História (Undertale) - "Underfell, O Mundo Genocida. " - Capítulo 31


Escrita por:

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Flowey, Frisk, Grillby, Mettaton, Muffet, Napstablook, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne, Vulkin, W. D. Gaster
Tags Ação, Aventura, Hentai, Luta, Undertale
Visualizações 79
Palavras 2.235
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 31 - Fora de Controle


Pov. Frisk

Procuramos ela por todo lado e nada:

- Aonde ela pode estar?- pergunte.

- Não se preocupe Filis, vamos encontra-la Gaster falou.

Fell e os outros voltaram e nada:

- Aonde ela pode estar?- Ink pergunta.

Eu soluço e lágrimas saíram:

- Frisk calma- Fell me abraça.

Derrepente a porta se abriu com um chute e Liz entrou e nos encarou, depois foi calada até a cozinha:

- Liz aonde você estava?- pergunto a seguindo.

Entramos na cozinha e ela estava de costas para nós procurando algo na gaveta.

- Liz você me escutou?- pergunto.

Ela para o que estava fazendo e se vira de cabeça baixa:

- HUMANA ALGUM PROBLEMA?- Blue pergunta chegando perto.

Ela levanta a cabeça sorrindo:

- Tudo bem, Blue- falou.

- Não séria TIO Blue- Ganz fala.

Ela passou por nós e ia sair:

- Espere aí mocinha.

Fell segura o braço dela e ela para;

- O que tem de errado com você?- perguntou.

Fell derrepente é derrubado por um chute no estômago, me assusto Liz nunca foi de ser agressiva com Fell:

- Tire as mãos de mim comediante- fala.

- Pera!!!....Comediante............ CHARA- Sans grita.

Eu me afasto depressa quando ela solta um riso e some;

- Meu Deus a Liz...

Em um segundo tudo escurece e apago.

Pov. Fell

Eu seguro Frisk antes que ela caísse;

- Ferro, Ferro tudo- Fresh falou.

- Calma temos que manter a calma se Chara assumiu o corpo de Liz temos....que se dane, nos ferramos, nos ferramos bonito- G fala.

Eu coloco Frisk no sofá e vou para a porta:

- Fell aonde você vai?

- Parar Chara, antes que ela cometa algum genocídio- falo.

- Mas se não conseguir...sabe que vai ter que....

Eu sinto meu peito apertar e concordo com a cabeça;

- Vou com você- Ganz fala.

- Eu também- Fresh completa.

Eu concordo e saímos nos teleportamos para Snowdin e vi algo que não queria.

Liz/Chara estava atacando um monstro:

- Chara!!!- grito.

Ela para o ataque e se vira para nós:

- Humhumhum, olha os comediantes vieram para a festa!!!

Ativamos nossos Blasters e eu me aproximo devagar;

- Liz eu sei que pode me ouvir, Por favor resista aos controles de Chara- falo.

Ela me olha triste e abaixa a cabeça e derrepente levanta sorrindo e logo depois avança quase cortando minha barriga mas eu desvio:

- Fell?- Fresh pergunta.

- Vamos tentar acordar ela- falo ascendendo meu olho.

Pov. Liz

Eu estava presa a correntes dentro da minha cabeça e via tudo e chorava, como ela é muito má, porque, quando me possuiu não tive como lutar...

Flashback On. 

Eu estava no chão e Chara/Error estavam em minha frente.

- Pode ser do jeito fácil ou difícil- falou

Eu olho para ele e me esforço para me soltar das linhas mas não consigo:

- Porque está fazendo isso?

- Eu preciso fazer é para isso que existo- falou.

Ela chegou perto e logo sorriu;

- Você agora vai ser meu fantoche.

Eu me debato e logo Chara sai do corpo de Error o deixando no chão fraco e entra na minha cabeça e tudo escureceu...

Flashback Off. 

Eu vi quando ela chegou em casa e tratou todos daquele jeito ruim e assim que nós fugimos, ela começou a lutar com os monstros em Snowdin:

- Por favor não faz isso- choro.

- Deixe eu fazer isso, por nós, o que eles importam?, todos apenas são inúteis- falou.

Eu paro de respirar quando ouço meu pai:

- Não pai, vai embora, não faça isso- gritava

Mas ninguém além de Chara escutava, eu vejo ela quase o atingir e fecho os olhos e ouço eles brigarem.

Tentavam acertar Chara com ossos ou prende-la para parar, mas era inutil eu sentei no escuro e começo a chorar e logo depois me deito:

- Porque está fazendo isso?

- É pra isso que eu existo- ouço.

Eu deito no chão e começo a fechar os olhos:

- Só quero que esse pesadelo acabe.

Eu choro enquanto ouvia a luta e paro quando ouço que tudo parou e temi que ela matou alguém mas não... Fugimos e notei que meu H.P estava baixo e derrepente senti toda a dor; nos meus braços e pernas vi marcas surgirem em meu corpo e me encolho:

- Você não se importa com ninguém?- pergunto.

Dessa vez ela não respondeu e eu olhava para onde estávamos:

- O antigo laboratório de Gaster- falo.

- O mesmo lugar que sua mãe e seu pai acabaram com planos de um comediante problemático- eu fico calada.

Pov. Frisk

Eu andava de um lado para o outro desesperada.

Fell e Fresh trazem Ganz inconsciente e logo deitamos ele, Ink curava suas feridas:

- Chara é forte demais agora- Fresh fala.

- Temos que fazer a Liz acordar e sair do controle dela- G fala.

- Mas como se nem eu consigo fazer isso...

Ficamos calados quando ouvimos barulho de teleporte e fomos para trás da casa e vimos Error no chão cuspindo sangue:

- ERROR- Ink corre para ajuda-lo.

Levamos ele para dentro e vimos que seu H.P estava quase em zero:

- Error você está bem?

- Şīm- Error fala.

- Chara pegou Liz- Sans fala.

- Ěű şěį,ťůđø føī mīňhå čűłpą......

- Calma, agora temos que ter que fazer a Liz lutar contra Chara- Ink o abraça.

- Mas se nem Fell conseguiu fazer, quem vai conseguir fazer ela se soltar- Fresh fala.

- EU SEI QUEM PODE- grito num pulo sabendo o que faria.

Eu abro um portal e caímos na dimensão vazia.

- CROSS!!!

Grito e ouço barulho de um gemido baixo os outros me seguem e vemos algo no chão em quase toda parte.

- TINTA PRETA?- Blue questiona.

- Não......lágrimas pretas- Ink fala.

Logo vemos Cross de costas para nós e ele conversava com Chara:

- Eu não sei... Senti isso tem algo errado.

Cross temos visita. 

Ele se vira para nós e vemos ele deixando lágrimas escorrerem manchando seu rosto:

- Olá.

- Cross você...

- Ignora isso, o que foi?

- Liz ela...- Fell começa.

Em um segundo Cross agarra o casaco de Fell e parecia nervoso:

- O QUE HOUVE COM ELA?

- Hey calma maninho, Chara assumiu o corpo dela e precisamos de ajuda- Fresh fala.

- Porque, ela conhece nossos modos de batalha mas, você pode fazer ela acordar, por favor nos ajude- peço

Ele limpa o rosto e respira fundo e concorda.

Eu sei que isso é a única coisa a se fazer apesar de tudo sei que ele e ela se importam muito um com o outro e tem uma ligação muito forte.

Mas ela não vai nos perdoar sabe disso.

- Eu sei Chara- falou.

Pov. Liz

Eu via ela matar alguns monstros e chorava lágrimas vermelhas, chorei tanto que ficaram cintilantes e manchavam o chão da minha mente vazia:

- Por favor não seja tão impotente, estou nos fazendo um favor...

- Eu odeio você- sussurro.

- Posso viver com isso, além do mais sua habilidade de ler pensamentos não é muito boa comigo e sugiro que me faça ouvir os pensamentos dos outros ou vou fazer todos sofrerem ainda mais...

- Eu não sei como fazer isso, esse poder vive em mim não em você... não pode me forçar a dar algo que eu não posso passar.

Eu sento no chão e sinto algo em meu bolso.

Olho e vejo o amuleto de coração vermelho e branco eu pego e de algum jeito me lembro de C:

- C desculpe por ter sido uma idiota, me perdoa, eu...eu amo você meu melhor amigo- falo chorando.

Sinto que ela parou:

- Amor é um sentimento de fraqueza, você só sofre com isso e digo esqueça isso.... agora somos só você e eu- Ela fala.

- Você já amou alguém Chara?

Ela continua calada, percebi que quando falo sobre isso ela hesita:

Será que ela gostava de alguém?

Estávamos no corredor do Julgamento andando e vejo pela imagem um portal se abre e Saem, Tio Ink, Tio Error, minha mãe e meu pai e o último eu perco o ar..

- C..?

- O comediante que você gosta... ótimo vou adorar mostrar a você como o amor machuca...

Ela estendeu a faca e eles fizeram ossos aparecerem atrás deles:

NÃO, usem blasters vocês vão se machucar.

Eu vi eles avançando e Chara estava lutando contra todos facilmente, sentia medo de todos em me machucar e logo depois C ficou em minha frente com uma faca enorme nas mãos:

- Finalmente alguém que sabe lutar de uma forma divertida, afinal temos partes iguais não é?- ela fala para ele.

A defesa de C cai para 4, eles avançaram e eu grito:

- NÃO MACHUCA ELE POR FAVOR.

- Que fofo, sua namorada está querendo te ajudar... tão patética- falou.

Pov. Cross

Eu estava lutando contra ela, e ela sempre falava algo que baixava ou subia minha defesa, ou seja, Brincando comigo;

Cross me deixa tentar- pedia Chara.

- Você vai machuca-la- respondo.

Cross confie em mim.

Eu me afasto de Liz e respiro fundo.

- Promete que não vai machucar ela?- pergunto vendo Liz avançando em minha direção.

Prometo.

Eu deixo Chara assumir o controle e ela bloqueou o ataque de Liz/Chara desviando colocando a mão em sua barriga a fazendo ir para o outro lado do corredor.

- Chega disso.

- Então agora vai ser assim genocída contra genocída, aonde isso leva, juntesse a mim e nos podemos dominar essas dimensões unidas.

Liz/Chara fala e Chara pareceu muito normal:

- Não preciso de nada que venha de você, eu apenas quero que deixe a Kiddy em paz.

Sorrio ao ver que Chara chamou Liz pelo apelido e logo vejo Liz/Chara segurar sua cabeça:

- C-c m-me D-Desculpe eu não quero... calada eu agora estou no comando e você trate de obedecer.

Ela deixa a lâmina da faca vermelha e crava no chão.

- Bem vindos ao meu inferno especial.

Fell nos teleporta para cima de um blaster e vários outros aparecem por baixo junto com algumas lâminas minhas que Chara trouxe. Bloqueando o ataque e logo caímos e Fell ofegava com Frisk o amparando:

- Vocês não são fortes o suficiente, se acham que tem chance de me vencerem estão enganados...

Eu volto ao controle e ouço:

C-Cross ela é muito forte, não consigo vence-la.

Chara estava ofegando estava cansada. 

Ink cria um escudo de tinta e eu caio de joelhos:

- Preciso fazer ela entender- falo.

- Ğāřøťø ņåø âđįāňțā,vøčę våī ťěŕ qůę...

- Não posso- falo.

Frisk chora e abraça o Fell que estava abalado.

- E-eu não posso fazer isso, os outros não podem ajudar?

- Se tentarem lutar com Liz, a escolha seria a mesma - Ink fala.

Ouço o barulho do escudo se partindo e Liz avança na minha direção eu bloqueio e deixo a alma dela azul e jogo ela a prendendo na parede mas ela se teleporta e me chuta pelas costas me fazendo cair no chão.

Eu dou uma rasteira a derrubando e prendo ela com grades de ossos deixando a alma dela azul:

 - *Liz eu sei que você pode me ouvir, se estiver ouvido lute contra ela, não quero fazer isso, vai partir minha alma em pedaços.... Eu me importo muito com você Liz eu quero que lute.

Pov. Liz

Eu chorei com cada palavra e eu começo a puxar as correntes com força e ouço barulho de algo quebrar e a corrente se esfarelar eu vejo Chara e logo deixo ela presa e me vejo devolta em meu corpo:

- C e-eu também me importo muito C.. Mas eu só vou te machucar- choro sabendo a verdade- Eu sou um perigo para todos- falo.

Ele tira a gaiola e eu levanto me afastando.

- Liz- vejo minha mãe e meu pai me olhando.

- Eu viva, só vou machucar aqueles que eu amo-falo.

- L- C chega perto.

- Por favor C você precisa...

- NÃO, NÃO, EU NÃO QUERO TE PERDER DE NOVO!!!!

- C você precisa entender que eu nunca vou ter uma vida normal, se eu ficar só vou fazer os outros sofrerem- falo chorando lágrimas vermelhas.

Ele me abraça e olho para meus pais:

- Vou sentir saudades- falo.

Minha mãe tenta se aproximar mas meu pai a segura e ela chora:

- Agora é com você Liz- Ink fala.

- C faça logo isso, antes que eu saia do controle de novo, use minha alma para trazer todos que Chara matou devolta e saiba que... eu te perdôo... meu C.

- E-Eu t-te amo muito minha Kiddy- falou chorando.

Eu fecho os olhos e o aperto com o abraço e o chão fica brilhando e logo eu choro e sussurro:

- Chara tome conta dele pra mim.

Peço antes de sentir o osso atravessar meu peito e tudo ir em câmera lenta.

C me abraça forte e eu sinto que estava virando poeira.

- Eu nunca vou te esquecer..

Ponho a mão no rosto dele e tudo derrepente some.

*

*

Estou em um lugar escuro e vazio e dois botões aparecem: 

{[Resetar]} ♡ {[Continuar]}

Eu chego perto e Chara como fantasma apareceu em minha frente:

- Faça-os pagar.

Eu a ignoro e levanto a mão para apertar o reset:

- Sabe que você nunca teve um Save-point se você resetar vai deixar de existir na cabeça deles para sempre....

- Eu não tenho medo Chara.

- E o C, ele nunca vai te conhecer vai ser como se nunca tivesse gostado de você...

Eu paro:

- Isso mesmo, agora você tem medo de mim?sabe que se você apertar esse botão C nunca vai ter te amado você vai ser como um sonho que se apagará para sempre e nunca nem mesmo os comediantes vão se lembrar de você....

- Eles não vão te esquecer. 

Ouço outra voz e me viro e vejo o príncipe Asriel só que muito mais velho e com marcas em seu rosto:

- Príncipe Dreemur- faço uma reverência.

- Asriel?

-Hey Chara... Sou eu.... Seu melhor amigo...


Notas Finais


Gostaram? (Nossa velho chorei com a minha própria história... N liguem leitores(a)... Sou sentimental com esses tipos de coisas.) Deixem nos comentários...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...