História Un Unknown Killer-Kim Taehyung - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Monsta X, SHINee
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Min Hyuk, Minho Choi, Park Jimin (Jimin), Show Nu, Taemin Lee, Won Ho
Tags Amor, Drama, Romance, Violencia
Visualizações 564
Palavras 1.096
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lírica, Mistério, Policial, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura/ Amo vocês
▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪
Intro: Singularity
▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪
Se tiver erros, me desculpem.
▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪

Capítulo 5 - Unbearable girl


Fanfic / Fanfiction Un Unknown Killer-Kim Taehyung - Capítulo 5 - Unbearable girl

▪Garota Insuportável▪


Povs.On Jane

Olhei o ao redor, aquilo estava tão estranho. Não me parecia que só ele morava ali, estava tudo tão bagunçado.

Ou ele morava com alguém, ou ele era bem porquinho.

Parei com meus pensamentos ao ouvir novamente barulho dos seus sapatos.

Olhei para frente e o vi parado. Atrás do sofá. Me olhando.

-O que foi garoto?-ele piscou

-Vou fazer o jantar…-só agora tinha percebido que ele estava com uma blusa listrada, uma calça com o cinto amostra. Analisei-o e ele virou de costas indo em direção a cozinha.-Não é de falar, quando eu falo algo…não é?-subi minha cabeça e levantei meu corpo do sofá.

Tirando o casaco quente.Morrendo de calor.

Joguei-o no sofá e não tirei meus olhos do bandido misterioso. Cruzei meus braços e fiz cara de quem não ligava.

-Me diga seu nome, assim eu posso te responder-ele riu jogando o pano de prato em cima do balcão. Apoiando suas mãos.

-Não sabe quem sou eu?-neguei e ele umideceu os lábios sorrindo. Meu corpo tremeu com aquilo-Você não vê jornal, né garota?-ele estava me zoando?

-É óbvio que sei que é um ladrão…-ele me olhou apertando os olhos, saindo da cozinha.

Fez um bico e virou a cabeça. Ele me provocava.

-O ladrão mais procurado de Seul inteira-sorri, assentindo. Ele poderia ser aquilo tudo mesmo-Acha que eu brinco em serviço?-neguei abaixando a cabeça. Me segurando para não rir.

Ele colocou as mãos no bolso e negou com a cabeça virando de costas.

-Meu nome é Kim Taehyung!-falou breve e eu o olhei de longe.

Kim Taehyung. Precisava estuda-lo.

-Quer ajuda com a comida?-ele me regulou e negou novamente.

-Se sente-fechei a cara-E espere…-bufei pra mim mesma.

Eu era uma pessoa elétrica, não conseguia ficar parada.

Povs.On Kim Taehyung

A garota era insuportável, completamente broxante. Me fazia perguntas, como se eu fosse responder.

Me virei de costas pra sala e comecei a fazer o jantar. Como conhecia os meninos sabia que eles voltariam só pela manhã e eu teria de jantar com ela.

Eu ainda estava pensante com o assalto de hoje a noite, não foi algo legal. Algo deu errado, eu nunca fiz algo errado como fiz hoje a noite. Eu não sei o que eu errei, só sei que estava desanimado com aquilo. Eu tentaria arrumar.

Pelo menos eu voltei com o dinheiro em mãos.

Eu tenho uma história longa, eu mesma cansaria só de contar para alguém, era longa e dolorosa. Tenho ódio de quem fez até hoje.

-Oi…-sai dos meus pensamentos quando ouvi a voz falha da garota no meu ouvido. Parei de cortar o alho e a olhei.

-O que está fazendo aqui?

-Não quero ficar sentada-bufei pra mim mesma e vi que seria difícil ficar com essa garota na minha casa. Peguei no braço dela e a guiei contra o balcão. Ficando na sua frente.

-Não quero que fique atrás de mim...-segurei seus pulsos e ela se pôs a colocar suas mãos no meu rosto.

-aqui está sujo-antes dela encostar, a impedi.

-Não encoste no meu rosto...-soltei suas mãos-Vai se sentar!-ela bufou e revirou os olhos não saindo, apenas cruzando os braços. Antes de eu falar algo, ela me interrompeu.

-Você é super chato Taehyung!

Povs.On Jane

A casa era realmente bagunçada, mas não podia notar o quanto ele era organizado. Sim, era estranho falar isso, mas…parecia que a bagunça não era dele.

O observei, seus passos, suas costas e depois me levantei indo até a cozinha.

Ele me impediu de ajudá-lo ou qualquer outra coisa.

-Não faça eu ficar bravo!-Me regulou, eu fiz o mesmo. Ele se virou voltando a fazer a comida.

Me cheirei. Estava completamente imunda.

Voltei a cruzar os braços.

-Eu posso tomar banho pelo menos?-ele bufou soltando a faca

-O que?-encostei na minha blusa branca, que estava suja.

-Banho-citei a palavra devagar, ele umideceu os lábios. Por que aquilo me incomodava tanto?

-Vá se sentar-voltou a se virar. O que?

-Vai falar isso toda hora agora? Não posso nem pelo menos tomar um banho?-minha voz era a única ali

Antes de eu continuar, senti suas mãos tocarem meu pulso e me puxar para fora da cozinha.

Ele me guiou por um corredor e adentramos a ultima porta a direita. Vi que era um quarto. Ele me jogou na cama. E abriu o seu armário me mostrando algumas roupas.

Analisei o local e foi quando me assustei ao ver correntes pequenas penduradas nas paredes.

-Por que tem correntes nas paredes?-ele se virou jogando uma blusa grande branca na minha frente. E olhou a parede.

-Isso não vem ao caso-sorriu e eu tinha ficado curiosa-Levanta-me mandou e eu fiz, ele voltou a me puxar e pegou uma toalha no caminho. Me parou em frente à uma porta-Entre, aí é o banheiro!Não tente dar uma de esperta, estou aqui do lado!-revirei os olhos imitando sua fala sem som.

Adentrei o banheiro, que era no mínimo arrumadinho. Deixei a toalha e tranquei a porta. Olhei mais uma vez o ao redor antes de me despir. Tirei meu casaco e o deixei de lado.

Povs.On Kim Taehyung

Voltei para a cozinha e escutei a porta ser trancada, depois de um tempo o chuveiro ser ligado.

Fiz a comida em paz, finalmente. Depois de 5 minutos a garota saiu do banheiro.

-Onde eu posso deixar a toalha?-sequei minhas mãos

Tive tempo de fazer o arroz e a carne estava quase pronta. Estendi minha mão e peguei a toalha, a deixando no sofá.

-Hum…que cheiro bom!-elogiou e eu mexi na carne, para não deixa-la queimar-Você é bom na cozinha,Taehyung?-me virei a regulando. Onde ela achava que tinha essa intimidade?

-Aprendi pouco…-respondi vagamente sua pergunta

-Entendi…-ela se sentou na cadeira do balcão e apertou suas mãos. Eu poderia observar aquilo.

Percebi que ela não desgrudava daquele casaco.

-Você quer outro casaco?-perguntei indo em sua direção

-Não...estou bem com esse-o ajeitou. Era um marrom grande. Nem parecia dela.

-É especial pra você?-ela me deu atenção

-por uma parte sim-Jennie não me parecia estar feliz. Mas eu não estava interessado em saber se tinha acontecido algo com ela.

Ignorante? Só um pouco.

Voltei a cozinhar. Daqui a minutos ficaria pronto.

Povs.On Jane

Taehyung se é que poderia chama-lo assim, me regulava na maior parte das vezes. Qual o problema dele? Ele era tão…na dele. Tão grosso.

Voltei a observa-lo enquanto ele cozinhava. Minutos depois a comida já estava pronta, identifiquei pelo cheiro. Estava delicioso.

Ouvi um barulho de prato, me levantei, pulando da cadeira da bancada.

Ele encheu o meu e o colocou no balcão, agradeci. Me sentando.

Eu estaria jantando com um ladrão? Ai, Ai Emma aonde você foi parar?

Eu tinha que voltar pra casa.


Notas Finais


OK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...