História Un Unknown Killer - Kim Taehyung - Capítulo 61


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Monsta X, SHINee
Personagens Hyung Won, I'M, Joo Heon, Ki Hyun, Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Min Hyuk, Minho Choi, Park Jimin (Jimin), Show Nu, Taemin Lee, Won Ho
Tags Amor, Drama, Romance, Violencia
Visualizações 383
Palavras 1.298
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lírica, Mistério, Policial, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura/Amo vocês
▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪
Intro:Singularity
▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪
Se tiver erros, me desculpem
▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪▪

Capítulo 61 - Help


Fanfic / Fanfiction Un Unknown Killer - Kim Taehyung - Capítulo 61 - Help

▪Ajuda▪

Povs.On Jane

Engoli em seco e não tirei meus olhos dos dele. O que ele estava fazendo aqui? Ele conhecia HyunWoo?

Abaixei a cabeça e tentei pensar sobre aquilo. Seu olhar era de "Te peguei" e me dava medo.

-O que há com você?-Me encarou e eu saí dos meus pensamentos-Comprimente Austin!-tocou no meu ombro. Eu não iria cumprimentar aquele bosta.

Levantei minha cabeça e apenas o encarei.

Ficamos um bom tempo naquilo.

-An...ela não está obedecendo hoje…-HyunWoo falou e eu ainda mantinha meus olhos em Austin.

-Tudo bem…eu entendo-sorrio forçado pra mim

-Bom…Eu andei pensando ultimamente e acho que eu vou precisar muito de Hyungwon…-tentei olhar em outra direção, mas não conseguia. Milhares de vezes os olhares de Austin vinham para mim-Dele, de ChangKyun e Hoseok…se é que me entende-Austin riu tentando ser amigável-Então...Eu vou precisar da sua ajuda-levantei meu olhar, desta vez para HyunWoo.

-Para o que seria?-observava a conversa dos dois. Com um grande frio na barriga.

-Acho que com o afastamento de Hyungwon, você poderá entrar no lugar dele-meus olhos se arregalaram-Será um passatempo para Emma…-engoli em seco

-Se prefere assim-não

-Este tempo que estarei em trabalho, quero que mantenha seus olhos em Emma-ele assentiu-Leve o café da manhã, o almoço e sua janta…trate ela como uma verdadeira rainha-ele assentiu confirmando com tudo. Aquilo não poderia estar acontecendo-Emma pode ser livre pra conversar com as outras garotas, mas fique de olho nela-passei a mão no meu braço-Bom, eu vou ter uma reunião…agora-olhou no seu relógio de pulso-cuide dela pra mim por favor…-sorriu e se inclinou em minha direção-obedeça…Eu voltarei logo-engoli em seco e ele saiu por aquela porta, me deixando completamente sozinha.

Austin tinha um sorriso nos lábios, mas os fechou assim que HyunWoo saiu.

Ele iria começar a falar, mas eu senti alguém atrás de mim. Me virei um pouco e consegui ver a mesma senhora que tinha me sentado a mesa.

Seu olhar foi para Austin e depois para mim.

-Pode me acompanhar?-seus olhos seguiram os meus. Assenti na hora.

-Ela vai ficar…não ouviu o que HyunWoo falou?-ele tomou o meu pulso

-Eu sou velha, mas ainda não estou surda-tocou na minha mão, a segurando-tenho o direito de cuidar das garotas nessa casa e não é você quem vai tirar isso…-me virou-venha comigo-assenti e vi de longe Austin parado naquela cozinha.

Eu estava agradecendo muito. Ela chegou na hora certa.

Tentei não olhar pra trás, queria evitar o meu medo.

-Vamos subir…-começamos a subir as escadas e ela foi super amigável comigo no caminho. Acariciou minha mão me trazendo conforto.

Passamos pelo corredor do quarto das meninas e por fim uma porta que eu nunca tinha notado ali.

-Venha…entre-ela pareceu olhar para o corredor. Adentrei o local. Um pequeno quarto, uma cama solteiro, um guarda-roupa e uma prateleira num total de três livros. Sorri. Que adorável.

-É seu quarto?-me virei pra porta e vi ela a fechar finalmente.

-Sim...gostou?-notei seu rosto cansado, mas assenti.

-Quem é você?-ela sorriu e reverenciou apertando um pouco do seu vestido gastado.

-Sanbi…prazer-reverenciei

-Jane Emma…-sorriu amigável-O que faz aqui?

-Sou a governanta dessa casa-assenti-Desculpe, mas eu tive que tira-la de perto dele, não me parecia confortável-ri baixo

-e não estava-ela passou a mão na sua franja caída.

-você o conhece?-assenti e ela se aproximou

-ele é o que seu?-mordi o canto do lábio e desenhei seu rosto. Ela me parecia ser legal.

-Meu ex-ela tossiu falho

-Ex?-assenti

-meu ex namorado…-Sanbi me parecia preocupada.

-Quantos anos você tem Emma?

-Dezessete…-ela abaixou a cabeça negando-Por que?

-Você não deveria estar aqui-assenti-HyunWoo não para…-passou a mão na sua testa-Não quero que faça aquilo com ele…-neguei

-eu não vou fazer…-ela passou a mão no seu braço

-dizer que não vai fazer algo nesta casa é bem difícil-abaixou a cabeça-Queria impedi-lo...-me aproximei

-não estou entendendo…

-sua noite é amanhã...-ela pareceu se despertar. Caminhou até o seu pequeno armário-Ele me pediu pra te entregar algo…-passou suas mãos ali. Procurando algo.

-Ele quem?-tirou uma caixa dali

-HyunWoo…-me deu nas mãos-Aqui está...-engoli em seco abrindo devagar a caixa.

Vi que ali tinha uma lingerie. Preta.

-Eu não vou usar isso…-ela olhou em minha direção.

-também não queria que isso acontecesse com você...-neguei me afastando

-Não pode impedi-lo de fazer isso comigo?- Ela negou

-A única coisa que faço é preparar vocês…e cuidar de vocês-abaixei a cabeça-Lembro do primeiro dia de Liz aqui…ela estava igual a você-abaixei os ombros-com medo, apavorada-segui seus olhos

-eu não sou virgem...-ela assentiu

-eu fiquei sabendo disso…-voltei a olhar pra caixa-Emma...vá para o quarto das meninas e fique lá até eu te chamar...-tomou o objeto das minhas mãos-Eu cuido disso…-passei a mão nos cabelos, tentando ficar calma-Não fique assim minha querida...tente conversar com ele-neguei me aproximando

-Ele não sabe o que é conversar...-eu não estava mais aguentando ficar ali-ele acha que conversar é passar a mão, beijar forçado…-ela me encarou sem falar. Me segurei pra não chorar e ela me abraçou de lado.

-Prometa que vai tentar ficar bem…-abaixei a cabeça

-eu não sei se dá pra ficar...

Povs.On Lee Minhyuk

Ouvi de longe a conversa da cozinha e pude receber a nova notícia de que Hyungwon não ficaria mais responsável por Emma. E sim o mensageiro.

Eu poderia conversar com HyunWoo para tomar posse e poder ficar ainda mais próximo de Emma, mas ele anda tão ocupado. Entra na sala dele com dois ou três homens e fica durante horas ali. E além disso eu apenas monitoro quem entra e sai da casa.

Ele nunca me daria essa posse.

Passei mais outra vez pelo corredor, depois de ter falado com as garotas da ala dois. E pude ouvir gritos ainda mais de fundo. Os que eu sempre ouvia, mas não sabia de quem era.

Eu queria tanto poder andar na ala cinco. Onde anda Emma.

Mas, eu não tenho esse poder. Nem se eu tentasse entrar escondido.

Fechei meus olhos tentando passar sem acolher nenhum tipo de vontade de ir atrás daquela voz.

Entrei na ala um e passei por uma das portas que estavam encostadas.

-Ah...-abaixei meu olhar quando senti um corpo ir contra o meu.

-Oh me desculpe-ajudei Sanbi 

-Não foi nada Minhyuk…eu que ando atrapalhada esses dias-ajeitou sua franja caída. Neguei.

-Não se desculpe…eu que estou distraído-ela me olhou-E você está exausta!

-Não, não Minhyuk!

-Tem certeza que não quer ajuda?-ela continuou a negar freneticamente. Ela sabia que eu sempre pediria.

-Não, por favor Minhyuk…eu estou bem, irei fazer o jantar agora-tomei a mão da senhora

-Certeza?-insisti e ela acariciou a minha, me olhando adoravelmente.

-Certeza meu querido...você é um garoto de ouro-passou sua mão no meu maxilar e eu reverenciei.

-Descanse!-ela assentiu enquanto saia, com passos lentos. Como ela sempre fazia naqueles corredores.

Neguei com a cabeça e continuei a andar. Mas ouvi uma outra voz de longe. Me virei na direção e vi uma cabeça pela porta.

-Cloe?-perguntei balançando um pouco da minha pro lado e caminhando em sua direção. Vi outra cabeça surgir.

-Venha logo…-Liz falou rindo e eu fui ainda mais rápido.

Senti alguém me puxar pra dentro do cômodo.

Povs.On Jane

-Como sabia que era a voz dele?-Cloe riu e eu via o monte de garotas em cima de Minhyuk. Umas acariciava o seu cabelo loiro, outras sua roupa e o resto ficava mandando chamego.

-Ok, meninas…já chega!-Liz falou espalhando todas. Ri abafado, mas tentando evitar. Senti o olhar de Minhyuk ir contra o meu. Aquilo por algum motivo fez meu rosto queimar.

Desviei umidecendo meus lábios.

-O que querem comigo?-ele perguntou enquanto ajeitava sua roupa-Não posso ficar muito com vocês…

Hannah deslizou uma cadeira na direção dele.

-Sente-se…precisamos da sua ajuda-neguei com a cabeça. Não acreditando que elas iriam fazer mesmo o que estavam planejando.

-O que seria?-ele voltou a perguntar, enquanto se sentava um pouco confuso.

-Sabe…Minhyuk…temos três garotas pra essa noite-Hannah se sentou abusada na coxa esquerda do garoto.

-E o que Tem?-a olhava. Abaixei a cabeça, engolindo em seco. Um pouco incomodada.

-Você vai ver!- ela sorriu esperta e se levantou saindo do colo do loiro.


Notas Finais


OK


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...