron

Cameron: a minha vida não é muito interressante - olhei de forma ue ele contiuasse - Bom meu nome Cameron Alexander Dallas, tenho 17 anos, meus pais moram em Los Angeles aonde eu nasci, por muitos motivos eu sempre quis sair de casa, mas meu pai só me deixou morar sozinho se eu morasse com você, então eu posso dizer que você me salvou - ele disse me abraçando minhas costas e dando um beijo na minha cabeça - agora é sua vez

Eu: Bom eu nasci muito longe daqui, eu nasci em São paulo, Brasil, minha mãe me abandonou quando eu era muito pequena, mas meu pai é militar o que faz eu me mudar de pais acada 1 ano no maximo, no começo isso era legal, culturas novas, linguas novas e tudo mais - suspiro me lembrando da minha infancia - isso só parou de ser legal quando eu fiz 13 anos e tive o meu primeiro amor, ele era a única pessoa que eu tinha, mas eu tive que me mudar e eu fiquei muito mal, foi ai que eu começei a perceber que eu nunca tinha tido uma amiga verdadeira ou um namoro, eu tinha apenas colegas e ficantes. procurei o único lugar no mundo que eu ainda não tiha morado e resolvi me mudar, depois de muito tempo brigando com meu pai consegui me mudar - eu olhei pra ele - e eu to aqui agora né?

Cameron: você é incrivel sabia? - ele disse e eu ri - você é diferente das outras - AHHH NÃO COMEÇA A FALAR BOSTA POR FAVOR

Eu: por favor nunca elogie uma mulher xingando outra - disse olhando no fundo dos seus olhos - nenhuma mulher é igual, então não como eu ser especial

Cameron: desculpa eu não quis te ofender - ele disse abaixando a cabeça

Eu: esta tudo bem - disse puxando seu queixo - só nunca mais fale uma coisas dessas

Cameron: pode deixar - ele selou nossos labios e a luz voltou

Eu: Acho que agora podemos voltar a assistir o filme - disse tentando me levantar

Cameron: Ahhh não fica aqui - ele me puxou de volta a seus braços - eu gosto de ouvir você falar

Nós ficamos conversando ate as 3;00 da manhã, olhei no relogio e percebi que ja era tarde me despidi do dallas e fui pro quarto. Tirei a maquiagem, tomei um banho e deitei na cama, fiquei um bom tempo pensado em como foi o meu dia, não sei se as coisas estão acontecendo muito rapidas, mas eu estou gostando.

Segunda

Acordei as 9:00, estava muito sol, amarrei meu cabelo e desci de pijama mesmo e fui tomar café da manhã

Cameron: Bom dia - disse me abraçando por tras e beijando meu pescoço

Eu: Bom dia

Cameron:  vou chamar um pessoal pra vir fazer um churrasco aqui hoje ta bom?

Eu: Claro - disse dando uma mordida na minha torrada - vai serbom conhçer gente nova

Cameron: O pessoal vai começar a chegar as 12;00 ok?

Eu: Beleza, vou descançar um pouco e depois eu desco - eu estava levantando quando Dallas me puxou e fez eu sentar no colo dele

Cameron:  Sem o meu beijo de bom dia - eu dei um beijo na bochecha dele, o que fez o mesmo revirar os olhos - Não é ai - ele apontou pra propria boca - é aqui 

Eu: ta se achando pouco não? - disse rindo

Cameron: só o suficiente - ele selou nossos labios

Eu: ta, ta agora eu tenho que descançar, por eu fui dormir tarde e acordei cedo - dei um selinho nele e subi. Eu dormi até eu ser acordada por um mamulte - ahhh deixa eu dormir mais um pouco

Cameron: daqui a pouco o pessoal chega - disse dando beijinhos em toddo o meu rosto me fazendo rir

Eu: ta então eu vou me arrumar - disse levantando, mas eu percebi que o cameron nem se mexeu - você não vai sair/

Cameron: ahh sabe não to afim

Eu: sai Dallas!

 Cameron: ta ta to indo - ele erguei as mãos em forma de rendenção e saio - Ahh só esqueci de avisar, poem biquini que a gente vai usar a piscina tambem

Eu: ok!

Eu coloquei um biquini que fcava bonito no meu corpo e um shorts e deci, a casa estava cheia, tinha musica alta, bebida por todo lugar e um monte pessoas bonitas

xxx: oi gata - disse me puxando pela cintura - ta sozinha?

Eu: é-é não


Notas Finais


até a proxima
desculpe os erros ortograficos ;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...