História Under the tapes. CHANBAEK - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Baekhyun, Chanbaek, Chanyeol, Exo, Fanfic, Romance, Under The Tapes
Visualizações 51
Palavras 669
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, LGBT, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - A chegada


Meu pai não havia aparecido para o almoço novamente. Acho que tornará uma rotina. Mamãe continua calada durante o dia inteiro e só fala o básico comigo, o que atiça mais minha agonia.

Faço as coisas de sempre e espero meu pai chegar, eu ia insistir mais uma vez. É, eu estava ficando louco com isso.

Primeiro ele não aparece para o almoço, depois escuto conversas suspeitas deles. Eu precisava saber, qualquer coisa.

Quando já estava próximo de eu ir dormir, ele aparece. Parecia aflito.

— Chanyeol, Hyosun... Preciso falar algo... — Ele fecha a porta e depois vem até o sofá sentar com a gente. — As pessoas do lado de fora, filho, as vezes têm alguns problemas e tem uma coisa além da família que eu acho que você já sabe, se chamam... amigos — Tá, essa conversa está muito estranha — O pai tem um amigo que está passando por problemas e eu me ofereci para ele ficar uns tempos aqui...

— Junki! — Mamãe levanta nervosa, nunca a vi daquele jeito — A gente precisa conversar, sozinhos.

— Não dá Hyosun, ele... já está aqui. — Ele abaixa o olhar e vira para mim — Você terá uma companhia por um tempo, filho. Ele não é tão mais velho que você — Isso era bom, né? Mas... por que minha mãe ficou tão brava? Será que ela não gosta desse amigo do meu pai? — Irei buscar-lo. — Ele sai da sala e minha mãe vem até a mim, me abraçando.

— Não deixe ele colocar muita coisa na sua cabecinha viu, filho? Qualquer coisa, você pode falar comigo... — Eu apenas assinto, era muita coisa para eu digerir.

A gente fica um tempo abraçados até meu pai entrar e logo atrás um homem de estratura baixa entrar. Ele estava muito bem vestido, assim como o meu pai sempre estava. Eu sempre quis usar roupas daquelas, mas eu não saio daqui, então...

Voltando, olho para minha mãe e ela simplesmente não olha para ele. Volto o meu olhar para ele e tento sorrir.

— Hm... que clima chato — Ele fala sorrindo — Bom, irei me apresentar. Meu nome é Byun Baekhyun, digamos que sou um "bom" amigo do Junki — Ele enfatizou o bom e sorriu para o meu pai que não retribuiu o sorriso.

— Hyosun, acho que você deve saber — Minha mãe estende a mão para ele e ele aperta.

— Sim, sim... prazer Hyosun — ele sorri para ela, novamente não sendo retribuído. Qual é? Por que eles estavam sendo tão mal educados? — E você é?

— Chanyeol... Park Chanyeol, prazer Baekhyun — Estendo minha mão para o cumprimentar e ele aperta. Sorrio e ele sorri de volta.

— Prazer Chanyeol... bom, é muito bom conhecer, o Junki me falava sempre de vocês, não é mesmo? — Meu pai assente e olha para minha mãe que apenas discorda com a cabeça

— Eu irei colocar a mesa para vocês jantarem — Minha mãe sai e ficamos só nós na sala.

Baekhyun parece especionar toda a casa, ele olha ao redor e meu pai o convida para sentar-se no sofá e ele aceita. Eles sentam e ficamos em silêncio.

— Chanyeol, não está na sua hora de dormir? Teremos uma conversa de adulto agora... — Eu o olho e olho para o Baekhyun.

— Mas, pai- — Não termino minha frase porque sou interrompido

— Já conversamos sobre isso, vai dormir amanhã nos falamos mais, certo? — Suspiro e concordo com a cabeça.

— Boa noite pai, boa noite Baekhyun... — Sorrio recebendo boa noite dos dois como resposta e vou até a cozinha desejar o mesmo para minha mãe. Passo por eles de novo e vou para o meu quarto.

Será que será bom ter ele aqui? Pode ser bom ter alguém para conversar, ainda mais alguém tão jovem. Eu nunca conversei com alguém além do meu pai, não sei nem o que conversar. Será que ele vai querer conversar comigo tanto como eu quero?

Apenas irei dormir e amanhã decidirei isso.


Notas Finais


Eu peço que vocês sejam bastante observadores sobre a relação entre o Chanyeol e seus pais. Vocês acham que eles são injustos ou estão certos em querer mostrar um mundo bom?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...