História Unearthed Truths - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Five Nights at Freddy's
Personagens Balloon Boy, Ballora, Bidybab, Bonnie Hand Puppet (Bonbon), Bonnie the Bunny, Chica the Chicken, Circus Baby, Ennard, Foxy the Pirate, Freddy Fazbear, Funtime Foxy, Funtime Freddy, Golden Freddy, Lolbit, Mangle, Marionette, Michael, Minireena 1, Minireena 2, Nightmare, Nightmare Balloon Boy, Nightmare Bonnie, Nightmare Chica, Nightmare Foxy, Nightmare Freddy, Nightmare Mangle, Personagens Originais, Plushtrap, Purple Guy, Sammy, Shadow Bonnie, Shadow Freddy, Springtrap, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy
Tags Animatronic's, Baby, Ballora, Bonnie, Chica, Circus Baby, Colegial, Ennard, Escolar, Five Nights At Freddy, Fnaf, Fnaf Universo Alternativo, Foxy, Fredbear, Freddy, Freddy Fazbear Pizza, Funtime Foxy, Funtime Freddy, Golden Freddy, Mangle, Puppet, Romance, Shoujo, Springtrap, Suspense, Toy Bonnie, Toy Chica, Toy Freddy, Unearthed Truths, Universo Alternativo, Universo Alternativo Fnaf, Verdades Desenterradas
Visualizações 27
Palavras 1.157
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Suspense, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Então galera! Eu espero que vcs gostem dessa fanfic, peço que me alertem por qualquer erro de portugues no cap! Lembrando que essa fanfic NÃO SEGUE A HISTÓRIA ORIGINAL INTEIRA, algumas partes na história original podem estar erradas, principalmente porque todos tem um opinião diferente, e a história não foi totalmente revelada, então acho que é isso! BOA LEITURA!!! ^-^ :D

Capítulo 1 - Unearthed


Fanfic / Fanfiction Unearthed Truths - Capítulo 1 - Unearthed

Capítulo - 1 

Desenterrados 

 Fogo, tudo em volta era laranja e vermelho, estava presa naquele labirinto sem fim, uma voz familiar distante a chamava, mas ela não ouvia nada... 

 Abriu os olhos com várias gotas de água batendo contra seu rosto, o que não esperava... Dois segundos se passaram e percebeu um detalhe muito importante, estava enterrada. 

 Não era tão fundo, retirou primeiramente o braço direito, se apoiando na terra firme, depois retirou o braço esquerdo e fez a mesma coisa, então deu um forte impulso para fora, suas mãos afundaram a terra que não era tão firme quanto ela pensava, mas foi o suficiente para fazê-la sentar e ficar com o pescoço para fora. 

 Se levantou cambaleando, tentou dar um passo, a chuva ficava cada vez mais intensa. Seu pé afundou imediatamente na lama... Mas sentiu algo diferente, pele humana talvez? 

 Agachou o máximo que conseguia e submergiu o corpo em terra, ficando de joelhos, então começou a cavar chegando em um tecido, uma blusa, provavelmente, e se era uma blusa... O braço deve estar logo do lado... Pensou Baby. 

 Ela procurou o braço dentro da lama, agarrou o mesmo e começou a puxa-lo até o limite que a lama se tornava terra firme, a cabeça e parte do tronco já haviam sido desenterrados, usou toda sua força dando um pulo para trás, terra voou para todo lado. 

 Percebeu que no mesmo buraco tinha outra pessoa, não devia ter literalmente, mais de 70 cm, o garoto que havia puxado acordou, olhando em volta confuso, assim como ela. 

 O garotinho de 70 cm também acordou, pulando para fora da cova, tudo estava muito escuro, enxergar algo era complicado, como um instinto primitivo de algum animal selvagem, em sua cabeça surgiu uma ideia como se fosse óbvio o que tinha que fazer, é só ligar a visão noturna! 

 Depois de piscar algumas vezes, a luz de seus olhos finalmente se estabilizaram brilhando fortemente no escuro, mas iluminando nada mais que um pouquinho de seu rosto. Os outros fizeram o mesmo. 

 Tudo estava mais claro agora, havia uma fileira larga de terra que havia virado algo semelhante à areia movediça, porém mais consistente, ou seja, haviam outras pessoas enterradas. 

 Suas cabeças estavam tão pesadas que era complicado mantê-las erguidas, como se já tivessem combinado o que fazer, cada um correu para uma região, começando a cavar o mais rápido que podiam, como se o mundo fosse explodir ou algo do tipo. 

 Baby puxou o tronco de uma garota, o garoto maior puxou os cabelos de um garoto, o menor não encontrou nada naquele local, então apenas ajudou Baby a arrastar a garota para fora do buraco. 

 Após alguns segundos desenterrada, ela acordou finalmente, vendo os olhos de todos brilhando no escuro, ativou a visão noturna começando a entender o que estava acontecendo ali, o outro garoto acorda finalmente: 

 —O... q..e é is...o? — Perguntou a garota que tinha acabado de acordar. 

 —Eu... nã... se... — Respondeu Baby, suas vozes estavam falhando e saindo robóticas. 

 —Que... sã... vo... ês? — Perguntou o rapaz que havia acordado por último. 

 —Fun... me... dy. — Ninguém entendeu de primeiro, mas depois de processarem um pouco entenderam que era o Funtime Freddy. 

 —So... o.. Bo... Bon. — Disse Bon-Bon. 

 Percebendo que todos iriam se apresentar, continuaram: 

 —S...ou... a... Ba... ora. — Ballora. 

 —Fun... me... xy. — Continuou Funtime Foxy. 

 —y. — Mais da metade do nome de Baby foi cortado pela aquela maldita voz. 

 Ninguém entendeu: 

 —Vo... ê é... Ye... ndo? — Perguntou Funtime Freddy. 

 — So... a... Ci... Ba... — Tentou continuar ela. 

 —”Ci... Ba”? — Ballora parecia mais confusa do que quando acordou. 

 —So... a... Cir... By!!! — Gritou Baby já ficando brava com aquela dificuldade de entender seu nome. 

 —A... im!!! — Funtime Foxy tentou dizer “Ah sim!”, como um sinal de entendimento, todos pareceram entender logo em seguida. 

 Mas o grito de Baby foi muito alto, e em resposta, viram lanternas sendo jogadas para o lugar que estavam — nos fundos de um prédio — ouviram barulhos de pés batendo contra poças, lama e terra, e para completar com chave de ouro, um grito de um homem. 

 —Parece que ainda tem gente aqui nos fundos!!! 

 Se perguntaram por que diabos estavam tirando as pessoas do prédio — que foi o que deu entender pela frase. 

 Então entenderam finalmente ao ouvirem um barulho de pedra quebrando, olhando para o enorme prédio que estava balançando levemente, estava prestes a desabar! 

 O homem finalmente chegou no local, ficando frente-a-frente com quem estava mais próximo, no caso, Funtime Freddy, ele tentou entender por que as pessoas em sua frente estavam completamente cobertas de terra e porque seus olhos brilhavam, mas a adrenalina era muito alta: 

 —O prédio vai desabar!!! Temos que sair agora!!! — Alertava ele entre os berros, tentando fazer com que sua voz saísse mais alta que o barulho de vidro e rochas se partindo e que a chuva forte demais. 

 —VAI CAIR!!! — Gritou um homem com todo ar que tinha no pulmão. 

 Todos olharam para cima vendo o prédio se partir e vários pedaços começando a chegarem perto do chão. 

 Funtime Freddy, que estava de frente para o homem, se jogou em cima do mesmo tampando-o por completo e fechando os olhos. 

 Sentiu muita dor, o homem estava encolhido em posição fetal no chão, Funtime Freddy estava com a cabeça apoiada na pouca grama que restava, as mãos em cima da mesma para protegê-la de qualquer dano fatal, os joelhos apoiados no chão, mas seu corpo protegia o homem que aparentava ter seus 60 anos, por aí. 

 Lentamente, foi se levando, tomando cuidado para que nenhum escombro escorregasse e caísse em cima do humano no chão que havia desmaiado de tanto medo. 

 Assim que tirou tudo que estava no caminho — o que demorou vários longos minutos — agarrou a mão do senhor botando-o em um pedaço de pedra lisa que havia encontrado, ele acordou. 

 Encarando o seu salvador, seus olhos lacrimejaram: 

 —Você é um anjo? — Perguntou ele. 

 —Por...que ach... is... so? — Funtime Freddy retrucou confuso. 

 —Seus olhos brilham, você aguentou vários escombros serem jogados sobre você, me salvou sem eu sofrer nenhum arranhão! — Respondeu o homem ignorando a voz falhada dele.  

 Depois de ouvir isso, o rapaz teve um mal pressentimento, que não devia contar que era um robô exatamente igual à um humano, afinal, eles poderiam ficar com medo, e desligou a luz de seus olhos. 

 Alguns segundos depois, Baby sai de entre duas barras de ferro, depois Ballora e Funtime Foxy saem ao mesmo tempo, e alguns minutos depois, Bon-Bon empurra um pedaço de pedra médio e sai dando um pulinho. 

 —Se... us.. olh... os.. tão bri...ando... e... es nã... po... em... sab... er— Alertou Funtime Freddy de forma vaga para tentar confundir o humano, por sorte, todos entenderam desligando a visão noturna. 

 —ACHO QUE OUVI ALGUÉM!!! VENHAM!!! — Gritou um bombeiro de longe. 


Notas Finais


ESPERO QUE TENHA GOSTADO! EU VOU TENTAR POSTAR UM CAP POR DIA! MAS NÃO PROMETO NADA!!! Desculpe qualquer erro de português ou algo do tipo :3, espero vcs no próximo capa (ou n né, se alguém mandar um comentário eu vou ver vcs nos comentários desse cap... Mas ta bom!!!) ENTÃO É ISSO, FLW E FUI, TCHAUUUU!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...