História Unexpected love - Jikook - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Jimin, Jungkook, Kpop, Yaoi
Visualizações 25
Palavras 613
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - Hard childhood


Jm 🐱


Bom, a vida é feita de altos e baixos. Ninguém tem uma vida perfeita, seja você de classe alta, média ou baixa... Como disse, minha vida tornou-se algo corrido a partir de meu 15 anos, ao descobrir a doença de minha mãe, eu e meu pai procuramos empregos para começar o tratamento e tudo mais.


Com meus 16 anos eu já tinha dois empregos, me tornei faxineiro em uma casa de pessoas de alta classe e um garçom de um bar próximo a minha casa, porém foi um lugar que não me trouxe coisas boas... 


Além de ter sido humilhado na casa dos Wang's o suficiente para ficar com a auto estima baixa, no bar eu passava por situações desagradáveis como ser desrespeitado pelos clientes, levar reclamações por mentiras que os outros garçons e garçonetes inventavam de mim por ser um garoto inocente e quieto, e pela humilhação de ter macho escroto me oferecendo dinheiro para ir pra cama com ele. 


Aos 17 anos, eu sai do bar por ter sido marcado pelo novo gerente do estabelecimento, ele me fez coisas horríveis. Cabem citar o dia em que ele me trancou no banheiro, junto a várias baratas e gafanhotos, eu fiquei com trauma. Eu continuei na casa dos Wang's, até o dia em que cheguei no local e fui demitido pois encontraram alguém melhor que eu, infelizmente. 


Aos 18 anos eu já corria atrás de novos empregos pois o dinheiro que tinhas estava acabando e minha mãe precisa continuar o tratamento. Meu pai teve que sair de seu trabalho de catador para cuidar de minha mãe, ela não podia ficar só. Eu consegui um novo emprego, porém não ganhava muito bem quanto o trabalho anterior.


Aos 19 anos, minha mãe teve uma pequena melhora, e isso aumentou minhas esperanças. De dois trabalhos foram para 3. Um pela manhã, cuidando de bebês e crianças. Um pela tarde, limpando em casas de pessoas de classe média e alta. E por fim, um pela noite, cuidando de animais no petshop, junto a um veterinário que trabalha 24horas.


Os 20 anos chegaram e finalmente surgiu uma grande oportunidade, sim, a vaga de faxineiro na empresa mais popular tanto de conhecimento quanto de ser uma das melhores do mercado. Eu enviei meu currículo, claro, seria uma ótima chance de poder pagar todo o emprego tratamento de minha querida mãe que amo muito. Eu pedi muito a Deus para me da essa oportunidade, e ele me ouviu. Quando eu descobri que fui selecionado eu realmente chorei de tanta alegria. 


Minha infância não foi nada legal, por conta de nossas condições financeiras e pelas dificuldades, mas nada é perfeito e cada um tem seu modo de vida. 


Em um dia normal, cheguei em meu trabalho todo saltitante e animado, nunca pensei que eu ia passar a gostar tanto de limpar... E eu acabei tendo um carinho pelas vassouras, rodos e produtos, rsrsrs. 


Na parte da manhã limpei todos os locais marcados e na hora certa. Eu dei uma pausa ao 12:45, para me alimentar e conversar com Jisoo, que se tornou alguém muito próxima a mim, ela me parece não ter tantos amigos aqui, não sei. 


Ela me falou sobre a competição e viagem, eu fiquei até um pouco animado, mas nunca ganharia isto por ser apenas um faxineiro que só limpa. Ela me motivou, porém não tinha tanta esperança assim, hummm, não sei.


No fim da tarde, ao saber que Sr.Jeon foi para uma reunião importante, eu fui limpar seu escritório, com vontade de ir conhecer o mar, eu tentei me esforçar para deixar o local mais cheiroso e limpo que o normal. Mesmo não tendo esperança.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...