História Unexpected Love - Shawn Mendes - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Amor, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 568
Palavras 1.234
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 14 - I love you from another life


Fanfic / Fanfiction Unexpected Love - Shawn Mendes - Capítulo 14 - I love you from another life

SHAWN POV

A cada passo que eu dava era uma batida descompassada no meu peito. Quando chegou na porta do quarto,criei coragem e abri. Ela estava lá,com o braço e a perna engessados,e continuava linda. Sorri ao vê-la,não sabia o que ela ia dizer ao me ver,não sabia o que ela ia falar sobre o que aconteceu ontem.

Oi - ela sorriu fraco

Oi,como se sente? - perguntei dando um meio sorriso e sentando ao seu lado numa poltrona.

Para ser sincera,eu não sei - ela parecia diferente,não sei o que,mas eu sentia - Eu te chamei porque preciso te fazer perguntas. Eu só consigo me lembrar de estar numa praia com você. Você é meu namorado,certo? - eu tomei um susto pelo que ela disse,íamos ser,mas não cheguei a pedi-la,isso é triste.

S-sim - gaguejei. - Do que se lembra? - perguntei

Estávamos juntos,sentados na beira de uma praia,estávamos juntos. - ele parecia procurar o que falar. Ela tinha se esquecido de uma parte da vida dela,mas ela se lembrou de nós.

Foi em uma festa na casa de um amigo meu,o Cameron,se lembra dele? - perguntei na esperança daquilo ser mentira,ela não podia ter esquecido,mesmo eu tendo feito coisas horríveis ontem.

Acho que sim - ela suspirou - Mas,como começamos a namorar?

Você trabalha comigo na mesma sala - ela riu

Eu sei - soltei um suspiro

A convivência todos os dias estava me deixando louco. Eu amo você,Julie. - ela me olhava com afeto

Eu também amo você.-  sorri.

Shawn,você poderá conversar com ela mais tarde. Os pais dela querem vê-la,ela precisa descansar.- ela segurou minha mão

Tudo bem - ela falou quase num suspiro

Tchau - dei um beijo na sua testa.- Eu amo você - sussurrei

Amo você.- ela sorriu

Saí pela porta,a mãe dela veio falar comigo.

Shawn,eu queria trocar umas palavras com você. Sei que está cansado,mas eu preciso saber. - ela respirou fundo

Claro,Senhora WIlliams - falei

Vocês estão namorando? - ela parecia atrás de uma resposta boa

Senhora WIlliams,eu amo sua filha… - ela me interrompeu

Me chame de Susan,querido - ela sorriu

Tudo bem. Amo ela,eu ia pedi-la em namoro ontem,então aconteceu isso. Mas ela acordou como se estivéssemos namorado,ela se lembra apenas do que aconteceu semana passada - seu rosto pareceu ficar preocupado

Vocês podem conversar melhor quando ela sair do hospital. Eu dou todo meu apoio se é o que quer saber - sorri - Agora você precisa ir tomar um banho e descansar um pouco.

Eu irei - sorri - obrigada,Susan - ela me abraçou.

Saí do hospital,e peguei um taxi até o local onde deixei meu carro. Chegando lá,peguei meu carro e fui para casa. Eu estava exausto,mas faria tudo de novo se fosse para vê-la o mais rápido possível. Ela acha que somos namorados,apesar que íamos ser,só pulamos a parte do pedido eu acho. Cheguei em casa,meus pais vieram correndo,eles estavam preocupados pelo seus semblantes.

Onde você estava? - minha mãe veio me abraçar - por que saiu correndo daquele jeito ontem?

Você está bem,filho? - meu pai perguntou

Não sei - falei cabisbaixo - Ontem...a Julie foi embora,tentei falar com ela,mas ela já tinha ido. Fui em direção a casa dela,mas no caminho ela sofreu um acidente. - respirei fundo. Veio tudo na minha mente o que aconteceu a algumas horas atrás. - passei a noite no hospital.

Filho...eu sinto muito.- meu pai me abraçou

Como ela está?  - minha mãe perguntou preocupada

Quando cheguei no local do acidente,o caminhão estava apenas prensado em um poste,não estava esmagado nem nada,mas estava contra um poste,alguns minutos ele caiu na traseira do carro,eu achei que ela tivesse morrido ali. - soltei um suspiro - agora ela está bem. Teve que fazer uma cirurgia às pressas,ocorreu tudo bem. Ela esqueceu de algumas coisas que aconteceram semana passada pelo fato que a pancada na cabeça foi muito forte. Mas agora ela está bem. - meu pai parecia preocupado,minha mãe também.

Isso é ótimo - minha mãe me abraçou - conversei com ela ontem,ela é adorável. Ela estava te procurando,você achou ela?

Não,ela me achou - senti toda a culpa tomar conta de mim,não sabia como explicar o fato de que transei com a prima dela. Eu devia estar bêbado,não sei,não consigo me lembrar,é assustador. - Aconteceu uma coisa,eu não consigo falar sobre isso agora,preciso tomar um banho. - falei subindo as escadas

Tenta relaxar - meu pai falou e eu assenti


JULIE POV

Shawn saiu do quarto,eu não sabia qual sentimento era esse que só fazia meu coração quase sair pela boca quando estava com ele.

Filha…- minha mãe entrou,ela estava me olhando,parecia preocupada

Oi,mãe.- falei com todas as minhas forças

Eu fiquei tão preocupada com você. - caiu uma lágrima do seu olho

Agora está tudo bem - falei sorrindo,para que assim,issl pudesse confortá-la.

Meu bem,é tão bom te ver - meu pai entrou e se sentou ao meu lado

Oi,pai - sorri fraco

Oi,Juju - Bryan pegou na minha mão

Oi - sorri.

Era tão bom ter minha família ao meu redor. Não conseguia falar muito,mas era tão bom poder ouvi-los,ver eles ao meu lado. Por um momento,achei que seria meu fim,dentro de um carro todo amassado,cheia de sangue,toda aquela dor. Veio tudo à tona,só em pensar que poderia ficar sem minha família,imaginar que poderia ficar sem Shawn. Eu consigo lembrar dele,com todas as clarezas. Consigo lembrar do seu cheiro penetrante sobre mim. Consigo lembrar do seu toque,da sua presença,o que ela me causa só em senti-lo perto de mim.

Não consegui segurar as lágrimas,era automático,estava em choque,tudo o que aconteceu. Meus pais parecia preocupados,não queria que eles ficassem assim por mim,era como se estivesse explorando eles.

Comecei a chorar,minha mãe tentou me acalmar,mas era impossível,o choque de estar embaixo dos escombros tomou conta de mim.

O que você está sentindo,Julie? - o Médico entrou no quarto,não conseguia respondê-lo. - vou precisar cedar ela. O trauma que ela passou ontem está vindo a tona. - rapidamente uma enfermeira colocou algo no meu soro. Meus olhos ficaram pesados,não vi mais nada.

(...)

Abri os olhos com dificuldade. Fiquei piscando os olhos por um tempo,até que minha vista estabilizou. 

Olhei para o lado,Shawn estava ao meu lado,ele parecia concentrado no seu celular. Fiquei o observando por um tempo,ele estava lindo,estava com uma camiseta branca lisa,uma calça preta,seus cachos caiam um pouco sobre a testa.

 Ele estava com uma das suas mãos nas minhas,não pensei duas vezes em apertá-la e entrelacei mais ainda nossos dedos. Ele rapidamente levantou sua cabeça,ele ficou me olhando por um tempo com aquele sorriso no rosto. Aquele sorriso que me fazia desmanchar feito uma boba.

Cadê minha mãe? - perguntei notando que só estava eu e Shawn no quarto.

Ela,seu pai,seu irmão foram para casa descansar um pouco. Prometi que não tiraria os olhos de você,só assim ela tomou coragem e foi. - ele sorriu

Achei que foi por conta da minha crise de choro que deu do nada - falei e olhei para aqueles aparelhos sobre mim.

Acredite,não foi e nunca vai ser por algo assim - ele me olhou com tanto afeto que naquele momento nunca achei que pudesse ser tão amada. - Sua família te ama,da mesma forma como eu te amo.

Obrigada.-  falei em um sussurro coberto por um sorriso fraco. - Parece que eu te conheço de outra vida. É como se já tivéssemos nos conhecido a tanto tempo. - ele retribuiu o sorriso

Eu sinto da mesma forma - ele me olhou,aqueles olhos intensos. Ele se aproximou e me deu um selinho demorado. Era como se tudo e todos estivesse sumido naquele momento.

Eu amo você. - falei enquanto nossas bocas ainda estavam próximas.


Notas Finais


Esses dois são tão fofos!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...