1. Spirit Fanfics >
  2. Un Fanboy Perfecto >
  3. Diecisiete

História Un Fanboy Perfecto - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Oeeeee dps de tanto tempo eu voltei???? Como assim neh???
Então é q eu tava real ocupada (eu estudo em período integral e dps da escola ainda faço cursinho pré vestibular) gente naum é fácil, mas qm sabe nessa quarentena eu naum consiga terminar neh??
Dsclp msm ter sumido do nd mas agora voltei pra ficar kkkk amo vcs e aproveitem o capítulo q eu achei fofinho aaah ♡

Capítulo 17 - Diecisiete


 Sokcho - Coréia do Sul

- Kim TaeHyung Pov. -

Faltam exatos 3 dias pra que eu volte à Seul e não poderia estar mais aflito. Dentro do quarto em que estava hospedado eu andava em círculos sentindo minha cabeça doer de tanto pensar, as unhas - que já estavam curtas - desapareciam conforme eu as roia.

Eu e ChinMae já tínhamos discutido esse assunto diversas vezes… mas nunca chegavamos a um acordo. Ambos não queríamos nos separar obviamente, mas ele estava no último ano da faculdade, não seria legal que ele parasse logo agora, mas eu também não poderia abandonar a banda para ficar com ele, além de eu ter assinado um contrato, eu amava o que fazia.

Minha cabeça parecia que ia explodir, eu já havia falado com todos os hyungs - e com Jeon - mas todos diziam a mesma coisa: siga seu coração. Mas meu coração apenas dizia para eu sequestrar o Gook e levá-lo comigo pra Seul… será que eu realmente deveria fazer isso?

-----------------------------------------------------------------

Chinie♡♡

Taehy??(4:20)

Oii Chin!!(4:20)

Estou saindo da facul, vou pegae um taxi e vou pro seu hotel.(4:20)

Okay meu amor... Ta td bem??(4:21)

Meu bem…(4:21)

Temos q ver oq vamos fazer(4:21)

Vc vai embora daqui 3 dias…(4:22)

Vamos dar um jeito mor.(4:22)

Eu prometo.(4:22)

Okay(4:22)

Te amo♡, bjo(4:23)

Tbm te amo♡(4:23)

-----------------------------------------------------------------

Desligo meu celular e me jogo na cama. Eu sabia exatamente o que tinha que fazer. Liguei o celular novamente e comecei a procurar as melhores faculdades gastronômicas na capital, levaria Gook ChinMae comigo a qualquer custo.

Comprei duas passagens para Seul, partiriamos amanhã mesmo, para que eu pudesse ir com ele fazer sua matrícula e quaisquer outras coisas que ele precisasse fazer. Eu durante tanto tempo me senti sozinho já que meus colegas tinham seus namorados, jamais que perderia a pessoa que amo e que me ama por uma simples bobagem como essa.

- Quebra de tempo -

-Ah JiMin! Certeza que vai ama-lo! Ele é tão fofo e meigo!- digo meio abobalhado, ouvindo a risada do Park do outro lado da tela na vídeo chamada.

-Eu já vi ele em algumas chamadas Tae.- ele revirou os olhos -Ele é bonito sim, mas o Kook é mais.- ouço o riso do Jeon, eles estavam num carro, voltando pra Seul.

-Fala isso apenas por que ele é seu namorado.- mostro a língua infantilmente e ele ri -Mas sério ele é fantástico mesmo! E tem mais ele- paro de falar ao que escuto a voz de Mae me chamando -Tenho que ir, nos vemos logo!

-Tchau Taehy. Até.- ele desliga a chamada e eu me levanto indo até o garoto e lhe dando um leve selinho.

-Parece cansado meu bem.- digo beijando seu pescoço e ouvindo seu suspiro.

-Ah Tae… talvez um pouco mas… precisamos resolver logo como ficaram as coisas entre nós e-

-Você vai comigo pra Seul.- o corto dizendo sem cerimônias.

-VOCÊ TÁ LOUCO?- ele grita me fazendo arregalar os olhos.

-Não estou. Já comprei as passagens e tudo mais.- ele apenas acena com a mão para que eu continue -Você vai morar comigo e os hyungs… e o JungKook. Já falei com eles, querem te conhecer.

-Tae… e a minha faculdade, meu serviço? Não posso. Como vou me manter lá?- ele dizia parecendo entrar em pânico.

-Tem uma faculdade excelente em Seul, e como eu já disse outra vez, EU SOU RICO! Posso te dae tudo que quiser ou precisar.- Gook me olhou e se sentou na cama atrás de si.

-TaeHyung, já disse que amo a você e não o seu dinheiro. Até parece que vou deixar você me bancar. Eu quero ter meu dinheiro com meu esforço. Fora que você vai ter que pagar minha faculdade e tudo mais Tae eu… eu… eu não pos- me ajoelhei em sua frente e abracei suas pernas.

-Por favor. Vá comigo.- meus olhos já deixavam lágrimas grossas mancharem meu rosto e os soluços aos poucos se intrnsificavam -Eu te amo tanto, você pode procurar por um emprego por perto da mansão se é esso o problema, pode até mesmo me pagar depois que sair da faculdade, mas por favor… não me abandone. Vá comigo… eu te amo.- minha fala era meio embolada por causa do choro, mas ele entendeu.

-Tae… eu vou.- fitei seus olhos, que também estavam marejados -Eu vou meu amor… Eu te amo TaeHyung… eu te amo muito.

Se ajoelhou em minha frente e me beijou, aquele foi melhor do que qualquer outro. Ambos estávamos com medo ou insegurança, mas daria tudo certo, meus amigos iriam me ajudar em tudo. Eu estava feliz, e sentia que o Gook também.

-Bem… precisamos ir até sua casa e arrumar suas malas.- disse quando já estávamos mais calmos.

-Claro…- ele riu de leve com o nariz vermelho por causa do choro -Quando iremos?- perguntou se levantando e me ajudando a fazer o mesmo.

-Amanhã, as sete da noite.- foi fofa sua reação, seus olhos pequenos se arregalaram e sua boca ficou num perfeito formato de "O".

-A-amanhã mor? M-mas e a faculdade e…- o calei com um leve selar.

-Resolvermos isso amanhã. Cancelaremos sua matrícula na faculdade que você estuda e quando chegar-mos em Seul você fará um teste pra ver em qual turma entra.- me mostrou um olhar confuso.

-Já pesquisou sobre isso?- assenti com a cabeça -Devia ter imaginado mesmo.

-É… sou meio… empolgado?!- "afirmei" rindo.

-Eu diria louco. E se eu não aceitasse?- seu rosto era pensativo e sujestivo.

-Eu sabia que iria.- negou com a cabeça e me beijou.

-Anda… vamos pra minha casa, temos muitas coisas a fazer.- riu meigo e me puxou, peguei os capacetes e saímos do quarto indo em direção ao elevador.

- Quebra de tempo -

-Acha que falta algo?- perguntei ao menor que olhava o pequeno prédio.

-Acho que p-peguei tudo amor.- ele chorava baixinho abraçado à mim.

-Ainda da pra desistir…- apesar de não querer que ele desistisse, eu não o forçaria a nada. Sua felicidade em primeiro óbvio.

-Hyung... Eu vou com você.- sequei suas lágrimas e meu saeng me abriu um sorriso -Além de que já retirei minha matrícula, já me demiti e devolvi as chaves ao dono do prédio.

-É mesmo né.- sorrimos um pro outro -Vamos então.- ele concorda com a cabeça.

Ajudamos o taxista que nos esperava a por as coisas na mala do carro e entramos no carro. Fomos em direção ao aeroporto, descemos automóvel e agradecemos a ajuda do senhor, pagamos o serviço e entramos na grande área de espera. Eram por volta das 6:40 da noite, estávamos sentados num dos bancos do local ouvindo música e conversando aleatoriamente.

Nosso vôo foi chamado e logo estávamos dentro do avião. Sentamos nas poltronas e demos as mãos, Gook tinha a mão úmida de suor, ele estava nervoso.

-Vai da tudo certo meu anjo.- dito baixo em seu ouvido e deixo um selar em seu cabelo e ele me olha com os olhos preechidos de lágrimas.

-Eu sei hyung. Eu te amo.- sussurra contra meus lábios e os selas levemente.

-Te amo também saeng.- o abraço de lado -O vôo já saiu... Não vai se despedir?

-Sim.- ele olha pela janela e acena pra ninguém em específico, apenas pra cidade mesmo.

Dormimos por algumas poucas horas e logo fomos acordados pela comissária de bordo. Descemos e fomos pela grande portaria pegar todas as malas e outras bagagens trazidas pelo mais novo. Pegamos dois carrinhos para conseguir levar as coisas, mas logo avistei os meninos, Jin, JiMin, Kook e Nam estavam nos aguardando com placas onde estava escrito "Bem vindo à Seul ChinMae!" e "Bem vindo à família Gook!".

Olhei para o baixinho ao meu lado e tinha o naiz vermelho e os lábios num sorriso gigantesco. Ele devolveu meu olhar e pegou em minha mão, logo saindo correndo até os mais velhos que também corriam ao nosso encontro. Paramos em frente aos demais que nos abraçaram felizes.

-Bem vindo de volta Taetae hyung!- Jeon disse me abraçando.

-Obrigado Kook!- o soltei e abri um sorriso.

-Bem vindo ao novo lar ChinMae saeng.- ditou o Kim mais velho logo abraçando o mesmo.

 -Obrigado…- olhou pra mim ainda embolado no abraço e sussurrou um "Obrigado hyung" pra mim, que apenas sorri e repondi um "De nada amor" no mesmo tom.


Notas Finais


Então neh kkkk é isso e bem, espero REALMENTE Q GOSTEM!!!! Amanhã volto com att e a partir de agora tlv comece a ficar mais... A sla sknsksksks dsclp qlq erro de ortografia e bem amo vcs!!!!
NAUM DESISTAM DE MIM NEM DA FIC AAAAAAA
BJOOOOO ATÉ AMANHÃ (OU HJ NEH KSKSKSKS) 💗💗💗💗😍😍😍✊✊😣😣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...