História Uncontroled Love, Billdip - Capítulo 2


Escrita por: e Biachan8888

Postado
Categorias Gravity Falls
Personagens Bill Cipher, Candy Chiu, Dipper Pines, Gideon Gleeful, Grenda, Mabel Pines, Pacifica Northwest, Personagens Originais, Soos Ramirez, Stanford "Ford" Pines, Stanley "Stan" Pines, Waddles, Wendy Corduroy
Tags Billdip, Gravity Falls, Mabcifica, Yaoi
Visualizações 368
Palavras 1.349
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


olá! tia love aqui.

eu pretendia fazer este capitulo maior, porém pelo cansaço eu resolvi fazer ele deste tamanho mesmo, espero que tenha ficado bom mesmo assim.

Boa leitura!

Capítulo 2 - Por favor


Fanfic / Fanfiction Uncontroled Love, Billdip - Capítulo 2 - Por favor

Depois de minha curta conversa com Mabel eu peguei o elevador e fui para meu quarto, coloquei uma roupa confortável e fui dormir, já que amanhã seria nosso primeiro dia na escola e eu tenho que guardar pelo menos alguma energia para amanhã.

 

 *quebra de tempo*

 

     Acordo com os gritos de Mabel do lado de fora de meu quarto.

 

_Dipper, melhor levantar logo! Vamos nos atrasar para o nosso primeiro dia!

 

            Eu me lembro que havia colocado meu celular para despertar duas horas antes. Não botei muita fé na Mabel, mas como eu não queria me atrasar, olhei para o relógio e percebi que o meu despertador não fez o seu trabalho em despertar.

 

_puta merda...

 

      Resmunguei baixo enquanto me levantava rapidamente e ia até meu armário pegar uma roupa.

 

_já estou indo Mabel!

 

      Falava, já colocando uma camisa branca e tirando minha bermuda e colocando uma calça jeans com um rasgo no joelho, calço rapidamente um all star vermelho e coloco uma jaqueta qualquer minha, vejo o horário no celular e eu ainda tinha alguns minutos, logo saio e vejo Mabel do lado de fora.

 

_Nossa isso que é rapidez.

 

  Mabel fala com um sorriso no rosto, terminando de pentear seu cabelo.

 

_O que houve? você não é de se atrasar.

 

      Ela para de pentear seu cabelo e coloca o pente na mochila.

 

_O meu celular não despertou.

 

     Falava, lembrando que havia acabado de acordar e que ontem tinha ido dormir tarde. Nós dois fomos para a cozinha e cada um pegou um pão para comer no caminho.

 

_Acontece que sempre sou eu que tenho que fazer tudo nesta casa!

 

      Escuto a voz de Ford em um tom um tanto alterado.

 

_Você nunca pede ajuda! Se você se comunicasse pelo menos, mas não! a culpa sempre tem que ser do irmão burro, É isso que você pensa!

 

        Stan retruca, com o mesmo tom agressivo.

 

_Stanley, eu não vou discutir com você.

 

        Escutamos esta frase de Stanford e tudo ficou em silêncio.

 

_Tivô Stan Tivô Ford! Estamos indo!

 

            Mabel fala me puxando para fora da cabana, ela provavelmente estava preocupada com o horário.

 

_Tenham um bom primeiro dia crianças!

 

        Ford fala em resposta a nossa frase e nós finalmente saímos de casa.

 

       Fizemos uma caminhada de meia hora da cabana até a escola, isso por quê pegamos um atalho, se não demoraria mais um pouco, quando chegamos na frente da escola, eu olho para Mabel.

 

_Você está preparada Mabel?

 

       Eu pergunto pois estava realmente com medo, não tinha nenhum amigo em minha antiga escola e não queria que isso fosse assim aqui.

 

_Fica tranquilo, já encaramos de tudo, os gêmeos do mistério encaram o primeiro dia de aula em Gravity Falls.

 

         Ela me abraça e eu retribuo.

 

_Tap! Tap!

 

      Falamos enquanto damos os tapinhas, depois aos risos, desfazemos o abraço.

 

_Vamos arrasar!

 

      Mabel fala com empolgação, sorrindo feito boba. Logo depois, entramos na escola, as pessoas ficavam nos encarando nos corredores, muitos sabiam nossos nomes e ficavam sussurrando quando passávamos, essa era uma sensação horrível.

 

     Encontramos os nossos armários e guardamos nossaa coisas dentro, ficando com apenas o essencial para as aulas.

 

_Viu? somos populares.

 

      Mabel sorria, ela definitivamente enxerga o mundo diferente de mim. Alguém bate no armário ao lado do meu e eu e Mabel olhamos rapidamente, vendo que era um alto garoto ruivo. Ele estava com mais uns dois garotos atrás dele.

 

_Vejam se não são as celebridades da escola.

 

     Ele se pronuncia, logo apontando para Mabel.

 

_Aqui temos a irmã esquisita.

 

     Logo depois ele aponta para mim.

 

_E Aqui temos o irmão viadinho.

 

        Ele começa a rir mas para quando Mabel bate com força no armário.

_E você é um cara que se acha o gostosão e gosta de pegar todo mundo, mas não leva ninguém para a cama porquê tem pinto pequeno!

 

         Os amigos do tal garoto começaram a rir dele com o comentário de Mabel.

 

_Faz a sua irmã calar a boca se não eu vou bater em você!

 

           Eu olhava para o lado e todas as pessoas estavam olhando, eu estava entrando em colapso, o tal garoto estava prestes a me dar um soco, porém seu braço foi segurado.

 

     Eu olho para a pessoa e vejo que era o mesmo garoto de ontem, não, era o Bill.

 

_Já chega, se você não parar de atormentá-los eu vou chamar a direção.

 

       Bill fala e logo depois os garotos vão embora, assim que ele olha para mim nossos olhos se encontram, quando isso acontece, tudo ao nosso redor perde as cores e para de se mover.

 

_o que você fez?!

 

    Perguntei entrando em um leve desespero mas olhar para a cara dele fazia eu me lembrar de ontem e me deixar com muita raiva que fazia dupla com a vontade que eu estava se dar um soco nele.

 

_fica calmo, eu só pausei o fluxo temporal

 

     Ele fala tranquilamente, mas eu não dou ouvidos.

 

_Ficar calmo? Só fez isso? Você realmente é um idiota! Faça o tempo correr novamen...

 

Ele segura meus braços e me empurra contra o armário, fazendo nossos corpos ficaram um tanto colados. Eu olho para seu rosto que estava em uma distancia considerável e reparo em seus olhos amarelados que pouco a pouco perdiam o brilho e se transformavam em uma cor castanha.

 

_podemos conversar?

 

      Ele pergunta calmamente e eu aceno que sim com a cabeça.

 

_vem, vamos para outro lugar.

 

     Ele segura meu braço e me guia até uma sala de aula, ele sinaliza que é para me sentar e ele se senta em outra cadeira, mas não antes de a virar e sentar daquela maneira que a maioria dos homens fazem.

 

_do que se trata?

 

     Falo indo direto ao ponto, estava preocupado que consequências poderiam ter se o tempo permanecesse assim por muito tempo.

 

_quer ouvir minha história?

 

       Ele pergunta com um atraente sorriso no rosto.

 

_não.

 

_eu não irei descongelar o tempo se não escutar.

 

     Ele faz um pequeno bico enquanto brincava com uma mecha do cabelo.

 

_tudo bem, pode contar.

 

         Bill sorri e levanta um pouco o rosto, pegando fôlego para finalmente começar a falar.

 

_vou resumir ao máximo essa história, seu tio me apagou, junto com a memória dele. Memórias voltaram, eu também voltei. Mas eu voltei enfraquecido então foi a oportunidade perfeita da policia do tempo me pegar.

 

     Ele fez uma pausa e colocou seu cabelo para trás enquanto pegava fôlego.

 

_como pode ver eu consegui escapar, mas eu gastei quase todo o meu poder na fuga, não sou capaz de ficar na minha forma demoníaca, na verdade consigo, dói, e não é uma dor boa como de alguns simples cortes. Dói mesmo, era como se fosse morrer...

 

    Ele abaixa a cabeça e respira fundo.

 

_tudo que eu quero é que você não conte para seu tio que eu estou vivo. Por favor, me dê a chance de ser humano, se ele descobrir vai querer me matar, eu não quero morrer

 

       Ele fala um pouco abafado por seu rosto estar escorado nos braços, ele logo para de falar e tudo fica em silêncio, minha cabeça estava processando toda aquela história, ver o Bill desta forma realmente me deixava comovido, ele não aparentava ser por dentro um demônio, ele parecia ser frágil e indefeso.

 

     Mas e se tudo isso for uma farça? Se ele apenas quiser a minha confiança para depois me trair, tinha a grande possibilidade dele me trair e novamente, mas... eu não poderia deixar ele morrer sem dar a ele um voto de confiança, se Mabel não tivesse confiado em Stan, hoje Ford não estaria conosco.

 

      Depois de pensar, finalmente tomei minha decisão.

 

_tudo bem.

 

     Ele rapidamente levanta a cabeça e me olha surpreso.

 

_mesmo?

 

      Ele pergunta e eu aceno positivamente com a cabeça, logo se levantando, segurando meu rosto e me dando um Celinho.

 

_O que está fazendo?!

 

    Eu o empurro para longe e ele parece não entender muito.

 

_os humanos não tem o costume de beijar as pessoas que gostam?

 

_sim, mas...

 

          Eu pretendia continuar, mas ele corta minha fala.

 

_então, eu acabei de decidir que eu gosto de você.


Notas Finais


então, eu queria pedir para vocês que deixassem seu comentário, vocês não sabem como é desmotivante gastar seu tempo e disposição para escrever algo e não saber como as pessoas que lerão reagiram.

mas eu também queria agradecer se você leu até aqui. muito obrigada por me apoiar

(se notarem algum erro por favor me comuniquem para que eu corrija

e... é isto.

beijinhos e bye~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...