História Umi. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Min Yoongi (Suga)
Tags Make Love Meu Amo, Sope, Yoonseok
Visualizações 12
Palavras 302
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Fluffy, Poesias
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


.repostando

Capítulo 1 - Capítulo Único.


Fanfic / Fanfiction Umi. - Capítulo 1 - Capítulo Único.

Podes fitar-me quando eu falar contigo? Ser sincero pelo menos em seu olhar, como fora há tempos atrás?
Podes escutar-me mais uma vez? Não faça ouvido de mercador. Apenas não quero mais lhe ver sentindo essa dor. Ver-te carregando este fardo consigo. Suas cicatrizes estão abertas e elas estão me machucando. Ontem mesmo, rosas vermelhas estavam pondo para fora; parece que teu amor não está me alcançando.

Diga-me por quê? O que fiz pra merecer esta indiferença que tanto faz de mim? Suas recaídas são como correntes d'água que lhe puxam para baixo e estas querem lhe manter longe de mim. Às vezes me pego pensando sobre minha insuficiência para ti. Oh, sim, esta merda de insegurança voltou a me assombrar e às vezes palavras me faltam para expressar-te cada uma das cores que você me colore ou a sensação que me faz sentir. Sendo elas boas ou ruins.

Já lhe disse tantas vezes sobre odiar tantas coisas em ti, mas uma das coisas que mais odeio é o fato de nunca parar de pensar em ti e de perdoar todas as bobagens que você faz. Também odeio o fato de admitir que estou perdidamente amando a ti; e é por este simples fato que eu não quero lhe deixar, nem mesmo por um segundo sequer. Não deixe nossas lembranças se afogarem neste mar profundo. Por favor, largue isto e me deixe cuidar de você. Deixe-me proteger você.

Apenas... Deixe-me amar você.

E estendendo minhas mãos com meus olhos fechados que temiam por uma ação sua, você, então as pegou e quando as segurou, um alívio pelo meu corpo se espalhou. Quando abri meus olhos pude fitar seus olhos brilhantes ao me olhar, arrependido, pôs se a me abraçar e então percebi e tive certeza de que a maré já estava calma.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...