História Uma vida,um sonho 2 temporada - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Aventura, Comedia, Família, Mistério, Romance, Viajem
Visualizações 23
Palavras 728
Terminada Não
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi Estrelinhas! Tudo bem? Espero que sim hihi,mas hoje vocês vão ver o sermão que eu posso dar em alguém quando eu quero KKK

Bora pro capítulo!

Capítulo 18 - "Você vai desistir pôr causa dele?"E Rebeca enfrenta Larissa


-Luna on-

Eu e o Sandro estávamos na sala na frente de todos os nossos amigos que estavam sentados no sofá ou nas prontonas:

Billy: então podem nos falar oque aconteceu?

Sandro:estavamos dormindo junto com a nossa pequena filhote

Meu marido fala pegando a Cristal no colo dele:

Sandro:quando do nada a Emilly entra no quarto acendendo a luz e pulando na cama chorando e tremendo de medo

Luna(eu): então perguntamos oque tinha acontecido,e ela disse que tinha um fantasma no quarto dela,com as mesmas características de quando eu e o próprio Otávio vimos o pai dele,quando crianças

Roger:mas pôr que ele desidiu voltar? É só agora depois de cinco anos?

Rogéria e Pandora: talvez ele queria que algo acontecesse

Elizabeth:as meninas podem estar certas, talvez ele queira que algo tivesse acontecido antes delw voltar a aparecer

Nessa hora o Otávio levanta e da um soco muito forte da parede,que eu pensei que teria machucado a mão dele, então a Anne e a Laura foram tentar acalmar ele:

Anne: Távio calma nós vamos conseguir acabar com isso

Laura:sim! Ele não sabe que ainda temos nossos poderes de fantásma

Romeu:opa opa opa! Como assim poderes de fantásma?

Matteo e Gabriel:o Otávio é a Laura já foram Fantásmas,mas conseguimos trazer eles de volta a vida

Romeu:QUE DEMAIS!

Julieta:Romeu não é hora de comemorar! Estamos num momento sério

Otávio: Desculpa pessoal,mas eu tenho que fazer oque ele quer pra deixar vocês em paz

Quando ele ia sair a Anne segura a mão dele já chorando pois todos nós sabíamos oque ele queria fazer,ele passou a mão no rosto dela e soltou a mão da noiva e saiu da casa voando,mas eu fui atrás e segurei forte o seu braço e grito:

Luna(eu):se você for nós todos vamos junto Otávio!

Otávio: você não entende Luna,se eu não fazer oque ele quer....

Luna(eu):se você não fazer oque ele quer NADA! Olha pra você Otávio, não é mais um fantasma,foi adotado por uma família incrível tendo sua melhor amiga de infância como sua irmã, você tem amigos que sempre estão do seu lado,crescemos juntos e agora...... você tem uma casa,um ótimo emprego e um casamento que está chegando.....E AGORA VOCÊ VAI DESISTIR DE PÔR CAUSA DELE? CARACA OTÁVIO VÊ SE ACORDA, NÃO VAMOS DEIXAR VOCÊ IR EMBORA E ABANDONAR UMA VIDA INTEIRA PELA FRENTE

Ele ficou perplexo,e eu apenas estava respirando fundo pra recuperar o meu fôlego:

Luna(eu):mesmo com as cicatrizes que seu pai causou e causa até hoje, você conquistou tanta coisa..... você tem pessoas que te amam e você vai desistir.... pôr causa dele?

Ele não respondeu nada apenas abaixou a cabeça:

Luna(eu):pense duas ou mais vezes Otávio, não deixe a raiva,medo,dor, sofrimento te contratar ou agir pôr você

Eu solto seu braço e ficamos parados voando durante um tempo alí:

Otávio: você tem razão Luna....eu tenho uma vida incrível e não posso desistir dela..... vocês me deram uma segunda chance de recomeçar e não vou desperdísar ela agora

Dou um sorriso e voltamos pra casa, quando chegamos a Anne abraçou o Otávio forte como se tivesse reencontrado ele após ter o perdido. Depois de tudo desidimos que iriamos achar um jeito de capturar o pai do Otávio é fazer ele parar de nós encher a paciência.

-no dia seguinte-

Já era outro dia e eu fui ajudar a Lua com a organização da cobertura onde ela irá morar,e não era tão ruim assim organizar uma cobertura. Eu estava  terminando de arrumar a sala:

Lua:caraca eu tenho que fazer compras ainda

Ela se jogou no sofá:

Luna(eu):kkkk tá tudo bem Lua,eu te ajudo com isso

Lua:mas você já me ajudou muito

Luna(eu):para de mimimi e vamos logo fazer essas compras dona Lua kkkk

-depois de fazer as compras-

Estavamos voltado pra cobertura quando vejo uma pessoa conhecida sentada num banco, então chamo a Lua pra me aproximar dela:

Luna(eu):Oi Rebeca quanto tempo!

Rebeca:Luna Hey quanto tempo!

Lua: vocês viraram amigas?

Rebeca:depois que a Luna me protegeu e me ajudou acabamos virando amigas

Derrepente um garoto negro alto de olhos negros aparece com sucos nas mãos,e a Rebeca se levanta e vai até ele:

Rebeca:meninas esse é o meu namorado o Jonathan

???:olha parece que a Rebeca finalmente deixou de ficar doente

Olho pra trás e vejo a Larissa:

Rebeca:doente? Eu era doente em ter gostado de você​ garota!

Lua: você é bissexual?

Rebeca:sim Lua eu sou Bissexual

Larissa:ela era doente isso sim!

Jonathan:doente é você com essa sua cara cheia de maquiagem

Rebeca: você é uma pessoa sem coração,mimada e patricinha que não merece nada de bom na vida! Sua preconceituosa!

Ela saiu de nariz pra cima bufando de raiva,e a gente só ria.



Notas Finais


O capítulo ficou bem longo kkkkkk,espero que tenham gostado,eu tive que mudar a classificação da história pôr causa da sexualidade da Rebeca,mas espero que não se importem


Bjs estrelados pessoal 🌟


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...