História Under The Skin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Drogas, Gay, Linguagem Imprópria, Romance, Sexo, Violencia
Visualizações 7
Palavras 628
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oie pessoinhas :3 bom, resolvi escrever essa fic pois já estava com ela na cabeça a um bom tempo. Espero de verdade que gostem ;--; e deixem um coment se quiserem uma continuação <3 Boa leitura amores <3

Capítulo 1 - Mudanças


Fanfic / Fanfiction Under The Skin - Capítulo 1 - Mudanças


Acordei-me com o grande ranger estridente que o carro de meu pai fazia sempre ao desligar o motor. Olhei a minha volta ainda sonolento, minha visão turva somente atrapalhava o reconhecimento do território. 

━ Chegamos meu filho. ━  Indagou-me meu pai de forma carinhosa, enquanto se locomovia sutilmente até a porta traseira do carro onde eu  estaria, abrindo-a para mim. Sem pestanejar, removi meu sinto e coloquei meu corpo para fora do automóvel rapidamente. Me deparei com a aparência desastrosa da casa, as janelas aparentavam estar sujas a anos, e a porta de madeira prestes a cair. Haviam dois andares, não muito grande, tão pouco bonita, mas ignorei relembrando o a situação no qual meu pai se encontrava. 

━ Não tem perigo de desabar ? ━  Cutuquei meu pai com o cotovelo esquerdo, enquanto minha voz embargava entre risadas pausadas. Percebi sorri-lo de canto meio sem jeito, nós não éramos e nunca fomos ricos na antiga cidade, mas nossa casa era mil vezes mais adequada que aquela. Fui até a traseira do automóvel onde peguei diversas caixas sem muita dificuldade, eu pratiquei muitos esportes e meu corpo era de certa forma formidável. Adentrei a casa e o estado de lá dentro era menos deplorável. Coloquei as bagagens encostada perto a uma escada que dava para o segundo andar. Arfei procurando ar por alguns segundos. 

━ Você não vai no primeiro dia de aula Ryan ? ━ Direcionou a mim, encostado sobre a porta, com seus olhos fixos ao seu relógio de pulso. 

━ Há... Sim, obrigado por me lembrar. ━  Retruquei-o agarrando minha mochila sobre algumas caixas que ali se encontravam. Me locomovi até meu pai o abraçando delicadamente, sem brutalidade alguma. Logo em seguida comecei a caminhar em direção à porta. Já do lado de fora avistei algumas placas informando a localização do colégio, era uma cidade bem pequena, eu poderia ir a pé para lá sem problema algum, dito e feito. Ao chegar no colégio fiquei boquiaberto, a imensidão do campus me surpreendeu por total, não esperava nada grandioso após ter visto meu novo lar. No entanto, a estrutura era enorme, embora antiga, sua pintura branca e janelas aparentavam estar mais novas do que nunca. Haviam algumas pessoas ali paradas, um grupo de garotas, magras, e três delas eram loiras, todas usavam roupas de líderes de torcida, elas eram atraentes mas algo me dizia que não que tão amigáveis. Logo à frente estariam mais alguns garotos, visivelmente jogadores de futebol americano, seus moletons azuis com mangas amarelas dava-se a entender isto. Eles me fitavam de forma intimidadora, e me deixei desviar os olhos turvos para o chão enquanto adentrava o colégio. Já lá dentro a multidão tomava conta, eram tantas pessoas que sequer me ousei a encara-las. Me perdi em pensamento até sentir um baque bem forte no ombro direito, lançando-me nada delicadamente sobre um armário qualquer em minha esquerda. Me virei furioso em busca do culpado, eu nunca fui "O oprimido" em colégio alguém, este não haveria de ser o primeiro. Após virar-me bruscamente me deparei com três rapazes, ambos com moletons azuis com mangas amarelas, e um deles o exato a esquerda olharia para trás. Sua pele era pálida como um floco de neve, haviam sardas quase não notáveis em suas bochechas, e seus cabelos eram ruivos, um belo alaranjado. Seu olhos azuis claros me fitavam quase intimamente e um sorriso carinhoso era formado em seus lábios. Ok, ok, ele era atraente, mas seu corpo era magro, não escandalosamente, apenas pequeno, eu não diria que o mesmo seria do time. Ele ergueu a mão esquerda ainda caminhando e acenou como quem pedisse desculpas. Aquilo me acalmou por completo, me senti arrepiar levemente. Aquele colégio não seria como os outros, arfei contente por um instante. 


Notas Finais


<3

Obs: A foto do capítulo é como imagino Ryan :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...