História Unexpected Love - Shawn Mendes - Capítulo 17


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Personagens Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Amor, Romance, Shawn Mendes
Visualizações 517
Palavras 969
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - It's something special


Fanfic / Fanfiction Unexpected Love - Shawn Mendes - Capítulo 17 - It's something special

1 anos atrás

-Steve para! - falei sorrindo tentando me esconder da farinha de trigo em suas mãos,eu já estava branca,a cozinha estava coberta de farinha e ovos. -parecemos duas crianças retardadas -rimos

-Duas crianças apaixonadas - ele me beijou. - podemos aproveitar a melecada do chão e fazer um belo de um bolo. - ele riu irônico

Seu bobo - sorri

- Vamos limpar antes que minha mãe veja essa bagunça e nos mate. - ele falou tirando o avental de sua cintura.

-Tudo bem,vou tomar um banho,pode ser? - perguntei e ele assentiu

Subi as escadas e fui tomar banho no banheiro de visitas,mesmo estando a sós,eu achava que devia respeito aos pais de Steve,e não devia ir logo para seu quarto.

Tomei um banho,tinha trago roupas porque ia passar o dia aqui,essa foi minha sorte. Depois de terminar de me arrumar,fui ao quarto de Steve,ele ainda estava no banho,fiquei vendo suas coisas. Mesmo estando juntos por 2 anos,ele continua o mesmo,fico me perguntando como ele pode manter tudo tão arrumado,seus livros empilhados em ordem alfabética ou por coleções. Claro que a mãe dele deve limpar,mas sempre foi assim. Passei a mão por um papel na mesa de seu computador,era uma carta,especificamente uma proposta de trabalho. Ele ia pra Londres e não me disse nada?

-O que você está fazendo? - ele perguntou saindo do banho com uma toalha na cintura,seu olhar parou na minha mão,ele ficou tenso.

-Quando ia me contar? - perguntei com os braços cruzados.

-Eu ia te falar,mas esse não era o momento. - ele ficou de costas,mostrando suas costas musculosas e colocando uma camiseta,por incrível que pareça ele estava com uma cueca por baixo,depois terminou de se vestir e virou para mim.

-Por isso me chamou para passar o dia aqui hoje? - perguntei

-Não…-

-  como não? - o encarei furiosa.

-Julie,calma - ele segurou meu rosto - Vai ser só alguns meses,você vai poder me visitar e eu também vou vir te visitar.

-Você acha que eu vou ficar aqui morrendo de saudades suas enquanto você está do outro lado do mundo,e eu só vou poder te ver a cada 2 vezes no ano? - perguntei incrédula

-Julie…- ele parecia procurar palavras

-Não precisa! - peguei minha bolsa e fui até a porta. - Não vou aguentar ficar sofrendo por você enquanto você vai estar lá tendo uma vida boa,você está apenas pensando em você,desculpa,mas não dá.- sai de lá em lágrimas.


Hoje

Tomei um banho,nem sequer jantei,minha mãe ficou me esperando na sala mas não quis falar muito e subi,ela deve ter entendido o que houve.

Fiquei deitada na minha cama,virava de um lado para o outro,as imagens não saía da minha mente,aquelas palavras não davam uma trégua. “Nós transamos”, “eu estava bêbado”, e a pior delas “ eu te amo “. Lágrimas molharam meu travesseiro,era doloroso passar por isso de novo,depois de 1 anos falei pra mim mesma que não ia me envolver com ninguém,mas falhei.

Flashback on

-Depois desse tempo todo você estava apenas mentindo para mim? - falei quase não conseguindo.

-Julie eu…-

-Não me explica nada,por favor - implorei

-Eu prometi a mim mesma que não me envolveria com ninguém e você mudou minha decisão,mas vi que foi um erro,tudo foi um erro - me levantei,seus olhos me olhavam intenso

-Você sabe que eu nunca em sã consciência te trairia né?  - ele falou

-Para! - implorei - só para... - falei baixo entre lágrima dessa vez - não torna isso mais difícil.

Saí de lá e fui correndo e chamei um táxi. Entrei dentro do carro,o motorista me olhava preocupado.

Está tudo bem,moça? - ele perguntou meio assustado

Tá,tá sim - falei limpando as lágrimas

Flashback off




Acordei,senti uma vontade imensa de correr. Coloquei uma roupa e sai pelo calçadão na beira da praia que ficava alguns quilômetros da minha casa.

Meu fone no volume mais alto e o suor pingando sobre mim. O sol estava começando a ficar mais forte,então resolvi voltar para casa.

Bom dia - meu irmão que estava no sofá falou - acordou disposta.

Vamos dizer que sim.- fui até a cozinha atrás de um copo de água. Estava ofegante e suada.

Subi as escadas e fui tomar um banho.

A água batia na pele e me causava arrepios.

Os pensamentos me invadiram,e antes mesmo disso acontecer sai do banho procurando algo para vestir. Me lembrei que amanhã era seu aniversário,e nem sequer iremos passar ele juntos,não mais.

Ele me decepcionou,mas ele estava bêbado,não teve a intenção,ou teve e não quis me falar? Esse não é o tipo dele,custo acreditar que não.

Mesmo não estando mais juntos,sinto que um presente não vai mudar nada entre nós. Posso muito bem ir lá e mandar alguém entregar,o Bryan,ele sempre está indo lá,é uma boa ideia.


Vesti um short cintura alta jeans destroyed e um cropped preto com uma frase nela e um tênis branco. Chamei um Uber,fui até o shopping. Eu podia estar perdendo meu tempo aqui,mas ele é importante pra mim,querendo ou não. Sabia que mesmo estando separados,no meu aniversário ele não esqueceria. Eu podia fazer o mesmo,não por ele se lembrar ou não.

Fui em uma loja de música,sabia que ele amava violão,foi a primeira coisa que pensei,ele ia adorar. Com o violão embrulhado,coloquei no correio,mesmo sabendo que podia entregar por meio do meu irmão,e não queria abusar da sua boa vontade. Junto com o presente escrevi uma carta.


“Sei que não estamos nos falando esses dias,mas não poderia fingir que essa data não existe. Espero que goste do que comprei para você,é algo especial e sei que você vai amar. Aproveite seu dia. Feliz aniversário!

Julie.



Deixei no correio para que enviasse amanhã,depois fui pra casa.

Passei o dia pensando em como e quando eu poderia voltar a trabalhar. Manuel falou que eu apenas voltasse quando sentisse que estava pronta,acho que esse momento chegou. Preciso deixar de lado minha vida pessoal,preciso esquecer tudo que aconteceu e seguir em frente. Amanhã é um novo dia.


Notas Finais


Desculpem o cap horrível e curto,prometo que amanhã será melhor.
AAAAAAAA SHAWN JÁ TEM 20 ANOS EM OUTROS PAÍSES MEU DEUS!
AMANHÃ EM HOMENAGEM AO NOSSO BOLINHO,VOU FAZER UM CAPÍTULO QUE VAI SER EM COMEMORAÇÃO AO ANIVERSÁRIO DELE.
Até amanhã!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...