História Unconditionally - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Dragon Ball
Tags Gochi
Visualizações 85
Palavras 907
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 16 - Descobrindo coisas


Goku abriu os olhos lentamente se acostumando com a claridade. Rodou os olhos tentando reconhecer aquele lugar. 

Virou a cabeça lentamente para o lado e viu Chichi dormindo em uma poltrona ao lado da cama.

Junto forças para chama-la.

-Goku! Que bom que acordou._Ela se ajoelhou ao lado dele._Como está se sentindo?

-Eu não sei.

-Está se sentindo mal?

-Não.

-Está se sentindo bem?

-Não.

-O que está sentindo?

Ele tentou se levantar,mas Chichi o empurrou para voltar a se deitar.

-Eu estou com dor de cabeça e dolorido. E muito confuso.

-Goku... Você lembra o que aconteceu ontem?

-Ontem? Bem..._Ele fechou os olhos e franziu o cenho._Eu só me lembro de ficar mais tempo na academia. Apenas isso.

-Goku... Eu te encontrei desmaiado num beco próximo a academia em meio a chuva. Alguém te espancou. Não consegue se lembrar?

-Não._Ele sussurrou.

Ele levou a mão a cabeça para tentar suportar a Dor.

-Ei... Não mexa, está ferido._Ela levou as suas mãos a cabeça dele e analisou seus ferimentos.

-Que horas são?

Ela olhou no relógio em seu pulso.

-09:16. _Ela deu um sorriso fraco e desceu as escadas,voltando com uma bandeja com café da manhã para Goku.

-Eu imaginei que iria acordar com fome._Ela pôs na cama e ele se sentou. Ela sentou na poltrona e bocejou.

-Você dormiu a noite inteira nessa poltrona?_Ele perguntou levando uma uva a boca.

-Anh? Não,eu não dormi. Voltei ao beco que te encontrei.

-Achou algo lá?

-Na verdade..._Ela pegou sua bolsa e tirou de dentro dela uma pequena faca ensanguentada._Eu encontrei essa faca lá. Você não tem cortes profundos, então essa faca foi usada para fazer esse desenho em sua testa.

-Desenho?

Ela lhe entregou um espelho.

Ele analisou e suspirou.

-Como isso foi acontecer?! Eu treino para me defender,e eu simplesmente não consigo.

-Você não teve culpa,Goku. Podem ter te drogado._Ela bocejou mais uma vez.

-Me desculpe,Chichi.

-Pelo que?

-Tirei seu sono.

-Tá tudo bem,Goku.

-Não, não está. Deite aqui.

-O quê?_Ela perguntou assustada.

-Você passou a noite acordada por minha culpa,estou em seu quarto,na sua cama.

-É por esse motivo que não devo me deitar, você está aí.

-Chichi,a cama é grande o suficiente para duas pessoas deitarem. Deite aqui._Ele soou autoritário.

Ela se levantou e foi para o outro lado vago da cama. Se deitou e se cobriu, observando Goku comer.

-E Raditz?

-Ele e eu estávamos te procurando. Já liguei para ele pra avisar que você está bem.

Ele ficou em silêncio voltando a comer.

Chichi sentiu suas pálpebras pesadas e se entregou ao sono pesado que viera.


Em outro lugar...


-Conseguiu?

-Não, não pude matar ele.

-Por que não?

-Apareceu dois homens no beco em que estávamos. Não pude terminar o serviço.

-Idiota. Essa era nossa chance.

-Me desculpe,mas teremos mais oportunidades para apagar Kakarotto. 

-É, você tem razão. Fique de olho nele,e na Advogada dele.

-A advogada? O que ela pode fazer?

-Inutil. Ela está o ajudando. 

-Foi mal,Broly.

-Vá logo.

Ele se retirou.

Broly massageou suas têmporas.

-Como ele foi?_Um jovem de cabelos brancos perguntou.

-Péssimo,Zamasu, péssimo. 

-Foi tão ruim assim?

-Sim. Ele não matou o Kakarotto e ele acha que dois homens podem ter visto.

-É um babaca. O que vamos fazer?

-Vamos pressionar o Turles para ele fazer logo o que pedimos.

-E se ele não o fizer?

-Mataremos ele._Broly deu um sorriso.


...

Flashback


Goku estava treinando arduamente na academia. Abaixou -se para pegar sua garrafa d'água e não a encontrou lá.

-Mas que porra...

-Esta é sua garrafa?

-Sim. Onde a encontrou?

-Ela tinha rolado para lá.

-Obrigado.

Estranhou o fato de não ter visto sua garrafa rolar para qualquer canto,e aquele sujeito não esbanjava confiança.

Ignorando suas impressões,bebeu a suposta a água em sua garrafa e voltou a se exercitar.

Logo depois sentiu sua visão ficar turva e se entregar ao repentino sono que viera.

-Ah,bela adormecida._Ele pôs o corpo de Goku em seus ombros,o levando para fora do recinto.

Jogou o corpo de Goku no chão e começou a espanca-lo.

Socava e chutava o corpo inconsciente de Goku.

Ele pegou uma faca em seu bolso e aproximou da testa de Goku.

Deslizou a faca até seu peito e a pressionou contra o coração dele levemente.

Sentindo uma onda de lembranças vir a tona,jogou a faca longe e se afastou do corpo.

Passou as mãos pelo rosto.

-O que eu estou fazendo com ele? Porra.

Ele saiu de perto de Goku.


...

Na casa dos pais de Goku


-Turles!

-Oi, mãe.

-Onde estava ontem a noite?

-Ontem? Estava ocupado.

-A Maron precisou de ajuda e seu pai não podia ajudá-la.

-Sinto muito.

-Tudo bem. Tem notícias de Goku?

-Não. 

-Mas eu tenho._Raditz disse adentrando o cômodo.

-Como ele está?_Turles perguntou.

-Está bem. A Chichi encontrou ele num beco e cuidou dele.

-Chichi? Esse nome não me é estranho.

-Deve ser impressão sua, mãe.

-É, talvez.


...

Na casa de Chichi


Chichi acordou sentindo seu cachorro se deitar em seus pés.

Ela sorriu para ele e foi ver as horas.

14:12

Como ela havia dormido!

Virou para o outro lado e viu Goku em um sono tranquilo.

Suspirou alegremente ao constatar que alguns machucados e roxos já estavam desaparecendo do corpo dele.

Ficou encarando o rosto de Goku por alguns minutos, até ele se aproximar mais dela enquanto dormia.

Ela corou ao lembrar que Goku estava nu.

-Por que está vermelha?_Ele perguntou sério.

-Eu?!

-É claro,Chichi.

-É que... 

Goku continuava a esperar uma resposta, até ele se sentar,jogando as cobertas para o lado de Chichi,constatando que estava nu.

-Ah, é por isso?

Ela não deu resposta.

-Chichi,fique tranquilo quanto a isso,Ok? Não irei fazer nada com você,a menos que você queira._Ele disse com sua voz sedutora.

Chichi se estressou e se levantou da cama.

-Eu não quero nada.

Ele riu do stress dela. 

Ela ficava linda daquele jeito. Estava com raiva e ao mesmo tempo corada,pois ele não se preocupou em se cobrir novamente.

Ela jogou uma toalha para ele.

-Vá tomar banho e deixe de ser pervertido.

Ele riu.

-Como é incrível quando está raivosa.

-Para de me tentar, estúpido.

Ela saiu do quarto bufando,deixando Goku gargalhando em sua cama.





Notas Finais


E agora.
Turles ou Vegeta?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...