1. Spirit Fanfics >
  2. Uma vida pra dois >
  3. Finalmente a paz reina .... Ou quase isso

História Uma vida pra dois - Capítulo 65


Escrita por: Choi_NanaS2

Notas do Autor


Obs. Quando vou ver menção ao peque o Felipe de roupinha de bichinho vocês já sabem que ele está assim

Capítulo 65 - Finalmente a paz reina .... Ou quase isso


Fanfic / Fanfiction Uma vida pra dois - Capítulo 65 - Finalmente a paz reina .... Ou quase isso

Os dias foram se passando e as irmãs estavam cada vez mais próximas, o grupo estava se preparando para o retorno aos palcos a faixa de retorno se chamava Encore, essa faixa foi lançada pouco depois dos primeiros teasers anunciando o retorno dos mesmos, o grupo agora teria como encarregada de Staff Lyara Park , a inauguração da Cyjcorporation a empresa de youngjae  foi um sucesso , eles lançaram grupo Onlyoneof, que tinha uma pegada bem mais sensual,  estavam preparados para as críticas pois era de certo que um país como aquele não deixaria assim tão mole um grupo como aquele representar seus jovens,  Youngjae vivia todo importante agora, era aquele típico Ceo mimado  só aparecia de vez e quando na empresa trabalhava em horários flexíveis queria curtir o pequeno de agora quase um aninho.



Os preparativos do casamento estavam a todo vapor , May que agora vivia em São Paulo estava quase chegando para que pudesse ser a responsável pelo buffet da festa, Yoongminah era a responsável pela decoração, Jin estava afoita e feliz. Estava quase certa que estava rolando algum clima diferente entre sua irmã e Bambam queria que seu amigo fosse feliz, e também se sua irmã desencanasse de Youngjae.


.... 


A pouco uma semana da data escolhida para o matrimônio, os agora 9 homens saíram, deixando a mulher ansiosa sozinha com Felipe e Luna, pois Lyara estava no trabalho e as demais estavam cada uma em suas casas,  Jin havia dado folga a suas funcionárias, ficando sozinha em casa. 



(Jin)


Não quero imaginar Yugyeom chegando nessa casa fedendo a perfume barato, hoje seria a despedida de solteiro dele e os agora nove retardados saíram todos juntos ainda encontrariam com Joey e mais Eunwoo e Changsung em algum lugar de Seul, estava deitava vendo alguma série aleatória sendo consumida pelo tédio quando meu celular vibrar indicando uma mensagem nova, mais um grupo criado por Jhulia esse eu tive que rir nome não seria mais justo.


4 sofredoras e 1 indigente...




May

Bora beber? Sofredoras?



Me

May? Quem é essa indigente?




Jhu

Tu ainda pergunta ? Lógico que é ela.



Lyara

Porque 4 sofredoras?


May

Se faça viu .... Tu não tá pegando o Bambam não ? 


Lyara

Estamos namorando mais não contem que eu falei ....


May

Irraa, Jin ,Jhu, Minah, me devem 1.000 dólares cada uma, cadê a Minah, mesmo ?



Minah

Cheguei..., Sério ? Droga Jack vai me matar... Bom eu não posso ir , to sozinha com Ziang.


Jin

Também tô sozinha, as quengas foram fazer a despedida de solteiro do Yug. Não rola .


May

Vocês já descobriram um negócinho chamado Avó? Serve pra ficar com os netinhos enquanto os papais vão vadiar.



Me

Tua ex sogra tá na Tailândia, a minha em Namyangju-si, e a da Jhu bom essa está em outro continente, nem vou falar da tia Sofia .... 


Jhu

Então sobre isso ... Na verdade ela tá aqui veio com Tammy e o Joey, e que tal se todo mundo fosse pra sua casa Jin? Tem mais espaço e muitos quartos para  as crianças.



May

Deu foi certo...

Eu passo na loja e levo umas comidas depois Jin, você e a filhote de satanás podem ir comigo comprar umas bebidas.



Lyara

Essa filhote de satanás seria eu por acaso ? 


May

Olha rapaz e é esperta, claro que é você minha sócia, nós compartilhamos os filhos ok , ah você pode cuidar deles depois do casamento da Jin ? Na verdade, só ajudar teu boy.



Lyara 

Claro ...pera estão me convidando pra noite de garotas de vocês? 



May

Não !!! Estamos te obrigando a não faltar ok . Não se iluda, nós te odiamos.😏 


Me

Jhu tio Ray está com aqueles vagabundos?



Jhu 

Tá sim, Podemos ir?



Me

Claro né Jhu. Traz todas as mulheres daí e meu filhotinho de coala.


Minutos mais tarde e estávamos todas reunidas falando coisas absurdas, Tia Dorine começa a falar com a ajuda de Tammy sobre Mark e Joey serem dois pestinhas quando mais novos, eu ria boba e lembrava como Jhulia era  um doce de garota, sempre fofinha e vestida como uma bonequinha até que Tammy solta.


(Tammy)- Mãe lembra quando eles foram explorar o quintal de casa e se perderam, passaram dois dias até achar o caminho de volta, Mark ainda fez um coleguinha ligar pra avisar que os dois estavam com ele e dormiriam na casa do mesmo, Mark era um capetinha- penso comigo mesma, como deveria ter sido divertido crescer com seus pais por perto , fui tirada desse pensamento por Jhulia e May respondendo a mais velha.


(May e Jhu)- A minha filha, pois não mudou nadinha... Continua a mesma peste , Tammy você acredita que aquele moleque, mulambento sempre enganha Lory e Lyan? Come os doces dos meus filhos e os coitadinhos ficam com carinha de tacho. 


Rimos alegremente com nosso encontro  de garotas, já era tarde quando Felipe chorou com fome, como nenhuma delas com exceção de Jhulia e Lyara conheciam meu príncipe, seguimos todas até lá, não sei o que foi mais engraçado , se foi tia Dorine rindo da criança achando fofa por estar usando um pijaminha de orelhinhas ou May tirando foto com o celular de cabeça pra baixo.




Apanhei a mamadeira e coloquei o pequeno de volta no berço até que voltasse a dormir. 


De volta na sala, continuamos a nos divertir porém durou pouco, logo fomos surpreendidas por tio Raymond, tentando por Jackson e Jaebum ao mesmo tempo  dentro de casa os dois tropeçavam próprias pernas de tão bêbados que estavam.



(Lyara)- Meu Deus,  O que vocês beberam ?- perguntou Lyara tentando ajudar o mais velho a pôr os outro pelo menos no sofá.


(Raymond)- Jinshin minha filha, Ohhhh, perdão Lyara, você não viu nada, os que ficaram na garagem estão piores. Tem um lá que tá chamando urubu de meu loro.-cai na gargalhada com  a constatação do pai de Mark . Como tínhamos uma pequena situação de emergência no momento,  nossa conversa teve que ficar pra depois , agora o senhorzinho de sorriso simpático e cara fechada precisava de ajuda.


Segui rumo a garagem e tia Dorine queria ajudar porém pedi a mais velha que ficasse lá, com aqueles pestes eu conseguia lidar sozinha. Antes que pudesse sair da sala ouvi Tammy questionado se Jhulia não ajudaria a pôr o marido pra dentro a resposta foi dada por May. 


(Jhu)- Tammy , relaxa , eles se pelam de medo da Jin e sua panela, se ela fizer menção em pegar a tal, Mark é o primeiro correr já que ele sentiu na pele como é ser acarinhado com a mesma, mais eu tô doida pra ver o vexame que eles estão dando lá na garagem vamos ver?


Na garagem a cena era digna de filme de comédia, Bambam agarrado a viga de sustentação paquerando a mesma, Youngjae deitado no chão conversando com a vassoura, Jinyoung o  único que parecia não estar dominado pela cachaça, estava muito ocupado com Joey literalmente montado em suas costas chamando de cavalinho e tentando inutilmente retirar seu namorado do carro, Mark deitado no teto do automóvel dizendo ele estar contando as estrelas do telhado da garagem, Yugyeom estava com as pernas pra fora pela janela e do outro lado os braços e cabeça também estavam de fora , o pior era o mesmo cantando Michael Jackson, isso sem contar que trouxeram visitas, jungkook e Taehyung, os dois estavam deitados um por cima do outro, na tentativa de se protegerem dos amigos bêbados sendo que estavam na mesma situação ... Enfim a madrugada seria longa.


Riam como uma hiena e dava gritos altos, quando me espantei pelas demais mulheres na porta da garagem, a sogra de Jhulia parecia horrorizada com a cena ao mesmo tempo que preocupada, tentou ir até o filho mais a impedi . 


(Jin)- Deixa tia , eles vão para com isso agora quer ver? As raparigas vão entrar ou ficar batendo ponto aqui na garagem mesmo- meus ex colegas de quarto olharam todos ao mesmo tempo sendo acompanhados pelos demais ocupantes do carro, com seus olhos arregalados.



(Bam)- Jin... Você não dorme, não peste dos infernos... Eu ainda ia cha..- engoliu o que iria falar ao ver a mais velha de todas lhe olhando com surpresa- MARKITOFUDEUTAMAETAKI Sinceramente eu tentei entender mas não rolou, por isso me impus diante daquela cena. 


(Jin)- Bora nesse instante fora do carro todos,isso vale pra vocês também Kook e Tae, Bambam solta a viga, Youngjae solta essa vassoura e levanta daí. Todos para os banheiros agora , tô indo lá na cozinha buscar aquela panela então se eu chegar aqui e vocês ainda estiverem já sabem né....?



(Yug)- Tá loco mano, fudeu pra gente corre, Bambam- Yugyeom falou se levantando em menos de dois minutos todos começaram uma guerra para encontrar o caminho até os quartos.


(Dorine)- Jin... Minha filha você tem que ensinar essas coisas.- rimos e a mais velha foi ajudar o marido a arrumar a bagunça causada pelos bêbados,algo me dizia que gigante alcoolizado não teria ido pro banheiro então fui lá conferir , ao entrar no quarto o apresentando simplesmente se jogou na cama .


(Jin)-Mas  nem fudendo, pode sair daí agora, seu palhaço, anda Kim Yugyeom , passa pro banheiro , você vem da rua e pula na minha cama- não demorou até que o mesmo saísse se segurando nas coisas até alcançar a porta entrando em seguida, fui até o closet separei uma calça e um camiseta pra ele, logo indo de encontro ao mesmo, dentro do banheiro  ele estava sentado no chão ainda de roupa, olhando pro nada ao me ver entrar mesmo cambaleante se pôs de pé e sentou na borda da banheira me chamando em seguida, me aproximei e o mesmo baixou a cabeça . 


(Yug)-Desculpa amor, não deveria ter bebido tanto enquanto você estava aqui sozinha com as crianças.


(Jin)- Ei, tá tudo bem, você não viu que estávamos tendo uma noite de garotas aqui? Não tô zangada amor. Foi divertido?


(Yug)- Muito, mais no meio da noite eu comecei a me sentir miserável por ter deixado você aqui ,cuidado dos filhos enquanto eu estava me divertindo,sabe não é a mesma coisa de quando você está perto.


(Jin)-Yug, para com isso era sua despedida de solteiro, espero que você tenha exibido bastante sua aliança, e que todas as piriguetes de Seul tenham te visto dar adeus a vida de solteiro....Vem minha vida vamos tomar banho e eu vou buscar alguma coisa pra você comer.


(Yug)- Eu não quero comer, mas você pode ficar agarradinha no seu cachorrão aqui minha carrapatinha... Cadê nosso carrapatinho filhote auuuuuuauuuu,- não aguentei Yugyeom latindo em plenas 3 da manhã seria minha religião .


(Jin)- Já te falei pra não me chamar de carrapatinha e agora até  o coitado do Felipe virou carrapato ???


(Yug)- Certo dona carrapata, a senhora quem manda- falou fazendo uma continência desengonçada.


Dormimos abraçados, de manhã a família começou a chegar, primeiro foram a mãe e irmãos do Bambam, que ainda lamentavam a separação do filho , se surpreenderam ao ver a nova namorada do rapaz, os parentes de Yugyeom ficariam aqui em casa assim como os de Bambam, Jackson acomodaria seus pais e irmão, tivemos que reservar um andar inteiro de um hotel para acomodar que não couberam na casa, do Brasil vieram todos os meus parentes o que foi quase impossível acomodar todos , quando todos estavam instalados fomos comemorar com churrasco os homens não queriam nem ouvir falar ou ver bebidas, O que foi engraçado.


Todos os visitantes estavam descansando , Yugy e eu estávamos vendo os últimos detalhes da lua de mel, ficaríamos dois meses fora, iríamos ao caribe e depois ficariamos na pousada de Jericoacoara, levei um susto ao ouvir os grito de Youngjae que em seguida entrou com Felipe no colo. Todos sabiam que ele já estava ficando de pé, mas ainda não tinha dado seus primeiros passinhos, o rapaz afoito colocou o pequeno no chão .


(Jae)-Jin, Yug olhem isso ...-meu pequeno  agora estava no chão segurando os grandes dedos de Youngjae, já estava grandinho, quase um aninho, Youngjae soltou devagar suas mãozinhas e se afastou um pouco logo chamando - vem , vem pro papai , vem meu amor...- Felipe deu dois passinhos e caiu sentado, fiquei tão feliz estava paralisada de boca aberta, meu príncipe já estava começando a caminhar, Jae pegou novamente rodopiando com o pequeno nos braços e dando beijinhos nas bochechas cheinhas- papai ama tanto esse bebê- meu filhote que estava vestindo mais um dos inúmeros pijaminhas de bichinhos que Youngjae comprava sempre que via um diferente, assim que viu Yugyeom que estava de pé desde o acontecimento com os primeiros passinhos, esticou os bracinhos pequenos e sorrindo balbuciou.


(Felipe)- Papa, Papa bruuuuuiii- Meu noivo tirou o pequeno do colo do outro e ria ao mesmo tempo em que chorava, era uma felicidade dupla ver aqueles dois tão alegres daquela forma, Felipe segurava as bochechas de Yugyeom e continuava fazer barulhinhos que os mais velho sempre lhe fazia quando era hora do banho- Bruuu, bruuuu papa, papa. 


Yugyeom deitou com o menininho na cama e logo o virou fazendo cócegas na barriguinha, Felipe gargalhava não demorou aos dois patetas correrem com a criança nos braços até o andar debaixo gritando .


(Jae)- Ele caminhou....- Jaebum entrava em casa e não entendeu nada quando o namorado chegou até si, somente depois de o outro falar alto o mais velho pode entender- Jae bum? amor Felipe caminhou acabou de dar seus primeiros passinho pra mim ...ele veio pra mim .


(Yug)- Jaebum hyung ele me chamou de pai....  Nosso filho é muito fofo.



Os três passaram o dia inteiro no jardim com o pequeno, faziam revezamento de braço, sim eles revezavam quem seguraria as mãozinhas do bebê, foram dois dias até o pequeno começar a correr desengonçado e chamar os três patetas de papai, ficava horas olhando pela janela do quarto, eles juntos brincando, me parecia tão certo ao mesmo tempo em que o medo me invadia. Ignorei qualquer pensamento ruim que viesse à mente estava às véspera do dia mais especial da minha vida e não queria que nada de ruim me afetasse.


........





Finalmente o dia do meu casamento chegou 🤩🤩😍, era hora de ir pro salão e me arrumar, não via  meu noivo a dois dias, ele e os patetas tinham sumido como era de praxe nos casamentos do nosso grupo. No salão lembrei do casamento de May e Bam. Que estávamos às três igualmente assim , mas agora tínhamos  Minah e Lyara ,os vestidos delas eram perfeitos  , Minah. Usava um belo e longo vestido lilás com pequenas flores e tinha alças largas , seus cabelos soltos com apenas uma presilha na lateral , brincos em formato de coração , e um pequeno e delicado colar com pingente em formato de gota. Jhu usava um vestido florido , delicado e de saia rodada. aproximadamente na altura dos joelhos alças ombro a ombro  , uma Anabela cor creme nos pés , brincos cascata, cabelos soltos sem detalhes  e uma pulseira de brilhantes , May , essa usava seu belo vestido amarelo que  mandou fazer exclusivamente  para a ocasião, tinha alguns detalhes na parte de cima do vestido , sua saia era delicada  um tanto sofisticado, seus brincos eram divinos , colar de pérolas cabelo preso em um coque lateral bagunçado , as makes eram imprescindíveis, olhos , marcados , lábios delicados ., Elas estavam incríveis.... Sai do camarim rapidinho pra ver meus monstrinhos, eles estavam lindos , pareciam 7 príncipes , meus 6 demônios e o Hyunjin que veio só pra participar do casamento ... Todos de terno azul marinho e gravatas na cor preta , os cabelos perfeitamente alinhados , não consegui ver Yugyeom, pois o mesmo já se encontrava no altar o espaço era majestoso,  havia um tapete vermelho com mais ou menos 3 metros de comprimento onde seria a passagem até o altar, a decoração  consistiam em vasos com rosas  , o altar tinha um arco com flores delicadas e uma mesa em madeira , o padre já se fazia presente.  Seria um casamento igual aos realizados no Brasil, os convidados estavam em seus lugares só faltava a dona da festa aqui se arrumar, se me falassem a uns anos atrás que eu estaria hoje me casando com Kim Yugyeom eu não acreditaria , mais sim hoje eu estou me casando com esse homem maravilhoso, perfeito , que me conquistou de uma forma que não consigo me ver sem ele.... 


Meu vestido era longo estilo princesa de alças largas ombro a ombro  uma faixa na cintura , todo bordado , meu cabelos bom esses estavam meio presos modelo Anastácia, um arco delicado , e meus brincos simples as mesma pérolas que mamãe usou em seu casamento , meu buquê eram rosas branca e esverdeadas eu carregava junto com um rosário que também pertenceu a minha mãezinha,  




A concentração  no lado de trás da porta do espaço(, sim foi colado uma porta gigante imitando uma entrada de igreja , ) os meus amados monstrinhos ficaram todos de boca aberta quando me viram aproximar , Jackson tinha seus olhos marejados e não perdeu tempo em dizer suas palavras ... 


(Jackson)- olha gente , nossa  menininha cresceu , agora vai casar com nosso outro filhinho sem vergonha- todos rimos juntos então era hora da entrada , eles entrariam primeiro com suas parceiras , no caso minhas madrinhas , logo na entrada , Ju e May vinham trazendo um porta retrato grande com fotografia de Park Boa, elas o colocaram em um cavalete e voltaram para trás da grande porta.  Na sequência entraram os pais de Yugyeom e depois os de Mark , seguidos pelos pais de Jackson e logo os de Jinyoung também vieram, os pais de JB vieram e ficaram perto de Luna e Felipe , então agora entrariam as madrinhas ,  Mark e Jhulia entram primeiro logo Mark a deixa no altar e sai pela lateral tomando sua posição entre os vasos de flores , deixando os convidados intrigados  o segundo casal foi Jackson e Minah, que fez o mesmo caminho que Mark , Bambam e Lyara entraram juntos seguindo mesmo ritual e então chegou a vez de JB e Youngjae , May e entrou com  Jungkook, esses apenas seguiram e ficaram em suas posições e então a vez de Jinyoung e Youngk ... Então finalmente minha vez chegou , os meninos estavam todos em seus lugares  , Mark se dirigiu até a porta e  foi pra trás da mesma, era o momento tão esperado. Ainda no outro lado de frente a mim Mark pergunta . 


(Mark)- pronta , pra encontrar o amor da sua vida ???. 


(Jin)- Sempre... 


Então as portas são abertas , pude ver o quão lindo estava , seu terno era perfeito um paletó branco e uma gravata borboleta preta e uma calça preta os  fios novamente escuros só  realçaram ainda mais sua beleza, estavam com o mesmo topete que usava nos demais  casamentos, ele sorria e eu me derretia , as lágrimas agora eram de felicidade, não conseguia contê- las , finalmente minha felicidade chegaria por completo ... Mark me olhou nos olhos e logo deixou um breve selar no alto da cabeça dizendo ... 


(Mark)- vamos , se não ele vem te buscar Aqui ...




Notas Finais


Olá.... pessoal hoje acho que finalizou as capítulos que já estão escritos ... então vocês já sabem ... leiam se gostar compartilha com o coleguinha e deixa comentário que a tia responde... não esqueçam de dar uma olhadinha em um amor imprevisto 2 .... A história é bem legal.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...