1. Spirit Fanfics >
  2. Uma vida pra dois >
  3. Se eu chorar? Você fica?

História Uma vida pra dois - Capítulo 22


Escrita por: jan2703

Capítulo 22 - Se eu chorar? Você fica?


Fanfic / Fanfiction Uma vida pra dois - Capítulo 22 - Se eu chorar? Você fica?

Voltamos para a sala já era quase hora do almoço e me espantei ao ver tudo no mais perfeito silêncio, o cômodo estava em ordem tudo no lugar e nem lembrança daquele caos de mais cedo, chegamos a cozinha e eles estavam lá a cena era adorável eles estavam todos na mesa tomando cerveja felizes comemorando o mais novo membro do hospício digo casa ou melhor família, sim éramos e somos uma família. desequilibrada confesso, mas éramos o suporte um do outro praticamente obriguei Mark e Juju a ficarem aqui em casa pois eu queria acompanhar a gravidez e cuidar da minha menininha, tendo em vista que ela só teria a mim por aqui mesmo pois May vivia na Tailândia com seu agora noivo Bambam, o casamento deles estava próximo e os dois passariam o recesso inteiro no país do mesmo, ofereci meu quarto para o casal de futuros pais o que foi recusado de imediato eles aceitaram ficar na casa mais no quarto do americano que na cabeça deles já seria suficiente enquanto isso a hora da despedida do grupo perante a mídia estava se aproximando, o show de encerramento estava cada vez mais próximo e eu não conseguia esconder minha tristeza diante a isso, mesmo sabendo que ainda viveríamos sobre o mesmo teto até a ida dos rapazes para o exército, por decisão unânime faríamos umas sequência de shows surpresa todos grátis para que as ahgases que não podem pagar por um ingresso pudessem se despedir também, seria em um parque de Seul e contaria com várias participações de outros grupos como Bangtan Boys, Day6, momoland, mamamoo, Black Pink, twice, oneus e meu xodó os garotos do Stray kids fora os solistas Sonmi e Ye un assim que foi anunciado na mídia logo os fãs denominaram a sequência como festival got7forever e teria duração de uma semana seriam cantadas todas as canções do grupo ao longo de toda a carreira. Também foi gravado um documentário retratando a vida de cada um incluindo a minha chegada e tudo o que na percepção deles eram as melhores coisas que já aconteceram na vida do grupo. Meu queridíssimo pai Jyp que tinha sumido da empresa e já não era mais o grande manda chuva do lugar também apareceria no documentário não esquecendo que ainda participaríamos do jyp nation desse ano então seria o fim de tudo pelo menos por 2 anos e meio. O dia que eu tanto temia chegou e com ele aquela tristeza de ter que dar um tempo no grupo, porém era necessário aqui ou eram todos ou ninguém sempre foi assim e não mudaria agora. O show era modelo novo e cada um cantaria uma música de autoria própria, como Kyum e eu estávamos beirando nosso primeiro ano juntos eu faria uma surpresa cantando a música que fiz para ele em parceria com JB e Youngjae.

A alguns dias tinha confirmado que estava grávida e por isso faria uma grande surpresa pra Yugyeom, ele sempre dizia querer ser pai, mesmo com pouca idade meu namorado era bem maduro o que não combinava com todo seu ciúmes . Senti que ele estava distante esses últimos dias, não reclamava mais quando eu jogava com Youngjae e isso me incomodou, pois sabia que tinha alguma coisa errada, não que ele não ter ciúmes do nosso amigo fosse ruim pelo contrário era tudo o que eu queria, sentia meu peito apertado era como se esperasse por alguma coisa ruim acontecer. O show começou e eu observei todos os movimentos dele sorria bastante mais não tinha aquele brilho de sempre, quando os meninos iriam fazer seus solos ele simplesmente preferiu ficar longe imaginei ter feito algo errado e ele estar chateado, JB cantou forever love E senti meu peito se apertar ainda mais e sem perceber comecei a chorar silenciosamente, procurei por Yugyeom senti sua falta queria um abraço mais não o encontrei então foi a vez de jackson que cantou Bullet to heart, seguida foi a vez de jinyoung que cantou novamente my youth, Mark cantou uma música chinesa dele gravada no início do ano, enfim chegou a vez de Youngjae e ele cantou uma música que assim como a que cantaria para kyum era uma verdadeira declaração de amor Bambam cantaria seria o próximo e só então era minha vez, antes de subir todos nós nos reunimos e desejamos sorte a youngjae e logo abraçou a todos os meninos e em seguida beijou o topo de minha cabeça, fiquei meio sem graça e olhei para meu namorado que estava com uma cara de indiferença, logo Jae subiu pela plataforma quando a música começou pensei ter sido um pedido seu pois a música era perfeita e como estávamos próximo a nosso aniversário poderia se tratar disso. Porém só no refrão percebi do que realmente se tratava ...

" oh baby.
Neil modeun ge joa
O wanna stay with you tonight
Oneul bam neowa na duri issojullae
know my everything
Bege ppaggeodeuna bwa
Falling Fallin
g for you.

Somente depois que terminou a música eu percebi para quem era aquela declaração e olhei para Yugyeom que estava de cara feia e saiu em direção aos camarins. Segui até onde ele estava o abracei e tentei beijá-lo mais o mesmo desviou. E o que se seguiu posso dizer que foi o segundo pior dia da minha vida.

(Jin)-Amor? O que foi? O que você tem?

(Yug)- Você gostou da música do Youngjae? - juro que imaginei que ele falaria ter sido um pedido seu.

(Jin)- Ah sim... uma bela declaração- disse seguindo até a bancada frente ao espelho usando a escova que ali estava jogada.

(Yug)- Lee Jin Shin acho melhor terminarmos - ele falou de cabeça baixa o que me fez largar a escova que caiu direto no chão.

(Jin)- Que brincadeira é essa ? Não tem graça Yug- sentia um frio na barriga e tudo só piorou - porque isso?- falei tentando segurar o nó que já se formava em minha garganta.- o que aconteceu? Você, encontrou outra pessoa ?

(Yug)- Não, eu continuo o mesmo e meu sentimento por você continua o mesmo e os seus também.

(Jin)-Então... porque disso? Porque quer me deixar? - falo tentando erroneamente disfarçar minhas lágrimas.

(Yug)- Como eu disse seus sentimentos continuam os mesmos, você continua gostando dele. E não estou dizendo que também não goste de mim longe disso, mas seu coração é dele, pude perceber esses dias o quanto formam um casal bonito, até mesmo quando são rivais no vídeo game vocês se divertem tanto juntos.

(Jin)- De novo essa história.... Olha o que você está dizendo .... Yugyeom eu amo você e só você, Youngjae é meu amigo apenas isso, presta atenção no que você tá fazendo, vai me deixar por uma suposição da sua cabeça. Você acha que eu passaria um ano com você só pra não ficar sozinha?

(Yug)- Não, eu só acho que você se confundiu e agora poderá tentar com ele, Youngjae falou comigo ele tá apaixonado por você então eu vou tirar meu time de campo para vocês poderem se acertar . Nós ainda poderemos ser amigos e outra coisa já tirei minhas coisas da casa então hoje mesmo fico na casa do Eugyeom.

(Jin)- Meu amor, não faz isso olha o que você está fazendo comigo... Yug v-você prometeu !! Você prometeu que não me deixaria ... Agora está me deixando Yugyeom..eu ...tô ...gra...

(Yug)- O que ? Você está bem ?Jin... vai ser melhor, nesse tempo eu notei o quanto fui imaturo, meu ciúmes sempre foi por medo de perder você mesmo sabendo que seu coração era dele...

(Jin)- Sempre foi seu !!! Eu sempre fui sua. Mesmo antes de te aceitar .... Vai mesmo me deixar ? Logo agora ? Meu Deus o que eu vou fazer....

(Yug)- Eu não posso prender você assim. Você tá doente é isso, porque tá assim,Jin vem cá fala comigo.

(Jin)- Você não me prende Eu te amo, Se estou ao seu lado é porque quero ficar- sai do camarim e dei de cara com Youngjae sorridente e logo desfez o mesmo assim que me viu chorando e perguntou o que eu tinha.- me deixa em paz..- o empurrei e sai correndo até encontrar outro camarim e me tranquei lá dentro fiquei chorando baixo sentada no chão até que ouço Bambam bater na porta.

(Jin)- Meu Deus ... agora vou ter um filho sem pai, pobre criança...

(Bam)- Jin ? Você está aí? - levantei e abri a porta e ele logo entra eu o abraçei com força deixando seu ombro molhado.- Youngjae disse que viu você sair do camarim chorando e Yug que você precisava de mim o que aconteceu pequena???

(Jin)- Ele me deixou... Bambam ele me deixou, Yugyeom terminou comigo, ele prometeu, prometeu que não faria e me deixou .... por que ele fez isso ? - falei apertando meu rosto em seu peito e chorando cada vez mais. E ele me abraçou.

(Bam)- Ele tá triste, e acho que você sabe o porque... a música do Jae era pra você e você sabe.

(Jin)- Não me importo , Bambam eu só quero Yug , não quero essa música eu só quero ele..Bambam eu não tenho culpa, não pedi aquela música.

(Bam)- Você precisa se arrumar... está na hora de você subir lá...

(Jin)- Como? Como vou cantar aquela música que é nossa história, como vou cantar aquela música que eu fiz pra ele e agora não o tenho mais ? Me diz...

(Bam)-Eu não sei pequena, mas os fãs estão te esperando....

(Jin)- Eu não quero....Bam...eu tô ...

(Bam)- Você precisa, eles não sabem de nada e você tem que ser profissional. Jin... O que você tem, você tá passando mal é isso.Voce tá pálida.

(Jin)- Nada...eu vou ficar bem ... Bom eu acho que não tenho como não fazer isso não então melhor fazer de uma vez.- falei fungando e logo me recompus.

No palco assim que começou a melodia não tive forças para falar a introdução e comecei a chorar foi assim a canção inteira a cada estrofe as lágrimas me tomavam mais e mais olhei pro lado e todos me olhavam menos ele. Vi Bambam pegar um microfone e entrar no palco assim que viu eu baixar a cabeça e segurar o microfone pra cima, então ele se aproximou e os fãs entenderam como uma parte do show quando eu caí de joelhos e ele me ergueu acariciando minhas bochecha então me abraçou e continuou a música eu abraçada a sua cintura só chorava ferozmente no final bambam ergueu minha face inchada e simulou um beijo então as luzes se apagaram e a plataforma desceu. Sai do palco indo direto ao camarim e continuei a chorar. Minha cabeça doía, pensava no que faria depois daquilo tudo, como eu faria com um filho do homem que tanto amo mas agora não o tinha mais, nunca foi minha intenção contar a ele para prendê-lo, pelo contrário, se ele não me queria o certo era esquecer e me virar sozinha.

Pouco antes do final do show me dirigi até o staff e pedi autorização para ir embora pois não me sentia bem, o mesmo concordou então assim que o show acabou e eu peguei um táxi e fui pra casa sem me despedir. Já em casa entrei direto no quarto indo ao closet nos armários onde antes ficavam as coisas de Yug agora estavam vazios e eu sentei no Chão e chorei mais até olhar para o lado e ver um moletom dele no chão peguei o mesmo e levei eu até o nariz, sentir seu cheirinho me fez chorar mais ainda, me sentia um lixo, logo a porta foi aberta e Youngjae entrou .

(Youngjae)- Jin? Posso falar com você?

(Jin)- Oi, Youngjae.

(Youngjae)- Vocês terminaram ?

(Jin)- Ele terminou, se você não se importa eu quero ficar sozinha. Por favor, eu não quero falar com ninguém.

(Youngjae)- Tudo bem, qualquer coisa que você precisar me avise.

Pov. Bambam.

Já se passou mais de um mês que Yug e Nana terminaram e durante esse tempo ela não saiu do quarto para nada, não conversou com nenhum de nós, sempre ouço seu choro durante a noite, não tivemos coragem de sair de casa com ela nesse estado. Yugyeom também não apareceu em nenhuma reunião do grupo sobre o processo de Hiatus que viria pela frente, ele apenas emitiu uma nota para a empresa avisando que estava doente e não poderia sair de casa por uns dias. Meu casamento com May está chegando e ela não tem vontade de manter a data pois a amiga não tinha condições seria um casamento duplo pois Mark e Jhulia também casariam ela estava cada vez mais bonita com aquele barrigão de 6 meses de gravidez. Poucas vezes Mark e eu ainda conseguimos entrar e contar as coisas que estão acontecendo porém Jin não expressa nenhuma reação alguma apenas fica lá deitada percebi que ela emagreceu bastante e também suas olheiras estão cada vez mais profundas, tenho medo por ela, depois que May nos contou tudo que Jin já sofreu e passou até mesmo tudo que já vivenciei com ela o medo de uma nova crise de depressão me faz estremecer porém sei que existe um remédio para a situação e o nome é Kim Yugyeom então resolvo ir Até sua casa e lá conversei com ele, o mesmo não demonstra mas conhecendo ele como eu conheço sei que também não está numa boa fase, ele me disse que não poderia ajudar e tudo o que estava fazendo era dar a mesma a oportunidade de viver o que ela sempre sonhou e no começo não deu certo, então voltei para casa desapontado. Jackson adiou sua ida para a China e nos surpreendemos quando uma tarde qualquer a campainha toca e quando eu atendo era Yugyeom ele veio falar com ela. Fui junto, Jin estava muito triste e algo me dizia que não era só o término com Yugyeom que a machucava daquela forma .

(Bam)- Jin? Posso entrar?- Eu pedi mais ela não respondeu Então entrei e mexi seus cabelo ela parecia dormir porém quando mexi com a mesma percebi que sua respiração estava tão fraca que quase não se sentia, me desesperei e gritei- JINNNNNNNN!- ela estava desmaiada. E o rapaz alto ao meu lado começou a se desesperar e tentar falar com ela.

(Yug)-Ei ...Jin... Fala comigo ...Droga Jin, não era pra ser assim, FALA COMIGO CARALHO, ACORDA...- meu desespero foi maior ao ouvi-lo- PRINCESA LINDA ...JIN??? MEU DEUS O QUE VOCÊ FEZ...JIN ACORDA...JIN??- um ódio tomou conta do meu ser ao ouvir o termo usado por ele.

(Bam)- Princesa linda? Você é cínico não? É tudo culpa sua seu idiota, ela te ama e você deixou ela por ser um fraco... Eu te odeio Kim Yugyeom vai embora dessa casa e não volta nunca mais, nunca mais quero ver sua cara some. Sai do grupo se for o caso, melhor saio eu !- Meu medo era que a moça desacordada tivesse mais uma vez atentado contra a própria vida, a tristeza em que ela vinha vivendo nos últimos dias demonstrava o quão está sofrendo com a decisão daquele grande idiota. Não sabia o que fazer e no meio da gritaria provida por mim os demais foram até o quarto ver o que estava havendo, Youngjae correu até a cama logo analisando os batimentos cardíacos dela.( Ele tinha curso de primeiros socorros )

(Youngjae)- BAMBAM PARA. ELA TA VIVA SÓ ESTÁ FRACA! - gritou Youngjae me levando do quarto- Jin continua sem se alimentar?

(Bam)- Sim eu encontrei na lixeira do seu banheiro todos os sanduíches que levei ontem para ela.

( Youngjae)- É isso ela tá fraca por não se alimentar, só alguma coisa não tá fazendo sentido, ela está muito pálida e não acho que esses batimentos fracos sejam somente pela fala de alimento. Tem mais alguma coisa e se Jin estiver doente?

(Bam)-Como doente?

(Youngjae)- Não sei, mais se você nao notou ela emagreceu muito em pouco tempo, mesmo não se alimentando não daria tempo pra perder tanto peso quanto ela perdeu em menos de 3 meses, eles terminaram a pouco tempo, desde antes do grupo parar eu percebi que ela já vinha perdendo peso. Não sei talvez nem seja doença o que ela tenha, eu falei com Jhulia e Mark e eles acham que ela tá grávida.

(Bam)- Grávida?Você acha que ela tá grávida daquele inútil?

(Bam)-E de quem mais séria? Ela namorava ele, e terminaram a pouco tempo. temos que levá-la ao médico, e lá saberemos o que tá acontecendo.

Depois de algumas horas no hospital Jin acorda então pude respirar mais aliviado mesmo vendo seu semblante triste e apático ela ainda assim não falou nada. Então eu falei.

(Bam)- Ele foi te ver.- vi ela me olhar com um olhar de cortar meu coração, então continuei- Jin ? Você tentou ... digo você foi responsável por isso.- Ela baixou a cabeça e eu me senti frustrado porém logo ela responde.

(Jin)- Eu... não quero vê-lo, Bambam não quero, Yugyeom me deixou por acreditar que eu não o amo, nunca confiou em mim, Não, eu não fui responsável pelo meu mal estar, acredito que no meu atual estado de saúde seja normal. Sabe eu também não tenho vontade de viver.

(Bam)- E qual é o seu atual estado de saúde ? O que você tem? O médico falou sobre não poder nos contar nada e que quando eles viessem te ver nós precisaríamos sair, não confia mais na gente?

(Jin)- Eu tô.... Bambam eu não sei se posso te contar, não sei se você seria fiel a isso .... Sabe não é algo que você talvez ache correto .

(Bam)- Jin, eu estarei do seu lado pra tudo você pode confiar em mim independente de qualquer coisa, se você não quiser falar tudo bem eu respeito.

(Jin)- Bam, o que você pensaria se uma garota contasse pra um cara que ela ama e terminou com ela que está grávida?

(Bam)- Você está grávida Jin? É isso ? Porque não contou pra ele?

(Jin)-Eu não disse isso! Só estou perguntando ... Sabe eu acho que quando BoA foi embora ela estava grávida.... Só isso.

(Bam)- Tem certeza? E você não me respondeu qual o seu atual estado de saúde? Mark, Jhulia e Youngjae desconfiam que você esteja grávida, Jin se for isso e você não quiser falar pra ele eu te ajudo, te levo pra Tailândia e você fica um tempo com minha família depois nós encontramos alguém pra cuidar da criança enquanto você tem que promover o grupo.

(Jin)- Tenho sim, eu tô um pouco doente..só isso que eu posso te contar, Não tem nada haver com gravidez não, Obrigada por cuidar de mim- Não posso negar ter ficado um pouco chateado por Jin não ter confiança em me contar o que estava acontecendo com clareza, mas entendo e mesmo assim ainda tentei saber qual era sua doença o que não resultou em nada. Passados alguns dias Jin foi pra casa e Yug ligou algumas vezes para Youngjae para saber o estado de Jin, que continuava triste como sempre.

1 mês e meio depois...

Hoje é o meu casamento e Jin milagrosamente foi a primeira a sair de casa indo de encontro com May e Jhulia, às três se arrumaram juntas já que Ju também estaria se casando.

Pov. Bambam off.

Pov. May.

Jin se arrumou rapidamente, por mais que ela esteja tentando mostrar seu melhor sorriso sei que está fazendo isso por nós sei que está triste, depois de quase três meses do término ela ainda não superou, não sabemos ao certo o que ela tem porém Jhulia desconfia já que a mesma sofre do mesmo mal, Jin está visivelmente mais magra seu rosto não tem mais aquele brilho seus olhos estão ofuscados, desde que Bambam encontrou ela desmaiada no quarto e nós tivemos que hospitaliza-la ela está estranha bem mais quieta, Jin fez um acordo de sigilo com o hospital pouco antes do grupo entrar em Hiatus, os médicos não poderiam dar informações sobre ela para absolutamente ninguém nem mesmo para mim ou Jhu o que me preocupava. Não consigo imaginar o tamanho do seu sofrimento, a verdade é que nem quando ela se apaixonou por Youngjae ficou assim, nunca tinha visto Jin tão apaixonada por alguém como ela ficou por Yugyeom, queria ter o poder de arrancar essa dor que minha amiga está sentindo porém não posso. Olho para Jhu que me devolve o olhar de tristeza, seu vestido mesmo que simples era lindo e perfeito, sua barriga agora com quase nove meses mostrava que a chegada do nosso pequeno Noah não demoraria, seu vestido era longo uma faixa logo abaixo dos seios .Na cabeça uma coroa de pedrarias delicadas.

Já meu vestido além de longo era cheio de pedrarias, a cintura bem marcada decote moderado em formato de coração, o véu era enorme que ficava preso logo abaixo do coque flores que ainda tinha uma coroa de pedrarias centralizado, maquiagem básica olhos pouco marcados e um batom rosa. O mesmo para Jhu, Jin estava deslumbrante embora estivesse muito magra seu vestido era lindo .



Como meus pais não puderam vir e os de Jhulia estão brigados com ela por conta da gravidez de início quem nos levaria ao altar seria tio Jyp que também não veio já que sua mulher quis viajar então Jaebum nos levaria mais no final decidimos que Jin seria essa base pois ela era o nosso exemplo. Ela ficou bem mais animada ao saber dessa novidade, porém nós sabíamos que assim que ela batesse os olhos em Yugyeom ficaria triste.

Pov. MAY off

Chegou a hora da cerimônia e os noivos já estavam no altar e os padrinhos também já se faziam presentes dentre eles o homem que eu mais amo na vida, não queria deixá-lo perceber meu sofrimento pois se ele teve coragem de abrir mão de mim por causa de outra pessoa eu tinha que superar.

Estava lindo como sempre, seu terno era preto e uma gravata simples porém estava amarrada de modo que parecia torta, já Mark um dos noivos usava um terno também negro com uma gravata cinza, Bambam como sempre sendo Bambam, seu terno tbm era negro porém tinham algumas lantejoulas em um dos lados fazendo com que a luz do ambiente refletisse seu brilho nas pequenas peças, sua gravata essa era exagero em peça, roxa e ele também tingiu seus cabelos de negro.

Pov. Yugyeom .

Jin está linda não posso imaginar uma mulher mais bonita que ela no salão inteiro seu vestido azul perfeito seu sorriso não me parece muito verdadeiro porém ainda assim não sai da sua face em momento algum, ela trouxe as noivas até o altar, enfim me cumprimentou apenas com um manear de cabeça, e não mudou a visão de onde os noivos estavam realizando seus sonhos, percebi ao olhar em seu corpo mesmo que bem elegante Jin perdeu peso e digo muito peso, seus ossos da clavícula estão muito amostras e os das costas também parecem bastante salientes, não consegui tirar meu olhar dela até perceber que a mesma derramava algumas lágrimas durante a cerimônia.

Vejo Youngjae se aproximar dela e tirar para dançar e seu sorriso mais uma vez se abre, é coisa da minha cabeça Jin está feliz, Youngjae a tirou do salão e guiou até o jardim senti uma ponta de ciúmes então fui atrás.

(Youngjae- Jin estou apaixonado por você, não sei ao certo quando ou como aconteceu, por favor me dê uma chance de acabar com essa tristeza na qual você tem vivido ou últimos 2 meses e meio...- Me senti um idota ao ver ele se aproximar e tentar beija-la então resolvi sair e dar privacidade ao casal, porém antes que pudesse me retirar, ela começou a falar com sua voz embargada.

(Jin)- Sabe Choi Youngjae à mais ou menos 2 anos atrás essas palavras eram tudo que eu mais queria ouvir de você... mais não aconteceu, pelo contrário o que eu ouvi foi você dizer que eu fui um erro... e agora meu coração pertence a outro homem, um homem que chegou de mansinho,ele foi chegando aos poucos que nem percebi quando eu parei de sofrer por você, porque esse homem me ensinou o quão maravilhoso é se sentir amada. Eu me entreguei a ele me entreguei de corpo e alma, mais a insegurança dele com relação a nossa amizade nos afastou, Yugyeom terminou comigo porque você conversou com ele e disse me amar, então ele acreditou que eu ainda gostasse de você da mesma forma, mais não eu só amo ele e mais ninguem e por isso não posso te dar esperanças falsas, eu estou lutando pra me reerguer, tentando matar mais uma vez um amor dentro de mim o pior é que eu provei esse amor ele foi correspondido o que torna tudo mais difícil e ainda tem...

(Youngjae)-Ainda tem o que jin?

(Jin)- Minha doença, tem minha doença que dificulta ainda mais de seguir em frente agora se me der licença eu vou embora.

Ouvir tudo aquilo me fez sentir um completo idiota, o melhor a fazer era deixá-la em paz Jin poderia se reerguer se eu me afastasse mais, ela poderia recomeçar. Talvez eu não devesse nem ter dado início a esse relacionamento com ela, Jin não merecia aquele sofrimento, mas também não merecia viver presa a alguém que reagente não amasse, sei que em pouco tempo eles vão ficar bem e Juntos .


Notas Finais


Gente desculpa a demora, mas como já havia comentado antes eu tô em um tratamento de regeneração óssea e é muito doloroso, por isso eu vou custar dar o ar da graça por aqui


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...