1. Spirit Fanfics >
  2. Unbelievable Love >
  3. As amizades

História Unbelievable Love - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Gente essa história tem tudo haver com o universo A.B.O e ao mesmo tempo nada haver

Capítulo 2 - As amizades


- Yoorim? 

- Me deixa dormir Serim! 

- Acorda logo demônio! - ela puxa minha coberta e eu rosno 

- As vezes eu adoraria que você fosse ômega

- E eu que você não fosse tão chata - ela diz e agora puxa meu pé

- Aí tá bom eu levanto! - me desenrosco dos lençóis e me levanto ainda com preguiça, me espreguiço e arrumo minha regata 

- Como é possível você acordar sem nenhum cabelo fora do lugar? 

- Também não sei - vou até o banheiro e lavo meu rosto, escovo os dentes e tomo uma ducha. Troco de roupa e então vou ao quarto do meu filho vendo que ele não estava lá 

- Mas que aldacia a nossa é o que você deve estar pensando né mamãe? - Serim fala fazendo uma voz fofinha com o meu filho no colo - Ele acordou agora a pouco também 

- Me dá essa peste aqui - pego ele no colo e vou até o banheiro...

Depois de deixar meu garoti ho cheirando a rosas eu o visto e finalmente desço lá pra baixo 

- Bom dia Aisha 

- Dia por que não sei o que tem de bom - ela ri - Não me acordem enquanto eu durmo! 

- E tem como te acordar quando você está acordada? 

- Do jeito que essa aí é preguiçosa dorme até de olho aberto - dou um tapinha na cabeça de Serim 

- Se cala sua boca - aponto o dedo na cara dela que serra os olhos 

- Só digo que não fui eu que dormi dois dias seguidos 

- Se cala sua boca! - lhe dou mais um tapa

- Não se batam na frente do bebê! - Mia diz e pega o Hyung, que ria, no colo e senta com ele a mesa 

- Hmmm bolo de chocolate! 

- Além de preguiçosa é esfomeada 

- Cala a boca Serim! - rosno e ela ri 

- Quantas vezes eu tenho que falar que isso não me afeta? 

- O rosnado não é proposital idiota! - acabo rosnando de novo e dessa vez quem ri de gargalhar é o Taehyung - Ah você ri mocinho? 

- A uuuuuu! - ele volta a gargalhar e todas nós rimos 

...

- Aish eu não queria vir pra escola 

- Você nunca quer fazer nada Aisha

- Mia posso bater na sua amiga? Tá com muita intimidade pro meu gosto - ela ri com o meu olhar. Já estávamos na escola, eu havia deixado Taehyung com o tio de Miyeon que também cuidava dos gêmeos quando as duas iam pra escola 

- Vocês são Ilárias - ela diz se esburrachando de rir 

- Agora mudando de assunto... Por que que tá todo mundo me olhando como um bando de abutres? 

- Por que você tá gostosa pra caralho talvez? Isso se chama comer com os olhos - eu rio 

- Não sou só eu que eles estão comendo só pra avisar - digo rindo e elas ficam vermelhas - Mas a única que eu queria que olhasse não tá nem aí 

- É aquela garota de ontem a noite?

- É ela mesma - rio - Mas ela só olha para aquela garota alta ali - digo com uma pontada de... Ciúmes? Não eu não podia ter ciúmes daquela... Argh! Por que nem insultar ela eu consigo mais?! Até ontem conseguiria facilmente! 

- Oi! - o poste vem até a gente... Sim eu vou chamar ela de poste embora eu seja mais alta que ela 

- Oi - Serim e Eunji respondem mas eu continuo quieta até elas me darem um cutucão

- Ah... Oi - digo sem entusiasmo nenhum e Yiren me encara... Meu coração errou umas 70 batidas só com essa encarada deixando bem claro 

- Eu sou Kim Sihyeon

- Só a Yoorim me conhece então eu sou Wang Yiren 

- Park Jiwon - não estava prestando atenção em basicamente nada do que elas falavam e apenas me concentrei em Yiren e o seu sorriso muito fofo até Mia me cutucar

- Fala de você sua hipnotizada 

- Deixa eu ficar olhando pra- - vejo o olhar atento de Yiren e sinto minhas bochechas esquentarem - Pra onde eu quiser é isso... Pra onde eu quiser... - estava hipnotizada nos olhos de Yiren ainda e ela me encarava com um sorriso sacana, em um vacilo acabei deixando meus olhos prenderem para seus lábios 

- Aisha? - Onda me tira dos meus pensamentos e é então que eu me toco que ainda não havia me apresentado 

- Heo... Heo Yoorim -  digo e Sihyeon sorri 

- Prazer - ela olha fixamente em meus olhos e de repente escuto uma voz em minha cabeça - "Mais um pouco e teria beijado ela" 

- O que disse? - as meninas olham pra mim e Sihyeon ri sacana 

- Hmmm - ela ri - Não sabia que podiam fazer isso 

- Fazer isso o que? 

- Depois nós falamos sobre isso - ela diz ainda com uma expressão... Curiosa - " E deixando bem claro... Esse poder não é meu" - assim que volto a olhar pra Yiren ela pisca e é aí que eu começo a entender um pouco mais sobre seu ódio ontem... Vou começar a investigar essa garota 

...

- Eu tô te dizendo... Aquelas garotas são muito estranhas 

- É... De uns tempos pra cá aquelas três realmente mudaram em algo - Shuhua diz comendo seu hambúrguer

- Elas realmente estão estranhas... Juro pra vocês! - será que elas sabem de algo? - eu espero que não 

- Venha - escuto uma voz na minha mente e me levanto de súbito... O que é tudo isso? - Só vai descobrir se vier 

Saio da mesa e vou caminhando até o corredor... Sihyeon está parada ali com um sorriso 

- Então você escutou... Yiren estava certa sobre você 

- Do que estão falando? 

- Ah... Apenas venha - ela vira e começa andar - Não irá vir? 

- Aish que droga! - meus olhos mudam de cor e eu apareço em sua frente, segurando seu pescoço - Me fala logo que porra é essa! 

- S-se acalma! Eu só quero te explicar o por que... Eu vou perder o ar - a largo e ela respira fundo - Não era pra eu te contar nada sobre isso... O por que Yiren é daquela forma... O por que - ela para de falar subitamente

- Já não falou de mais Sihyeon?! - a voz da garota estava bem rouca - Se eu fosse você calava a boca 

- Não ela não vai calar - sinto todos os pelos do meu corpo eriçados e minhas orelhas aparecerem - E é bom você não se aproximar... Quem é você?

- Não tenho que lhe dar satisfa- - seguro seu pescoço e ele ri em escárnio - Vejo que é fortinha 

- Eu vou quebrar você no meio se não falar 

- Seokjin sai daqui - rio mais ainda que ele, que se assusta 

- Seus olhos são laranjas garoto... Então se eu fosse você sairia rápido daqui... Essa história não tem nada haver com você - ele se assusta mais ao ver meus olhos da cor azul 

- Você não me - assim que eu viro o pescoço o dele quebra e depois volta ao normal 

- Apenas saia daqui - o largo e ele sai correndo - Que muleque idiota não é? 

- Você assusta mais que ele - e então me lembro o motivo, os olhos voltam a cor normal e eu respiro fundo 

- Me perdoe... Mas sobre o que estava falando? 

- Vem... Ela ainda pode estar vendo - segura em minha mão e me leva até o terraço - Pronto... Yiren ainda não tem um alcance tão grande 

- Como assim? Do que está falando?  

- Ah... A Yiren sempre foi assim... Estranha aos olhos dos outros... E bem... Isso tem um motivo... Ela é uma mutação

- Ah... Isso eu já percebi - digo normal 

- E você sabe qual a mutação? 

- Eu pensava que era a cinza mas... É estranho 

- Não a dela não é a cinza... Sabe... Você tem poderes bem altos... Por que não contou pra elas?

- O que? 

- Que a sua mutação não é a azul - olho pra ela com a raiva - E sim a safira negra 

- Calada! - ela se assusta - Por favor não fale sobre isso a elas 

- Eu não falarei nada - ela sorri - Desde que não fale a Yiren que te contei qual é a dela

- E então... Qual é?

- A dela é dourada - respiro fundo - E você sabe o que dizem sobre quando dois voláteis se apaixonam não é? 

- Eu não me apaixonei por ela! - respiro fundo 

- Sabe que não pode negar... Já estão fadadas a isso 

- Eu não quero... Não quero machucar ninguém - me sento no chão e ela me abraça 

- E você não vai - acabo involuntariamente chorando - A não ser que faça o certo 

- O- oque? 

- Lembra? Os caminhos mudam conforme o tempo... E pelo jeito que começaram estão indo bem - ela sorri - Se nunca partirem o coração uma da outra não estarão fadadas a-

- Nunca encontrar o amor novamente - ela concorda e eu volto a chorar - Da última vez que eu encontrei um dourado... D-dá última vez eu... 

- Ele quebrou o seu coração - ela diz e eu concordo - E depois virou

- Aquela coisa - digo pra ela com ódio - Então não deveria ser possível!? Eu não devia me apaixonar de novo! 

- Mas você esqueceu não é?! Se do fruto do amor perdido nascer de sangue o renascido então o futuro será reescrito 

- Aish como eu odeio essas metáforas idiotas 

- Quem não odeia?! - ela diz rindo - Mas... Ele nasceu não é? 

- Taehyung... Ele é o renascido? 

- Ele é quem pode manter os corações unidos... Ele é como o anticristo - sorrio 

- Meu bebê pode salvar a minha vida? - ela segura meu pulso e o vira 

- Ah se pode! - ela diz animada e mostra meu pulso pra mim... De repente a gravura em meu pulso mudou, o nome que apareceu ali pra mim me fez derramar mais lágrimas 

- Falando de mim? - aí que susto do caralho! 

- Como achou a gente?! - Sihyeon pergunta já com medo 

- Eu não te pedi pra não contar?! - de repente a pose sarcástica de Yiren some e ela olha pra Sihyeon desapontada - Não tenho certeza se é ela!

- Mas e se for?! Ela é safi- 

- Calada! Eu sou safira azul e acabou essa história - passo do lado de Yiren e os olhos dela brilham em dourado. Quando vejo estou novamente em sua frente - Tem como não usar seus poderes em mim?! 

- Eu não usei... - Sihyeon ri - Aí tá bom eu usei! Me desculpa 

- Só... Não faz de novo por favor... Não gosto que usem esse tipo de poder em mim - a cor dos olhos dela mudam de novo pra dourado 

- Você não se assusta? - passo a mão pela sua bochecha 

- Não não me assusto - sorrio de forma gentil... Assim que sinto algo se mexer sobre minha cabeça percebo que de novo aquilo estava acontecendo - eu estava me tornando vulnerável - de novo

- Os seus também são lindos - ah eu vou me derreter 

- Gente... Temos que voltar... O intervalo já vai acabar... 

- Claro... Nós já... Já vamos - saio do transe e minhas orelhas somem, os olhos dela mudam de cor e voltam ao castanho 

- Não mencione isso a ninguém ok? As garotas ainda... Ainda não sabem sobre - Yiren diz 

- Ninguém deveria saber... Meu pai ele... Só não fez experimentos em mim por que ele pensa que eu sou safira azul... Que são voláteis mas não tanto assim - digo e ela ri 

- Seu pai? Ele deve ter medo de você 

- Também acho - Yiren já havia ido pra sala... Nunca vi alguém tão preguiçosa pra descer uma escada... Ata já vi sim eu ;-; 

- Mano a Yiren é preguiçosa pra descer uma escada véi - ela diz rindo 

- Minha vontade era fazer o mesmo que ela mas não queria te deixar sozinha 

- Só não entendo por que os cinzas só conseguem se comunicar mentalmente

- Eu daria tudo pra fazer o que vocês fazem... Qual é vocês prevêem o futuro! 

- Mas não fazemos nada além disso

- Se comunicam mentalmente

- Mas não nos teleportamos ou conseguimos sei lá... Quebrar ossos de pessoas com a mente! 

- Mas conseguem transitar livremente pelo passado e presente sem afetar porra nenhuma 

- Do que estão falando? - mas que porra! Todo mundo aparece de Nárnia! 

- Nada O-Onda - por que ela gaguejou... Ah já sei 

- Onda cor dos olhos de lobo 

- An... Verde com traços amarelos? - ela diz e eu rio mais ainda 

- Então você tem queda por betas é? - pergunto quando ela me dá passagem pra sua mente 

- Cala sua boca! Você tem um penhasco por alfas! 

- Dane-se - digo sarcástica - Você gosta de alguém que não se afeta fácil 

- Eu sei! Mas não custa nada tentar! 

- É... Gente? 

- Ah foi mal - digo meio área ainda e vejo um vislumbre dourado vir em minha mente - Tava só distraída - o que ela quer agora? - Onda minha amiga... Pra que sala vamos 

- Ooook... Nós vamos pra química - "Ah não você não vai pra química"

- Mas que porra sai da minha cabeça! - Onda me olha confusa e eu rio - Calma tá... Não é com você é com a vaca da- 

- Calada - Sihyeon diz - Lembra?

- Nossa como vocês estão estranhas 

- Desculpa é que tivemos uma conversa meio estranha e um certo alguém está gostando de alguém que acabou de conhecer 

- Ah... Talvez eu também esteja gostando de alguém que acabei de conhecer - xii vai dar namoro viu?! 

...

- O que aconteceu naquele terraço? 

- Yiren me pediu pra não contar 

- Qual é a gente já sabe sobre a mutação genética! 

- Mas não sabem qual é a mutação dela! 

- E ela não quer que conte?  

- Não... Se não eu teria que contar todo o resto e... É cansativo - digo e me jogo no sofá - Eu não... Não tô afim 

- Então vamos mudar de assunto... Você se desgastou muito hoje então eu te fiz um bolo! - ela traz um bolo de fubá e cobertura de goiaba

- Obrigada Mia eu me cansei mesmo... Tudo que eu queria era dormir por horas mas tudo que eu vejo são a porra daquele olhos dourados - Onda ri e Mia também

- Falei que conseguia fazer ela falar não falei? 

- Aish vocês duas viu?! Eu vou morrer amanhã 

- Vai morrer hoje mesmo - deu nem tempo de me mudar pra outro país - Sabe que eu te encontraria até em Marte não é? 

- Eu infelizmente sei Yiren - ela estava atrás de mim com as mãos em volta do meu pescoço enquanto as duas a nossa frente nos olhavam pasmas 

- Como isso é possível?! 

- Tem tanta coisa que a gente tem que explicar - escuto o choro do meu bebê - Mas agora não dá - me teleporto e pego ele no colo - Oi meu amor ~ como eu amo esse muleque - Mamãe tá aqui... Pronto pronto - volto pra sala - dessa vez pela escada - e elas sorriem ao ver o pequeno Taehyung... Serim e Eunji menos yiren que continua séria 

- Esse é o nosso "anticristo"? 

- É ele mesmo! -  digo sorrindo boba e acabo arrancando um sorriso dela também 

- Aí gente que fofura! Vocês dariam uma boa família!

- O que?! Não! - dizemos eu e ela em uníssono

- A bububu! Aaaaa! Uuuu! 

- Ele concorda - digo rindo

- Agora sentem aí Claudias temos muito o que falar

Continua




Notas Finais


Então deixa eu esclarecer algo aqui... A fanfic e bem diferente do que a maioria tá acostumado. Tem magia e tudo mais nas entrelinhas. Se tiver algum erro ou se tiverem algumas ideias apenas comentem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...