História "Uma vida na Rússia..." - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 3
Palavras 406
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Comédia
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - A questão...


Fanfic / Fanfiction "Uma vida na Rússia..." - Capítulo 1 - A questão...

Seg. Dia 12/10/2019

8:00 AM

Era um dia chuvoso na Rússia, eu estava naquele país graças a um intercâmbio bobo que minha mãe decidiu me por. Estou á caminho da universidade Uzkran, uma universidade muito conhecida e importante aqui na Rússia; me contam boatos que apenas pessoas muito inteligentes conseguem passar na prova de admissão, mas eu não ligo muito para isso, pois sempre fui muito nerd. Eu estava passando pelo pátio da Universidade, até que avisto um cachorro mancando, que para mim naquele momento, não tinha motivo nenhum, mas mesmo assim fui ajudar o cachorro. Acabei por descobrir que ele estava com a pata quebrada, pela imagem parecia que o cachorro tinha sido apedreijado. Eu logo ajudo o cachorro e enrolo a pata dele com um pedaço de tecido que tinha em minha mochila, afinal eu iria dar aqueles tecidos para um amigo meu. Depois de ajudar o cachorro, volto rumo á universidade, ao chegar lá deposito meu guarda-chuva, que estava usando naquele momento, em uma espécie de cesto, em seguida adentro minha classe e me sento em uma fileira de cadeiras. Aquela sala era enorme e tinha várias cadeiras com mesas compartilhadas. Se passaram 4 horas, eu guardo meus pertences, pego meu guarda-chuva e saio da universidade, rumo á minha casa compartilhada. Antes que eu pudesse atravessar a esquina de minha moradia, encontro um velho amigo de escola, eu o cumprimento, ele me ignora, me sinto triste e sigo para minha casa.

Eu pensava e pensava o motivo pelo qual ele me ignorou, mas nunca conseguia achar uma resposta. Eu tinha me sentado na janela de minha casa, e lá a brisa do vento batia em meus cabelos castanhos e os balançava. Eu imaginava se ele tinha se esquecido de mim, mas logo excluo essa hipótese, pois éramos amigos inseparáveis. Pelo resto do dia fico quebrando a cabeça tentando solucionar aquele mistério, eu almoçava pensando naquilo, eu estudava pensando naquilo, eu conversava pensando naquilo, eu não conseguia tirar aquilo da minha cabeça de jeito nenhum, eu não ia descansar até descobrir o por que! Logo a noite chegou, mas isso não fazia muita diferença, pois tinha marcado de ir em uma festa sem graça que minha amiga arranjou.

Após voltar da festa — Toda ferrada e cansada — em me deito em minha cama, e naquele momento, parece que aquele assunto sobre meu amigo ter me ignorado tinha sumido de minha mente, ela estava completamente vazia e calma.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...