1. Spirit Fanfics >
  2. Uma vilã apaixonada - imagine >
  3. Alguem especial

História Uma vilã apaixonada - imagine - Capítulo 22


Escrita por:


Notas do Autor


Oiee olha eu aqui de novo hehehe
Podem admitir, vocês estão surpresas não tão não?

Capítulo 22 - Alguem especial


Fanfic / Fanfiction Uma vilã apaixonada - imagine - Capítulo 22 - Alguem especial

 - Gente, mal posso esperar pra ouvir suas histórias do acampamento - diz kirishima decaido

Ele e o sato foram reprovados, então não poderiam ir ao acampamento

- Puts, que pena...- digo levando a mão a boca ironicamente

- (S/n)- san!- midoriya me repreende- ainda é muito cedo pra ter certeza! Podem mudar no último minuto.

- Kaminari, a gente estaria assim tambem não estaríamos?- diz minna tremendo

- Devemos nossa vida a (s/n)-sama - kaminari responde sério se curvando levemente pra mim sendo seguido pela minna

- Aí, para. Vocês me envergonham assim- digo e mas um sorriso aparece em meus lábios

Depois da semana de provas, nós nos tornamos relativamente próximos.
Ambos sempre estão fazendo alguma piada e eu acabo entrando nessa também.

- Você ouviu, kaminari-kun?- diz minna com um sorriso sacana- ela disse que nós envergonhamos ela

- Eu ouvi em alto e bom som- diz kaminari risonho

Ambos se juntam e parecem estar planejando alguma coisa
Olho desconfiada para eles.

- Vão ficar de segredinhos agora?- pergunto impaciente fazendo ambos darem uma risadinha

- Não, longe de mim ficar de segredinho - diz mina apoiando o cotovelo no ombro do kaminari

- Vamos apenas nos divertir bastante no acampamento, principalmente nos testes de coragem...- kaminari ri junto a minna

Tá, eles tão achando que eu boba?

- Ah, sem ofensas, kirishima - ele fala se virando pra o ruivo

Mancada ficar falando do acampamento pra quem não vai

- Não, bro, tranquilo...- ele entra num estado depressivo que eu ficava tensa só de ver

Argh
Por que eu sou tão frouxa?
Aí já é sacanagem comigo né

Me aproximo sorrateiramente dele, passo meu braço ao redor do pescoço dele e faço sinal com a mão pra ele se aproximar

- Só entre eu e você, kiri...- sussurro - vamos subornar um professor pra você poder ir

- Mas será que vai funcionar?- ele sussurra de volta pensativo

- Relaxa, tá comigo tá com deus- respondo confiante recebendo um sorriso animado dele

Ok
Agora o problema
Como se suborna um professor como o aizawa?

100 horas de sono sem interrupção de aluno?
Ração pra gato whiskas?
Um bo- croquete?

A porta é abruptamente aberta por ele.
Caraí que susto

- Quando o sinal toca, todos devem sentar em seus lugares.- diz o mesmo

Mané senta em seus lugares, tô conver-

Ue, cade o kirishima?
O pessoal já tava tudo sentado.

Eu só faço papel de trouxa mesmo...
Fui quietinha sentar em meu lugar.

- Infelizmente, tivemos aqueles que não passaram na prova final- diz com a mesma voz de sempre, a cansada.

Ah não brinca, Sherlock

- Logo então vão ao campo de treinamento...- faz um charminho enrolando pra não dizer logo- todos vocês! - diz mostrando os dentes em um sorriso

Cruzes. Desver.

Caramba o que foi isso?
Uma virada de último minuto!

Olho chocada para kirishima que , acreditem em mim, tava com uma cara de quem venceu na vida...
Que meu amigo, mesmo se eu ganhasse na mega não conseguiria fazer uma cara dessas

- (S/n)-san!- ele grita pra mim- muito obrigado por tudo!

Pera aí, ele tá achando eu fiz isso?
Sai pra lá maluco, nem te conheço

Faço cara de desentendida

- Mas eu não tinha feito nada ainda...- falo mais pra mim mesma

Depois dos gritos de Vitória, a atenção se voltou ao professor novamente

- Tivemos notas baixas, mas nenhum zero nas provas escritas. Na prova prática, kirishima, sato e sero foram reprovados.

Epa, tem um nome novo na lista ou é impressão minha?

- No exame, nós, do lado dos vilões, deixamos um caminho para os alunos vencerem e observamos para ver como se dariam na tarefa, caso contrário, a maioria de você teria ficado presa antes de começar.- uh, metidoo- aqueles que não passaram são os que mais precisam do acampamento.- sua expressão muda, o sorriso estranho continua lá, mas ele fica mais sombrio- mas nota ruim é nota ruim- os reprovados param de comemorar - preparamos umas horas extras para todos vocês. Sinceramente, será pior que as aulas que teriam se ficassem na escola.

Ih rapaz...
Eu vi de camarote a animação deles ir pro buero.
Pena kk

(...)

- Piscina?- exclamo surpresa

- Sim! Antes do acampamento, vamos na piscina do colégio!- me diz uraraka animada

Antes de sair da escola, as garotas me encurralam e agora estão tentando me convencer a ir na piscina no nosso dia de folga antes de ir ao acampamento.

- Sei não...- falo insegura- não acho que seja uma boa ideia...

- Porque?! Vai ser super divertido! A escola já nos deu permissão.- diz minna animada segurando meu braço

Suspiro.
Fazer o que... Eu estou cometendo um erro idiota

- Ok...- elas comemoram, mas ainda não acho que seja uma boa ideia.

[No dia de folga]

- (S/n)- san, não está muito quente pra você estar usando um casaco?- momo me pergunta preocupada

Nós estávamos nos alongando antes de entrar na piscina e ela estava me ajudando.

- Não...É Que eu sou um pouco tímida - digo na tentativa de encerrar o assunto

- Não precisa se preocupar, gero- asui se aproxima- o maiô da escola é bem grande, tampa tudo.

Ele realmente era. A parte de baixo era como uma bermuda que ia até nosso joelho e a parte de cima não tinha nenhum decote, mas as costas e ombros eram um pouco "abertos" de mais pra mim...

Eu não tenho problema em usar roupas mais reveladoras, porém sempre evito as que deixam as costas de fora.

As cicatrizes foram profundas de mais e como já haviam cicatrizado há bastante tempo, não tem como a Shimizu cura-las.

- Meninas, se a (s/n) se sente desconfortável, não há nada que possamos fazer a não ser respeita-lá- diz momo - porém esse casaco provavelmente vai te incomodar na água

Ah poxa... Eu queria tanto entrar na água.
Realmente uma pena.
Posso ir pra casa agora?

- Ah - uraraka chama nossa atenção - eu trouxe um daqueles blusões com protetor solar, você quer que eu te empreste?

- Sim, por favor- respondo sorrindo

Ai que alegria, adoro cloro.

Quando eu terminei de me alongar junto a momo, as garotas já estavam se preparando para um vôlei na piscina e com a blusa de uraraka já posta, não havia motivos para eu negar.

- Pra sermos justos, não podemos usar nossas quirks! - momo estabelece

- Eeehhh- eu e a asui reclamamos, ambas temos habilidades que nos ajudariam durante o jogo- pera, e a hagakure?- momo fica em silêncio

- Ok, não tem jeito. Mas com moderação, tá, senhorita (s/n)? - ela responde e todas acabamos rindo da situação

Do meu lado estava a minna e a asui e do outro momo, uraraka, hagakure e jirou.

- Nós estamos em menor número, mas com certeza venceremos!- minna grita animada

- Só nos seus sonhos, amada- retruca uraraka.

Essa é a primeira vez que eu jogo vôlei, então estou um pouco nervosa... aliás é a primeira vez que eu saí com... amigos para me divertir de maneira "saudável"

Isso é tão estranho e entusiasmante ao mesmo tempo!

O jogo começou.
Eu provavelmente tô fazendo papel de idiota.
Ao tentar imitar o jeito que as meninas recebem a bola, ou eu agarro ou acabo lançando para o lado contrário.

É frustrante, acho que tô jogando as bolas mais pra fora da piscina do que pro campo inimigo, mas como é algo novo, meu lado competitivo não me deixa sair daqui sem antes aprender como se joga.

É um pouco duro admitir, apesar de eu estar perdendo, estou bastante animada.
Acho que nunca fiquei tão feliz antes, e estou fazendo coisas tão normais!

Todos já fizeram isso antes? Jogar com os amigos, passar uma tarde na piscina...
Há tantas coisas que eu nunca experimentei.

- Vai, (s/n)!- minna grita chamando minha atenção

Pego impulso e pulo batendo na bola que ela levantou pra mim, dando uma cortada no ar.

Com o impacto da bola na área inimiga, uma rajada de água é lançada em nossos rostos.

- Boa, gero- comemoramos batendo nossas mãos.

- Argh, não vale reviravoltas!- uraraka diz

- Isso só pode ser um sonho já que ganhamos, né, uraraka?- minna alfineta

- Calma, gente - jirou interfere rindo- vamos trocar os times?

Quando Eu ia responder, uma agitação vinda do lado dos meninos chama nossa atenção.

- Galera, querem ver qual dos garotos consegue nadar 50 metros mais rápido?- lida pergunta para os outros garotos.

Aquele é o bakugou?
Percebo que perto do lida, na frente de midoriya estava o bombinha, ele parecia com raiva e algo me diz que ele tem algo haver com essa corrida repentina.

- Vamos lá ver?- pergunta hagakure-parece divertido.

Ninguém parecia querer retrucar e tenho que admitir que me senti interessada também.

- Será permitido o uso de quirks sobe uma condição: não podem causar estragos na piscina e a pessoas! - lida determina.

Os garotos estavam animados, já fazendo fila para participar e entre eles bakugou parecia o mais energético para participar.

Ele se aproxima de midoriya ameaçadoramente

- Vou te esmagar, deku.- fala dominante e vejo seu olhar se direcionar a mim antes de ele se virar para a piscina.

Urgh ele aínda tá bravo comigo hein

Ele, mineta, tokoyami, kota e kaminari se posicionam para nadar.

- Torça por mim, (s/n)!- kaminari sorri e acena pra mim- prometo ganhar.

Vejo bakugo enrijecer e sua carranca aumenta

- Só por cima do meu cadáver. - bakugou fala sombrio após o sinal de largada.

Como o esperado, ele usa suas explosões para sobrevoar a piscina.

Por favor, alguém o ensine a nadar.

- Viram?!- diz ele orgulhoso

Ele realmente é um pateta.

Agora é o segundo round tendo o todoroki, aoyama, sero, kirishima e kota como competidores.
Nem preciso dizer quem ganhou né?

Óbvio que foi o todoroki, deslizando sobre o caminho de gelo ele consegue chegar primeiro.

Sério, alguém ensine eles a nadar.

Os próximos a participar foram midoriya, lida, shoji e ojiro.

Lida estava prestes a ganhar usando seus propulsores em cima das arraias da piscina, mas no último momento, midoriya conseguiu ultrapassa-ló.

Finalmente alguém ganhou nadando!
Tragam uma medalha pra esse soldado!

Durante as últimas 2 partidas, vim tentando me aproximar de bakugou, mas ele não só não abaixava a guarda como também com as meninas e os outros em volta, Eu não consegui ver uma forma para nos aproximarmos.

Nós precisamos conversar, não quero que exista esse clima entre nós...seja por bem ou por mal.

A partida final começou, os três finalistas, bakugou, todoroki e midoriya, já estavam em suas posições.

Tensão pairava no ar, cada um tinha seu favorito e gritavam em voz alta pra quem torciam.

Sendo embalada pela animação do local, me senti quase que pressionada a gritar o nome de um deles.
Quem eu queria que ganhasse?

Meu olhar passava de um ao outro ao mesmo tempo que senti uma pressão em meu peito.
minhas mãos tremiam, me senti inesperadamente nervosa com essa breve demonstração de "favoritismo"

Respiro fundo, me preparando para torcer.

- As atividades acabaram - entra aizawa interrompendo a diversão- voltem pra casa.- alguns garotos reclamam, porém o professor estava decidido- disseram alguma coisa?- perguntou ativando sua individualidade

...

- Então kuro, alguma notícia do akihiko e da hime?- pergunto acariciando shiro

- A senhorita estava correta.- diz ajoelhado em minha frente- a liga dos vilões pretende invadir o acampamento.

Ponho minha mão em seu ombro, o incentivando a continuar

- Graças ao vídeo do assassino de heróis, novos integrantes apareceram. Eles não são grande coisa, mas dois em específico podem acabar se tornando problemáticos

Shiro rosna

- Me mande, eu exterminarei a todos!- declara o lobo

- Nesse caso, eu-

Interrompo kuro

- Não. Nós não faremos absolutamente nada.- digo calma com um sorriso malicioso

Devido a nossa posição, é um pouco arriscado nos envolvermos em intrigas de grande escala.

Caso a gente entre em um conflito com eles, é muito provável que os heróis aparecessem e eu teria que Lidar com ambos.
Os riscos são muito grandes, se por um imprevisto eles descobrem minha identidade...

Sem contar que o pequeno shigaraki não é o chefão, usar tudo que eu tenho agora não é a melhor opção.

- Eu tenho uma ideia melhor - digo- vamos deixar acontecer. As minhas peças já estão no jogo - apoio a mão na boca tentando conter minha expressão sádica- eu estragarei todos os planos dele.

[Dia 1 do acampamento]

Enquanto lida falava algumas besteiras sobre segurança, todos estavam agitados e conversando sobre o que fariam no acampamento.

- O que você acha, (s/n)? - me pergunta hagakure

- Eu acho que vai ser uma experiência bastante emocionante- digo sorrindo

Não vai ser por uns bocóis que eu não vou aproveitar essa pequena aventura.

As meninas já me falaram tantas coisas que eu não posso evitar ter altas expectativas.

- Formem filas, entraremos no ônibus agora!- lida chama nossa atenção

E eu que não sou boba nem nada, já me prontifiquei a ser uma das primeiras a entrar.

Eu definitivamente não Vou deixar essa oportunidade escapar!

Assim que eu entrei no ônibus, esperei uma pessoa em específico entrar.
A acompanhei e assim que ela sentou, eu me sentei ao seu lado.

Hoje meu lado stalker tá que tá.

- Oi! - tento começar uma conversa

Bakugou apenas vira a cara pra janela, evitando me olhar.

Esse garoto... ah mas ele vai vê.

O ônibus começou a se mexer, e como a maior parte dos estudantes estavam ou ouvindo música alta ou dormindo, decidi puxar conversa mais uma vez.

Apoio uma das minhas mãos em seu braço e a outra na sua coxa.
Fico balançando minha cabeça em uma tentativa dele ver meu rosto e chamar sua atenção.

Estou começando a ficar aborrecida e minha feição muda demonstrando isso.

Ouço uma risada abafada vinda dele.
O desgraçado tá rindo de mim?!

- Se você continuar fazendo essas caras fofas, eu não consiguerei me conter de continuar te provocando - ele vira lentamente seu rosto pra mim, onde um sorriso confiante triunfa em seus lábios

Ah, mas que pentelho!

- Você se diverte me provocando, hein, katsuki?- digo sorrindo brava

- Talvez...- diz risonho virando o corpo para mim

Um de seus braços foi esticado em cima do encosto da cadeira e uma de suas mãos foi em encontro com a minha que estava em sua coxa.

Aahh, porque ele de repente está tão atraente?
Maldita puberdadeee

Não se desconcentre, (s/n)!
Vamos nos focar!

- Nós precisamos conversar.- digo convicta

Bakugou on

Não sei o que me deixa mais puto.
Ela mentindo pra mim ou ela achando que está me enganando.

Já disse que não quero força-lá a nada, se ela não quiser me contar irei entender.
Porém sempre que ela faz isso... Essa expressão.... Eu só quero poder esmagar todas as suas inseguranças.

- Enfim, eu juro que naquele dia no estágio foi por uma emergência familiar! O garoto que você viu era apenas um amigo de infância meu...- diz tentando me convencer.

Sorrio dando corda para as mentiras dela.
Eu realmente devo ter cara de idiota.

Suspiro alto demais.

- Ah, o que foi? Olha, a minha relação com a minha família não é ruim, tá? Eles apenas não são de demonstrar muito afeto

Lá vai ela de novo.
É sempre assim, quando eu a vi falando pela primeira vez sobre a família dela, percebi logo de cara seu incomodo.

(S/n) está sempre com sua pose de superioridade, mas em momentos assim ela toma uma posição mais submissa.

Tão simples, mas tão complicada ao mesmo tempo.

- Katsuki - ela é a única que eu deixo me chamar pelo meu primeiro nome, ouvi-la dizer ele me traz uma calma inexplicável- Eu só quero que possamos nos dar bem de novo.

Eu também, mas não me arrependo nem um pouco do que eu disse.

- Você significa sim algo pra mim!- ela parece ficar envergonhada- você é alguém especial pra mim...- ela desvia o olhar

Sei que não sou especial pra ela do mesmo jeito que ela é pra mim ainda.
Mas essa fala me deixou mais feliz do que eu pensei que me deixaria...

Acabo me distraindo enrolando uma mecha de seu cabelo em meu dedo.

- Hmmm...- olho em seu olhos com uma expressão confiante- você realmete não tem noção de nada...- sussurro mais pra mim mesmo- nem me lembrava que estávamos brigados - digo apenas para provoca-lá

- Oras, seu...- rio de sua expressão

Ela apenas não está pronta para se abrir pra mim, devo respeitar suas decisões.
Eu a esperarei.

- Você parece estar tranquilo demais, hein - ela diz com um sorriso malicioso

Senti calafrios com a intenção em sua fala
Algo me diz que o que quer que ela diga agora, não vai ser tão agradável assim

- Você se esqueceu da nossa aposta?- sua postura superior volta em um instante- vai ter que ser minha cadelinha agora, farei você se arrepender por me provocar!

Eu realmente tenho um péssimo gosto para garotas.




Notas Finais


Mano. Vcs já tinha até se esquecido da aposta não tinham não?

Pra quem não se lembra está no cap "aposta" (mano, faz quase 2 anos que eu fiz esse cap, eu tô- ) e como a (s/n) ganhou, o bakugou vai ter que ser o escravo dela durante todo um dia.

Bem gente, agora vai ser só ladeira abaixo kkkk
Os próximos caps são algo que estava esperando para escrever desde que eu comecei essa fic.

Não desista de mim!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...