História Undertale - Alma Negra (Frans) - Capítulo 42


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Personagens Originais
Tags Alphyne, Asgoriel, Chariel, Demência, Errink, Frans, Grillffet, Papyton, Sanrisk, Undertale
Visualizações 286
Palavras 460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Hentai, LGBT, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


EAE SEUS DEMENTES MENTAIS!!!
Turu bom?
Bem vindos a mais um capítulo!!
Como o prometido… aqui esta o segundo trailer desta história!! Esse é mais longo pelo simples fato de que essa temporada provavelmente vai ser a mais longa.
E outra coisa…
Quando os nomes estiverem assim " ***** ", é algum personagem que é novo e eu ñ quero que vocês ganhem spoilers deles

Sem mais enrolações…. BORA LER ESSA RETARDANETA!!!

Capítulo 42 - Trailer Da Terceira Temporada


Fanfic / Fanfiction Undertale - Alma Negra (Frans) - Capítulo 42 - Trailer Da Terceira Temporada

 — Espera… –Flowey falou e fez uma pequena pausa dramática– Você entende essa linguagem com as mãos?

— Claro que sim –O respondi ainda olhando para aquela figura na nossa frente– Eu achei um livro que falava sobre essa linguagem... mais eu não esperava que essa linguagem seria apenas dele.

********************************

— *****! –O outro Sans o repreendeu– Essa Frisk não sabe sobre as linhas do tempo!!

— Espera um segundo –Falei chamando a atenção deles– Como assim linhas do tempo? E como vocês sabem o meu nome?

********************************

— P–Prazer o meu nome é…

— Não precisa se apresentar, garota –Ela falou cortando a minha fala– Eu te conheço melhor do que qualquer um, Frisk.

********************************

— Você não entende –***** falou ainda de costas para mim– Isso já aconteceu antes… aconteceu muitas e muitas vezes… mas você não consegue se lembrar de nenhuma delas.

— Como assim? –Perguntei um pouco perplexa.

— Você já resetou, mas de alguma forma você não consegue se lembrar de nenhuma delas –Ela falou abaixando um pouco a cabeça.

— Quantas vezes? –Perguntei um pouco baixo, mas o suficiente para ela ouvir– Foram quantos vezes que eu resetei?

********************************

— E-Eu… acho que quebrei a perna –Falei vendo o meu sangue começar a sujar aquelas flores douradas.

— Então tente denovo –***** disse e logo depois fazendo várias lâminas aparecerem ao meu redor e em questão de segundos começarem a correrem na minha direção.

********************************

— Mas como? –Perguntei curiosa.

— O "como" não importa… o que importa é você conseguir proteger a sua linha do tempo… –Ela fez aquela marota "pausa dramática" mas logo voltou a falar– Mas o problema é que avera um pequeno problema.

— E que problema seria esse?

********************************

— Do que vocês estão falando? –Perguntei ainda sem entender nada.

— Eu estou falando que VOCÊ acabou de sair daqui depois de destruir tudo aqui dentro e ainda tem a capacidade de voltar como se nada tivesse acontecido? –Sans falou já bem irritado.

— Mas como se esse tempo todo eu estava… –Eu parei de falar e logo eu persebi o que tinha acontecido– Ela voltou… e já sabe que eu estou aqui…

********************************

— Vamos logo! –Ela falou rindo de mim– Desista logo de uma vez! E será como todas as outras vezes que eu te matei… todos nós já sabemos que sua determinação é instável…

********************************

— FRISK, FRISK! –Ouvi alguém me chamar e correr até a minha direção.

— O que aconteceu, ******? –Perguntei sem entender absolutamente nada.

— Temos… uma nova criança caída.

********************************

— F–Frisk… por favor… –***** disse em meio a suas lágrimas de sangue.

 — T–Tá tudo bem… –Tentava falar calmamente– esse inferno já acabou… ele já acabou…


Notas Finais


OLÁ DINUVU!!!

Bem… me desculpem se tenha saído muito tarde ou muito cedo... é que eu literalmente botei a minha conta e a fic nas mãos da Xuva e eu ñ sei o que ela pode fazer… e eu provavelmente ainda estou naquela prova que vai das 13:30 as 17:00 e ñ posso ir para casa ou sequer pegar o meu celular durante esse meio tempo… que vida triste…

Xuva- brigada pela confiança miga meu Deus ! É tanta confiança em mim q dá vontade de te grudar no soco na parede .

ATÉ SEI LÁ QUANDO…. TCHAU


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...