1. Spirit Fanfics >
  2. Undeniable - Jikook - Oneshot >
  3. Oneshot

História Undeniable - Jikook - Oneshot - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Oii, sentiram minha falta, acho que eu sumi né, mas voltei, eu tive um bloqueio enorme e sem criatividade para escrever mas foi só isso, espero que não tenham esquecido de mim.

bjinhos
amo vocês roxinhos💜

Capítulo 1 - Oneshot


Jimin retirava os sapatos sociais brilhantes já adentro do apartamento mobilhado e decorado pelo mesmo, oque o deixava feliz pois sempre que chegava em sua casa sentia-se aliviado por ter gostos tão chiques e levianos, Park morava com seu melhor amigo sempre tivera uma amizade profunda com o famoso Jeon Jungkook, ambos tinham um bom emprego com salário exuberante mas se negavam á conviver distantes, mesmo que no mesmo andar, sentiam-se confortáveis na presença do outro.

O trabalho do loiro não era pesado, ao contrário disso, Jimin por varias vezes dispensava a empregada da casa apenas para surgir uma desculpa, e gastar sua energia acumulada limpando o apartamento espaçoso, Jeon por outro lado sempre exausto, o homem mantinha a profissão de arquiteto, o maior tempo passava trancado em seu escritório, planejando plantas de casas, empresas, e lojas em geral, era bem requisitado ganhando quase o dobro da quantia que Park via em sua conta bancária todo mês mas isso não fazia com que o amorenado se sentisse superior ao loirinho, era quase rendido ao homem fofo, sempre o mimando e o agradando.

Mantinham uma relação íntima eram e sempre foram amigos, mas não negavam a malícia momentânea que sentiam durante algum acontecimento, e cá entre nós seria balela se dissessem que não.

Sempre que o platinado chegava em casa encontrava o amigo em seu canto normativo, sentado na cadeira giratória usando o dom do desenho para seu trabalho, mas hoje foi diferente, Jimin abriu a porta de madeira porém tudo estava arrumado demais, a mesa se encontrava limpa, os papéis juntos em uma pilha e a cadeira em seu devido lugar, subiu o lance de escadas observando algumas roupas jogadas sobre a cama do mais velho cujo esta que não era quase nunca usada graças a Jimin que sempre convidava o amigo à dormir consigo, e era respondido prontamente, haviam dias em que ambos pensavam em transformar o quarto do arquiteto em algo mais útil mas a ideia nunca fora para frente.

   - Jeongukk? - A voz suave mantinha o tom exausto, mas a resposta não foi ouvida e Park adentrou o quarto por inteiro e percebera a porta do banheiro entreaberta com o homem que mais se parecia um trapo jogado sobre o chão,  em sua camisa havia uma brecha possibilitando o homem de negócios apreciar o peito alvo do moreno que permanecia com os olhos semicerrados, seu corpo exalava o cheiro forte de álcool junto ao perfume abatido quase que imperceptível, Jeon não bebia nunca, ou seja bastava uma taça ou copo com algo alcoólico e seu organismo não reagiria da melhor maneira, Jungkook poderia estar praticamente dormindo ou entrando em coma alcoólico, entretanto as fantasias interessantes atormentavam a mente do loiro, que sentiu a obrigação de ajudar o amigo que já havia cuidado tanto de si.

   - Porque bebeu Jeon? porra - O corpo repleto de músculos era três ou quatro vezes mais pesado do que o do empresário, arrancou o colega do chão com dificuldade jogando o peso sobre o colchão que afundou, Jungkook demonstrou consciência por alguns segundos mas pareceu desmaiar, Park por outro lado preferiu deixa-lo descansar até que eliminasse a pouca quantidade de bebida que havia consumido, tomou um banho, este que foi bem desagradável com cheiro de vômito pairando no ar lhe causando enjoo, nunca pensou que Jeon fosse desagradar alguém de alguma forma entretanto para tudo tem a primeira vez.

》《》《》《》《》《》《》《》《》《》《》《

   Jungkook se encontrava no quarto escuro com a lua brilhante estampando a luminosidade adentro do cômodo, seus olhos doíam por recente ter acordado e a cabeça parecia estar prestes à explodir, suas pernas formigavam quase não conseguindo sustentar o próprio corpo que cambaleava de um lado ao outro, sabia que não deveria beber e provavelmente proporcionou um trabalho à Jimin que havia o carregado até a cama, foi ao banheiro sentindo um cheiro agradável de shampoo e produtos de limpeza, imginou que o amigo também tivera limpado o banheiro o qual foi sujo pelo moreno, sabia o quão sensível era o loiro com cheiros e imaginar a situação terrível de Park limpando o banheiro não o agradou, abriu o chuveiro sentindo a água fria descer por seu corpo lhe dando a liberdade de limpar sua mente, fora minutos até que terminasse o banho e colocasse apenas sua calça de moletom que constantemente usava, caminhou até o pequeno lance de escadas encontrando Jimin deitado no sofá de couro assistindo a um programa qualquer na tv, Jeon tentava entender como o garoto que agora era um homem poderia ser tão fofo até dormindo, sentia borboletas invadirem seu estômago todas as vezes que observava o colega de tão pertinho, agradecia tanto por te-lo consigo e não conseguia ver seu futuro sem o amigo.

   - Ei Jiminie, porque não vai pra cama? - o cochicho foi diretamente no ouvido do loiro que assustou dando um pulo para fora do sofá caindo do chão.

   - Ah... você acordou, deixei um remédio no banheiro, você tomou? - O pequeno se encontrava deitado sobre a superfície sem se mover graças ao recente susto apenas mudando de assunto.

   - Não...  eu tomei um banho gelado, acho que me ajudou, porque dormiu no sofa? - Segurou a mão do loiro puxando para se levantar segurando a cintura fina que enlouquecia Jeon.

   - Eu não conseguiria dormir naquele quarto você estava fedendo à bebida... e aliás porque bebeu? - Park perguntava observando o cabelo enxarcado de Jeon que parecia não ter se secado.

   - Estresse, um projeto deu toralmente errado e isso me tirou do sério, sinto muito se te dei trabalho. - Jungkook chegava mais perto intimidando o garoto que acuou no mesmo instante Jeon era forte e intenso, diferente de Jimin que era pequeno e tímido porém não indefeso, viviam à tanto tempo juntos mas nunca conseguiram se acostumar as personalidades controversas de ambos.

   - Não deu, já cuidou tantas vezes de mim, acho que precisava de uma oportunidade para retribuir, no entanto é bom saber que já esta melhor. - As mãos grandes passeavam sobre o rosto angelical do empresário que arrepiou com o gesto, Jeon nunca fora intimidante como estava sendo agora e talvez ainda estivesse bêbado.

   - Eu quero cuidar de você agora Jimin - A língua do moreno passou sobre a orelha do loiro junto à uma mordiscada.

   - Desculpe eu... eu preciso ir ao banheiro - Jimin tentou escapar porém como tudo oque é bom pode melhorar a luz da casa apagou simplesmente deixando o breu consumir tudo por ali que proporcionou um Park sem rumo caindo sobre o sofá junto ao corpo pesado por baixo, mesmo com a escuridão tomando conta era possivel sentir a expressão brincalhona de Jungkook assim quando sentiu a bunda que tanto almejava em seu colo.

   - Nós dois sabemos que você não quer ir ao banheiro Jiminie - O arquiteto sentia o fogo em suas veias se espalhar perdendo a razão agarrando mais forte o curvilíneo corpo desejado ouvindo o resmungo seguido de um gemido fino.

   - Jungkook... eu não posso. - Jimin sentia a excitação que sempre sentiu quando Jeon o observava e agora isso era tão mais profundo seu corpo era explorado com tamanho desejo que não sabia oque dizer ou como se comportar.

   - Park eu quero você, quero muito, sei que você me deseja tanto quanto eu te desejo. - Como a atmosfera e o assunto havia mudado tão rapido era oque Jimin se perguntava, diante da frase sem falsas palavras passeou com os dedos pequeninos até a nuca do moreno forte trilhando e dedilhando o peito desnudo provocando o homem que não satisfeito agarrou o pescoço branquinho obrigando os olhos infantis o observarem, e Deus seu pau subiu apenas com os olhos repletos de lágrimas por estar em tesão constante, o pequeno havia mudado da água para o vinho e Jung gostou disso.

   - Me ajuda Kookie - O loiro implorou descendo os dedinhos ágeis sobre oque o faria gritas mais tarde deixando Jeon em desespero, revirou o empresário ficando por cima beijando-o retirando a camisa incômoda, trilhou até o mamilo rosado e apetitoso consequência que fez o grito gostoso saido diretamente da boca inchadinha ecoar pela sala ainda escura.

   - Tira - Jungkook deu a ordem, e o homem obedeceu retirando a calça surpreendendo o moreno que também estava sem cueca. - Vem - Mais uma ordem que prontamente foi obedecida, mais se parecia um garoto agora ajoelhado sobre o carpete vermelho prestes a colocar o pau do arquiteto em sua boca, assim fazendo Jeon sentir a língua quentinha acariciar a cabeça de seu pau que latejava em tesão poderia gozar apenas olhando para o anjo em sua frente com o rostinho rubro e as mãos que mal envolviam seu caralho, este que Park finalmente havia colocado em sua boca sentindo-o pulsar, seria mentira se dissesse que não gostou de ter tudo aquilo em seus lábios.

Depois de minutos sentiu seus fios serem puxados obrigando-o a sobressair sobre o colo que certamente sentaria com gosto, seu rosto estampava dúvida por Jungkook não ter gozado e o moreno pareceu entender dando uma sorriso de canto. - Eu quero gozar dentro de você pequeno - Antes que o empresário dissesse algo beijou a boca rosada e maltratada que havia o acolhido tão bem seguindo com os dedos até a entradinha apertada, Jimin gemia alto e Jungkook estava adorando isto, não se importava se seus vizinhos iriam reclamar no dia seguinte apenas aproveitou o momento ao máximo.

   - Eu não quero os dedos Jungkookie...

   - Oque você quer meu bem? tem que me dizer. - Jeon sabia em que situação o loiro se encontrava mal conseguia falar, os dedos longos faziam um belo trabalho entretanto não melhor que o caralho grande do mais alto.

   - Eu q-quero o seu pau por favor - O suplício fora tão intenso que Jung apenas posicionou a entrada e deixou que Park descesse em sua velocidade, por mais que soubesse que cedo ou tarde ele tomaria o controle.

   - Agh... porque tão apertado - Jimin ia e vinha devagar seus olhos repletos de lágrimas e os gemidos ecoantes, a atmosfera toda se envolvia em sexo, Jeon não demorou à encontrar o ponto doce de Park que estava tão manhoso, molinho e cansado a pele leitosa era constantemente maltratada e sugada, as bandas eram apertadas e a entradinha era surrada com força pois o loiro já não continha mais força alguma, seu trabalho passou à ser distribuir gemidos que endureciam Jeon, no momento pareciam estar encaixados.

   - Jung... eu - O loiro dava espasmos fortes nunca havia gozado daquela forma e poderia fazer denovo se não estivesse tão exausto, contraia em êxtase mesmo com Jeon dentro de si que apreciava a massagem gostosa gozando alí mesmo recebendo um gemido mudo e um Jimin exposto apenas para que seus olhos o apreciassem, o corpo era ainda mais bonito fora dos sonhos perversos de Jung que sentiu seu coração se aquecer ao perceber que daquele dia em diante teria Jimin só para si.

   - Acho que encontrou o melhor jeito de gastar energia.

   - Sinto muito Jungkookie acho que encontrei outra maneira de te deixar exausto.

fim


Notas Finais


Espero que tenham gostado, foi cansativo e triste não conseguir escrever nem concluir nenhuma história, mas fiquei feliz em terminar essa obra sem muita desenvoltura esquecida nas minhas coisas.

amo vocês roxinhos💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...